História Cinderela às Avessas


Escrita por: ~


Sinopse:
“A soberba do homem o abaterá, mas o humilde de espírito obterá honra” (Provérbios 29:23)

Há quem se ache melhor que todos e no pleno direito de pisar em quem, aparentemente, está por baixo. São pessoas que se acham acima de tudo e todos por causa de dinheiro e posição social.

Mas a vida costuma ser engraçada às vezes. Num momento, estamos por cima. Em outro, somos jogados para baixo numa queda vertiginosa sem nem saber o que nos atingiu. Nada é eterno, nada é para sempre.

É isso que Carmem irá aprender quando se dar conta de que não é mais a filhinha rica e mimada pelos pais. Nada disso, agora ela é alguém do povo, uma pessoa invisível para a maioria, parte da ralé que ela antes desprezava. Como ela irá se adaptar a nova vida?
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 5.685
Favoritos 38
Comentários 132
Listas de Leitura 3
Palavras 52.370
Terminada Sim
Categorias Turma da Mônica Jovem
Tags Amizade, Carmem, Cascao, Cebola, Magali, Maria Cascuda, Monica

Fanfic / Fanfiction Cinderela às Avessas
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Ficção, Magia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Era uma vez...
7
384
1.667
 
2.
Uma patricinha mimada e arrogante
4
289
1.586
 
3.
Que se achava no direito de pisar em todos
4
199
1.455
 
4.
Então aparece uma estrela
4
189
1.417
 
5.
E seu mundo vira de ponta-cabeça
4
200
1.865
 
6.
Agora ela está sem nada
3
173
1.393
 
7.
E precisa se virar sozinha
4
161
1.686
 
8.
A Cinderela se torna gata borralheira
4
179
1.445
 
9.
Conhece sua madrasta e a irmã perversa
2
162
1.368
 
10.
A vida se tornou muito dura com ela
5
170
1.593
 
11.
Só lhe resta esperar o resgate
3
147
1.870
 
12.
Por um instante, ela se enche de esperança
3
150
1.522
 
13.
Para descobrir que a salvação não vem
2
156
943
 
14.
E não tem como transformar a abóbora em carruagem
3
182
2.387
 
15.
A vida de gata borralheira continua
5
142
1.182
 
16.
Com todos oprimidos pela madrasta cruel
4
141
1.749
 
17.
A gata borralheira não vai ao baile
5
153
2.218
 
18.
E amarga a solidão sozinha
4
139
1.334
 
19.
Depois perde a fada madrinha
4
150
1.671
 
20.
Mas descobre que tem uma boa amiga
5
150
1.929
 
21.
Depois faz as pazes com a irmã perversa
4
143
1.379
 
22.
E lhe ajuda a conquistar seu príncipe
4
149
1.235
 
23.
Ela é convidada para outro baile
3
127
1.125
 
24.
Mas esse baile cobra um preço alto
3
130
1.481
 
25.
A gata borralheira sente falta do que perdeu
3
145
1.411
 
26.
Ela descobre que a madrasta também é uma bruxa
3
142
1.658
 
27.
Por isso ela decide lutar
3
133
1.561
 
28.
Todos conspiram contra a bruxa
3
161
1.583
 
29.
Enfim chega o grande baile
4
129
1.619
 
30.
Outra jóia brilha no céu para a Gata Borralheira
2
138
1.687
 
31.
Outros milagres acontecem por toda parte
4
140
1.296
 
32.
A Gata Borralheira desmascara a bruxa malvada
5
159
1.471
 
33.
E volta a usar sapatos de cristal
3
165
1.200
 
34.
E todos viveram felizes dentro do possível
9
208
1.384

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~Spiritmon
Capítulo 34 - E todos viveram felizes dentro do possível
Usuário: ~Spiritmon
Usuário
E mais uma fic sua que termino. E com uma imensa satisfação e prazer no coração. Uma vez mais você me impressionada com a sua criatividade, determinação, imaginação, e o coração e o afinco que você usou para criar mais uma obra prima de Fanfic. A cada história eu me impressiono, fico surpreso, choro em alguns momentos, e acabo dando altas risadas em diversas partes de suas fics (Angemon Rescue Padoca XD ). Você mais uma vez me conquista com as suas histórias Mallagueta, e cada vejo tenho certeza que você tem um dom poderoso da criação em suas mãos.

Chega eu perdi a conta de quantos capitulos eu li hoje. Eu lembro que tava no capitulo 12 mais ou menos e agora estou no 34! Ufa e agora são umas....03:27. Uaaah que sono. Enfim, mais uma vez obrigado por ter criado mais uma fic tão incrivel, tão extraordinária, tão maravilhosa, e tão gostosa de se ler :3. Mal posso esperar para começar a ler sua próxima fic. Meio que estou em dúvida entre a 2012 e a Universo em desequilibrio. Bem eu decido isso mais tarde.

Para mostrar o quanto estou emocionado quero lhe apresentar uma das melhores músicas emocionais que eu conheci, Gentle Hands, em sua versão em Inglês e Japones:

Versão em inglês: https://www.youtube.com/watch?v=EK2LFnNBxw4

Versão em Japônes: https://www.youtube.com/watch?v=Ehh5Df7opn0


Eu tomei até a liberdade de traduzir a música. Copiei a versão em inglês no google tradutor, e corrigi uns erros aqui e ali para a compreensão ficar o melhor possível:

Tocada por uma mão invisível e fria,
Eu passo meu tempo que flui para a eternidade.
Como seus olhos olhar-se na distância nebulosa,
o que é revelado a eles, eu não consigo ver.

Como a luz da lua brilha em meus dedos frios intensos.
Lágrimas congeladas do meu começar a fluir novamente.
Eu olho para o céu. Esse sonho distante,
Sem além do meu alcance.

Sem medo, eu alcanço minha mão na escuridão.
Eu estou a ponto de não retornar.
Se eu realmente perceber a pessoa que eu sou,
escondido dentro de minhas mais profundas memórias.

Eu ainda quero acreditar que você vai voltar para mim.
Até que você esteja comigo, juntos neste lugar.
Eu ainda quero sentir até o fim dos tempos.
O toque de amor suave de suas mãos em meu rosto.

Preso dentro desta gaiola feita de vidro,
ferindo os sentimentos mantidos em cativeiro na noite fria e gelada.
Desde muito além do escuro infinito.
Deve haver sempre um raio de luz.

Eu sei que a sua luz que brilha eterna
vai me abraçar no calor do infinito.
Ao tentar fugir da dor da realidade,
Estou perdendo de vista o que é tão importante para mim.

Eu ainda quero acreditar que você vai voltar para mim.
Até que você esteja comigo, juntos neste lugar.
Eu ainda quero sentir até o fim dos tempos.
O toque de amor suave de suas mãos em meu rosto.

Tocada por uma mão invisível e fria,
Eu passo meu tempo que flui para a eternidade.
Como seus olhos olhar-se na distância nebulosa,
o que é revelado a eles, eu não consigo ver.

O que é revelado a eles, eu não consigo ver.



Se possível me diga oque achou, ok? Quem sabe não te dê inspiração pra próxima fic?