História Fazendo minha história. - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fazendo Meu Filme
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Decepção, Esperança, Ilusão, Romance, Sonho
Exibições 5
Palavras 551
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - A maior decepção vem de quem menos esperamos.


Fanfic / Fanfiction Fazendo minha história. - Capítulo 3 - A maior decepção vem de quem menos esperamos.

Logo quando terminei de enviar a resposta, ouço um barulho irritante, quando percebo que é o sinal da escola tocando para a próxima aula, não acredito que eu tinha dormido e sonhado tudo aquilo, fiquei muito triste por ter sido apenas um sonho, mas fazer o que?! Agora eu precisava voltar para a realidade e prestar atenção na aula, pois pelo horário eu já havia perdido muito assunto...

Olhando pelo lado bom, já estava na última aula, isso significa que daqui a mais ou menos uma hora eu estarei em casa, já que hoje não haverá curso. Isso é bom, pois assim eu poderei pensar um pouco sobre tudo o que aconteceu na aula de literatura...

A aula havia terminado e eu fui direto para casa, estava realmente cansada por ter virado a noite estudando para a prova de biologia que fiz hoje mais cedo...

“Mais um dia de aula extremamente cansativo - falo abrindo a porta de casa.
Não vejo a hora de acabar a escola, pena que ainda estou no primeiro ano - penso enquanto atravesso a sala e entro no corredor que leva direto a cozinha. O lugar onde provavelmente minha mãe estaria. Ouço uma voz interrompendo meus pensamentos”

- Boa tarde Bárbara, que bom que você chegou minha filha – Fala me dando um abraço
- Boa tarde dona Rosa (era assim que eu chamava minha mãe) - falo retribuindo o abraço

“Tento disfarçar ao máximo o meu estado, sou mestre em fazer isso, por mais que não seja algo para me orgulhar... Mas acho que de tanto fingir que sempre estou bem acabei me acostumando - penso enquanto subo as escadas que dão acesso aos quartos”

-Mãe, já almocei antes de vir para casa, preciso fazer uns trabalhos que vão tomar muito do meu tempo, então às 20:00 eu desço para jantar - grito ao mesmo tempo que fecho a porta e entro no meu quarto, ao menos eu sei que aqui não serei incomodada - Falo ao deitar em minha cama.

“Finalmente, estou sozinha. Agora posso parar um pouco e refletir com calma sobre tudo o que aconteceu mais cedo”

Eu estava na sala em plena aula de literatura tentando ignorar algumas pessoas que estavam cochichando de mim mais a frente, enquanto a professora organizava o grupo de dança dos jogos internos que aconteceriam na escola, tudo estava sendo separado com muita antecedência e ela estava mostrando os vídeos que continham os movimentos que as meninas teriam que realizar, assim que alguns saltos são mostrados o Miguel resolve falar algo. Lembro de suas palavras como se elas acabassem de ser pronunciadas...

-Professora, a minha amiga Bárbara vai querer participar da apresentação...

Imediatamente ouço risadas e olhares de algumas pessoas em minha direção. Apenas duas pessoas repreenderam a ação dele, claro que uma delas foi a professora e outra foi uma colega de classe que nunca imaginei que ela teria essa reação.
Confesso que tive que conter as lágrimas naquele momento. Me senti ridicularizada! Não acredito que logo o meu amigo, uma pessoa que me conhece o suficiente para saber que não gosto dessas brincadeiras, logo ele que sempre me protegeu... eu estava decepcionada. Portanto qualquer coisa que eu tentasse falar para me defender não surtiria efeito, apenas o chamei de idiota e resolvi me calar.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...