História Fear of True Love - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren, Norminah, Rilaya, Semi, Trolly, Vercy
Exibições 90
Palavras 1.272
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Esse capítulo vai ser somente Rilaya, espero que gostem e ignorem os erros

Capítulo 12 - O Baile Semi-formal (parte 2)


Fanfic / Fanfiction Fear of True Love - Capítulo 12 - O Baile Semi-formal (parte 2)

Pov. Narrador

Riley estava andando com Lucy até os armarios e fala:

- É nesse final de semana e a Maya não me chamou pro baile semi-formal

- Por que você tá surtando com isso? Você mesma disse que não são um casal

- Nos somos iguais a Lauren e Camila, temos uma coisa não oficial - damos risada - Mas nos somos o casal Riley e Maya né? 

- Não sei, me diz o que falar - chegam nos armarios e abrem os mesmos, Vero chega perto delas e da um selinho em sua namorada

- Tá escrito na capa do meu caderno meu caderno - mostra o seu caderno - Riley ama Maya pra sempre

- E o que tem na outra lado do caderno? - Vero pergunta

- Riley e Maya somos só amigas

- Menina o que cé ta fazendo? - Vero pergunta se escorando nos armarios

- O baile tá chegando e a Maya ainda não me convidou 

- É eu te avisei, você tem um problema - faz uma careta pra Riley

- Avisou? Já conversamos sobre isso?


Flashback On


10 meses atrás 

- Faltam 10 meses, por que a Maya ainda não me chamou pro baile semi-formal? 

- É só questão de tempo, se ela não te chamar uma semana antes, eu vou olhar pra você e dizer "Você tem um problema".Não planeje sua vida com antecedência

- Eu não tô. Quando eu morrer quero minha cinzas jogadas na...

- Maya, na Maya, eu já sei

(...)

5 meses atrás

- Faltam 5 meses, por que a Maya ainda não me convidou pro baile semi-formal? 

- É só questão de tempo, se ela não te chamar uma semana antes, eu vou olhar pra você e dizer "Você tem um problema".

- Você sempre olha pra mim desse jeito

- É que você tem muitos problemas

- Verdade


Flashback Off


- É Riley, você já teve muitos problemas, mas não teve nenhum com a Maya até agora.  - Vero fala desencostando do armário

- E o que eu faço? - Riley pergunta

- Esperar é a melhor escolha - Lucy fecha o seu armário pega a mão de Vero e vão pra próxima aula.

(...)

Vero e Riley estão descendo as escadas e Riley vai até seu armário e fala:

- Sabe o que eu acho, ela está esperando o momento, pra fazer a grande pergunta

- Com certeza, primeiro ela vai colocar balões no seu armário - Vero fala, ri um pouco e vira o rosto, Riley abre o armario e lá estava cheio de balões, ela faz uma cara de animada

- Depois as pessoas vão te dar rosas até você formar um buquê - quando ela menos espera, alguns alunos trazem flores, e assim ela faz um buquê - O que tá acontecendo?

- As coisas estão acontecendo Vero - fecha o armario 

- Tá legal, globo espelhado - algumas luzes se apagam e um globo espelhado aparece - Música - começa uma música romántica - Um anão de patins - aparece um anão de patins - e também um banner - um banner desce escrito "Quer ir ao baile comigo?" - E Maya chegando agora - e em vez da Maya aparece um menino, ele chega perto dela e fala:

- Riley... - ela ainda sorrindo e olhando para as coisas em sua volta, não se tocando que em vez da Maya estava um menino e responde

- Sim, eu aceito ir ao baile com você - quando ela vê que não é a Maya, seu sorriso se desfaz - Charlie? Charlie Gardner?

- Sim e que bom que você aceitou. - ele abre um sorriso e Vero abre a boca em um perfeito O. Riley que esta sem o que falar e ainda com o buquê em mãos se senta em um banco perto dela.

- CONHEÇAM A RILEY, UMA MENINA BURRA QUE NÃO VIU QUEM TINHA LHE CONVIDADO PRO BAILE. O QUE ELA VAI FAZER AGORA? - Vero grita zoando com a cara da Riley. Charlie senta ao seu lado e fala:

- Não posso acreditar que você aceitou, eu esperei por que pensei que a Maya ia te convidar. Mas não convidou, então eu convidei, por que uma menina como você, deve ser respeitada

- Ai não - Riely levanta e fica de frente pra Vero e pergunta - O que eu faço agora? - ele não deixa a Vero responder 

- Você tá me perguntando, por que, se estiver, eu peço uma chance - ele levanta, vai ate elas e põe a mãos no bolso

- Ai não - Vero fala ainda de boca aberta 

- Charlie, eu queria agradecer as flores, o banner e o anão de patins.  - Riley fala

- Pois é, eu tive que ensinar pra ele - assim que ele termina de falar, o anão dá de cara com a parede. Vero corre pra ajudar ele. - Mas só que eu não tive  muito tempo né? - da um sorriso amarelo e Vero volta pro lado da Riley

- Mas eu não vou poder ir - Riley fala

- Não pode ir comigo? - ele pergunta 

- Não,ueu não posso ir com ninguém, por que, eu não posso ir com ninguém,  por que, eu não posso ir com ninguém por que meus pais tem programa nessa noite - Riley se enrola toda pra falar e depois Vero fala

- O que a Riley vai se lembrar em breve é que o pai dela, é uns dos monitores do baile -  Vero vai se sentar no banco

- Mas o seu pai não é dos monitores do baile? - Charlie pergunta

- Eu não estou falando desses pais - Riley fala insegura

- Ai dessa, ela não tem saída - Vero fala rindo

- Sim, tem sim Vero, sabe por que, meu pai vai estar no baile e minha mãe, de quem eu estava falando...

- Ok - ele fala, pedindo pra continuar

- Não vai estar em casa, e eu prometi cuidar do meu irmãozinho August. 

- Ah meu Deus, que menina criativa, com certeza, ela teve uma boa influência negativa, olha a Riley se livrou do rolo e o que mais pode dar errado agora? 

- Ah, agora você não pode ir ao baile? - Maya fala atrás dela

- Inacreditável - faz cara de indignada, Vero Ainda esta de boca aberta

- É vocês tem muito o que conversar. - ele se vira pra ir embora, mas ele volta - Mas antes de ir, quero que saiba que eu não me arrependo de ter convidado ela, eu fiz isso por que você demorou demais. 

- Opa, espera aí, eu ouvi direto, convidou a Riley pro baile? - Maya fica de frente pra ele

- Sim, eu convidei, por que não convidou, mas desculpa, você precisa mais do quê 10 meses? 

- Olha Charlie, eu não sei se sabe disso, mas eu e a Riley temos uma coisa não oficial entre nós. 

- É, venho acompanhando tudo o ano todo, e já vi os dois lados do caderno dela - Maya arregala os olhos e olha para Riley 

- Mostrou o seu caderno pra ele?

- Foi uma vez só Maya - da um sorriso amarelo, Maya volta a olhar pro menino 

- E agora, o que acontece?

- Acho que quem decide é a Riley, não é? - os dois olham para Riley, ela estava com uma careta e a boca aberta

- Fecha a boca Riley - Vero fecha a boca dela, e a boca dela desce de novo

- Eu vou deixar vocês conversarem - Charlie vai embora e Maya fala:

- Eu só imaginei que iríamos juntas 

- O que?

- Pensei que fossemos juntas - ela repete

- O que? 

- Pena que não pode ir - ela vai embora

- Faz por mim - Riley pede

- Ah inacreditável, e agora isso - Vero fala 


Notas Finais


Pode ser que mais tarde saia outro, não sei. Até mais, Bjs.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...