História Férias Nada Frustradas De Verão - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Avenged Sevenfold, Slipknot
Personagens Corey Taylor, Johnny Christ, M. Shadows, Synyster Gates, The Rev, Zacky Vengeance
Tags Avengedsevenfold, Comedia, Férias, Festa, Irmãs, Resort, Trigemeas
Exibições 35
Palavras 4.664
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Mais um capítulo, meninas!




Enjoy!!

Capítulo 2 - Troubles And More Troubles!


No outro dia quando acordamos tínhamos um roteiro sobre o que fazer pelo resto do dia. O primeiro de tudo era tomar café da manhã no salão principal com os outros hóspedes.

 

- Bom dia Grand Beach!! - Vi exclamou animada.- Ai, tô morrendo de fome! - completou.

 

- É, nós também.

 

- Então vamos tomar café da manhã, meninas. E depois vamos nos bronzear! - todas aprovaram.

 

Leticia's Pov

Quando entramos no salão principal logo nos encaminhamos a uma mesa para tomarmos nosso café-da-manhã. Como já era uma hora avançada para se tomar café, o lugar estava bem vazio e, para nós, quanto menos movimento melhor.

 

- Hmmm... Panquecas!!!! - Celly exclamou.

 

Tomamos nosso café e meia-hora depois estávamos chegando à área das piscinas do resort.

 

- Eu não quero água no meu corpo por nada nesse mundo enquanto eu não estiver tostada! - Vi disse e nós rimos.

 

Como a Vi, nenhuma de nós planejava se molhar. Queríamos mesmo era ficar bronzeadas pelo menos um pouco.

 

(...)

 

Vi's Pov

 

- Ai, que solzinho bom! - murmurei sentindo o sol atingir minha pele alva.

 

- Com toda certeza! Acho  que vou acabar dormindo aqui...- Lita comentou enquanto folheava um livro de romance qualquer.

 

- Meninas, tô com uma sensação estranha...

 

- Como assim? - perguntaram.

 

- Sei lá! - fiz uma careta de confusão.

 

 Foi aí que ouvimos um gritinho afeminado e logo depois um...

 

- GERÔNIMOOO!!!!  

 

Ouvimos um grito infantil e logo um: TCHBUM!!

 

A água da piscina nos deu um banho literalmente. Eu nem queria abrir os olhos para não ter perigo de matar o desgraçado que fez aquilo. 

 

Não deu, tive que abrir meus olhos.

 

- BOND!? - gritei irada e ele deu um sorrisinho sem graça.

 

- Ér... Desculpa aí, Pippi!! - se desculpou sorrindo amarelo.

 

- Seu... FILHO DE UMA QUENGA!!!- gritei e me joguei na piscina sem nem ligar para quem estava assistindo a cena.

 

Até as meninas vieram atrás de mim.

 

- Ei! Eu só pulei porque aquele maluco tava atrás de mim! Ow!! - Tristan tirou o seu da reta e nós encaramos a bicha que usava um maiô rosa com glitter. Era engraçado ver o " voluminho" dele.

 

- Não me olhem assim, tá? Eu sou uma menina envergonhada! - Mace protestou e nós reviramos os olhos.

 

- Estamos vendo... - falamos juntas.

 

- É melhor correrem vocês dois! - Celly avisou e os dois se cagaram de medo.

 

Logo começamos a correr atrás deles e quando vimos já estávamos na área de lazer.

 

- CHEGAAA!!! - a bicha gritou e nós paralismos olhando-a.

 

- Que foi, ôh queima rosca? - Thalita perguntou com descaso.

 

- Eu não sou uma menina feita pra correr de racha! - reclamou e eu me rendi.

 

- É. E nem eu sou mulher pra correr atrás de uma criança abusada e um viado prepotente! - falei me jogando na grama de tão cansada que estava.

 

- Ai, magoou. - falou ofendido, colocando uma de suas mãos no peito.

 

E então seus olhos se arregalaram e ele soltou um gritinho agudo e irritante. Quando olhamos para a mesma direção que ele sem entender nada. Havia uma outra bicha só que essa, diferente de Mace devia ter uns 2 metros e não parecia lá muito feliz.

 

Por instinto, eu, as meninas e o Bond começam a recuar de acordo com o que ele/ela avançava. A pressão era tanta que me deu atá vontade de fazer xixi.

 

- SUA BICHA DE MERDA! QUEM VOCÊ PENSA QUE É?- a criatura peculiar gritou e Mace veio correndo para trás de nós.

 

-  FODEU!!! - dissemos juntas.

 

- Mace, quem é essa? - Celly questionou desesperada.

 

- É a idiota que roubou o meu bofe!!

 

- Parece que a situação é inversa... - murmurei e o viado desviou a atenção da monstrenga para mim.

 

- Está me acusando de acabar um relacionamento, bisca azeda?? - ele se alterou.

 

- Ai, depois a gente discute isso, Mace! Vai cuidar do SHREK aí...

 

- Veio me perturbar até aqui? - Mace bancou o corajoso.

 

- EU DISSE QUE IA TE CAÇAR ATÉ O INFERNO SE FOSSE PRECISO!! - a coisa gritou.

 

- TÁ! MAS A GENTE QUER ENTENDER O POR QUE!!! DEIXA ESSA TRIPA-SECA PRA LÁ!! - Leite gritou já estressada.

 

Nós a encaramos. Um pedido mudo para que ela calasse a boca. E graças a Deus ela acatou. Mas a monstrenga não gostou muito do surto da minha prima.

 

- Esse biba foi expulsa da irmandade porque eu o encontrei atracado com meu ex-marido!

 

- Com certeza ele era o passivo... - Lita cochichou e recebeu várias cotoveladas.

 

- Aíí.

 

- Eu não disse que a história era inversa, Mace? - olhei pra cara dele, irada.

 

- HeHe... - ele riu sem graça.

 

- O Mace não vale nada...- Leite começou e a bicha lhe mandou um olhar ofendido.- Passou, já foi... Deixa isso pra lá.

 

- É óbvio que não. Eu vim pra esse resort justamente pra isso e não vou descansar enquanto não acabar com a raça dessa destruidora de lares!! E como não posso correr o risco de vocês darem com a língua nos dentes, vai sobrar pra vocês também!!

 

- Eu sou o único aqui que tá vendo que é hora de correr? - Tristan abriu a boca e no minuto seguinte já estávamos correndo com a monstrenga atrás.

 

Parecia que Mace havia recebido um poder de velocidade, pois ele já estava lá na frente, nos deixando para trás. Mas Thamy o puxou pelo laço do maiô cor-de-rosa. 

 

- SOCORRO!!! EU NÃO AGUENTO MAIIIS!!! -  o Bond gritou e logo depois deu uma parada com as mãos nos joelhos, respirando com dificuldade.

 

- Ah, pelo amor de Deus, Tristan. - o puxei. - Corre logo antes que aquilo te pegue.

 

Continuei correndo, puxando Tristan e mais uma vez Mace deu um de seus gritinhos irritantes e agudos. Mas não era por causa do traveco que vinha atrás. Constatei isso assim que bati em algo. Não só eu como minhas primas, irmãs e Mace também.

 

Mace olhou para cima e soltou um grito ainda mais escandaloso. Esfreguei minha testa que doía pela batida e escutei uma voz.

 

- Quer ajuda?

 

Quando olhei pra cima e teria gritado se a porra do grito não tivesse ficado preso na minha garganta. Eu, as meninas e Mace ficamos boquiabertas, enquanto o pirralho continuava indiferente.

 

MEU DEUS NÓS  BATEMOS NOS CARAS DO A7X!!! E quem estava com o braço estendido pra mim era o The Rev! O THE REV!!!

 

- Você tá bem?- ele perguntou pra mim, ainda com o braço estendido para me ajudar a levantar. Os outros faziam o mesmo com minhas irmãs e primas.

 

Por mais que eu quisesse dizer algo, simplesmente não conseguia.

 

Ele me ajudou a ficar de pé e eu ainda não havia dito nada. Mas parece que ele continuava tentando fazer com que eu falasse.

 

- Você não fala?- questionou, me olhando.

 

Murmurei um: "Uhum" E não saía mais nada.

 

- Você fala mas não quer falar... Tudo bem.- ele murmurou meio sem graça.

 

- Não, eu...- tentei dizer.

 

- OW!!- protestou a bicha ainda no chão. - Ninguém vai me ajudar a levantar também?- ele resmungou mexendo em seus cabelos pretos e lisos.

 

- Ah, é claro, Mace!- eu disse e estendi a mão para ele que franziu o cenho e empinou o nariz.

 

- Você não tem força o suficiente, garota!!!- disparou, me dispensando. 

 

- Pois então, levante- se sozinho, criatura!! - me irritei.

 

- Não dá! Minhas perninhas são muito fraquinhas...- falou manhoso.

 

Eu e as meninas reviramos os olhos. E Celly me cutucou apontando algo. Lá vinha a monstrenga. Nós tratamos de sair do caminho e ainda demos um jeito de arrastar os meninos junto, que inclusive não entenderam nada de início. Mas caíram na gargalhada junto conosco ao ver o viado fresco ainda caído gritar desesperado enquanto o troço chegava cada vez mais perto dele. Quando ele viu que não teria jeito, saiu correndo com a coisa atrás dele.

 

 

Celly's Pov

 

Olhamos para os meninos. E, pode nos chamar de retardadas, mas saímos correndo com Tristan atrás. Com certeza passamos atestado de débeis mentais para ele, mas...

 

 

- Ai, meu Deus!! Deixamos os meninos lá! TODOS ELES!!!- Thalita gritou.

 

- Aqueles horrorosos?- Tristan abriu a boca e recebeu olhares matadores de todas nós. 

 

Para o bem dele resolvemos ignorar.

 

- Agora toda vez que eles nos virem vão nos tratar como loucas!!- Leite disse.

 

- Só ficamos sem reação, calma. Temos muito tempo para...

 

- EU NÃO VOU APANHAR SOZINHO!!! - o grito de Mace chegou até nós e arregalamos os olhos.

 

 

- CORRAM!!! - Vi gritou.

 

(...)

 

No final do dia estávamos "arriados" na cama devido aos vários hematomas causados por várias bolsadas. Sério, aquela bicha deve por chumbo naquela merda. Eu e as meninas nem conseguíamos levantar.

 

- Ai! Meu corpo todo tá doendo...- Leite resmungou.

 

- Eu juro, pior que essa dor era  ficar ouvindo Mace dizer: " Ah, quebrei minha margarida!!". 

 

Vi reclamou e nós caímos na gargalhada.

 

Sem mais nada pra fazer além de sentir uma puta dor, resolvemos procurar o sono e deu certo.

 

Matt's Pov

 

Hoje vamos fazer nosso primeiro show no resort. Nunca fizemos um show em um resort então acho que a experiência vai ser bem interessante. Nós estamos acostumados com o assédio dos fãs e a loucura que é, mas não em horário integral. Estamos Há apenas dois dias aqui e já vimos cada coisa... Garotas correndo atrás de nós 24 horas por dia e também garotas correndo DE NÓS. O que foi muito estranho, sem dúvida. Só que eu e os outros tivemos que concordar que, apesar daquelas 5 garotas serem bem doidinhas são muito lindas também.

 

- Aquela morena dos olhos azuis que esbarrou em mim é linda!- Johnny começou e se jogou na cama.

 

- A que esbarrou comigo também não é nada mal...- Zacky falou enquanto praticamente esmagava o joystick tentando ganhar uma partida de video game de Brian. 

 

- Adorei a trigêmea que esbarrou em mim... E pelo jeito vocês também!- Jimmy apontou para Brian e eu.

 

- Esses dois aí são chegados em múltiplas, não é possível.- Johnny falou balançando a cabeça negativamente e nós rimos.

 

- Elas são bonitas, ora!- Brian disse sem desviar a atenção da tela a sua frente.

 

- E apesar de totalmente iguais, parecem ter personalidades bem diferentes.-  falei e Jimmy concordou. - A que bateu em mim tem cara de ser bem infantil. Não de um jeito ruim, mas... sei lá...

- Tem razão. Mas parando de falar delas... Outra coisa estranha de ontem foi aquele viado correndo daquele troço. - foi só Johnny falar que começamos a rir escandalosamente.

 

- Aquilo foi um tanto bizarro e espero não vê-lo mais na minha frente. - Falei ainda rindo.

 

- Nem ele nem aquele remelento que corria com as garotas.

 

- PORRAAAA!!!! GANHEI DE NOVOOO!!! SAI PRA LÁ PORPETA QUE TU NÃO É DE NADA!- Brian gritou e o gordo armou um bico enorme.

 

- Isso é porque eu tô com fome! E quando eu tô com fome eu não consigo raciocinar direito!

 

- É por isso que você nunca ganha. Só vive com fome, saco sem fundo!- Taquei um travesseiro nele.

 

- Revanche amanhã, de preferência depois de você comer 5 quilos de comida.- Syn estendeu a mão pra Zacky.

 

- HáHá...- ele riu em deboche. - Tá! - apertou a mão de Brian.- Agora vamos comer alguma coisa antes que o show comece e eu me ferre.

 

- Vamos!- nós rimos.

 

Thalita's Pov

Eu estou quase roendo minhas unhas de ansiedade pra saber quem vai abrir o show do Avenged. Meu tio  não quis contar pra gente, então não tem jeito. Vamos ter que esperar até a hora do show.

 

Depois de almoçarmos, voltamos para o nosso quarto, tomamos banho e nos arrumamos para o show. Nada de saltos e muita produção, deixaríamos isso para a mega festa após o show.

 

Vesti uma camisa de outra banda que eu adoro: My Chemical Romance. Pus uma calça jeans básica e um all star preto com caveirinhas brancas. Uma maquiagem básica e meus cabelos soltos.

 

- Todas estão prontas? - perguntei.

 

- Sim.- responderam.

 

Saímos e fomos andando pra chegar a arena de shows. O que é um pouquinho longe.

 

- Espero que não passemos por nenhum fiasco hoje.- Thamy falou.

 

- Ah, é. Senão provavelmente não chegaremos vivas ao final das férias...

 

- Ai, tô curiosa pra saber quem vai abrir o show do A7X!!- Vi exclamou dando pulinhos.

 

- Eu também. - Leite concordou.

 

- Quem vocês acham que é? - perguntei a Leticia que deu de ombros.

 

- Não faço a mínima ideia.

 

- Bom, eu acho que é o Slip... - Vi ia dizendo quando parou abruptamente.

 

- Vi? - chamamos.

 

-AAAAAHHHHH!!!! - ela berrou e saiu correndo para trás de uma moita que havia ali perto.

 

- O que você viu criatura?- perguntei. - O que você... - foi então que eu vi um ser de máscara e saí de mim. - AAAAHHHH!! Corey Taylor!!! - gritei e ele se virou.

 

- EU TE AMOOO!! - gritei correndo atrás dele. Só que ele começou a correr de mim também. - Volta aqui, ow!!

 

 

Celly's Pov

 

- Tô com pena do Corey... - murmurei vendo Thalita correr atrás do pobre.

 

- Nós também! - Leticia e Thamy concordaram.

 

- Vi, pode sair daí! Ele já foi. - gritei pra moita e logo Vi se levantou dali. - E mesmo que ele ainda estivesse aqui, você não teria por que ter medo. Thalita fez ele parecer um gatinho indefeso.- completei e Vi deu a risada característica dela.

 

- Vem, vamos! - Leite pegou a mão dela e nós continuamos nosso trajeto até a arena de shows.

 

(...)

 

 

Cerca de meia-hora depois, o show estava prestes a começar e Thalita parecia uma britadeira do nosso lado. Não parava de falar  um  segundo sequer:

 

- Eu vou conseguir fazer o Corey ser meu marido! - falou. - Não! Meu marido vai ser o Synyster. O Corey vai ser meu amante!- disparou com um sorriso maior que a cara.

 

- Thalita, se controla, por favor! O show nem começou e ele já te acha louca. - Thamy ralhou e Lita fez um biquinho.

 

Então vimos um dos sócios do papai subir no palco. Todos aplaudiram:

 

- Senhoras e senhores... - começou ele e foi fortemente vaiado pela platéia. - Desculpem.- ele pediu e pigarreou em seguida.- JOVENS, CARAS, BROTHERS ou o que mais vocês gostem de ser chamados!! - se concertou. - Sem mais delongas, o nosso show vai começar! Divirtam-se. - desejou e  todos, incluindo nós, gritamos e batemos palmas em resposta.

 

Logo tudo ficou escuro e eis que Leite e Vi me vem com essa:

 

- Ai, tô com medo! - falaram juntas.

 

- Fala sério! - Thamy bufou. - Medo de que agora?

 

- De um cara feio me bolinar! - falaram juntas outra vez e com essa tivemos que rir.

 

Uma luz vermelha iluminou o palco e quando eles subiram, Vi deu um gritinho de pavor e Thalita deu um grito de fogo-no-rabo, que foi acompanhado por mim, Leite e Thamy.

 

Celly's Pov

Eles começaram com Psychosocial, logo depois Vermilion e quando todos estavam loucos foi a vez de Jump the fuck up e enquanto encerravam com Spit it out, olhei para o lado e dei falta de Thalita.

 

                        "Steppin' where you fear to tread

                        Stop, drop and roll - you were dead from the git-go!

                        Big mouth fucker - stupid cocksucker

                        Are you scared of me now?

                        Then you're dumber than I thought

                         Always is and never was

                         Foundation made of piss and vinegar

                         Step to me, I'll smear ya -think I fear ya?

                         Bullshit!"

 

A música ecoava  em meus ouvidos e nem sinal de Thalita. Até que recebi um cotovelada de Vi e olhei para o palco onde Lita estava. Não consegui não rir, porque aquela situação era hilária.

 

- Qual é seu nome?- Corey parou de cantar e perguntou a ela.

 

- Thalita. - ela respondeu.

 

- Okay, então. - falou.- A Thalita vai cantar o resto de Spit it out comigo!- anunciou e minha irmã arregalou os olhos.

 

- E...eu ? - gaguejou.

 

- Isso mesmo! - confirmou. Ele posicionou o microfone entre os dois:

"'bout time I set this record straight

All the needlenose punchin' is makin' me irate

Sick o' my bitchin' fallin' on deaf ears

Where you gonna be in the next five years?

The crew and all the fools, and all the politics

Get your lips ready, gonna gag, gonna make you sick

You got dick when they passed out the good stuff

Bam - are you sick of me?

Good enough - had enough

 

Fuck me!

I'm all out of enemies!

Fuck me!

I'm all out of enemies!"

 

Eu ouvia os dois cantarem. com certeza  Lita estava se fazendo naquele momento...

 

"Spit - it out

All you wanna do is drag me down

All I wanna do is stamp you out"

 

Quando a música acabou, Corey deu um beijinho na bochecha dela e um abraço e a criatura surtou. Ela voltou pra perto de nós, gelada feito um defunto.

 

- Nossa! Isso tudo é nervoso? - Vi perguntou e Lita assentiu.

 

- Ai, meu Deus!! Ele beijou minha bochecha!!! Tô tão feliz!!- tagarelou alegre. E pra piorar o estado de alegria dela...

 

- Thalita... - Corey falou de cima do palco. - Espero encontrar você na festa! - e piscou.

 

- AAHHH!!!- Lita soltou um gritinho agudo.- É claro que você vai me encontrar lá!- ela respondeu.

 

- Não se empolga, maninha, antes que você seja comida viva por várias fãs e um viado putos da vida contigo! - Vi aconselhou e num instantinho ela sossegou o facho.

 

Cinco minutos depois o Avenged se apossou do palco e começaram muito bem com Beast and Harlot, logo depois veio Scream, o que deixou todos insanos, depois Walk, Critical acclaim, Bat Country, Welcome to the family e Nightmare, afterlife e por último A little piece of heaven, que inclusive é uma da músicas favoritas da Vi.

 

"But baby don't cry

You had my heart, at least for the most part

'cause everybody's gotta die sometime

we fell apart

let's make a new start

'cause everybody's gotta die sometime yeah

but baby don't cry"

 

Todas nós cantávamos junto com a platéia e ELES. Vi estava até chorando e mais lamentava do que cantava realmente. Ela sempre se empolga na parte do casamento e eu também.

 

"Do you take this man in death for the rest of your unnatural life?

(Yes, I do.)

Do you take this woman in death for the rest of your unnatural life?

(I do)

I now pronounce you..."

 

Aquela foi a minha hora de surtar. E eu não sei se estou ficando louca aos poucos desde que cheguei nesse resort, ou se  o Matt me olhou enquanto cantava. Bom, eu estou confiando na minha parte insana agora. Já que é meio impossível um cara gostoso daquele ficar me olhando com cobiça. Foco, Marcelly, Foco!!

 

Nós estamos a caminho do enorme salão de festas e agora toda produzidas e arrumadas. Quando estou bonita, maquiada e principalmente devido ao meu tamanho, de salto alto, eu me sinto muito bem. Eu e as meninas caprichamos no look porque estamos sentindo que a  noite de hoje promete!

As luzes do salão estavam baixas e o clima estava agradável. Logo Lita avistou o Corey Taylor que nos puxou para sua mesa. Nós começamos a papear e eu vi que ele é um pessoa muito legal sem aquela máscara, o que eu já imaginava antes, mas é impossível pensar em uma pessoa boa quando ela usa uma máscara horrorosa e assustadora.

- Essa mesa não está meio grandinha só para nós seis?- Celly questionou.

- É que eu estou esperando meus amigos do A7X e as namoradas deles.- respondeu.

- Eu... eu preciso beber!- anunciei, sendo acompanhada por Celly. 

Me apoiei no balcão e o barman veio me atender:

- Eu quero duas doses de vodka.- pedi e ele assentiu...

- Vai com calma, Vi!- Celly aconselhou.

- É claro que não. Pra aguentar aquelas lá na mesma mesa que nós e com ELES, só enchendo a cara mesmo.- respondi, pegando minhas bebidas e tomando uma de um gole só.

- Eu sei que essa situação é chata, mas pensa bem... Não vale a pena fazer isso.- ela insistiu.

- É claro que vale!- rebati e ela olhou para nossa mesa onde Matt acabava de chegar, agarrado à Valary.

- Quer saber? Que se dane também! Eu vou beber todas essa noite!- ela declarou e demos um sorriso. Estendi uma das doses de vodka a ela e nós brindamos, antes de bebermos o conteúdo do copo.

 

(...)

 

Minutos depois, eu e as meninas voltamos novamente para a mesa e estávamos bem alegrinhas...

 

Jimmy's Pov

 

As meninas que esbarramos outro dia estavam na mesma mesa que nós e também quase bêbadas.

- Tá bom! Agora quero ver adivinharem essa:- uma das gêmeas falou. 

Há uns dez minutos ela contava piadinhas bobas. Típico de quem está alto.

- Como se faz pra transformar um giz em uma cobra?- ela  perguntou e nós não entendemos.

Já Brian parecia que ia enfartar de tanto rir.

- Ow, Ow! Essa eu sei!- a gêmea que estava dando mole para o Corey respondeu animada.- Ér, me esqueci... Como faz?- ela ficou confusa.

- É só colocá-lo num copo d'água. Daí vira uma gizbóia.- a outra disse e riu escandalosamente.

Leana, Michelle, Valary, Genna e Lacey reviraram os olhos. Já eu e os outros quase nos mijamos de rir. Não pela piadinha, mas pela situação completamente hilária.

-Entenderam? Giz... bóia... - explicou e riu mais uma vez.

- E aí, farofada?- ouvimos uma voz irritante  e quando olhamos demos de cara com o viado que também esbarrou em nós.

As trigêmeas e suas primas reviraram os olhos.

- MACE?!- uma delas perguntou com a voz alterada.

- É claro que sim, Pippi Longstocking fajuta. A não ser que tenha outra bicha gostosa aqui que se chame Mace...- a bicha louca respondeu a garota, que fechou a cara.

- Olha, como vocês estão fashion...- falou.

- Obrigada. - agradeceram.

- Fashion os olhos e sai correndo!-  ele completou e as cinco ficaram putas. Já nós, nos divertíamos.

- Vocês também estão horrorosas, queridinhas.- falou para nossas namoradas, que o ignoraram.

- Já vocês, bofes escândalo, também estão fashion...- falou.

Nós paramos para pensar: Fashion e o quê?

- Fashion os olhos e se joga em cima!- completou. - Ui, ui!!

- Rala peito daqui, bicha louca!- Leana resmungou para Mace, que fez uma careta para ela.

- Eu só vou embora, pereba, porque eu sou uma menina importante e desejada!- se justificou e saiu batendo pé.

Cada coisa. Eu hein...

Se o início da noite já está assim, imagina daqui à algumas horas.

Johnny's Pov

Já se aproximava da meia-noite e nada daquela festa melhorar. Lacey, Lea, Val, Michelle e Gena já estavam ficando entediadas e as outras meninas se revezavam entre dançar e beber.

- Ai, não tô aguentando mais isso!- Michelle reclamou pela quarta vez.

- Eu não vou embora agora.- Brian retrucou.- O ambiente está bom aqui.

- Eu também não tô aguentando mais...

- Então vão embora vocês. Nós vamos ficar bebendo aqui.

- Vamos dar um pulo no banheiro e depois vamos embora.- Michelle falou e as outras balançaram a cabeça, concordando. Levantaram em seguida e saíram em direção ao banheiro.

Vimos as meninas junto com o viado, e vinham em direção a nossa mesa. E todas elas bebiam aqueles drinks coloridos com guarda-chuvas. Já Mace pôs uma garrafa de Jack Daniels na mesa.

- O que é isso?- perguntamos e ele fez uma careta.

- Como se vocês não soubessem, gostosinhos. Eu resolvi ser educado e pagar uma bebida pra vocês. Assim como fiz com essas biscas aqui.- apontou as meninas.

- Você é louco? Elas já estão mais do que bêbadas, já chega!- Corey falou  e levantou.

Foi até as meninas tentando fazê-las largar o resto do drink.

- Não, garoto! Solta!- uma delas gritou.

Ele voltou para a mesa, sem nada conseguir. Era muito esquisito, devia ter alguma coisa naquela bebida delas, porque elas tomavam aquilo como se sua vida dependesse disso e a expressão delas era quase como a de uma pessoa quando tem um orgasmo. Pelo jeito a coisa tava muito boa mesmo.

- Não vou beber isso.- empurrei a garrafa para longe de mim.

- Ah, que é isso, cara? Não se desperdiça bebida. Ainda mais Jack Daniels.- Jimmy falou e foi logo pegando a garrafa, dando um longo gole.

Logo os outros já estavam tomando também. E, bom, eu também acabei não resistindo. Afinal, eu não sou de ferro, e é de uma garrafa de Jack Daniels que estamos falando.

Nenhum de nós entendia o porque de a bicha do Mace rir de se acabar. Ele também estava bebendo o mesmo drink que as meninas. Minutos depois nós havíamos acabado com a garrafa inteira.

- Ai, ai... Eu quero dançar! Não tô aguentando!- Leticia disse enquanto se abanava toda, assim como as outras.

E ainda tínhamos que escutar: " Ai, meu Deus! Ai, meu Deus! Tá piscaaando!"

- Eu não consigo ficar parada! Tá subindo um calor por lugares onde até eu duvido...- uma das trigêmeas falou e foi atrás da prima.

- É, também tá me dando um calorzinho... uhahaha- Mace disse e riu escandaloso.- Ui!

Eu acho que  esse queima-rosca pôs alguma coisa na nossa bebida...

 

Matt's Pov

 

Eu estava com vontade de matar aquele filho da puta do Mace! Não só eu, como os outros também. Tinha alguma coisa naquela bebida. Ah, se tinha. As meninas estão loucas e nós também não estamos muito bem. Aliás, nenhum dos convidados estava bem. Todos estavam estranhos e... promíscuos.

- O que você colocou nessa bebida, Mace?- Zacky perguntou e a bicha sorriu.

- Foi uma mistura em grande quantidade que eu fiz. Essa festa tava muito parada... 

- Mas especifique O QUE você colocou nas bebidas!- gritei.

- Ah, coisas pra deixar todos doidões e dar um tesão do cacete. Spanish fly, êxtase entre outras coisas...

- Não acredito!

- Eu não quero saber o que ele colocou nessa bebida, eu sei que eu não consigo ficar parado!- Brian levantou e foi para a pista de dança.

- Também tô indo!- Corey disse e correu para a pista também.

- Vocês não vem?- a bichona perguntou, bebendo mais um drink doido.

- Não estamos sentindo nada.

- Esperem mais um pouco pra verem só. Vão querer "meter" até em seres inanimados. Saibam que estou aqui pra isso, okay? - e saiu saltitando até a pista.

- Ai, cara! Meu corpo está pulsando de uma forma insana...- Jimmy comentou, se remexendo na cadeira, inquieto.- Se eu sair daqui eu vou fazer uma besteira.

O pior é que eu e os outros estávamos da mesma forma. Macarena começou a tocar muito alto. E mais que depressa um trenzinho se formou na imensa pista. O lugar começou a cheirar a sexo, tudo estava virando uma loucura.

Era engraçado ver Corey e syn encoxando Thalita. E a menina estava adorando! Dava um sorriso safado a cada vez que eles a provocavam.

- Uhuuul!- a outra gêmea gritou.- Vem, Jimmy, Vem!!- ela estendeu os braços pra ele que olhou para a nossa cara como quem pede ajuda.

- Ué, já que tá no inferno, abraça o capeta, meu irmão!- falei.

- Ele levantou e entrou atrás dela no trenzinho.

Eu me entreguei e fui dançar também. Zacky e Johnny foram para o bar beber todas. E eu só pensava em uma coisa: vai dar merda!


Notas Finais


Passem na minha outra fanfic, acho que vão gostar também:
https://spiritfanfics.com/historia/fanfiction-avenged-sevenfold-the-beginning-of-a-life-not-too-normal-2888010

Muitos beijos e até o próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...