História Femme fatale - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, Justin Bieber
Personagens Barbara Palvin, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais
Visualizações 110
Palavras 329
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 21 - Por favor não...


Fanfic / Fanfiction Femme fatale - Capítulo 21 - Por favor não...

ov Vênus 

A malditas semanas passaram voando, e hoje. 

- Amor, vim te acordar a força - passei as mãos no seu cabelo - acorda vai. 

Me deitei ao seu lado, coloquei minha mão sobre, nossa mãos estavam entrelaçadas. Fiquei alisando seu peito. 

- por algum minutos podemos fingir ser um casal em um campo? - cheguei os olhos tentando mentalizar um campo - não da - Respirei fundo - sabe Justin, antes de você chegar o meu mundo era preto e branco, vários homens e nenhum conseguia fazer minhas borboletas da barriga criarem vida, ai você chegou e parece que toda vez que a sua pele toca na minha elas começam a voar, eu nunca falei isso a ninguém. Eu já pensei em nois dois casados, com uns três filhos em uma casa com piscina, então acorda para a gente construir uma vida juntinhos. - uma lágrima desceu - eu vou te dizer " eu te amo " a todo segundo. 

Escutei a porta ser aberta dando a  Vista do doutor, logo meu coração começou a pular e minhas lágrimas tomaram conta dos meus olhos. 

Era agora... 

- Doutor por favor não, por favor não. 

- Vênus você precisa se retirar - ele disse segurando meus braços - sai por favor. 

- não vou saiiiiiiir - gritei 

Minhas lágrimas ja eram pesadas. 

- Meu amor eu não vou te abandonar, amor me desculpa, acorda pra mim amor acordaaaaaaaa. 

A máquina de batimentos cardíacos começou a apitar e várias pessoas entraram na sala chorando, eu não sabia o que estava acontecendo. 

- o que... ta acontecendo - aquela voz 

- Meu amor você acordou para mim - o abracei forte e ele ficou imóvel - o que foi amor? 

- quem é você? 

- como assim meu amor, sou eu Vênus sua imensidão. 

- Vênus sai e melhor ele acabou de acordar. 

Eu assenti, coloquei a mão na boca para tampar o grito que eu sabia que iria sair. 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...