História Fear of Loving - Jimin - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Drama, Jimin, Jungkook, Romance
Visualizações 46
Palavras 820
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii pessoas!
Boa leitura! ❤

Capítulo 33 - Broke


Fanfic / Fanfiction Fear of Loving - Jimin - Capítulo 33 - Broke

Após passar um tempo cochilando resolvo ir ao supermercado, coloco meu casaco e sigo o meu caminho. Já estava de noite, a rua mal iluminada dava medo, não haviam muitas pessoas passando pelo local. 

Ao chegar no estabelecimento compro a tinta rosa para o cabelo, meu celular toca, atendo e ouço a voz de Sook.

•Ligação On•

-Corre pra empresa! -Vejo seu tom de desespero.

-Estarei lá em 5 minutos. 

•Ligação Off•

Achei estranho ter que comparecer à uma reunião de última hora, talvez seja o assunto do álbum ou algo do tipo. Passo tudo no caixa, pago e saio em passos apressados. Quando me dou conta começou a chover, cada vez mais eu andava rápido com pressa e quase caindo no chão.

Atravesso a rua correndo, sinto uma forte luz branca invadir minha visão. Um impacto forte me acertou, arremessando meu corpo para longe.

Pov Victória

Ficamos muito tempo esperando a Lena chegar, mas ela não veio. Preocupada, liguei para ela mas não adiantou, só deu caixa postal. Comecei a pensar que o pior poderia ter acontecido, afastei esse pensamento e pensei na probabilidade de ser um simples atraso por conta da chuva.

-Não podemos mais esperar, teremos que começar sem ela. -O chefe fala se levantando da cadeira. -Vocês são ótimas cantoras e fazem muito sucesso, mas tem um porém. -Ele pega espécies de fotos. -E esse porém é o namoro que eu não aprovei.

-Podemos explicar. -Lisa se desespera.

-Eu não quero explicações. -O homem cruza os braços, já impaciente. -Vocês estão fora da Big Hit.

-Você não pode fazer isso! -Falo alto, saio daquela sala batendo a porta. -Que caralho.

-Amor, se acalma. -Namjoon me abraça. -Ele não deve estar falando sério. -Olho em seus olhos. 

-Melhor esquecer isso. -Falo em um tom triste.

-Eu te levo pra casa. -Ele nos leva até seu carro, entro e deito minha cabeça na janela.

Não era só a Lena que estava sofrendo, eu também estava. A cada dia que passa temos mais problemas, observei as gotas de água na janela do carro, logo à frente demos de cara com uma roda de pessoas. Havia sido um acidente, observo de longe uma garota deitada no chão. Seu corpo estava coberto de sangue, me aproximo e vejo seu rosto.

-Não...-Já com lágrimas me aproximo, era a minha irmã. -Lena...fala comigo. -Mexi seu braço na esperança de acordá-la.

O resgate chega, imploro para ir junto e acabo conseguindo. Eu deveria estar lá e não ela, mexo em seus cabelos que estavam úmidos e com sangue, senti um aperto no coração, começo a chorar novamente.

O carro para e retira seu corpo, acompanhei até na sala na qual eu não poderia entrar, fui até as cadeiras de espera. Liguei para o Jin, não consegui falar direito por conta do choro, 5 minutos após falar com ele vejo um carro estacionar.

-Victória! -Jin estava com o rosto molhado, o abracei sem pensar duas vezes.

-Me diz que isso vai acabar logo. -Me encolhi. -Só me diga que ela vai ficar bem. -Falo com dificuldade.

-Isso vai acabar. -Vejo que ele não era único ali, os meninos também estavam.

Jimin era o que parecia estar mais aflito, andava de um lado para o outro e às vezes respirava fundo para conter as lágrimas, não falou uma palavra sequer e não conversou com ninguém. Permaneceu isolado e quieto assim como os outros.

Contei cada segundo esperando uma notícia, mas nada disso aconteceu o que me deixava mais desesperada. Muito tempo se passou, quando estava quase sendo vencida pelo sono a médica vem até nós.

-Vocês são os amigos de Lena Bantchüenn? -Concordamos. -Venham até a minha sala. -Ela sai sem nem nos esperar.

Ao chegar na sala da médica ela solta um suspiro enquanto folheia alguns papéis.

-Eu preciso que vocês estejam preparados para o que vou dizer. -Ela também parecia preocupada. -O corpo dela foi arremessado à uma longa distância, por conta disso ela bateu a cabeça...iremos fazer 2 cirurgias nesta madrugada.

O silêncio domina o ambiente.

-Ela quebrou uma perna e um braço, perdeu muito sangue e corre risco de morrer. -Vejo que a mulher seca uma lágrima, discretamente. -Eu preciso urgente de alguém que seja compatível com ela.

-E qual seria o tipo necessário? -Tae pergunta.

-Precisamos de alguém que doe para O-. 

-Mas ninguém aqui é compatível. -Kookie diz.

-Eu sou compatível. -Jimin pronuncia. -Quando posso fazer a doação?

-Agora mesmo. -Saímos da sala, Jimin foi fazer a doação.

Namjoon me abraça forte, fechei os olhos inalando seu perfume. Meu pai não estava sabendo ainda, era o que eu acreditava, deveria ser melhor ele saber só amanhã. Fui para a casa pois já estava tarde demais.

Ao chegar vejo Apollo, ele parecia inquieto e estava deitado no chão com um olhar triste. Me aproximo fazendo carinho em sua barriga, ele se levanta olhando fixamente para o meu rosto.

-Por que está assim? -Fiz uma pergunta como se ele fosse responder. -Sente falta dela?

Ele parecia entender de alguma forma. Entrei em casa, fechei a porta e deslizei até o chão.

Como eu vou contar ao meu pai? 























Notas Finais


Desculpem os erros.
Obrigada por lerem! ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...