História Fear of Loving - Jimin - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Drama, Jimin, Jungkook, Romance
Visualizações 38
Palavras 694
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii pessoas!
Boa leitura! ❤

Capítulo 35 - De volta


Fanfic / Fanfiction Fear of Loving - Jimin - Capítulo 35 - De volta

Pov Lena

Abro meu olhos lentamente, pisco algumas vezes para me acostumar com a claridade. Pelo o que eu percebi, eu estava em quarto de hospital. Em um canto havia uma poltrona, uma garota dormia ali, ela acordou e assim que me viu arregalou os olhos.

A reconheci e vi que era minha Irmã,ela se levanta e vem até mim, com um grande sorriso no rosto.

-Finalmente! -Ela me abraça, retribuo. -Eu estava com tanta saudades de você! 

Ficamos um tempo abraçadas. Até que enfim eu acordei, pude perceber a felicidade da Vick. Me separo do abraço e a olho.

-Com licença. -Uma mulher entra sorridente. -Lena, você está liberada. -Ela sai do quarto.

-Ontem eu trouxe uma mochila com  algumas roupas pra você. -Vick limpa uma lágrima e começa a rir.

Tiro a roupa da mochila: um cropped azul, uma saia preta e uma sapatilha. Me troquei com a ajuda de Vick, coloquei um laço grande na cabeça e arrumei minhas coisas.

-Olá. -Uma doutora entra. -Queria pedir desculpas por confundir os exames. -Ela sorri sem jeito.

-Que exames? -Exclamo curiosa.

-Achamos que você teria quebrado uma perna e um braço. -Comecei a rir. -Me desculpem. -Vejo que ela também queria rir.

-Sem problemas. -Minha irmã fala. -Vamos? -Ela pergunta e assenti.

Saí do hospital, ainda com uma pequena dificuldade para andar. Chamamos um táxi e fomos para a casa, ao passar pelo portão um cachorro corre em minha direção.

-Socorro! -Soltei um pequeno grito enquanto corria dele. 

-Se acalme. -Victória diz. -Vamos fazer uma surpresa para os meninos.

Entramos na casa sem fazer barulho, me escondi atrás do sofá. Vejo alguns meninos entrarem na sala, eram todos muito fofinhos, principalmente o mais baixo deles.

-Eu tenho uma surpresa para vocês. -Vick dá pequenos pulinhos. -Pode sair. 

Me levantei ficando de frente para eles, os garotos ficaram paralisados. Não entendi o por quê de tanto espanto com a minha presença, deveriam ser meus amigos ou parentes.

-Pequena! -Um deles corre para me abraçar junto com o resto. 

-A NOONA VOLTOU! -Um deles grita.

Depois de me encherem de abraços e mimos, me pronunciei.

-Eu não sei o nome de nenhum de vocês. -Fiquei sem jeito.

Eles se olham e depois cada um se apresentou, menos o baixinho que só me encarava sem expressão alguma. Conversamos mais algum tempo...na verdade conversamos por horas.

Fui até um jardim, peguei uma margarida e fiquei brincando com ela. Vi que o garoto quieto estava indo até a grama, ele parecia pensativo. Consegui observar seu rosto e logo algumas lembranças vieram.

"Eu te amo."

"Quer ajuda?"

"Fica comigo, pra sempre."

-Jimin! -O chamei. Ele me olha sorridente, sua expressão era de felicidade.

Corri até ele, o abracei forte e ele acaricia meus cabelos. Me separo do abraço fitando seu rosto, meu olhar se dirige para sua boca, seu lábios se aproximam dos meus. Peço passagem, ele cede, exploro cada canto de sua boca.

Nossas línguas brincavam, sento sua mão na minha cintura, subo minhas mãos para o seu pescoço. Nos separamos pela falta de ar, continuei fitando seu rosto, um sorriso involuntário surge.

-Senti saudades disso. -Ele diz e ri.

-Eu também. -Ignorei os fatos passados. -Vem comigo. -O puxei até a beira da piscina.

-Você me perdoou? -Ele me olha sério.

-Sim! -Fiz um leve carinho em seus cabelos. -Quando eu fiquei com raiva...eu apaguei as nossas fotos. -Olhei para a água 

-Nossa. -Olhei para seu rosto, ele tinha uma expressão triste.

-Mas eu guardei o Chimin. -Falo e ele faz uma cara confusa. -Eu juntei Chim e Jimin.

Fiquei corada, me levantei da beira da piscina, fui ao meu quarto e peguei o presente que guardei, fui até a piscina de novo.

-Isso é para você. -Estendi o presente para Jimin.

Ele abre a caixinha pegando o presente, sorri e me olha.

-Então...estamos juntos novamente? -Ele analisa a pulseira que casais usam.

-Aham. -Assenti com a cabeça.

Colocamos a pulseira e entrelaçados nossas mãos, minha vida parece um filme. Acredito que eu terei um final feliz, depois que tudo isso aconteceu. Me deparo com todos olhando para nós, inclusive o meu pai que estava contendo as lágrimas.

-LeJim voltou! -Eles comemoram e nos abraçam.

-Minha garotinha. -Meu pai deposita um beijo em minha testa. 

Eles pareciam realmente felizes, dançavam e faziam as maluquices que sempre fizeram.

Parece que tudo está como antes...Eu estou de volta.



























Notas Finais


Obrigada por lerem! ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...