História Dependence


Escrita por: ~


Sinopse:
Algumas coisas na vida não são planejadas; arrisco-me em dizer que nada é exata e totalmente como planejamos.
Às vezes tiramos conclusões apressadas, às vezes ignoramos certezas, às vezes cometemos erros e, em algumas poucas vezes, acertamos de forma grandiosa.
Quando o conheci, tirei uma conclusão apressada; quando me apaixonei, ignorei essa verdade óbvia por muito tempo; quando notei meu erro, consegui fazer um dos melhores acertos de minha vida.

E então, sem que eu percebesse, ele já me pertencia, e eu dependia totalmente dele.

[ NAMJIN | Long Fic | +18]
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 205.096
Favoritos 3.418
Comentários 1.319
Listas de Leitura 184
Palavras 348.084
Terminada Não
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Colegial, Jikook, Jin, Kaisooisreal, Lemon, Morango, Namjin, Namjoon, Rap Monster, Vhope, Yaoi

Fanfic / Fanfiction Dependence
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Just the Beginning
31
12.259
6.930
 
2.
Lovely Stubbornness
17
7.602
3.835
 
3.
I Deserve, Universe?
11
7.300
5.258
 
4.
A boring, some bruises and a follow-up fights
13
6.930
5.178
 
5.
It has a greedy whale in my house.
17
6.597
4.125
 
6.
I did the princess jump the wall, literally.
13
6.708
6.356
 
7.
Eaten strawberries and angry cookies: dead whales.
19
6.338
5.819
 
8.
In the next time, remember me to leave SeokJin at house.
14
6.242
5.645
 
9.
My mother, mother of everyone.
21
6.470
8.120
 
10.
The country of Santa Claus.
19
6.590
8.763
 
11.
Anger, pressure and Seokjin
28
6.643
8.700
 
12.
SPECIAL Sorry, I know I'm annoying
28
6.537
6.800
 
13.
A missing princess, an angry monster.
31
6.756
9.144
 
14.
What the fuck I got myself into?
44
7.013
10.714
 
15.
The beginning of a change...and a killer dog.
44
6.801
10.094
 
16.
The bixas band on the road
34
6.764
10.243
 
17.
Problems of heterosexuality?
72
7.451
12.371
 
18.
I'm, officially, making me a fool.
41
7.534
14.736
 
19.
Fuck it all, I'm giving up.
60
8.176
16.006
 
20.
Bickering, busted, couples and a few annoyances
43
7.472
14.147
 
21.
With Jin, Without Jin
32
7.588
17.063
 
22.
Jealous Princess
49
7.853
19.542
 
23.
I'm idiot, but you like
49
7.460
18.493
 
24.
SPECIAL Just smile to me
32
7.170
21.025
 
25.
Protest in the hospital, VHope, and...SeokJin, PORQUE SIM
71
7.596
23.516
 
26.
Damned Princess
88
8.228
29.688
 
27.
Something like a boyfriend
69
6.278
22.213
 
28.
Uncomfortable Silences
135
5.633
22.795
 
29.
Chega aí, vamos conversar.
194
3.107
765

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~geezyeol
Capítulo 28 - Uncomfortable Silences
Usuário: ~geezyeol
Usuário
Pus muitas coisas à frente da leitura desse capítulo e, por isso, me sinto realmente arrependida. A razão nem mesmo sei, para ver como sou organizada com minha própria maneira de pensar, mas sei que durante esse quase-um-mês depois da postagem desse capítulo, ansiei por perder o receio de ler e vir digerir suas palavras sempre tão bem-vindas em minha vida.

Fazia tempo que estava aguardando pelo momento em que o problema de Namjoon viria à tona com um foco um pouco maior, afinal, eu sabia que você, autora, aproveitaria bem todas as armas para tornar Dependence cada vez mais apaixonante, envolvente e refletora de filosofias singelas. E, apesar de ter ficado bem frustrada com a falta de diálogo, o autotemor de NamJoon, a insegurança e a predominância ativa de SeokJin no relacionamento deles, o capítulo, como sempre, me encheu de sorrisos, sentimentos aconchegantes e reflexões.

Comecei a leitura hoje de madrugada, e estava chovendo, então, como a boa apaixonada por filosofia que sou, desatei a devanear sobre a própria reflexão "estranha" de NamJoon sobre a chuva. E, cara, é tão bom, tão bom, que me dá vontade de perder a calma enquanto digito este comentário e ativar o capslock ao mesmo tempo que indago como pode uma história ser tão viciante e reflexiva assim! Você tem a intenção, autora, de fazer seus leitores tomarem noção dessas pequenas reflexões, fazendo delas as suas próprias?

Ah, cara, falo tanta coisa desnecessária embora me recuse a apagar e iniciar o comentário de outra maneira. Releve, por favor.

Enfim, de toda a frustação que esse capítulo me provocou, tiveram muitos pontos que me aliviaram o emocional. Porém, foi quase impossível de não ficar chateada com toda essa recusa de NamJoon ao explicar sobre seu problema com Jin, precisei de um tempo depois da leitura e até comentei com uma amiga o quanto esse momento frustrante entre eles lembrou a mim mesma. Pelo menos não foi algo que me deixasse verdadeira e irremediavelmente incomodada...

Fiquei assustada ao terminar o capítulo e ver que só leria a verdadeira conversa - aquela que esclareceria tudo - depois do parque temático e, consequentemente, depois da conversa com o Hyukjae. No próximo capítulo, talvez (?).

E, compensando minha maior frustração aqui, a coisa mais linda de todo o capítulo foi a forma como NamJoon toma - mais uma vez - noção do quão incrível é a pessoa de Jin ao mesmo tempo em que percebe o quanto isso é meio que vergonhoso para si, justamente por não ser ele, nunca, a dar o primeiro passo. Talvez eu esteja me contradizendo quando digo que esse momento de insight é a coisa mais linda, sendo que, ainda há pouco tempo, disse que ele se recusar a falar sobre seu problema foi o que me deixou frustrada, mas eu realmente quero passar esse sentido: foi frustrante e também foi incrivelmente belo porque, no final, NamJoon passou por um momento de reconhecimento importante. E, mesmo que mais momentos desses (em que ele não consegue dar o primeiro passo) se repitam, mesmo que ele abuse um pouco mais da paciência de SeokJin, deve chegar um momento em que a necessidade de tomar a primeira atitude será crucial.

Obrigada, também, pela pequena crise de fanboy de Taehyung ao vê-los naquele beijo pós-diálogo tenso-que-se-tornou-incrivelmente-satisfatório, porque ela foi um sinal de que o clima estava ligeiramente normal. Ah!, santo pai Hades, quase esqueço daquela ma-ra-vi-lho-sa pegação na chuva!

Foi, definitivamente, uma pegação que me encheu o peito e me aqueceu, sério. Talvez pela aura predominatemente "fofa, calma e controlada" entre os dois, sempre me sinto eufórica nos momentos mais luxuriosos, é tão bom! Rsrs.

De toda maneira, obrigada pelo capítulo lindo, delicioso e, embora com pontos frustrantes, aconchegante - como sempre!

Beijos, adoro vc e sua escrita.

~♡~
Postado por ~kissbheaven_
Capítulo 28 - Uncomfortable Silences
Usuário: ~kissbheaven_
Usuário
Olha quem chegou pra deixar um comentário na melhor fanfic desse mundo!!!!! ✨✨✨ São tantas coisas, tantos sentimentos que eu nem sei por onde começar, mas vamos lá. Como eu tinha falado no twitter, esse se tornou um dos meus capítulos preferidos, de verdade mesmo. Eu senti tanta coisa enquanto lia (e relia) que nem sei como colocar em palavras. Eu acho tão bonito tudo o que o Namjoon fala, todo esse conflito interno que ele vive é tão incrível que várias vezes eu simplesmente me coloco no lugar dele. E eu queria tanto saber como o Jin se sente em relação a tudo, será que você não podia fazer um capítulo na visão do Jin não? dldjsjdldjs por mais que a gente saiba o quanto ele é apaixonado pelo Namjoon, queria saber se fato as coisas que ele sente quando eles conversam, quando dormem juntos, quando se beijam, a convivência com a mãe e o pai e etc ;; Mas enfim, falei pra caramba e não comentei sobre o capítulo ainda. djskskdsjdljs

Achei super fofo esse início do Seokjin dormindo nos braços do Namjoon, os meninos chegando e o Namjoon se sentindo cada vez mais a vontade de ficar com o Seokjin na frente de todo mundo ❤ E VAMO FALAR DAQUELA PEGAÇÃO QUE MEU DEUS O QUE FOI AQUILO SLDJSKDKDSNSJ fiquei até corada enquanto lia, da pra sentir o calor dos dois daqui dkshdkdjsj acho muito incrível como eles pegam fogo somente com um beijo, mas ao mesmo tempo é como se não precisassem daquilo, sabe? Você sem querer tá me fazendo rever meus conceitos pra um monte de coisa, de verdade mesmo.

Ai ai, e essa mãe do Namjoon que não se cuida hein? Meu coração apertou quando o Namjoon encontrou todos aqueles exames, espero de verdade que ela se cuide e que não evolua pra uma coisa mais grave ):
E sobre o Jin trabalhar na loja da ajumma que coisa mais fofa e linda <3 não podia existir lugar melhor pra ele trabalhar.

Agora vamos falar sobre a treta... cara, fiquei tão nervosa. Chorei, me desesperei ;;;;;; Eu entendo o lado do Namjoon de não querer contar tudo ainda pro Jin, por diversos motivos, não porque não confia nele. É só medo de se mostrar de verdade, de que o Jin conheça o lado "escuro" dele. E entendo mais ainda o porque do Jin ficar daquele jeito. É horrível a gente ver alguém que a gente ama sofrer e sequer poder ajudar. Mas o Jin em contrapartida também esconde coisas né. :/ O caminho vai ser longo até que eles se acertem de verdade, mas tenho certeza de que eles vão conseguir trilhar ele juntos. Mal posso esperar pra que eles conversem sinceramente (não que já não o façam), mas sem nenhum segredo ou medo. Ufa, falar sobre Dependence é tão bom que se deixar fico aqui a noite toda skfjskdfksjjdkd

Te parabenizo mais uma vez pela fanfic, seus personagens são os melhores desse mundo!

Já quero o próximo, não demora pls 😭😭😭 Beijos ❤❤❤
Postado por ~A-suna
Capítulo 28 - Uncomfortable Silences
Usuário: ~A-suna
Usuário
Bom dia Unnie!
Eu adorei o capítulo 😊💖
Fiquei muito zangada com essa briga do Namjoon e do Jin porque acho que o Nam merece o tempo dele é difícil falar dessas coisas principalmente ele, ainda bem que o Jin foi compreensivo, amo muito a personalidade dele, ainda bem que a treta foi curtinha embora tenha sido bem tensa e tranca cu.
Parabéns pelos 2000 favoritos na fic você merece isso e muito mais, já recomendei ela para todos os meus amigos, que não são muitos mas tá valendo né.
Sobre as notas finais, pelo visto você tbm não conseguiu os ingressos, minha mãe até quis comprar mais eu sou k pobre e moro muito longe mais muito longe mesmo de São Paulo.
Beijos, sou sua fã e até o próximo capítulo, espero que não demore muito, mas nós leitores sabemos que é dificil escrever esses seus capítulos maravilhosos e temos que ter paciência porque vc tem uma vida fora daqui ❤❤❤❤
Ah e aproveitando que eu conseguir mandar um comentário longo pela primeira vez na vida 'risos' queria fazer uma confissão, tenho um carinho enorme por essa fanfic seriao ela é tipo sagrada pra mim sempre quando acordo e antes de dormir eu vou no youtube ouço blood sweat and tears e depois quando acaba eu venho aqui e leio um capítulo da sua fic só pra matar a saudade, ela é muito especial pra mim.
Ok, tchau, se cuida moça.
Postado por ~sokyonji
Capítulo 28 - Uncomfortable Silences
Usuário: ~sokyonji
Usuário
Essa fanfic é como se fosse uma joia na minha vida, ela me acalma, me dá um bem-estar que nunca senti antes, essa fanfic é a única coisa no mundo que me faz ter esses sentimentos maravilhosos. É como se eu ficasse mais leve, longe dos problemas, dores e frustrações. Só de pensar nela ja fico assim, só de ler seu nome ou o nome de algum capítulo já sinto isso.

Já fiz dois comentários grandes ao menos tentando me expressar, mas nunca é o suficiente. Eu até faria um texto grande aqui, mas tudo o que eu tinha para tentar falar, eu falei nos grandes comentários dos capítulos passados. Só sei que essa é a única fic que me suga tanto para a história, é como se eu... Não sei... Eu não sei explicar, é algo sobrenatural.

Teve um dia que eu simplesmente me acabei de chorar, tipo, de soluçar e tudo, fiquei mais de meia hora chorando, só por causa dessa fanfic, não porque tinha acontecido algo triste e sim porque fiquei pensando o quão boa ela é, eu realmente sinto algo muito estranho e bom por ela.
Conhecer está fanfic foi uma das melhores coisas que já aconteceram na minha vida.

E OLHA, É BOM QUE NÃO TENHA TRETAS MAIS PESADAS DO QUE ESSA, SE NÃO EU TACO A MINHA PANELHINA NA SUA CARA

OU MELHOR, JÁ PARTO PRO CALDEIRÃO

Quando vi att dei um berro interno, e conferi pra ver se não era você respondendo algum comentário, porque tipo, passou mais rápido do que eu esperava.

feliz ano novo, que em 2017 vc não demore 77 anos para atualizar.

Também não consegui comprar o ingresso e tipo, eu tô bem mal, porque É WINGS CARA!!! IMAGINA OUVIR A LINDA VOZ DE SEOKJIN E CYPHER 4 AO VIVO PQP EU TÔ MALZONA SÓ SEI CHORAR
Postado por ~Oppa_Addicted
Capítulo 28 - Uncomfortable Silences
Usuário: ~Oppa_Addicted
Usuário
Olá! Sou uma fantasminha que decidiu aparecer <3
ANTES DE ME ODIAR, eu comecei a ler a fic no capítulo 26, então pode só desgostar de mim, eu mereço, vai.
ENFIM!
Eu posso dizer com toda a sinceridade do meu coração que Dependence é minha fic favorita. Minha e das minhas amigas, elas que me trouxeram pra esse mundo. Inclusive, uma que não tem conta no site mas que me pediu pra deixar a mensagem, afirma ser a fanfic da vida dela. Yup, esse é o poder de Dependence no nosso círculo social! Sua fic chegou, ficou e mudou a todas nós. Se não fosse por você, eu nunca chamaria elas de galinhas como eu faço hoje. IADPDS (Sim, isso é importante)
Bom, você já deve ter percebido que DPDC é muito importante para nós, mas eu quero reafirmar que ela realmente é e mudou nosso cotidiano (e piadas também). Sua fic me libertou em outro nível quando se trata de escrita, a única que eu realmente gostei de como os palavrões combinavam com o protagonista e que me inspirou pra escrever desse mesmo jeito.
Além disso, a história é cativante. Os personagens, então, você passa dias morando neles só pelas milhares de formas de se identificar com os nossos bebês. A fic é tão real que se perder nas mais de 20 mil palavras é fácil, assim como entrar na pele do Joon, ou ver amigos e suas ações nos outros meninos. SEM FALAR QUE TEM UMA MÃE SENSACIONAL E EU AMO MUITO ELA.
Além de todo o ambiente descontraído e jovem, ela aborda temas sérios e reais, que se prendem tanto quanto as cenas engraçadas.
SOU PÉSSIMA NISSO, EU SEI.
Agora, minha amiga que tem conta (MarizaCSC), me contou que você gosta das críticas e que aprecia quando as recebe. Então, por favor, leve todos os meus comentários como construtivos, afinal, eu amo muito Dependence e a fic tem um espaço enorme no meu coração de leitora. Por isso, quero que se torne cada vez mais fantástica!
Eu tenho só dois comentários, na realidade, mas que eu acredito serem importantes.
Este nem tanto, mas vale a pena dizer;
Os capítulos, quase todos, de uns tempos pra cá, tem uns errinhos idiotas no meio deles. Eles são betados? Não é como se fossem "uau, como assim ela cometeu esse tipo de absurdo E AH MEU G-DRAGON ALGUÉM ME SEGURA", mas, como eu às vezes digo, cada vírgula fora do lugar prende a atenção de quem está lendo de um jeito negativo, de uma forma que o leitor presta mais atenção no que mais estaria fora da ordem do que no texto, em si. Não que eu esteja falando das vírgulas em si, mas, por exemplo, nesse capítulo, tiveram umas duas ocorrências de "Aa" no começo das frases. Me lembro de ter visto algo mais errado, mas eu tô escrevendo isso há um tempo então eu não lembro mais DESCULPA.
*cof cof*
Enfim.
A segunda coisa eu considero importante. Vou especificar, sim, mas acredito que outras pessoas se sintam assim.
Eu quero falar sobre os personagens fora da BTS.
Eu entendo que uma história precisa de coadjuvantes para acontecer e fluir tranquilamente, mas, pessoas como eu ou minhas amigas não sabemos bulhufas sobre as outras pessoas que aparecem. EXO, Got7, as meninas... Realmente não conhecemos nada fora os meninos. Eu até entendo de GOT7, mas EXO? Eu me perco o tempo todo! E eu sei que eles tem um papel importante, e de FORMA ALGUMA estou pedindo para tirá-los! Eu só peço que especifique mais, em alguns casos, quem eles são. No capítulo passado, apareceram dois homens que eu sequer me lembro mais o nome, mas eu não fazia ideia do que estava acontecendo e de quem eram.
Em suma, às vezes, é muito confuso. Ainda mais quando todos tem apelidos e nomes!
"Lay? Kris? Quem são eles?!" e etc.
Ah! Outro assunto sobre esse tópico.
Foi em um dos capítulos recentes (eu acho?! Li a fic em três dias, eu não sei mais de nada. oaspoas) que o Jackson e o BamBam tiveram participação bem ativa. Isso acontece também bastante com o JongIn (é assim que se escreve? não me mata por errar o nome do seu otp pls) e o namorado dele com frequência. Mais uma vez, não estou dizendo para tirá-los, só me confundem às vezes. Inclusive quando se refere a eles como "chinês", ou "mais baixo", etc, sem eu ter certeza sobre isso de novo. Os personagens secundários, que nunca são sempre os mesmos, bagunçam um pouco a minha cabeça, não vou mentir. Muitas vezes eles ocupam umas mil palavras, que sempre acabam passando vazias pelas conversas que eu tenho com o meu grupo sobre os capítulos.
Enfim, esse capítulo não teve nada disso, só mencionou os garotos da Wu's e o BaekHyun e o Chanyeol (é assim????), e são personagens que já estão mais habituados na fic, então fica fácil. Minha sugestão é: ou fazer umas aparições mais sutis, assim, ou com personagens que já foram muito bem explicados (e por que não lembrar os leitores, de novo? rs) ou colocar mais categorias na fic. Ás vezes, sem intenção nenhuma de te deixar mal, eu não sinto que a fic é só BTS.
EU ME SINTO MUITO MAL DE FALAR TUDO ISSO E EU QUERO QUE VOCÊ LEIA TUDO COM ARCO-ÍRIS E UNICÓRNIOS MAS ESSAS COISINHAS ÀS VEZES ME DEIXAM MEIO "BLE" E EU QUERO APROVEITAR DEPENDENCE COM TODO O POTENCIAL MARAVILHOSO QUE ELA TEM E DESCULPA. VOCÊ É MINHA AUTORA FAVORITA DA MINHA FIC FAVORITA E EU SÓ TENHO O QUE AGRADECER DESCULPA SER INGRATA NÃO ME ODEIE (muito).

ENFIM
Estou aguardando ansiosamente os próximos capítulos e as próximas tretas. Aliás, essa daí eu achei beeeem light, mas entendo que para os dois apaixonados tenha sido demais (e para a escritora que vai ter pedras sobre si). QUERO MAIS.

Kisssssus, da fantasminha que vai aparecer mais (se você não me odiar) <3