História Fear of Loving - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Chanbeak, Jikook, Namjin, Suga, Vhope
Exibições 15
Palavras 490
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem. :)

Capítulo 1 - Memories


Eu não conseguia ver nada(pelo fato de estar escuro ali), após algu minutos de muito esforço consigo me sentar, olho ao redor e depois pra mim mesmo, meus braços e pernas estão doendo assim como todo meu corpo, tento me mexer mais não consigo devido a dor em meu corpo. Estou em uma espécie de quarto só que sem janelas, com um único feixe de luz que vem de uma fresta pequena na porta (provavelmente por onde olham de fora pra dentro) de metal a minha frente imagens do que havia acontecido há pouco tempo ainda estavam em minha cabeça, imagens que eu queria apagar, minhas roupas estavam rasgadas e sujas e meus pulsos presos por algemas e machucados porque devo ter me mexido muito enquanto aquele pessoa me abusava, me sinto sujo. Agora só consigo pensar em minha omma e meu appa, devem estar tão preocupados, e Jin já deve ter tomado um litro de café assim como jungkook - pensar em suas manias me faz lembrar de nossas loucuras juntos e mesmo com a dor e o medo me permito sorrir, mas sou retirado de meus pensamentos quanfo ouço a porta abrindo-se. Assim que a  pessoa (ainda desconhecida para mim)entra e vem em minha direção, eu me encolho no canto da parede em que estava algemado, o que faz o mesmo dar uma gargalhada que me faz tremer por inteiro, depois se aproxima, mas ainda não consigo ver seu rosto pois o mesmo esta na sombra me impossibilitando de vê-lo e diz:

-Que bom! - falou em um tom animado - você já acordou, pensei que teria que fazer com você ainda desacordado e isso não teria graça nenhuma - agora falou em um falso tom de tristeza.                                                

-Q-Quem é você? - pergunto com a voz trêmula por conta de esta me segurando para não chorar.

-Você não reconhece minha voz amorzinho?! - perguntou fingindo indignação - sou eu amor! - mais dessa vez deu um passo para frente e pude  enfim ver seu rosto, arregalei meus olhos.

-J-Jung Hyun?! - disse falho e o mesmo sorriu e nesse momento toda a dor e o medo foram substituídos pela raiva. Eu não podia acreditar, seu filho da p...(espera por que eu não isso em voz alta?!).

-SEU FILHO DA PUTA! - Gritei e seu sorriso desapareceu - O QUE VOCÊ ACHA QUE ESTA FAZENDO HEIN? - Gritei novamente e agora ele me olhava com ódio mas não parei de gritar - JÁ NÃO BASTA O QUE VOC... - fui interrompido quando o mesmo que ainda me olhava com ódio me deu um tapa, fazendo com que meu rosto ficasse ardendo um pouco o que fez com que uma única lágrima rolasse e ele me batesse novamente mas dessa vez com um taco de basebol(De onde ele tirou isso?! Do cu?!) me fazendo cair no chão, mais antes de desmaiar ouvi a porta abrir-se de uma vez e minha mãe chamando meu nome.




Notas Finais


Me digam oq acharam? Ta muito ruim? Ta sem sentido?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...