História Fate of Heirs - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO, F(x), MBLAQ, NU'EST, U-KISS
Personagens AJ, Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Joon, Jr, Kai, Kiseop, Kris Wu, Krystal Jung, Lay, Lu Han, Mir, Personagens Originais, Ren, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Chanbaek, Chankaisoo, Hunhan, Joonmir, Jren, Kaihun, Kaisoo, Kaistal, Sekai, Sulay, Taoris, Xiuchen
Exibições 89
Palavras 1.240
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Demorei? sei que demorei e peço desculpas por isso mas fiquei sem internet por um tempo, talvez ficarei sem internet amanhã, já que não é eu que pago a conta então não sei mas poderei ficar sem net esse mês também,bom, vamos deixar de enrolar ^^

Boa leitura.

SABE AQUELA HORA QUE A PREGUIÇA E SONO BATE QUANDO VAMOS FAZER A CAPA? pois é, ela pegou agora kkkkkkk, vai ser isso.

Capítulo 15 - Acontecimentos parte I...


Fanfic / Fanfiction Fate of Heirs - Capítulo 15 - Acontecimentos parte I...

Fate of heirs – Capitulo 15

 

 

XiuMin povs on

 

Berlin 17:05

 

Estava morando na Alemanha a um tempo. Desde que meus pais se separaram, minha mãe conseguiu minha guarda e acabamos por nos mudar para a capital da Alemanha  apenas para  ela não ter que ver o rosto do meu pai todos os dias na empresa. Mas infelizmente algo grave aconteceu, ela sofreu um acidente de avião e morreu me deixando praticamente nada, por eu ser filho único, logo fiquei com uma pequena parte da empresa, mas isso não tem nada a haver com o agora, com o hoje.

 

Coloquei os fones de ouvido enquanto andava pela as ruas movimentadas da cidade, sempre optava por ir andando para casa, não tinha carro e não gostava de pegar ônibus – principalmente por nesse horário sempre ser super lotado – logo não gostava de coisas apertadas, principalmente em roupas mas meu gosto de roupas não interessa a ninguém.

 

Quando cheguei perto da porta que levava as escadas logo peguei as chaves que se encontravam prendido na minha calça jeans e  abri a porta subindo as escadas, estava com um gorro em minha cabeça, sempre fazia um frio imenso a noite naquele pais mas mesmo assim o retirei e aumentei a musica em meus ouvidos.

 

Tive alguns problemas na escada, principalmente na hora que acabei esbarrando em um “amigo” meu, não nos dávamos muito bem mas eu tinha que ficar calmo, ele era namorado do meu colega de apartamento.

 

Logo cheguei em meu apartamento, abri a porta do mesmo e entrei na pequena sala, fechei a porta e me deitei no sofá e percebi que a TV já estava ligada... como sempre.

 

Acabei dormindo de repente no sofá com um copo na mão em que eu bebia um liquido que avia ali antes que eu chegasse, estava muito cansado no dia que eu avia tido.

 

Sonho on

 

Após chegar em casa depois de um dia cheio de trabalho naquela empresa eu me deitei no sofá pegando um copo com agua que já se encontrava ali, bebei um pouco e fiquei assistindo a TV que já se encontrava aberta ates que eu chegasse.

 

Joguei um peão no chão e como sempre ele girava sem sair do local ,sem nenhuma dificuldade. Achava aquilo muito estranho mas tudo bem, ele que girasse do jeito que quisesse.

 

Fechei meus olhos de leve pois estava cansado  e logo os abri quando a TV saiu do ar com um barulho  e começou a passar algumas imagens de lobos com algumas letras no centro da tela, era “Edinburgh 15:25” que tinha ali, não sei por que mas eu me assustei e corri para dentro do quarto que eu dividia com o meu colega.

 

Sonho off

 

 

                                                                  ~~~*~~~           

 

Me acordei assustado olhando para os lado percebendo que eu estava deitado no sofá, me sentei no sofá com o coração completamente acelerado, olhei em volta percebendo que estava tudo limpo, bem diferente do que estava na noite passava.

 

-Hum... – me espreguicei suspirando e cocei os olhos suspirando e me levantei calmamente e me dirigi a cozinha do local, quando entrei eu vi uma silhueta masculina com cabelos avermelhados  fazendo algo no fogão. Fui em direção a mesa e me sentei na cadeira depositando minha cabeça na mesa fechando os olhos.

 

-Bom dia XiuMin Hyung... – ouvi a voz do meu amigo falar e olhei para ele com os olhos entre abertos, ainda se encontrava muito cansado.

 

-Bom dia Cheol Yong dongsaeng. – digo baixo olhando para o mais novo que cozinhava algo que particularmente eu não tinha saber o quem era.

 

-Sabe, isso é meio injusto... – disse ele meio serio vindo até mim com uma frigideira quente e me sentei rapidamente na cadeira completamente reto, esse Cheol Yong é meio desastrado.

 

-O que é injusto? – perguntei confuso o vendo me olhar serio... mas logo o rosto serio se desfaz e forma um bico com seus lábios que praticamente formavam um coraçãozinho.

 

-Eu te chamar por um apelido fofo e você vir com o meu belíssimo nome de nascimento, sabe que eu não gosto dele... – senti a ironia da palavra “belíssimo” naquela frase, riu baixo e apertei sua bochechas o fazendo ficar mais fofo. –Para hyung, isso dói! – disse ele voltando a ficar serio e se afasta de mim rapidamente.

 

-Vem cá Cheol Yong! Você é muito fofo com esse bico nos lábios! – digo me levantando e tentando pegar em suas bochechas de novo mas o mais novo correu para o outro lado da mesa nos fazendo ficar em um jogo de pega-pega

 

Logo  o peguei e apertei suas bochechas de novo e o mesmo corri para longe me olhando serio.

 

-Aff, Bang Cheol Yong! – digo serio vendo a infantilidade do garoto.

 

-ME CHAMA DE MIR, SEU DESGRAÇADO! – gritou o mais novo mostrando como ele era de verdade, um pequeno e rabugento Bang Cheol Yong.

 

-Ae! Mostrou as caras Cheol Yong! – digo sorrindo e o vejo pegar a faca ameaçando a jogar ela em minha direção. – Desculpe, Mir... – digo me encolhendo, sabia que ele poderia muito bem jogar aquela faca bem amolada na minha direção e quase me matar, como na ultima vez.

 

-Só vai na força mesmo... – disse o mais novo irritado e com a faca na mão, voltou para o fogão com um rosto serio, por que eu adorava irrita-lo? Mesmo tento a chance de perder a cabeça, literalmente.

 

Ouvi o telefone do mais novo tocar e quando eu ia me levantar para atender ele me para e vai em direção ao telefone, olha quem era e sorri.

 

-Eu volto já, termina de fazer o lanche ai! – disse ele feliz da vida e logo atende o telefone indo até a sala. –Oi Lee Joon...

 

-Pelo menos ele tem alguém, mesmo eu não gostando daquele Joon... – digo baixo indo para o fogão cozinhar, logo o mais novo volta triste, algo que era realmente difícil de eu ver era ele triste, era sempre feliz ou irritado, parecia que só existia esses dois sentimentos dentro dele. –Aconteceu algo? – perguntei preocupado vendo ele ir pegar alguns pratos no armário.

 

-Está tudo bem... – disse ele triste pegando os pratos que era mais de dois, alguém viria para cá? – Uns amigos do Joon estão vindo para cá...

 

-Mas essa é a nossa casa, por que viriam para cá? – perguntei confuso, aquilo não fazia sentido para mim, essa não era a casa dele.

 

-É que... tem a ver com você...- disse ele muito triste, parecia que não queria que eles viessem.

 

-Aconteceu algo, me conta Mir... – digo serio o vendo me olhar sorrindo.

 

-Não aconteceu nada, mas me fala sobre você, se divertiu ontem no trabalho que arrumou na empresa? – perguntou ele sorrindo de leve, não queria responder aquilo então faria uma pergunta que sempre o deixava constrangido.

 

-E o Joon e você? se divertiram ontem aqui em casa? – perguntei ele com um olhar safado que o deixa super corado, um cosplay de pimenta.

 

-B.B.B.om... – disse ele corado, sempre que o Joon vinha para ficar com ele sempre era a mesma coisa, sexo, até mesmo eu o avia pegado no flagra com o Joon na cama transando, nem quero me lembrar daquele episodio. –Sim, nos divertimos... – “EU SABIA!” pensei sorrindo.

 

Logo a campainha toca e olho para o mais novo que estava retirando o avental e lavando as mãos.

 

-Eu atendo... – disse ele triste e logo ele vai devagar para a sala atender as visitas, só queria saber o que eles querem comigo.

 

 

 

 

Continua...

 

 

 


Notas Finais


Gostaram? comentarios são muito bem vindos, principalmente se forem criticas ou elogios, estou aceitando também ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...