História Crossed Histories


Escrita por: ~


Sinopse:
Algumas pessoas não tem controle sobre suas próprias vidas. E, mesmo sendo soberana de Cantberg, Phoebe Bailke nunca teve uma noção real de liberdade. Fora criada de modo aprazível e mesmo que não soubesse, estava sendo educada para ser rainha. Seu destino é cheio de sobressaltos e surpresas, e ela teve de sacrificar sua vida inteira na árdua caminhada para fazer o que julgava certo. As coisas se resumiam em um laço cheio de nós, que deixou de ser bonito aos poucos e perdeu o encanto. Tudo ao seu redor era sugado para os nós do laço. Uma lenda viva, uma vida sofrida e um labirinto sem fim. Várias histórias foram laçadas em seu longo trajeto e entre elas, está ele. Seus destinos foram cruzados e as coisas nunca mais serão as mesmas.
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 6.975
Favoritos 496
Comentários 272
Listas de Leitura 0
Palavras 139.254
Terminada Não
Categorias Ed Sheeran, Lauren Cohan
Personagens Ed Sheeran, Personagens Originais
Tags Barbara Palvin, Bruxaria, Chandler Riggs, Crh, Ed Sheeran, Idade Média, Jade Thirlwall, Josh Hutcherson, Katerina Graham, Lauren Cohan, Medieval, Merlin, Monarquia, Nina Dobrev, Norman Reedus, Os Instrumentos Mortais, Os Originais, Phoebe Tonkin, Phoed, Reign, Rupert Grint, Steve Yeun, Suspense, The Walking Dead

Fanfic / Fanfiction Crossed Histories
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Super Power, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
The Beginning (Prologue)
41
1.384
1.214
 
2.
Runaways
23
649
3.905
 
3.
Reencontros
15
379
4.211
 
4.
Just Friends...
15
338
3.932
 
5.
Dangerous
15
315
4.292
 
6.
Pretend Its Okay...
13
259
3.218
 
7.
Lips Are Movin
12
244
2.911
 
8.
The Hidden Charms
11
224
4.607
 
9.
I Put A Spell On You
11
209
4.463
 
10.
The Ship
9
222
3.835
 
11.
Teleportation
8
213
4.994
 
12.
Kiss Me
7
231
5.685
 
13.
The Forgotten
7
226
5.578
 
14.
The Estiennes Blade
9
215
6.031
 
15.
Hello
12
239
6.516
 
16.
Who We Are: I'm Back Traitors
7
191
5.149
 
17.
Hope(less) - Part 1
6
176
5.591
 
18.
Hope(less) - Part 2
4
168
5.477
 
19.
Garden
6
156
5.720
 
20.
Spin-Off: When We Were Young
6
154
5.589
 
21.
Homophobia
4
141
5.495
 
22.
Winter Bird
4
100
4.934
 
23.
Borders
5
89
4.939
 
24.
Alive
5
97
4.926
 
25.
Forward
5
85
4.572
 
26.
I See Fire
3
81
5.441
 
27.
Castle Of Glass
3
73
5.184
 
28.
Village
4
74
5.941
 
29.
Silhouette
2
43
4.904

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~fraser
Capítulo 29 - Silhouette
Usuário: ~fraser
Usuário
Tá brincando? Ficou mais do que um suspensezinho!!!!!!! Como assim cair definitivamente? Não, não, não!!!!!! Espero ter entendido muito errado, isso não vai acontecer, nada de cair definitivamente.
Esse capítulo ficou maravi, e bem misterioso também!!!!! De quem era a carta? Eles foram descobertos? aaaaaaaaaaaaaaaaaaa é uma armadilha? Não é uma armadilha? Ele tá fazendo tudo só pra conseguir ver ela? aaaaaaaaaaaaa seria bem romântico, mas eu seguiria o plano de derrubar tudo mesmo assim, afinal prioridades.
Postado por ~fraser
Capítulo 28 - Village
Usuário: ~fraser
Usuário
Primeiro: desculpa pela demora, sério, eu não tinha ideia que ia demorar tanto pra vir. Os dias passam rápido demais, to chocada que passou DIASSSSS. Me perdoa e não desiste de mim!!!
Segundo e mais importante: eu sou toda apaixonadinha pela tua maneira de escrever e quis dizer isso de novo, eu sei que eu bato nessa tecla, mas tem que ter algo especial, sabe? eu realmente gosto dessa coisa simples que ao mesmo tempo é tudo menos simples.
Terceiro e mais importante ainda: eu to HÁ DIAS pra te dizer isso, tu tem paixão pela tua estória e isso tornaria 100% fácil pra mim gostar dela se eu não gostasse por outros tantos motivos. Amo esse enredo demais.
Quarto e tão importante quanto todos os outros: MARCUS EU TE AMO D++++++++++ AJUDA MINHA BABY PHOEBE A SAIR DA SOLIDÃO
Postado por ~fraser
Capítulo 27 - Castle Of Glass
Usuário: ~fraser
Usuário
Oi ;)
Posso dizer? EU AMEI O MARCUS, muito sério, eu acho que ela precisava de uma distração pra tudo que tá acontecendo e ele é um amor de pessoa. E nem to reduzindo ele a uma "distração", ele é um cara legal e eu fico tão feliz que ela possa ter um momento tranquilo com alguém que faça ela bem.
E o passado, hein? Deveria ter começado a falar dele porque amei a interação dos meus pombinhos, inclusive espero que essa visita na vila seja só sucesso e deixe eles ainda mais próximos. Não posso evitar, to shippando ela com os dois, será que você poderia conseguir isso pra mim? Um triângulozinho de leve? Os finais de semana poderiam ser negociados.
Postado por ~meftdeath
Capítulo 26 - I See Fire
Usuário: ~meftdeath
Usuário
OH MISTY EYE OF THE MOUNTAIN BELOW
Sabe que eu nunca vi Hobbit nem Senhor dos Anéis mas eu adoro essa música? Me faz me sentir uma pseudo-fã do Ed, a.k.a poser djdjd
Outra coisa que eu tenho pra te falar é que eu comecei a assistir uma série de produção bem cagada da BBC, mas é um amorzinho, sobre como Merlin chegou a Camelot, conheceu o Rei Arthur, etc. Eu nunca tinha visto nenhum filme ou lido um livro sobre a lenda do Rei Arthur, e eu sei o quanto você se inspira nela para escrever CRH, e como a minha mãe gosta bastante eu pedi para ela me mostrar. Vocês criaram um monstro, agora eu fico procurando um monte de coisas, arquivos, filmes, séries sobre as lendas dele, tenho um vício novo agora ;-;
MAS AGORA VAMOS FALAR SOBRE ESSE CAPÍTULO LINDO CHEIROSO E MARA
Para começar não sei lidar com o fato de você ter escolhido I Ser Fire, e esse "E você vai ser uma…" que o Ed ia falar que o Rupert interrompeu. Vai ser uma "rainha", certo? Sabemos que sim. Phoed is real. E sabemos também que a Lillian vai parar de ser naja e vai shippar Phoed com a gente, certo? Talvez não.
Mas sobre o Chandler ter entrado: você é mais fã de The Walking Dead do que o próprio criador, disso eu tenho certeza. E sobre o Max ensinar a ele a amar Cantberg me fez lembrar do Brasil agora, deu até uma emoção <3
E a Malena chega com um pergaminho e apesar dela falar que são ótimas notícias deu um aperto no coração
MARCUSSSSSSSSSSSSDDS DE TU MEU AMIGO
O QUÃO IMPORTANTE É ISSO? VOCÊ SABE QUE EU TÔ CURIOSA AH SE SABE.... por isso, continua.
Eu adorei a entrada do Chandler, mas ainda não entendi o que ele vai fazer de importante… por isso, continua.
E sobre a Lillian ter ajudado a Phoebe, eu acho que ela quer ludibriar nossa miga para ficar com o Ed, mas não tenho certeza POR ISSO CONTINUA!!!
Como sempre eu amei. Amei a história, amei a escrita, amei os personagens, amei a música, amei cada palavrinha, cada pontuação s2
continua, mana, eu te peço, nem demorei. Na verdade, demorei, mas é que eu também não tô olhando tanto as notificações. A sua fanfic é a única que eu leio e tenho preguiça de procurar outras porque nem uso tanto por conta do meu "hiato".
Phoed always in our hearts, beijão -3-
Postado por ~NutHapi
Capítulo 24 - Alive
Usuário: ~NutHapi
Usuário
Definindo esse cap em: QUE TENSOOO ain mds só rolou confusão gente meu pobre coraçãozinho ferido ;-;
Nossa na parte do passado eu tinha ficado toda felizona, mas naoooooooo a tal da Gigi do Malik tiiiinha que acabar com a minha alma. Putz, que maldição é essa minha gente, comassim, o bebê já tinha nascido! Que triste, tava todo mundo tão feliz, comemorando, que coisa né? Isso é a vida que não sabe ver o povo se divertindo sem querer se divertir também, destroçando tudo, dando tabefe na cara do povo enquanto come pipoca com um óculos 3D na cara. Tenso? Não, que é isso.
Poxa, tão peninha Ed sempre olhar esse lado mais chato das coisas que a gente sempre tenta ignorar, né? Não, ele precisa ver as coisas do ângulo racional, porque todo mundo sempre quer um pedaço dele, da mãe, do pai, do irmão. É o interesse. Mas fazer o que, né, eles são a realeza. O que mais me entristece na criação do Ed é o fato dele ter vivido sempre em um castelo. Um castelo é incrível mesmo, mas ele não foi criança lá pelo mundo, acho isso tão restrito. Se eu fosse a Pheebs (sim, eu e ela somos íntimas a esse ponto) eu não conseguiria jamais ser rainha, muita pressão, falta de vida, não sei. Só que tem Ed, que é o amor da minha vida (ele realmente é, platonicamente, mas eu to falando como se eu realmente fosse a Phoebe), e eu não saberia o que fazer, porque euzinha (realmente eu) sou uma pessoa que sempre leva em conta os sentimentos, mas eu penso demais nas coisas, e pra melhorar o pacote sou mais indecisa que sei lá o quê. Eu to voando, né? Ashuashuashuahsuahsua foi mal.
Até esqueci o que eu ia falar. Ain é que eu não comento faz tannnnnnto tempo (desculpinha?) que tem muita coisa pra falar.
Eu admito que tenho pena de todo mundo nessa história, porque puta que pariu! Putz todo mundo tá ferrado. E eu não suportaria ser Phoebe, porque sou chorona, viveria reclamando da vida e tals. E além de tudo, tem o filho (porra nem ao filho ela tem direito! Indignada), e Ed também. Eu não deixaria de amá-lo, apesar de tudo, porque sou besta, sonhadora e trouxa. Eu acabaria que nem a própria Phoebe, amando e odiando o Ed, seria bem inevitável. Admito que eu queria um finalzinho felizinho pra esses dois, porque eu realmente acredito que eles se amam de verdade, e se não fosse pelos títulos que acompanham os nomes deles, estaria tudo bem, e eles seriam nada mais, nada menos que uma família.
Cara, a parte do presente foi mais tensa que o passado. Numa situação dessas eu teria saído correndo desde o portão de entrada, e só porque a vida gosta do fato de eu ser um desastre, eu ia levar um tombo, tropeçar, cair, quebrar o joelho. Essas coisas.
Meu deuuusss eu achava que alguém realmente ia capturá-looosss que medo deu agora.
Aff não gostei da Emma. Sério. Entendo Phoebe precisar escolher um lado, mas não sei se notaram, ela tem que escolher entre a família e a revolta. Cara, eu me sentiria indecisa também. Acho Emma desnecessariamente grossa, ain.
Não sei se é legal o que Phoebe repetiu para si mesma. Bem, ela disse que está viva. Sobrevivendo. Mas ela não mencionou estar vivendo, claro. Sobreviver é algo tão precário na minha concepção da palavra. É como se a pessoa estivesse se arrastando, esse é o caso dela?
Cara, como Ed aguenta? Ele fica sempre tão longe das notícias, maabhwhwjw. Mal posso esperar pra que ele entre mais na parte do presente porque meu Rá, aí é que vai começar a treta mesmo.
Achei esse capítulo muito bom mesmo! Sem brincadeira, não to falando da boca pra fora. Foi legal, porque a parte do passado deixou todo mundo tenso, com medo e curioso pra saber o que vem, e a parte do presente deixou um clima pós-treta (ganhada pela queen, licença) pesado, mas a parte em que ela diz estar sobrevivendo, e diz estar viva, por mais da minha """"análise"""" anterior da palavra ser negativa, isso também quer dizer que por mais que esteja meio impossível, por mais que seja difícil, por mais que ela realmente esteja se arrastando, ela ainda tá aí, tá em pé, não tá inteira mas tá sobrevivendo, e isso dá esperança. Então foi um capítulo perfeito, pretty much.
Tem como dar mais de cinco estrelas? Cara, eu queria.
Um beijo pra tu, visse? Mil estrelas!
:3
P.S: poxa o comentário nem ficou tão grande :'(