História Amor Infinito - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Alyssa Fernandez, Amor Infinito
Visualizações 48
Palavras 1.268
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Surpresa


Mais uma vez estava errada. Eu e Justin estávamos começando à ficar bem amigos, saíamos juntos e eu frequentava suas festas na sua enorme mansão que pelas minhas contas dava a minha casa e a de Caitlin juntas. Inclusive Justin me convidou para comemorar seu aniversário, 1º de março, de 19 anos em sua casa. A festa foi incrível, pude conhecer sua mãe Pattie e seu pai Jeremy, que eram muito divertidos e carinhosos. Seus irmãos por parte de pai, Jazzy e Jaxon eram crianças muito doces e obedientes.

No dia seguinte à festa, percebi que havia esquecido meu casaco na casa de Justin.

- Ai Meu Deus, como eu sou lerda! - pensei.

Fui até a varanda para deixar o ar frio entrar na minha pele. Lá embaixo havia uma piscina que estava me chamando loucamente. Lembrei de quando subi na grade do meu quarto e de lá pulei, com Rafael... foi incrível. Só que sem Rafael eu era bundona demais, não teria coragem de fazer isso.

Resolvi ir até a casa de Justin.

Abri a porta lentamente. Sabia que não era educado entrar sem bater mas educação não era um dos meus pontos positivos. Avistei meu casaco pendurado na escada... apanhei ele. Ouvi um som de TV ligada, dei uma pequena espiada e meu coração desceu rolando. Justin estava parado na frente da televisão vendo uma entrevista de sua ex namorada, Selena Gomez. Quando percebi já estava dentro da sala. Justin desligou apressadamente ao percaber a minha presença.

- Ah você. Oi Aly! - ele esfregou as mãos nos olhos e quando tirou percebi que estava chorando.

- Oi! Vim pegar meu casaco que esqueci ontem... Está tudo bem? - perguntei, me sentando ao seu lado.

- Está sim, é só que... deixa pra lá. Não é importante... ela não é importante! - provavelmente essa última frase ele deixou escapar.

- Quem não é importante? 

- Ahh Aly... qual é? - respondeu bravo. - Eu sei que você viu o que eu estava vendo. Sou um idiota por ter acreditado que ela me amava... Agora está aí, - disse apontando para a TV. - zombando de mim.

Olhei para Justin apreensiva.

- Vai ficar tudo bem, não se preocupe... Vai ver ela...

- Não Alyssa nada vai ficar bem. Ela nunca me amou. Ela brincou comigo da forma mais cruel possível.

Estava começando a ficar assustada, nunca o tinha visto tão desesperado dessa forma.

- Eu entendo o que você está passando. - falei calmamente.

- Você entende? - falou ironicamente. - Duvido que você já perdeu alguém que realmente amava... alguém que significava o mundo, que significa o mundo, que significa tudo! Dúvido Alyssa Fernandez... dúvido!

Respirei fundo para não desmaiar ali mesmo. Merda, por que ele sempre tinha que me fazer lembrar do Rafael? Justin olhou pra mim provavelmente arrependido.

- Ah Meu Deus, me perdoa Aly. Você não tem culpa do que está acontecendo na minha vida. - falou me abraçando. - Deve estar pensando esse daí é rico, famoso e tem milhões e milhões de garotas à seus pés. Não sabe o verdadeiro significado do sofrimento.

Olhei espantada para ele.

- Confesso que fiquei bastante surpresa com o que disse... mas não, eu não penso isso de você.

Justin segurou meus braços e olhou fixamente em seus olhos.

- Me faça esquecê-la Aly! Por favor tire ela da minha cabeça... eu lhe imploro. - disse. Justin me surpreendeu com um beijo.

No começo foi bom e calmo, mas depois foi ficando mais forte e tenso. Aquilo não era certo, Justin tentava loucamente esquecer Selena e eu Rafael.

- Chega! - empurrei Justin, jogando-o no sofá. - Preciso ir embora.

- Mas... - disse atordoado.

-Tchau! - peguei meu casaco e saí.

Comecei a correr só parei quando estava na varanda do meu quarto. Estava me sentindo suja, então precisava fazer aquilo. Tirei meu casaco e o meu tênis, subi nas grades. O ar estava congelante mas respirei fundo e pulei na piscina. Provavelmente essa foi a coisa mais louca e estúpida que fiz e vou fazer em toda a minha vida. Quando cheguei na água era como se milhares de canivetes estivessem entrando em cada parte do meu corpo. "Aii caramba, isso dói mesmo."

Ao subir o ar novamente cortou a minha pele... mas a sensação era boa. Pularia de novo se não estivesse tão frio.

- O que você está fazendo Alyssa Fernandez? - me assustei ao ouvir a voz de Caitlin.

Ao virar, me deparei com uma Caitlin não contente com que eu estava fazendo.

- Não está vendo? Estou nadando! - tentei parecer óbvia e engraçada, o que não foi nada fácil pois meus dentes estavam começando a bater.

Caitlin deu um sorriso irônico.

- Ah sim... nesse frio? Pegue essa toalha e entre na sua casa.

- Então Aly... por que você resolveu nadar nesse frio? - Caitlin perguntou depois que eu já estava com roupas secas e no meu quarto.

- Eu e Justin se beijamos. - respondi calmamente.

- Ah e toda vez que você beija um garoto você resolve nadar no frio? - Caitlin riu da sua própria pergunta.

- Não exatamente... fui até a varanda e pulei de lá! - o modo como falei parecia que fazia isso todos os dias.

- Ah sim a minha melhor amiga é completamente doida. Você poderia ter morrido sabia? - falou impaciente.

- Mas não morri!

Comecei a lembrar do motivo pelo qual Justin e eu se beijamos. Segurei as lágrimas que ameaçavam me trair.

- Justin ainda ama a Selena! - disse tristemente - Eu o peguei vendo um vídeo dela... ele estava chorando. Parecia muito aborrecido com Selena.

Caitlin levantou da cama. Ela parecia um tanto... xatiada. Ainda tinha a leve impressão que existia algo entre eles que não conseguia entender.

- Selena foi muito importante na vida de Justin, - disse pensativa - eles passaram por tanta coisa juntos.

Não queria pensar muito sobre o assunto... detestava acreditar que ele pudesse voltar com Selena. Caitlin me olhou sorridente, como se tivesse lendo meus pensamentos.

- Ai Meu Deus... você está apaixonada por Justin Bieber!

- O que? - perguntei incrédula - Não eu não estou apaixonada por ele... ou pelo menos eu acho que não.

Caitlin revirou os olhos.

- Ai garota não seja boba. Dá para ver nos seus olhos que você ama ele.

De repente seus olhos se desviaram para o meu notebook, que estava aberto no meu papel de parede predileto: Rafael beijava sorridentemente meu rosto. Caitlin me olhou surpresa e pasma.

- Alyssa por que você não me falou que tinha um namorado? E minha nossa... ele é tão lindo. - observou.

- Ele era lindo... ou continua sendo em algum lugar. 

- O que? 

- Ele mor... - senti um forte aperto no coração. Respirei fundo e continuei. - ele morreu em um acidente há pouco mais de um ano.

Caitlin me lançou um olhar de pena e me abraçou.

- Eu não fazia ideia... me perdoa?

- Está tudo bem! - respondi tristemente.

- O que aconteceu? Como foi?

- Eu não... quer dizer, chega disso... preciso contar para alguém se não eu vou explodir.

- A minha mãe, Sandi, sempre diz que não é legal ficar guardando para si mesma as coisas. Não faz nada bem. Isso acaba com a gente, sabe?

- Você tem razão... só por favor tenha paciência, Rafael foi uma das pessoas mais importantes e simplesmente perdê-lo... er... é muito difícil de lembrar.

- Okay! Sem pressões! - Caitlin disse - Pode começar!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...