História Férias e descobertas a bordo do Jolly Roger - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, Emma Swan, Milah, Regina Mills (Rainha Malvada)
Tags Capitainswanqueen, Captain Killian Jones, Captainswan, Emma Swan, Jolly Roger, Milah, Regina Mills
Exibições 102
Palavras 2.033
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Orange, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Aye marujas!

Tudo bem com vocês? Consegui postar um pouco mais cedo essa semana.

Espero que gostem ❤❤❤

Capítulo 9 - Tempestade


Fanfic / Fanfiction Férias e descobertas a bordo do Jolly Roger - Capítulo 9 - Tempestade

Emma e Killian passaram o terceiro dia da sua semana de férias aproveitando o sol e calor. No início da noite o tempo virou, trazendo uma pequena tempestade e baixando a temperatura. Os dois tinham acabado de tomar um banho e estavam na cabine. Emma vestia short jeans e camiseta de algodão cinza de mangas longas. Killian usava apenas uma calça preta de moletom.

Killian acendeu a lareira e deitou de bruços na cama, entre as pernas de Emma, aconchegando seu rosto no colo dela. Swan observava cuidadosamente cada detalhe do corpo perfeito dele enquanto acariciava seus cabelos. Killian beijou delicadamente a parte interna da coxa esquerda de Emma.

- Emma...

- Hum?

- Eu sei que é bobo, mas... Você promete que nunca vai me deixar?

Emma sorriu e puxou delicadamente o rosto de Killian para que ele olhasse para ela.

- Eu? Deixar você? Sério? Eu fui ao submundo atrás de você, eu salvei sua vida em Camelot trazendo a Escuridão até nós, eu... Zeus te mandou de volta pra mim! Lembra??

-Ei, calma beautiful.

Killian entrelaçou seus dedos nos dela e beijou sua mão.

- É só um medo bobo mesmo... Afinal eu sei que depois que as ladies se deleitam com o Capitão - ele diz no típico sorriso sarcástico e levantar de sobrancelhas - ficam sempre querendo mais de mim...

Emma fechou a cara e apertou os joelhos, prendendo Killian entre suas pernas.

- Mas você escolheu uma só pra dividir a vida com você. E essa sou eu. Emma Swan.

Emma o solta de suas pernas e Killian inclina seu corpo para lhe dar um beijo calmo e demorado. Ele beija seu queixo, pescoço e começa a descer beijando seus seios e sua barriga, até se aninhar em seu colo novamente, onde respira fundo e se aconchega segurando a cintura dela com a mão e o gancho.

Emma não se contém e sorri ao vê-lo assim. Ele parecia mesmo apaixonado. E ela... ‘Ah Emma, quando foi que você se apaixonou assim?’ Neal? Não... Não era a mesma coisa... Você está mesmo apaixonada pelo Capitão, não é?’ Swan pensava enquanto passava os dedos furtivamente por sua barba, até ter seus pensamentos interrompidos por Killian:

- Love, você me acompanha num vinho hoje? O frio, a chuva, a lareira, a loira gostosa e cheirosa, tudo está a favor de um bom vinho essa noite.

 Swan deu aquile sorriso grande e encantador dela e respondeu, enquanto pegava seu celular e dava play na sua playlist ‘dirty, sexy blues’ (sério marujas, deem play lá no youtube, vai ser legal <3).

- Como eu vou recusar um convite desses? Mas tá chovendo muito amor, não é melhor você esperar um pouco pra ir até a adega? Não quero você doente...

- Não se preocupe. Volto logo. E todo molhado pra você me secar.

Killian piscou para ela e vestiu seu velho sobretudo de couro para protege-lo da chuva e saiu, fechando a porta da cabine.

Emma Swan estava nas nuvens. Ela quase não conseguia acreditar em tanta felicidade. Quando ela esticou as pernas se espreguiçando na cama, sentiu seu pé bater num caderno. O diário de Milah. Um bom passatempo até Killian voltar.

“Eu amo tanto esse pirata! Por muitas vezes fico me perguntando: por que ele escolheu a mim? O que foi que ele viu em mim? Eu não era apenas mais uma esposa frustrada e escabelada numa taverna quando ele me conheceu? Eu tenho ouvido tantas coisas esquisitas a respeito de Rumple nos últimos portos onde estivemos. Tenho tanto medo que Killian queira enfrenta-lo e aconteça alguma coisa ruim... Não posso permitir isso. Eu daria minha vida por ele.”

Emma fechou o diário de repente, já com algumas lágrimas nos olhos, pois se lembrava do desfecho da história. Respirou fundo e secou as últimas lágrimas insistentes, enquanto falava em voz alta:

- Sinto muito Milah...

Emma pegou de volta o diário e abriu em outra página:

“Não posso acreditar! Por que Killian? Por que você fez isso comigo? Pelos mares Killian Jones! Você deixou essa mulher usar as minhas roupas! Você me traiu Capitão! Meu coração está igual essa tempestade lá fora... E eu já não consigo mais saber o que são os raios e trovões e o que são as suas batidas desesperadas na porta. Agora não adianta mais Killian Jones! Eu vou arrancar suas bolas com aqueles ganchos de se pescar tubarão! Eu estou destruída...”

Killian, alheio ao que acontecia na cabine, chegou dando duas batidas fortes com o gancho na porta e a abrindo com um sorriso no rosto e os cabelos molhados da chuva. Mas a cena que ele encontrou foi Emma aos prantos com o diário nas mãos.

- Seu desgraçado!

- O que? O que foi Emma? O que foi que eu fiz? Eu demorei tanto assim?

Ele larga a cesta com os vinhos e guloseimas sobre a mesa e tira o sobretudo, jogando-o na cadeira. Killian se aproxima de Emma, mas ela se esquiva.

- O que você fez pra Milah? Como você foi capaz de magoá-la? Você não diz que a amava?

- Swan, ei... Ah, acho que sei do que você tá falando...

- Sabe??

Emma não sabia se sentia alegria ou indignação por isso.

- Sei sim. Aquela bruxa desgraçada...

- Bruxa?

- Sim. Era uma mulher muito bonita que encontramos nas tavernas dos portos ao norte. Logo na primeira noite nós três ficamos juntos. Eu ficava meio tonto com ela, como se tivesse bebido mais rum do que devia. No dia seguinte Milah disse que não queria mais que nos envolvêssemos com ela. Dizia que sentia alguma coisa estranha, como se essa mulher quisesse romper com o que nós tínhamos.

- E você? Não foi capaz de segurar o pau dentro das calças?

Emma disse, como se tivesse sido com ela. Killian franziu de leve as sobrancelhas e a olhou de canto, meio desconfiado.

- Ei, não foi assim como você está pensando! Deixa eu explicar primeiro?

- Uma chance só Killian Jones!

Killian não sabe dizer porque, mas ficou um pouco nervoso.

- Duas noites depois, terminadas as ordens à tripulação, fui rápido para a cabine, pois chovia muito, como hoje. Quando entrei vi Milah com um espartilho verde, todo rendado. Fazia apenas uma semana que eu tinha dado aquele espartilho pra ela, então tinha todo um significado pra nós. A questão é que não era Milah, era a bruxa, mas eu não sabia disso. Na noite em que ficamos juntos ela lançou um feitiço em mim em que eu a veria como Milah, mas apenas eu, todo o resto enxergaria sua real identidade.

- Desgraçada!

- Pois é, daí você imagina. Milah tinha ficado até mais tarde negociando com comerciantes no vilarejo e esperando a chuva passar. Desistiu e veio pra Jolly Roger. Quando abriu a porta da cabine se deparou com a bruxa cavalgando em mim e vestida com o seu espartilho. Só vi Milah quando ela estava pulando no pescoço da bruxa. Não entendia nada. Duas Milahs? Brigando?

- E o que você fez?

- Emma, eu estava mais enrolado que polvo em óleo quente! Mal eu tive tempo de vestir minha calça e a Milah já estava arrastando a Milah falsa pelos cabelos porta a fora.

- Isso Milah, tô contigo.

Killian apenas riu e continuou:

- Quando vi, estávamos no deck, abaixo de chuva, e foi só então que a bruxa conseguiu se livrar de Milah e imobilizou nós dois. Nessa hora seu feitiço sobre mim se desfez e vi quem ela era. A bruxa foi até mim, me beijou e desapareceu numa nuvem de fumaça.

Emma estava com os punhos cerrados.

- Calma love, ela não tá aqui.

Killian pegou suas mãos, uma de cada vez, e as beijou delicadamente.

- E qual o nome dela? Ela nunca mais apareceu?

- Nunca mais. O nome que ela disse pra nós foi Vasha. Duvido que seja verdadeiro. Mas difícil foi explicar pra Milah que eu não tinha traído ela! Não que eu soubesse, pelo menos!

- Hum... História esquisita mesmo...

Emma se levantou e pegou as taças e serviu o vinho, entregando uma taça pra ele.

- Milah tinha uma pergunta, eu li e fiquei curiosa. Por que você se apaixonou por ela?

- Eu encontrei alguém tão perdida quanto eu, tão sozinha quanto eu, mas tão cheia de vida quanto eu. O mesmo quando conheci você Swan. Mulheres fortes assim me deixam maluco, sabia?

Ele a puxou pela cintura, fazendo-a sentar de pernas abertas em seu colo, com as pernas entrelaçadas na cintura dele e os braços envoltos em seu pescoço.

- Definitivamente o estilo princesinha não enche os olhos do pirata. Até vai se for uma lady muito bonita, mas nada mais que uma noite. O que me atrai mesmo, o que me faz querer ancorar navio, são mulheres fortes e livres, assim como era Milah e assim como é você Emma Swan.

- É mesmo? Eu faço você querer ancorar navio?

- É exatamente isso que eu fiz, love. O Jolly Roger não fica ancorado lá nas docas de Storybooke? Se não fosse por você, eu não teria nenhum motivo pra ficar por lá.

Emma sorri com satisfação e beija lentamente os lábios de Killian, saboreando o seu gosto misturado com o vinho.

- Tá esquentando aqui, neh?

Ela tira sua blusa, mostrando um delicado sutiã branco, todo transparente.

Killian admira o corpo de Emma enquanto desliza suavemente seus dedos por seu pescoço, seios e barriga, indo parar no seu short e o puxando para frente.

- Adoro quando você usa essa calcinha, Emma.

Sua voz sai rouca e ofegante.

- Eu sei Capitão. Você adora todas as minhas calcinhas que são enfiadas na bunda assim.

Emma falava enquanto começa a rebolar discretamente no colo de Killian. Ele aperta sua bunda com a mão e o gancho e diz:

- Você já viu sua bunda no espelho Emma? Ela é maravilhosa, redondinha, empinada... E você usa essas calças apertadas... Ah Swan! Eu já bati muita punheta pensando nessa sua bunda gostosa!

Emma arranhava as costas de Killian ao puxar o corpo dele para o seu. - Punheta Capitão?

- Claro, todo aquele tempo que você ficou me maltratando... você acha que eu me aliviava como? Só tenho uma mão, mas dou conta!

Ele piscou pra ela e começou a abrir seu short.

- Bom, eu também tinha que me aliviar...

Emma disse enquanto passava a mão por cima da calça no pau duro do pirata.

- Você Swan?

- Sim, e minha inspiração era o volume que uma certa calça de couro apresentava em certas ocasiões...

- Então você gosta do que eu tenho a oferecer?

Killian olhou para baixo e depois para Emma, fazendo seu pau pulsar na mão dela.

- Se eu gosto Capitão? Eu gosto mais do que o Garfield gosta de lasanha!

- O que? Quem é Garfield? A lasanha da Granny?

Emma riu. Na verdade ela fazia essas coisas de vez em quando porque achava bonitinho ver ele todo perdido com as coisas desse mundo.

- Não Capitão, quer dizer que eu tenho tesão pra caramba no seu caralho.

Emma começou a beijar o peito e a barriga de Killian, descendo ávida em direção ao pau dele.

- Espera um pouco, tira esse short? Deixa eu ter essa visão espetacular de você com essa calcinha e esse sutiã, chupando meu pau?

Emma se sentiu lisonjeada. Era uma maneira peculiar de se fazer um elogio, mas ela se sentia a mulher mais incrível do mundo. Ela ficou em pé, de costas para ele e começou a dançar ao som da música que tocava. Tirou o short devagar, empinando a bunda para o Capitão.

- Você é tão gostosa Emma.

Killian começou a beijar a bunda dela suavemente, dando leves chupões. Emma se vira já tirando as calças de Killian e o fazendo sentar na cama novamente, expondo o delicioso pau do pirata como picolé em dia de calor para ela. Swan se ajoelha entre as pernas de Killian e começa a chupa-lo com delicadeza, até serem interrompidos por uma nuvem de fumaça ao seu lado.

___*___


Notas Finais


Obrigada por embarcarem sempre!

Beijos! ❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...