História Feelings - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles
Tags Romances
Exibições 11
Palavras 811
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Fluffy, Harem, Hentai, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Bissexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Capítulo 4


O relógio parecia insistir em travar sempre no mesmo ponteiro, ele não andava de pressa. E minha cabeça parecia estar latejando cada vez mais forte, tudo o que quero é ir embora para o meu dormitório e não sair de lá durante um bom tempo. Estávamos basicamente nos últimos minutos da aula. Cada dia que se passa sinto que estou um lixo, sinto que não estou me esforçando o suficiente para isto que está girando em torno de mim. Tudo está sendo confuso e cada vez mais que me sinto confusa, as coisas aqui na faculdade vão piorando para mim. E por pior que seja, não é por causa do Harry que andou fazendo alucinações na minha cabeça, é porque não estou mesmo me esforçando. Quero sair daqui orgulhosa de mim, e se eu não resolver os problemas que venho frequentando, isso não vai acontecer.

''Irei pedir para que leiam ao menos uma parte, não irei reclamar se lerem por inteiro, a história que foi escrita por Joseph Conrad, tenho a certeza que já ouviram falar muitas e muitas vezes nele, e ouvirá falar muito mais agora. Bom, a história se chama Corações das Trevas! Reflitam muito sobre esta história, mas muito mesmo, E quero que me tragam um relatório. Na ponta da língua.''-quando ele diz que teremos que ler um livro de literatura e trazer o relatório na ponta da língua, a caneta que estava quase se rachando entre meus dentes cai. O problema não é trazer o relatório e falar como se tivemos numa prova oral, eu sei que consigo fazer isto. O problema é que tenho coisas para resolver, o minimo que eu posso fazer é tentar e mais nada.-''Isso irá valer para a semana que vem, e por favor não se esqueçam de caprichar, não preciso lhes lembrar que estão no quinto semestre, pois não? Tenham um ótimo final de semana, turma."

Me levanto já com os meus cadernos na bolsa e vou direto para a porta.

"Collins! "-me viro para trás e vejo meu professor fazendo sinal para que eu pudesse ir até ele.

"Posso ajuda-lo, Mr.Witt?"

"Harry me contou sobre sua história."-ele diz e eu fico parada na frente da sua mesa esperando que ele fale algo mais, mas não é isso que acontece.

''História?''-me ouso a perguntar.''No caso... qual história?''

''A da garotinha bobinha que não enxerga o que está em sua frente. Sinceramente eu adorei sua ideia. Apenas espero que seja totalmente fervente"-ele diz juntando seu livros da mesa.

"Ah, claro. Eu também, sinceramente espero surpreender a mim mesma."-sorrio com sutileza, é tão elegante da forma como meu professor usa as palavras, quero dizer, quero ser igual a ele!

"Tenha minha sincera boa sorte, Collins! Você é uma pessoa com um ótimo potencial."

"Eu o agradeço, Mr.Witt!"

Ele ia se retirando, e eu junto a ele. Quando me paro para pergunta de onde veio esse contato com Harry nós estávamos já fora sala.

"Mr.Witt! Perdão por perguntar, mas de onde conhece o Harry? "

"Harry foi um dos meus alunos antes dele se matricular em outra universidade, agora colega de trabalho, dou aula na Empire School no período da tarde. Você já deve saber onde é. Ele me contou também, que já estudou lá."-ele retira a chave da porta e vamos caminhando pelo longo corredor.

"Sim. É como eu sempre digo; É um grande colégio, são apenas para os verdadeiros estudantes."-eu disse me lembrando da minha verdadeira batalha para pelo menos eu consegui entrar naquele colégio.

"É por isso que boto fé em você, Collins. Acredito que você é uma verdadeira guerreira estudantil, porque ao menos entrar naquele colégio, já não é tão fácil assim. Eu te admiro"

"Uow, com todo esse elogio vou fazer questão de dar o máximo de todo o meu melhor."

"Estou confiando em você"-ele sorri com generosidade. Quando damos por conta, estamos já fora da universidade. Me despeço do Mr.Witt e vou caminhando para o campus.

O campus ele se divide em duas partes. Uma parte das casas e a outra de pequenos prédios com cinco andares e enormes corredores. E dentro dessas ambas partes, cada uma tem mais ambas partes; a parte da classe média e alta. A minha no caso seria a média. Já passei pela alta, meu pai quem financia todo o meu futuro, e por causa de grandes custos a empresa dele resolveu dar uma moderada nos gastos de qualquer coisa. Mas creio eu, que se eu não tivesse me mudado para a classe média, eu não haveria conhecido a Gemma, já que queremos ser de áreas diferentes na carreira de trabalho.

Ao chegar no meu dormitório, não encontro Gemma como pensei que a encontraria, presumo que ela tenha ficado um pouco de mais tempo na sua aula, já que ela me disse hoje de manhã que sairia no mesmo horário que eu.

--------------------


Notas Finais


Oie! Bem, aqui você vai encontrar atualizações todos os dias e as vezes ainda duas atualizações por dia <3

Instagram: @giovanna_viana__

OBS: Sigo todos de volta!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...