História Fantasma da Opera - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias O Fantasma da Ópera
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Fantasma, Ficção, Romance
Exibições 5
Palavras 644
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Mistério
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 16 - Quando eu acordei


Fanfic / Fanfiction Fantasma da Opera - Capítulo 16 - Quando eu acordei

Paris parecia uma cidade morta ,aquele período de inverno trouxe um período um tanto quanto nostálgico, momento em  que as pessoas ficavam recolhidas em sua casas com suas famílias jogando cartas, relembrando antigos momentos e revendo os álbuns de fotos, o único entretenimento que havia na cidade era opera paris ,período em que este mesmo lotava portanto o senhor Borges resolveu criar uma nova peça, o que ele não poderia imaginar é  que esta peça as abriria portas para uma grande turnê.
       Doce Rosalie sabia que vosmece  viria ao meu encontro-Lysandre
O que tens de tão importante para me falar-Rosalie
Quero ter vosmecê só para mim ,quero que se case comigo-Lysandre
O que?-Rosalie
Isto que ouviu já não consigo imaginar minha vida sem vosmece-Lysandre
Mas, mas, bem como posso me casar com vosmece se nem mesmo tira a mascara de seu rosto-Rosalie
Se eu tirasse vosmece se casaria comigoLysandre
Sim!-Rosalie
Ele estava tirando a mascara aos poucos quando de repente eu acordei  e não pude ver seu rosto, então era um sonho! apenas um sonho! o que estaria acontecendo comigo? fiquei pensando em tudo que passamos ,das vezes que eu o vira por traz do espelho, de nossa primeira dança ,de nossas conversas e sobre o encontro de ontem, aquele frio de Paris não ajudava em nada ,na verdade era um empecilho para que me levantasse daquela cama quentinha ,em fim resolvi que deveria me levantar pois teria que conversar com borges sobre a sua nova peça. Banhei-me ,arrumei meus cabelos e por fim escolhi a roupa que usaria hoje achei um vestido cor purpura, na verdade sempre optei por vestidos mais claros porem este causava um grande contraste com o tom da minha pele clara, apesar de escuro era discreto.
Senhorita Rosalie não vais tomar o café matutino?-Olivia
Já estou indo minha amiga, o frio desta cidade quase não me deixas sair dessa cama,e ainda me veio os pensamentos que me remetem ao tal. -respondi
Ao Fantasma?-Olívia
Quem mas poderia ser? Aliás fantasma não ,Lyssandre
Não sei talvez pudesse ser o Derick Holf! Olivia respondeu rindo
Derick Holf? Nunca mais havia falado com ele-respondi
E o que achas dele? Olivia
Não sei trocamos poucas palavras-respondi
Ele me parece encantado pela senhorita!-Olivia
Por mim?!-respondi
Vosmece sabe muito bem disso viu tantas vezes ele atrás da senhorita, pedindo para ser seu par pelo menos em uma contradança-Olívia
Acho ele meio arrogante a principio , porem não lhes conheço bem .-respondi
Ele estará presente no café matutino!-Olivia
E quem mas vai estar ?-perguntei
Bem nem sei ,só sei que ele estará.-Olivia
Vamos então ao café Olivia-respondi
Eu não posso sou funcionaria .-Olívia
Claro que pode. não precisarás mas trabalhar para Lourdes, de hoje em diante será  minha dama de companhia, preciso de ajuda  para meu figurinos maquiagens e eventos que possam surgir ,alguém que organize minhas coisas, muitas propostas estão surgindo depois do les refletes de la lune.-respondi
Não sei como agradecer Rosalie-Olivia
Você terá sua chance de conhecer tudo sobre as peças, ver a rotina dos artistas e com isso será bem mas fácil que consiga ser uma atriz, como sempre sonhou-respondi
Não sei nem o que falar, mas quem ficará trabalhando em meu lugar?
Lourdes arranja outra funcionaria-respondi
     Fomos até o Café matutino, havia simplesmente uma banquete, parecia mas uma comemoração .
Então senhorita Rosalie como tens passado?-Derick Holf
Bem –respondi seca
Vou até senhor borges, sua licença
Fui até a mesa de senhor Borges, estavam presentes altos membros da sociedade e a irritante da Lourdes. Nos sentamos quando lourdes começa suas provocações
Mas o que é isso? agora os serviçais podem se sentar a mesa conosco ,que blasfêmia-Lourdes
Ela é minha convidada, não se meta lourdes mesmo que ela já não é mas sua funcionaria 
A senhorita rosalie tem autorização para convidar quem quer que ela queira,a nossa melhor atriz do Opera Paris.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...