História FÉRIAS INESQUECÍVEIS COM JAY PARK. - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias GRAY, Jay Park
Visualizações 479
Palavras 1.031
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


CAPITULO 4.

Capítulo 4 - O JOGO COMEÇA A FICAR DIFÍCIL, PRIMINHA.


Fanfic / Fanfiction FÉRIAS INESQUECÍVEIS COM JAY PARK. - Capítulo 4 - O JOGO COMEÇA A FICAR DIFÍCIL, PRIMINHA.

Acordo, confusa, ah estou na casa do meu “primo”, estou de frente pra ele, ele está dormindo ou fingindo pra me assustar, passo a mão em frente ao seu rosto, faço de novo, está dormindo. Fico olhando pra ele, o meu primo me beijou, foi bom...poderíamos...deixa quieto, me levanto e vou pro meu quarto, me visto e desço pra cozinha, levo um susto, tem uma mulher ali na cozinha.

E: Bom dia S/n.

Você: Ah, bom dia, você é a...

E: Sou a empregada do Sr. Park. Você vai querer o que pro café da manhã?

Você: Ah qualquer coisa.

E: Uma salada de frutas, pode ser?

Você: Sim. – ela começa a preparar -  faz quanto tempo, que trabalha pro Jay?

E: Quatro anos.

Você: Eu vou subir lá pro quarto.

E: O café estará pronto daqui a dez minutos.

Você: Ok.

Subo pro meu quarto e pego o celular, vejo se tem alguma notificação, nada. Será que o Jay ainda está dormindo?, vou pro seu quarto, abro a porta, ele não está na cama, ele sai do banheiro de toalha, Aigoo, para com isso S/n, fico olhando pra ele.

Jay: Bom dia priminha.

Você: Bom dia.

Jay: Dormiu bem?

Você: Uhum. Ah sua empregada está ai.

Jay: Sim, eu mandei ela vir hoje, limpar a casa, já que não vamos estar aqui.

Você: Vamos sair?

Jay: A festa do seu amigo, lembra?

Você: Acho...que eu não vou, não trouxe nenhuma roupa, pra festa.

Jay: Isso não é desculpa pra não ir. Vamos numa loja de vestidos. – me aproximo dela, pego ela e a jogo na cama – parece que você gosta de usar saia, você tem pernas bonitas, qual é a sua calcinha de hoje.

Você: Ah, para com isso, eu tenho vergonha disso!

Jay: Eu queria você sem – vou pro seu pescoço deixando beijos, depois vou pra sua boca entreaberta.

Você: O...café da manhã deve...estar pronto.

Jay: Você é insaciável – dou outro beijo nela, agora ela está entendendo a minha língua, sua língua explorando a minha, cada canto...muito boa essa sensação, a minha priminha está entrando no meu jogo.

Você: Vai se trocar – me levanto – estou te esperando na cozinha.

Jay: Eu queria mais.

Você: Mais tarde ;D.

Jay: Ah priminha...

Você: Esse é o meu jogo, saiba jogar – ele fica boquiaberto, fecho a porta, e vou pra cozinha.

Sento na cadeira e começo a comer o meu café da manhã.

E: Bom dia senhor Park.

Jay: Bom dia – sento ao lado da S/n, coloco a minha mão em sua coxa e aperto, sorrio pra ela.

E: Café?

Jay: Por favor.

Você: Agora não – falo baixo e tiro a sua mão da minha coxa –

Jay: Esse é o meu jogo – coloco de novo a minha mão em sua coxa, começo a subir a mão debaixo de sua saia – vai resistir a isso?

E: Aqui está.

Jay: Obrigado. – a empregada se retira da cozinha – vamos brincar priminha.

Você: Aqui não.

Jay: Me proíba – ela se levanta ficando ao lado da pia – eu posso ir muito bem até você.

Você: Não se atreveria.

Jay: Sim eu me atreveria, porque, eu foderia você agora, em cima desta mesa.

Você: Só que não.

Jay: - dou risada – já terminou o seu café?

Você: Sim.

Jay: Então vamos, vai saindo, que eu vou só pegar as chaves.

Saio lá pra fora, fico olhando o jardim, é bonito tem um pequeno lago e diversos tipos de flores.

Jay: Vamos priminha?

Estamos dentro do carro. Estamos indo a caminho do centro da cidade.

Você: Posso colocar alguma música?

Jay: Coloca.

Você: Gosto dessa.

Jay: HOT, essa é boa.

Chegamos no centro, ele estaciona o carro e fomos a procura da loja de vestidos.

Jay: Qual loja que você costuma comprar?

Você: Eu costumo é comprar no shopping.

Jay: Então vamos no shopping, não está tão longe.

 

Você: Vou provar esse preto.

Jay: Ok – sento numa poltrona, que fica em frente o provador em que ela está, ela sai com o vestido, nossa...ficou muito sexy nela.

Você: vai ficar ai babando?

Jay: Sim, você ficou extremamente sexy, priminha.

Você: Não exagera, eu fico bem com preto.

Jay: Vai ser esse?

Você: Uhum – tiro o vestido na frente dele, pego do chão e dou pra ele –

Jay: Porque fez isso? – ela está só de calcinha na minha frente, mordo o lábio e a encaro –

Você: Eu não tenho que tirar o vestido, pra você pagar?

Jay: Ah, priminha você, não faz um jogo limpo. Não me provoca, se não eu vou fazer uma besteira, aqui e agora com voce.

Você: - vou até ele, pega no seu pescoço ele espera, que eu o beije, só dou um selinho rápido – vou me trocar.

Jay: - Agora ela foi longe demais, a agarro por trás fazendo a virar pra mim, coloco minhas mãos em seu rosto e a beijo ferosamente, vou empurrando ela pro provador, fazendo com que ela acaba batendo as costas na parede –

Voce: - Ai! - Minhas costas, nossa que força, seus beijos estão ferozes, ele acaba puxando o meu lábio, indo pro meu pescoço, solto um gemido, parece que ele deu um sorriso, bom…isso é bom, desce pros meus seios, enquanto um é chupado o outro ele dá leves apertos, minha respiração está acelerada…vai ser agora, no provador. Ele acaba parando, não, continua.

Jay: Vou pagar o seu vestido – pego o do chão – se troca logo, não fica expondo o seu corpo pra qualquer um.

Voce: Não vai continuar?

Jay: Não, vou deixar voce excitada e nem pense em si masturbar, o jogo começa a ficar difícil, priminha – dou uma piscada pra ela e saio –

Aish! Filho da mãe.

 

Jay: Quer fazer mais alguma coisa?

Voce: Umm...que tal tomarmos sorvete?

Jay: Pode ser.

Chegamos numa sorveteria.

Jay: Qual sabor vai querer?

Voce: Baunilha.

Jay: 2 de baunilha. Gosta de baunilha?

Voce: Uhum, é o meu novo sabor predileto.  

Fomos andando tomando o sorvete.

Voce: Voce vai com qual roupa?

Jay: Qualquer uma. Vamos agora pra casa temos que nos arrumar, pra ir a festa do seu amiguinho.

Voce: Não vai fazer besteira, o Baek So-Jo é muito o meu amigo.

Jay: Relaxa estou indo pra me divertir.

 

 

 

 


Notas Finais


ESPERO QUE GOSTEM, <3.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...