História Favorite Sin 2.0 - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber
Exibições 301
Palavras 1.464
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


"Sinto falta mais do que só do seu corpo."

que sdds desses doisssssss

Capítulo 7 - Missing more than just your body


"Ele sabe dos segredos sujos que eu guardo. Será que ele sabe que está me matando? Ele sabe... Que outras mãos tocaram minha pele, eu não direi a ele onde eu estive, ele sabe." 

Justin Bieber 

 

Amar é entender os motivos do outro para não querer fazer nada além de dormir abraçados em uma noite qualquer de uma semana qualquer. Amar é não deixar para depois, é aprender a usar a calma quando o outro esta prestes a explodir. Amar é dialogar, é explicar, é se esforçar para entender. Amar é aquela bochecha corada que surge quando você diz algo que ainda a deixa envergonhada. Amar é reparar até no modo como ela coloca o cabelo atrás da orelha... Ela faz isso com uma certa frequência, alias. Amar é reparar nos detalhes mínimos que aquela pessoa tem, nas pintinhas espalhadas por suas costas, nos seus lábios sempre tão convidativos, no seu sorriso sempre tão calmante. Amar é se alto avaliar, reconhecer seus defeitos e tentar muda-los apenas para agradar alguém. Amar é amor, e amor era o que eu sentia por ela. 

Enquanto dirigia de volta para Los Angeles não conseguia tirar os olhos do retrovisor. Ashley dormia no banco de trás, do modo mais aconchegante que eu já havia visto alguém dormir antes.  

-Eu nunca pensei que estaria viva para ver você apaixonado, Bieber. -Caitlin resmungou, chamando minha atenção.  

-Vai falar isso a viagem toda de volta para casa? -perguntei, a vendo assentir. - Cara... Você e o Ryan, com certeza, se merecem.  

-Engraçadinho. -resmungou.  

Cailtin não era a única a achar aquilo, afinal, nem eu achei que estaria vivo para me apaixonar. 

Ashley Somers  

 

Acordei quando já estávamos próximos de Los Angeles, sentia meu corpo doer. Adorava dormir em carros, mas odiava quando acordava dolorida.  

Fitei Justin no banco da frente por um longo tempo, peguei meu celular e mandei uma mensagem para o mesmo. O observando pegar seu aparelho no bolso e logo virar em minha direção, com um lindo sorriso no rosto.  

Me aproximei do mesmo e o beijei brevemente antes de ele voltar a prestar atenção na estrada.  

Cailtin dormia tranquilamente no banco da frente. Manti uma de minhas mãos apoiadas no ombro de Justin, enquanto ele acariciava a mesma. 

Me sentia nas alturas ao sentir seu toque tão macio. Sentia saudades de ter seus lábios tocando o meu, sentia meu coração bater mais rápido que o normal sempre quando ele me tocava. 

E era esse amor que eu estava procurando quando sai de Los Angeles, achando que viveria uma vida feliz ao lado de outra pessoa que não fosse meu Justin. Era esse amor que me sustentava, que me fazia olhar para frente, que me mantinha com os pés no chão e ao mesmo tempo flutuando... O amor que eu recebia dele era o suficiente para mim.  

 -Querem que eu saia do carro ? -ouvi Cailtin resmungar, um tempo depois.  

-Eu aposto que você está soltando fogos de artificio por dentro. -me apoiei entre os dois bancos, ouvindo a mesma rir. 

-Olha, eu amei participar dessa maravilhosa história de amor, mas.... -nos fitou. - Não quero participar tanto assim. -fez careta. 

Senti Justin beijar o meu rosto e me virei para o mesmo, lhe devolvendo o beijo. 

-Cara, eu já odeio vocês. -ouvi Caitlin resmungar.' 

Justin Bieber 

 

Estava deitado na cama do quarto de hospedes quando Ashley saiu do banheiro, apenas de toalha. 

-Estava fazendo guarda na porta do banheiro? -perguntou, me fazendo rir. 

Coloquei meu celular de lado e me sentei na cama, a observando se aproximar e se sentar ao meu lado. 

-Eu não vou te deixar novamente. -disse, um pouco envergonhada. 

-Eu sei que não... Mas sinto que ainda não vou conseguir dormir essa noite. -disse, a fazendo soltar uma leve risada. 

-Minha intensão não era te traumatizar. -entrelaçou nossos dedos, se aproximando mais de mim. 

Selei nossos lábios, sentindo seu gosto e seu cheiro. Sentindo meu estomago se embrulhar. Sentindo meu coração bater mais rápido que o normal. Era estranha a sensação de estar apaixonado, era estranha a sensação de estar apaixonado por Ashley Somers. 

-Eu nem consigo acreditar que você está aqui. -disse, após um tempo a observando. 

-É... Nem eu. -soltou o ar.

-Posso saber o que te fez mudar de ideia? -perguntei, vendo a mesma morder o lábio.

-Você. -respondeu simples. - E Paige. -completou, um tempo depois. 

-Paige? -franzi o cenho. - Você viu ela? -assentiu. - Droga! 

-Está tudo bem. -tocou meu rosto. - Eu mostrei para ela que não sou mais a garotinha indefesa a qual ela havia convivido antes... 

-Sobre isso... -resmunguei. - Eu achei uma arma nas suas coisas e... 

-Eu nunca a usei, para falar a verdade morro de medo de ter que fazer isso... -me interrompeu, colocando seu polegar sobre minha boca. - Eu odeio falar isso, mas me sinto mais segura com ela. -assenti. 

Tirei uma de suas mãos de meu rosto, a beijando antes de solta-la. 

-Tudo bem. -me aproximei, beijando seu rosto. - Aliás, você sabe que pode tomar banho no meu banheiro, não sabe? -perguntei, vendo a mesma rir. - Você não estava pensando em dormir aqui, estava? -fiz careta. 

-O que? Não! -exclamou. - Eu estava contando os dias para dormir com você! -exclamou. 

-Digo o mesmo. -disse, vendo as maças do rosto de Ashley ficarem avermelhadas. 

Eu adorava a ver daquele modo.  

-Eu vou trocar de roupa. -disse, se levantando, mas sendo puxada por mim. 

Vi quando o nó de sua toalha soltou e a mesma segurou. Acariciei seu braço enquanto senti o beijo doce ao qual eu sentia tanta falta, ao qual eu estava louco para me acostumar. 

-Você é um safado, sabia? -perguntou, se afastando milimetricamente. 

-Eu? -franzi o cenho. - Por que? 

-Acha que não vi seu olhar em minha toalha? -arqueou a sobrancelha, me fazendo soltar uma leve risada. 

-Acho melhor eu ir tomar banho. -disse, a vendo assentir. - Nem pense em dormir aqui.

-Não vou. -sorriu para mim. 

A beijei por uma ultima vez, me levantando e saindo do quarto. Ao entrar em meu quarto, me despi, sentia meu corpo quente. Eu estava louco por Ashley e sabia que não iria conseguir me controlar por muito tempo. 

Ashley Somers  

 

Assim que Justin saiu do quarto, eu me levantei indo até a minha mala e abrindo a mesma. Devo ter passado um bom tempo procurando o que eu queria. Ao achar, a coloquei, me olhando no espelho. 

Era uma lingerie, uma que eu havia comprado apenas porque me lembrava Justin. Sua cor escura se destacava em minha pele. Me lembrava de quando havia a usado pela primeira vez, em nosso primeiro natal juntos. 

Soltei meus cabelos e passei um hidratante no corpo, saindo do quarto que eu estava e indo para o quarto de Justin. Ouvia o barulho do chuveiro ligado, me aproximei das cortinas e as fechei. Em seguida fui até a cama, puxando as cobertas e as deixando na altura de nossos pés.  

Subi na mesma e me deitei, soltando uma leve risada ao ouvir o chuveiro ser desligado. Me virei em direção a porta do banheiro, apoiando minha cabeça em minha mão e mantendo meu braço firme.  

O ouvi assoviar e em seguida a porta se abriu, Justin saiu junto com o vapor da água quente... Seu olhar sobre mim fez com que instantaneamente eu sentisse um arrepio por todo o meu corpo.  

Me sentei o vendo se aproximar, assim que ele ficou ao lado da cama eu me aproximei, ficando de joelhos. Olhava no fundo de seus olhos quando soltei o nó de sua toalha, a sentindo cair. Um sorriso safado brotou no rosto do mesmo e em segundos ele estava em cima de mim, distribuindo beijos por todo o meu corpo. 

-Já disse o quanto amo a cor preta? -Perguntou, me fazendo rir.  

Sentir seu corpo sobre o meu fazia com que vez ou outra eu perdesse o ar. O ter ali me fazia perder o ar, saber que mesmo depois de tantos erros ele ainda me desejava em seus braços no final do dia, fazia eu perder completamente o ar. 

Quando Justin se afastou quebrando nosso beijo, abri os olhos o vendo me observar com um lindo sorriso no rosto. Não me atrevi a não fazer o mesmo, ninguém nunca saberia a minha felicidade por estar ali novamente.  

-O que? -disse, segundos depois. - Está nervoso? -perguntei, o fazendo rir. 

-É uma grande responsabilidade te ter em minha cama.  -brincou. 

O fitei por mais um pequeno tempo e então o empurrei, trocando as posições e sentando em cima do mesmo, me abaixando e diminuindo a distancia esses nossos rostos. 

-Nossa cama, meu amor. -disse baixo, o vendo sorrir antes de tomar meus lábios em um caloroso beijo. 


Notas Finais


oi gente só queria falar q eu esqueci de postar o cap novo
mereço mil tapas eu sei
agr olha só que cap lindo JUSTINB E ASHLEYS N SÃO A COISA MAIS LINDA DESSE MUNDO?
SÃO!!!!
bjinhos da titia sky q ama vcs

OBS: esqueci de postar cap novo pq viciei em uma série e n consigo fazer nada além de assistir ela, não foi porque desanimei da fanfic ou algo do tipo. :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...