História Feelings Incesto { Park Jimin } - Capítulo 7


Escrita por: ~ e ~SrtaKim17

Postado
Categorias ASTRO, Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, J-hope, Jimin, Jin, Jinjin, Jungkook, Mark, MJ, Personagens Originais, Rap Monster, Sanha, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Daddy Jimin, Feelings, Incesto, Park Jimin, Park Jimin Incesto
Visualizações 899
Palavras 902
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Cara, o sono quase me impede de escrever ;-;)

Please leiam as notas finais já que esse é meu primeiro lemon ;-;)

Acho bom baixarem o moans do Jimin :v

Boa leitura! ^^

Capítulo 7 - Capítulo 7 - Fucking my brother ?! { lemon }


Fanfic / Fanfiction Feelings Incesto { Park Jimin } - Capítulo 7 - Capítulo 7 - Fucking my brother ?! { lemon }

[ 01/10 às 09:15 ]

Escutei um barulho estranho quando vi Park Jimin havia derrubado o vaso de flores que era o favorito do Jin o que quer dizer que ele estava totalmente ferrado

Mas ao que via ele não tinha percebido isso pois continuava a distribuir pequenos selares e mordidas em meu pescoço logo seguido de alguns chupões que me arrancaram arfares e até mesmo gemidos baixos e manhosos

Senti meu corpo ser levantado em seguida minhas pernas serem entrelaçadas em algo logo o vi subir as escadas enquanto segurava meu corpo como um bebê e não estilo noiva já que com isso ele aproveitava e apertava as minhas nádegas

Algum tempo depois sinto algo macion ecostar em minhas costas era o colchão em que ele dormia, meus olhos são vendados e minhas mãos amarradas enquanto minha respiração ficava cada vez mais descompassada com os chupões que recebia em meu pescoço sentido sua boca quente em contado com minha pele sensível

Sinto sua trilha de beijos descer para meus seios cobertos pelo fino tecido do vestido que usava, logo o mesmo é retirado facilmente de meu corpo já que ele não tinha alça alguma que o segurasse

Em seguida sinto a presença do meu irmão sumir dali mais logo algo gelado encostar em minha barriga que estava quente causando um pequeno choque naquela região fazendo - me morder os lábios com força contendo o gemido que queria soltar

Denominei que aquilo seria gelo já que por onde passava deixava uma trilha de água, depois da certa tortura com o gelo sinto meu sutiã ser retirado do meu corpo deixando meus seios amostra

Minha boca estava entre aberta enquanto o mesmo "mamava" meu seio esquerdo e mexia no mamilo do outro com o dedo indicador e o polegar o fazendo ficar rígido logo trocando o lugar começando a mamar o seio direito e mexer no esquerdo

Estava controlando meus gemidos com certa dificuldade pois ele estava me torturando, escuto um estalo enquanto sentia minha perna arder ele havia batido em minha coxa o que me fez soltar um gemido de dor

- Não os controle, quero ouvir seus gemidos - falou e pude jurar que ele estava sorrindo no momento

Suas mãos tiram a única peça de roupa que me restava começando a estimular minha intimidade o que me fez gemer alto enquanto me contorcia na cama 

- J-jiminnie... - gemi seu nome com dificuldade 

Enquanto ele estimulava sua boca estava em meu pescoço, solto um gemido sôfrego ao sentir um dedo seu me penetrando seguido de outro o que me fez contorcer ainda mais

Ele dava estocadas com os dedos e sua boca ajudava no trabalho em meu ponto sensível, o que me fez chegar ao ápice rapidamente sentido minhas pernas franquejarem

- Jiminnie....quero te tocar - falei de um jeito sôfrego e manhoso

O mesmo tirou minha venda deixando - me ver seu corpo que já estava completamente desnudo em seguida dessamarrando minhas mãos

Levei as mesmas até o membro dele começando a mexer as mãos ali levando a boca em seguida dando um beijo em sua glade ( tá certo? ) o fazendo gemer 

Em seguida pus seu membro em minha boca e o que cabia eu usava as mãos para estimular, fazia movimentos lentos e torturantes já que gemidos e palavrões saiam de sua boca altamente

A cena que se via não podia esquecer, ele estava com a boca entre aberta, seus olhos fechados e a cabeça tombada para trás enquanto apertava com força os lençóis da cama

Senti uma de suas mãos fazerem um rabo de cavalo em meu cabelo enquanto o mesmo agora estocava minha boca deixando com que gemidos meus abafados saíssem

Acabei me ensgasgando um pouco umas duas vezes fazendo um famoso movimento a qual acho que se chama "garganta profuunda"

Sinto ele chegar ao ápice em minha boca, engoli todo o sêmen do mesmo em seguida o beijando para que sentisse o próprio gosto

Ele me penetra lentamente começando com as investidas lentas que me torturavam cada vez mais

- Jiminnie...n-não me torture... - falo com dificuldade vendo o mesmo sorrr cinicamente

- Como assim? O que você quer que faça S/n? - ele disse com o sorriso

Corei fortemente já que não conseguíra falar aquilo facilmente

- J-jiminnie...me fode rápido...e forte - gemi alto ao ver o mesmo me obedecer

Os movimentos dele eram rápidos e precisos fazendo - me ir a loucura enquanto arranhava as costas do mesmo fazendo com que chegássemos ao ápice rapidamente 

Ele lubrifica minha entrada, aquilo doía muito mais logo me acostumei e rebolei sobre seus dedos que logo foram substituídos por seu enorme membro 

Dei outro gemido de dor que logo foi substituído por um de prazer seguido de outros até que nos desfazemos ali mesmo

Levantei com certa dificuldade para tomar um banho, ninguém podia saber daquilo...não agora

O vi fazer o mesmo já que tínhamos tomado banho junto, apenas um banho com várias mãos bobas que resultaram em um segundo round prazeroso

Sai do banheiro seguido dele já vestida, desci as escadas rapidamente para comer algo quase caindo vez ou outra, estava doendo aquilo mais tinha valido a pena

Algumas horas depois eles chegam, horas depois que vulgo ser a noite o que resultou em um Jimin dormindo no sofá, um Kook, Suga e Tae dormindo abraçados jogado no chão e eu entre o Namjoon, Jin e Hoseok que dormiam 

Alguns segundos depois eu consegui dormir lembrando do que havia acontecido e com um sorriso no rosto por finalmente o sentir como queria



Notas Finais


Esse foi meu primeiro lemon, o que acharam?

Tomara que tenham gostado, eu quase não fiz por culpa do sono ;-;)

Até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...