História Feels - Taekook - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jungkook, Personagens Originais, V
Tags Amor, Bts, Drama, Lemon, Romance, Sexo, Taekook, Vkook, Yaoi
Visualizações 296
Palavras 861
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Taehyung maduro na foto (͡° ͜ʖ ͡°) másculo.

Voltei sz obg pelos 68 fav ♡ amo vcs demaaais.

Eu particularmente acho que esse vai ser um capítulo que vocês vão gostar mais que os outros, parei de estudar pra escrever ele para vocês :') professora até deu bronquinha qq

Capítulo 13 - Capítulo 13.


Fanfic / Fanfiction Feels - Taekook - Capítulo 13 - Capítulo 13.

Capítulo anterior. 


-vou te levar para minha casa, você não pode ficar sozinho..


-ok - ele dá um pulinho mas logo esconde sua felicidade, ele estava feliz de ir pra minha casa? É realmente muito fofo. Quantas vezes já falei isso só hoje? É inevitável 


Capitulo 13. 


Já estavamos andando a uns 5 minutos, isso não era muito, mas para Taehyung parecia umas 3 horas de caminhada, sua testa continha alguns gotículas de suor e sua respiração estava realmente ofegante, geralmente ele estaria falando sobre o arco íris ou sobre bichinhos de pelúcia mas ele esta sem voz para falar. 


Minha casa não era tão longe do parque, apenas umas 3 quadras (an), então logo viramos na minha rua, quando taehyung para de andar e se joga no chão da rua. 


-Estamos chegando, levanta dai - coloco as mãos no bolso me virando pra ele. 


-Não da - ele para de falar para respirar. - minhas pernas.. - respira - morreram.. 


-ai meu deus, que drama - solto um riso pela maneira como ele estava falando e me abaixo na frente dele. - quer que eu te leve nas costas? 


-QUERO - ele se levanta de pressa e puxa a touca do meu casaco me levantando. 


-_- as pernas dele não estavam mortas? 


Assim que chego em casa não vejo o carro da minha mãe na garagem, o que era estranho pois ela não sai muito. 


Entro e paro na frente do sofá, me abaixo e tento soltar taehyung. Mas o mesmo não soltava. 


-de novo isso? 


-isso o que? -ele pergunta confuso. 


-você me prendendo.. 


-ah..Não, dessa vez foi sem querer - ele ri divertido e solta suas pernas de minha cintura, coloco ele no sofá e em seguida meu pescoço também é solto. Me sento do lado dele. 


-no que estava pensando que nem percebeu que chegamos? 


-em nada - ele diz corando. 


Taehyung on. 


Eu estava realmente cansado para continuar andando, mas agora não tem problema porque meu...o que ele é meu?


Essa pergunta me deixa sem graça, nos desenhos, quando o casal se beija, eles começam a namorar, Jungkook e eu estavamos namorando? Eu não sei... 


Estava tão concentrado em meus pensamentos e do nada ja estavamos dentro de casa, ele tentava me por no sofá quando eu percebo que não me soltei. 


-no que estava pensando que nem percebeu que chegamos? - ele pergunta se sentando ao meu lado. 


-em nada - corei involuntariamente. 


-me diga vai...por favor? - ele faz um bico. 


-você vai me zoar - dou uma risada e vejo um bichinho de pelúcia no sofá. Pera, PARA TUDO 


É MEU LEÃO VERDE? 


Porque ele trouxe meu leão verde pra cá? 


-Jungkook, porque trouxe meu bichinho de pelúcia pra cá? 


- o que? - ele olha pros lados e quando vê a pelúcia, logo pega a mesma e sorri - ah...isso...eu trouxe porque não sabia se te veria de novo - ele morde o lábio e me entrega o leão. - pode levar se quiser..


-Não, pode ficar - sorrio e coloco de volta no colo dele. - você sabe que não tem como se livrar de mim agora, né? 


-sim - ele ri - mas agora voltando aquele assunto. O que você estava pensando? 


-você quer mesmo saber Jungkook? - tento fazer minha cara mais seria.


-que medo...quero - ele sorria, com seus dentes de coelhinho. 


-bom...Não sei como dizer - dou de ombros e suspiro, era melhor eu falar. - eu tava pensando no que somos, tipo... - fico com vergonha - você sabe, pessoas como nós...


Tento gesticular com a mão o que eu estava tentado dizer, mas meio que não saia, eu estava travado, e isso era péssimo...até que: 


- Você quer namorar comigo?...É isso Tae? - ele sorria convencido e eu só consigo responder que sim com a cabeça.


- Então ta bom.. 


-"então ta bom"? Como assim Jungkook? Você não que.. -antes que eu termine de falar ele coloca o leão na frente da minha boca me impedindo. 


-Eu quero sim, quero muito - ele da um sorriso e tira a pelúcia aos poucos da frente da minha boca. 


-então ta bom - sorrio ainda corado imitando suas palavras.


Ele vai se aproximando de mim e coloca sua mão em meu pescoço, coloca sua outra mão em meu rosto e acaricia minha bochecha com seu polegar, ele estava olhando em meus olhos, eu só conseguia sorrir, logo ele se aproxima mais e eu ja podia sentir sua respiração, logo seus lábios se encostam aos meus fazendo com que eu feche meus olhos correspondendo o mesmo. No início, um beijo sem línguas, inocente, como se fosse o primeiro novamente, mas logo Jungkook movimenta seus lábios me inclinando um pouco e eu levo minha mão ate sua nuca acariciando seus cabelos, apos uns segundos mantendo aquele ritmo calmo, ele para o beijo com poucos selinhos e abre os olhos me olhando novamente, sorrio sem mostrar os dentes quando ouço uma sacola cair. Me viro assustado e vejo uma moça na porta. 


-Ai meu deus, me desculpem atrapalhar - ela pega as sacolas do chão e corre pra cozinha, fazendo eu imaginar ser a mãe de Jungkook. 


Notas Finais


Pô sra.Jeon que mancada qq

Comentários são MUITO bem recebidos c:


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...