História Fazendo História. - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inuyasha
Personagens Inu no Taishou, Inuyasha, Kagome, Personagens Originais, Rin, Sesshoumaru, Youkai Satori
Visualizações 56
Palavras 1.967
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Nada pode nos separar meu amor.


Fanfic / Fanfiction Fazendo História. - Capítulo 2 - Nada pode nos separar meu amor.

Kagome se banhava em um rio próximo a vila de Kaede, já avia voltado a duas semanas, conversou com todos menos com Inuyasha,o meio yokai estava agindo estranho desde a volta de Kagome, não falava com ninguém, não comia junto com os demais e não parava de voltar para floresta,Kaede avia dito que algumas coisas da vila tinham desaparecido, mesmo investigando ninguém achou o motivo para tal coisa; observando as estrelas Kagome se lembrava de sua família, possivelmente nunca mais iriam se ver , o poço avia se fechado após sua volta;a sacerdotisa fechou os olhos e deixou a água levar seu pensamento, sempre se sentiu bem ao lado de mares, rios e qualquer coisa que envolvesse água;quando se deu conta Kagome sentiu um carinho em seu rosto,  e assustada abriu os olhos dando de cara com Inuyasha .

Inuyasha : Você é tão linda.

O meio yokai a olhou por enteiro ,não estava corado ou de mostrou vergonha ao falar, Kagome tentou cobrir o corpo com os braços se afundando mais na água completamente corada,e só então o meio yokai parou de olhar seu corpo.

Inuyasha : Está com medo de mim?

Kagome balançou a cabeça em negatividade,o meio yokai retirou a parte de cima de seu kimono e estendeu para a sacerdotisa.

Kagome : Não se preocupe, eu trouxe roupa.

Inuyasha : A quero ver com minha roupa,vim te buscar.

Kagome : Para aonde vai me levar?

Inuyasha : Vista por favor.

Kagome : vira para o lado.

Inuyasha assentiu, virou para a direção das árvores e esticou o kimono para Kagome, a mesma se levantou do rio,pegou as roupas que iria usar e se secou um pouco, logo se aproximou com calma de Inuyasha e pegou seu kimono, a sacerdotisa encarou Inuyasha enquanto se vestia, era estranho ele fazer essas coisas, não tinha se aproximado desde a volta de Kagome e agora chega a elogiando, e fazendo pedidos que nem em 100 anos ela poderia imaginar que ele iria a pedir.

Kagome : Já estou pronta.

Inuyasha se virou com um cordão de ouro com uma pedrinha vermelha de pingente nas mãos a estendendo para a miko ,Kagome ficou surpresa mas não fez nada além de ficar encantada com a jóia.

Inuyasha : Espero que goste, pedi a totosai para fazer ,ele não é muito bom com jóias, mas as que ele fez para minha mãe duraram um bom tempo.

Kagome abaixou a cabeça, com calma Inuyasha a colocou o cordão, assim que foi arrumar os cabelos de Kagome o mesmo não conseguiu se segurar, pegou uma mecha e a levou até o nariz fechando os olhos ,o cheiro adocicado preencheu seu pulmões, o fazendo ficar calmo e Kagome mais envergonhada ainda.

Kagome : Porque está fazendo isso? 

Inuyasha : Seu cheiro e delicioso,sobe nas minhas costas, vou te levar ao lugar.

Ainda confusa Kagome subiu nas costas de Inuyasha que a levou até uma clareira aode tinha um lago com várias carpas,vagalumes voavam por todo o lugar, a grama era baixa e as flores pequenas braças que só faziam tudo ficar mais bonito , a luz da lua cheia iluminava completamente tudo, Kagome deceu das costas do meio yokai completamente encantada com o lugar andando um pouco mais para frente para apreciar melhor o lugar, o vento soprou de leve balançando tudo calma mente , Kagome se virou para Inuyasha sorrindo e antes de agradecer foi surpreendida pela pergunta do meio yokai que a olhava sério.

Inuyasha : Porque demorou tanto sua baka chata?,devia ter treinado e se tornado forte para conseguir passar...

Kagome : Desculpe por ser forte como Kikyou Inuyasha!,eu eu não acredito! Ficamos três anos sem se ver e quando volto você não fala comigo!,e do nada você surge me elogiando e me dando presente! Me traz nesse lugar lindo e e aaaa!,porque tinha de me apaixonar por você!?Você não demostra nada! Me menospreza sempre é não para de falar ou fazer as coisas para sua ex!!,são poucas as vezes que me trata bem!!,você tem noção do quanto isso dói!!?Ficar três anos sem te ver só pensando em você e pedindo para os deuses te protegerem só fez meu coração doer mais!!!,tudo que eu mais queria nesses anos era voltar para cá e te ver!Queria que você me desse um abraço e falasse logo o que sente por mim porque eu sou humana e não tenho tanto tempo de vida como um meio Yokai e não sei se uma bruxa vai querer me trazer de volta como uma boneca de barro!!!Mesmo que fosse falso queria ouvir eu te amo para mim, nem que fosse só uma vez!Só para eu não me sentir tão baka em te amar incondicionalmente e você não tá nem aí para mim!!!! Todos os dias eu ia no poço ver se ele tinha abrido!,tudo que eu fiz aqui e na minha era foi por você!!Eu só vinha para cá arriscar minha vida para agradar você!!Eu já li mais de mil receitas para fazer comida para você!!!, só para ganhar um elogio!,eu já fiz e fasso de tudo por você Inuyasha!!!Fasso tudo para te ver feliz mas mas dói,dói saber que nunca serei boa para você,me desculpe por não ser aquilo que você sempre sonhou, só queria te fazer feliz para você me amar assim como eu te amo.

O rosto da miko estava coberto por lágrimas, os soluços não conseguiam mais ser parados na garganta, seus dentes rangiam com o atrito causado por serem esmagando ums  contra os outros, Inuyasha correu até a sacerdotisa a embalando com força em seus braços fazendo suas lágrimas molharem o cabelo da miko,beijou a testa de Kagome  e passou de leve seu nariz pela mesma levantado alguns fios da franja de Kagome que o abraçou fortemente.

Inuyasha: Me desculpe por não saber dizer o cinto, não queria te magoar, nunca quis nem nunca vou querer te ver machucada,queria tanto te ver feliz ao meu lado,mas não fasso nada para merecer isso, tudo que soube fazer nesses três anos foi pensar em você, sentir seu toque delicado, ouvir sua voz,ver você, pode te tocar,não tem noção de quantas vezes imaginei você na vila, tudo que queria era saber se você estava bem, ver seu sorriso de novo, saber que você está do meu lado,procurei várias formas de abrir o poço mas nada adiantou,minha saldade só aumentava cada vez mais, como me arrependo de não ter dito e feito com você tudo que sempre quis,quero tanto te beijar novamente, enterrar meu nariz em seu pescoço, te fazer carinho, poder te mostrar o quanto te amo, não preciso  mentir sobre meus sentimentos por você, nunca amei alguém tanto como te amo, perdi tanto tempo correndo atrás do passado, devia ter visto meu presente, devia ter visto e cuidado de você, para te levar para meu futuro, se não tivesse sido um baka talvez você nunca teria partido, minha mãe tinha razão só se da valor quando se perde, quando perdi você eu perdi minha vida, perdi tudo Kagome, tudo!,devia ter sido bom para você desde sempre! ,devia ter deixado meu orgulho e meu passado!Devia ter te dado um motivo para ficar e mesmo não te dando você voltava para mim...

Kagome : Shiuuu, já passou , nada pode nos separar agora.

Kagome secou as lágrimas do meio yokai que pegou as mãos da miko e as beijando e passando seu rosto nas mesmas disse:

Inuyasha : Infelizmente tem,procurei em todos os cantos um modo de me tornar humano para viver com você mas não achei, não vou aguentar te ver morrer, ver você envelhecer sem te acompanhar será uma tortura muito grande.

Kagome : Não quero que deixe de ser o que ,te amo desse jeito.

Inuyasha : Se não mudar minha raça não poderei ficar para sempre com você Kagome.

Kagome : Não mude sua raça por mim, mude a minha por nós.

Inuyasha : Não queira ser uma meia yokai.

Kagome : Se for para viver mais tempo ao seu lado eu viro o que for preciso.

Inuyasha : Não é certo...

Kagome : Você virar humano também não...

Inuyasha : Ia virar humano uma vez, será mais fácil...

Kagome : Ia virar humano para viver com Kikyou, não o quero como humano,te quero do geito que é...

Inuyasha : Mas irei ver você morrer,irei te ver se separando de mim e não poderei fazer nada.

Kagome : Se você me ama de verdade nada poderá nos separar,promete se lembrar para sempre de mim? 

Inuyasha : E claro que prometo,nunca vou esquecer do meu amor, nada pode nos separar Kagome, absolutamente nada meu amor.

Inuyasha segurou o rosto de Kagome secando suas lágrimas com um carinho suave, beijou a testa da sacerdotisa e deceu passando seu nariz até chegar no de Kagome aonde o passou de leve ronronando,a miko passou os braços pelo pescoço do meio yokai que a puxou pela cintura selando seus lábios.

________________________________

Sesshoumaru on 

* Memória 

Subia as escadas com Lulu e logo ela me pegou no colo já entrando em meu quarto.

Lulu : Vamos Sesshoumaru está na hora de dormir.

_ Não quero dormir, amanhã você não  vai estar em casa,e sempre assim , você vai embora enquanto estou dormindo e só deixa minha comida pronta para meu desjejum, gosto de ficar com você e não com minha mãe.

Lulu : Sabe que tenho de ir embora Sesshoumaru...

Ela disse parando enfrente a janela.

_ Não tem não!

Lulu : Todos temos de ir embora, não sou eterna.

_ Então um dia você vai morrer? 

Lulu : Vou, todo mundo morre um dia.

(Aa não!Você não!)

_ Mas...se você morrer e o pai mais a mãe também eu vou ficar sozinho? Assim como fico quando é de noite?

Lulu : Acho que não, isso vai depender do destino.

_ Gosto quando você me olha.

Lulu : Olhe para o céu Sesshoumaru e me diga o que vê.

Fiz como ela disse.

(A lua está quase cheia.)

_ A lua e as estrelas.

Lulu : Enquanto a lua estiver no céu eu vou estar te olhando e te protegendo,nada pode nos separar meu amor, nada.

Ela beijou minha bochecha.

( Macia humm.)

_ Então você sempre vai estar de olho em mim? 

Lulu : Vou, sempre vou cuidar de você.

_ Lulu o que acontece se este Sesshoumaru não falar o que quer? 

(A mãe sempre me manda ficar calado.)

Lulu : Você perde a chance, só se vive uma vida de cada vez, não tem como voltar ou avançar no tempo, deve quarda as memórias boas e não pensar muito no futuro pois ele  pode não existir, até mesmo para seres sobrenaturais como nos vivemos muito pouco tempo,diga e fassa tudo que tiver vontade, o tempo pode ser curto demais para conseguir outra oportunidade,se você ama a pessoa então fale!,se pode fazer algo e quer fazer fassa! Se esta com medo siga em frente! ,desapegue do passado sempre!,ele te deixou aonde você está agora mas não faz diferença as memórias ruins sobre ele, diga e de mostre tudo que você quer enquanto a tempo, uma hora vai ser tarde demais para falar ou mostrar.

( Mas se eu falar a mãe me bate, e melhor ficar quieto, mas para a Lulu eu posso falar o que eu quiser.)

_ Te amo.

Lulu : Também te amo.

*Memória off 

( Realmente sempre está  de olho em mim a noite não é mesmo?)

Olhei para o lado e vi o sol nascendo e junto com ele duas borboletas voando.

(Diga e de mostre o que quer enquanto ainda a tempo, uma hora ou hora será tarde demais.)

_ Rin.

Jaken : o que disssse sssssenhor Sessssshoumaru? 

_ Vamos para a vila, tenho de falar com Rin, Jaken compre sapatos para ela.

(Se você quer e pode então fassa enquanto a tempo.)

Jaken : Sssssssenhoooorrr Sessssshoumaru Rin sempre andou descalça...

Sesshoumaru : Para aonde irei a levar para pacear e longe e precisa de sapatos para entrar, aproveite e compre para ela um novo Kimono.

(Espero que ela fique feliz.)

Jaken : Ssssim sssssenhor Sessssshoumaru, agora messssmo.

Mudo meu caminho para a vila aonde deixei Rin.

( Já estou chegando.)

Sesshoumaru off 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...