História Felinos e caninos - Capítulo 56


Escrita por: ~

Postado
Categorias Felipe "Febatista" Batista, Felipe Z. "Felps", João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Lucas "Luba" Feuerschütte, Luiz Felipe (Luiz 1227), Pedro Afonso "RezendeEvil" Posso, Rafael "CellBit" Lange, TazerCraft
Personagens Felipe "Febatista" Batista, Felps, João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Lucas "LubaTV", Luiz Felipe "Luiz 1227", Mike, Pac, Pedro Afonso Rezende Posso, Rafael "CellBit" Lange
Tags Hibridos, Mike, Mitw, Pac, Tazercraft
Exibições 126
Palavras 530
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Festa, Ficção Científica, Lemon, Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 56 - Início de uma nova era



Pov Pac §{ Outro dia, 19:00 }§
-Bora galera- falo e todos saem da sede, pouco a pouco, claro, sair nos apertos daquela pequena porta era impossível, eu estava ansioso, sorridente, era cada sentimento que aparecia do nada, meu senhor.
[...]
Fomos até o local de guerra, mesmo local de onde aparecemos, alguns, não aguentaram, faleceram, mas agora, é diferente.
Quando chegamos, já percebo Cellbit do meu lado direito e Batista em meu lado esquerdo, atrás, a galera todinha, vimos os cães e lobos chegarem, quando ficaram em seus postos, mike se pronuncia, tendo do seu lado direito, authentic.
-Felino, o melhor dos criminosos, o cabeça da equipe, líder dos assassinos e bandidos-
-Canino, alfa dos alfas, manda chuva de muitas gangues, temido por polícias, tendo como vencedor de uma guerra épica- falo e me aproximo dos dois, junto com meus dois irmãos e eles fazem o mesmo, até ficarmos frente a frente
-O melhor dos ômegas, um pequeno alfa- mike fala
-O melhor de sua espécie- falo e sorrio
-Caro felino, estamos todos presentes aqui neste recinto, um local de muitas recordações, com apenas um propósito, vincular nossas gangues em uma só e se tornar a maior e mais poderosa do mundo- 
-Cão maior, que formalidade é essa? Hunf, ninguém precisa ser formal até mesmo em um momento histórico do mundo criminal, aqui nóis é parça, claro que aceito alfa dos alfas- abraço mike e todos ficam perplexos, percebo que o amiguinho do lado dele não gostou muito.
-Saudades de ti, meu ômega- ele retribui o abraço sussurrando em minha orelha e distribuo um selinho.
-A partir de hoje, Anti-cats e Elite felina são uma só- mike fala em tom autoritário, mas de uma forma animada, alguns comemoram, outros, a minoria né, não gostaram muito, já meus irmãos, correram para seus pares, quando vi Batista e Jv se abraçando e cellbiy e felps, bem... Quase se comem, meus parceiros lá trás, comemoram aos pulos, felizes por não sermos mais inimigos, tantp de natureza, quanto de equipes, até isso acontecer...
-Beija, beija, beija- o povão atrás de mim exclama, coro com tal situação e fico com cara de "mato todos vocês suas vagabunda", até mike pegar meu queixo e sorrir pra mim
-Eu te amo- ele fala baixinho e vejo o amigo do lado dele sair de lá e deixar só nós alí, nos beijando calmamente, ouvindo o pessoal gritar desesperadamente, uns ficam suspirando como se fossem meninas apaixonadas, sendo que na verdade, continham meninas lá, e não eram nada inocentes.
-Já podem se comer-
-Ta na hora-
-Já passou da hora, isso sim- era esse tipo de coisa que eu escutava durante aquele beijo maravilhoso, era um beijo cheio de sentimentos, era calmo, eu ficava com minhas mãos em volta de seu pescoço e ele na minha cintura, quando o ar faltou, nos separamos, sorrio.
-Eu também te amo- após eu falar isso, começou de novo a gritaria, os cara são garganta de ferro mesmo.
[...]
Pov Desconhecido
Vi na televisão a reportagem mais impressionante da minha vida, as piores gangues se juntaram, e o pior, meu filho está lá e namora um inimigo, é o fim dos tempos.


Notas Finais


Inhay


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...