História Fardo do garoto da Esperança - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inazuma Eleven (Super Onze)
Personagens Matsukaze Tenma
Tags Dark L, Sofrimento De Capitão, Tenma
Exibições 26
Palavras 417
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Inazuma Eleven pertence a Level-5 e foi escrito por Tenya Yabuno.


Yo pessoinhas, como prometido, estou postando uma fic depois de tanto tempo. Eu realmente sentia falta de fazer isso, acho que me desacostumei. Está sendo estranho kkkkkkk Bem, eu criei essa one faz um tempo (2015 >.<) e refletia sobre como Tenma é tratado, ou se sente no anime e nunca se sente inabalado. Sem mais delongas para não acabar revelando tudo :P

Enjoy!

Capítulo 1 - Eu não posso cair


Eu olhava fixamente a braçadeira de capitão que me pertence. Trancafiado em meu quarto, concentrava-se em fazer aquilo por horas, ao mesmo tempo em que me perdia em pensamentos. Este é, somente um, dos poucos dias os quais não tinha um sorriso no rosto. Entretanto, não deixa de ser ruim de qualquer forma.

E o pior... Ninguém pode me consolar. Pessoas pra fazer isso eu tenho de sobra, mas o problema é que elas não podem. Simplesmente pelo fato de que sou Matsukaze Tenma, o inabalável. Todos me conhecem por sempre sorrir e ser otimista, além de achar a solução de qualquer problema. Eu, o garoto da esperança do planeta, com quem todos contam, o que ajuda sem hesitar nem olhar.

Mas quando sou eu que tenho problemas, sou obrigado a lidar com eles sozinho. Não é questão de ignorância ou orgulho. É apenas porque como outras vezes, sacrifico-me para não preocupar aqueles que amo. Como sou Tenma, não devo mostrar desespero, ou todos irão se desesperar. Também não me é permitido sentir raiva ou tristeza, senão todos perderão as esperanças.

Ou seja, se eu desabo, o mundo desaba junto. Bem, pelo menos é essa a sensação que eu tenho, porque das outras vezes em que desabafei em público, todos pareceram cair. Ninguém foi capaz de substituir a minha “função” e isso é frustrante.

Ao contrário do que imaginam, é difícil manter essa minha postura de felicidade eterna. Sou o capitão, é em mim que eles acreditam. Não posso falhar e nem os desapontar, mesmo que algum dia eu queira só para mostrar que não sou feito de ferro... Que não sou extraordinário, nem mais especial que eles. Porém... Eu gostaria de não ter que carregar esta dor sempre desse jeito.

Agora você consegue me compreender um pouco? Vê que não posso ter alguém para ajudar a segurar minhas dores?

— Tenma? Você está aí? — Ouço a voz preocupada de Shinsuke na porta. Provavelmente pela expressão enraivecida com a qual deixei o treino mais cedo.

Suspirando pesadamente e enxugando as lágrimas silenciosas que não devem ser vistas por mais ninguém, caminhei e abri a porta. Antes fazendo meu melhor sorriso.

— Tenma... Tudo bem? — Ele me questiona.

— Claro, por que não estaria? — Faço uma pergunta retórica e logo corto o assunto. — Vamos treinar.

Como sempre trato de agir igual a qualquer outro dia. Mesmo que estivesse morrendo por dentro, não posso deixá-los me verem sofrer. Tudo porque este, é o meu fardo.


Notas Finais


See Ya!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...