História Férias na Fazenda - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Anoter, Death Note, Fazenda, Férias, Interativa, Spoiler
Visualizações 23
Palavras 999
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Primeiramente:
Oi galera!

Segundamente:
Desculpa pelo capítulo não tão extenso, e por deixá-los, talvez, curiosos e receosos pelo título. Ah, e desculpa também pela demora.

Terceiramente:
Espero que gostem, e boa leitura.

Nos vemos nas notas finais.

Capítulo 5 - IV - Matado?


Fanfic / Fanfiction Férias na Fazenda - Capítulo 5 - IV - Matado?

Bolhas se formavam na água, Cristhy e Thomas nem puderam ver o que acontecia, já que devido ao choque de temperatura seus corpos ficaram extasiados.

Foi então que Steven decidiu agir pulando na água e mergulhando atrás da garota, que se debatia a procura de oxigênio.

Assim que subiu à superfície puxou o máximo de ar que podia enchendo seus pulmões e o soltando como um alívio.

-Como você pode passar uma vida em uma fazenda e não saber nadar? - Steven pergunta a encarado enquanto boiava para o cais.

-Digamos que não consegui aprender - ela sorri se aconchegando aos braços que lhe rodeavam, aproveitando cada segundo em busca de calor, já que a água gelada estava a fazendo bater os dentes de frio.

-Então por que se jogou? - Allan pergunta o que todos queriam saber.

-Eu não me joguei, ela me empurrou - responde como se fosse a coisa mais óbvia, porém Ayla foi a única que a viu.

-Vamos voltar para dentro - Simon diz levantando a garota que se apoiava sobre o cais e chamando Cristhy e Thomas.

Dia 2

06hrs00min

Hasta La Vista

A Lua ainda se encontrava brilhante no céu devido ao horário de verão, esse que muitos odiavam, e outros nem tanto. A ideia de dormir uma hora a menos e ainda acordar cedo não lhes parecia boa, mas é uma fazenda, e em fazendas as pessoas acordam cedo.

-Estão atrasados - Alice resmunga vendo Takashi, Alicia e Yui entrando pela porta da cozinha, onde todos já estavam esperando para tomar o café da manhã preparado por Bonnie e Samirah.

-Falou a última que chegou ontem - Alicia retruca revirando os olhos e se sentando a mesa.

-Querida, eu não me atraso, eu faço suspense - enfatizou a última parte abrindo um sorriso de orelha a orelha.

-O que temos pra hoje? - Takashi pergunta vendo a ruiva trazer uma forma grande em mãos.

-Por que não olha à sua frente e experimenta? - Samirah diz colocando alguns biscoitos no prato de Takashi e em seguida no dos demais.

Assim como a gatota havja dito ele o fez, pegou um dos biscoitos observando primeiramente, para assim coloca-lo na boca e começar a mastigar, logo que sentiu um gosto estranho correu para o lixo despejando tudo para fora.

Amendoim.

-Você está tentando me matar ou algo assim? - pergunta incrédulo tomando um copo cheio de suco de uva para tirar o gosto de amendoim da boca.

-Primeiramente, fui eu quem fiz. E segundo, qual o seu problema garoto? - Bonnie levanta de um dos bancos no balcão e cruza os braços, como ele poderia falar assim de sua comida?

-Eu sou alérgico a amendoim, você poderia ter me matado sabia? - todos apenas observam em silêncio, até ouvir um estalar de língua vindo por Bonnie e em seguida ela voltar a comer.

09hrs00min

-Então está decidido, Alicia e Takashi ficam de dar comida aos animais - Simon anota em uma prancheta feita por George e em seguida vai para sua tarefa.

-Era só o que me faltava, além de ajudar, vou ter que ficar com esse chato. É isso mesmo produção? - Alicia se exalta tomada conta por insatisfação, batendo o pé no chão lhe é entregue um balde.

-Se quiser acabar logo com isso anda rápido - Takashi resmunga e sai andando a passos largos na frente de Alicia, os dirigindo ao galinheiro.

-Credo, isso parece uma granja - A ruiva distingue ao olhar para o lado e ver uma galinha ir em sua direção - sai daqui, tira esse bicho de mim Takashi!

-Deve ser por que aqui tem galinhas… Humpf - pega a pobre ave de penas brancas e coloca-a no chão para voltar ao que estava fazendo - nessa vida eu só me ferro.

-Quem deveria estar dizendo isso sou eu não acha? Afinal, sou obrigada a passar um tempo com você - solta o balde no chão fazendo algumas aves cacarejarem pelo susto e aponta para o moreno a sua frente.

-Não aponta esse dedo torto em minha direção - Takashi abre um sorriso cruel e começa a jogar milho em direção à Alice, que se espanta ao ver um monte de galinhas correndo em sua direção.

9hrs00min

-Mãe eu quero sair daqui - Ayume reclamava ao telefone, estava conversando com a mãe - me tira desse lugar por favor.

-Te tirar para que? Voltar pra casa e passar o dia enfurnada no seu quarto? Nem pensar.

-Mas mãe…

-Mas nada, já lhe disse, vai ficar aí e pronto.

Então a mulher desligou o telefone, deixando a menina de cabelos verdes falando sozinha e extremamente irritada, não era isso que ela queria para suas férias. Ayume daria de tudo para voltar á sua casa e poder jogar e assistir seus animes em paz.

Toc toc

-Não quero falar com ninguém - respondeu grossa, logo as batidas na porta cessaram.

Yui, que batia a porta, decidiu deixar ela em paz por um tempo, havia escutado toda a conversa, e queria ajudar. Ayume é tão tímida quanto ele, talvez se dariam bem juntos.

12hrs00min

-PESSOAL, TENHO UM ANÚNCIO IMPORTANTE A FAZER - Ayla esguelou-se chamando todos para a sala de estar.

-Aposto que nem é algo tão importante assim - Alice resmunga - por que se realmente fosse, seria sobre mim.

-Ih, olha lá que convencida - Simon retruca sentando-se com um copo de suco - você nem é eu querida.

-Ayla, dá pra falar logo o que é esse anúncio importante? - Cristhy ansiosa pede, fazendo as pessoas se calarem e olharem para a "coisa rosa" de plantada em cima de uma cadeira.

-Meu pai virá hoje no fim da tarde para conhece-los.

-Eu disse que não era algo tão importante, humpf! - Alice mais uma vez resmunga abrindo um sorrisinho ao ver o sorriso de Ayla desabrochar um pouco.

-Essa parte não é tão interessante para vocês, mas e se eu disser que ele anda sempre com a chave da adega? - o queixo de Samirah caiu, comum de acontecer antes dela mostrar sua felicidade.

-Tsc, e eu tenho que aturar esse bando de alcoólatras - a ruiva, Alicia, reclama voltando ao seu quarto, que por ela, é de onde não deveria ter saído.


Notas Finais


E foi isso, sei que não está longo, mas também não é tão curto assim. Acho.

Pessoal, aproveitando as notas finais, vocês (que lêem aqui) poderiam me fazer um favor?

É que dia 29 desse mês eu faço um ano de namoro, e queria fazer algo especial para ele, então se puderem me dar alguma sugestão nos comentários, eu agradeceria muito.

Enfim, obrigada por lerem, e para os que comentarem.

Beijo ^3^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...