História Ficaremos Juntos? - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cúmplices de um Resgate, João Guilherme Ávila, Larissa Manoela
Personagens André Alencar, Chloé, Flora Cruz, Isabela Junqueira, Joaquim Vaz, Manuela Agnes, Marina Lopes, Mateus Jardim, Omar Ferraz, Otávio Neto, Priscila Meneses, Rebeca Agnes, Sabrina, Téo Cavichioli
Tags Comedia, Drama, Romance
Exibições 321
Palavras 1.160
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 17 - Mais cortes?


Fanfic / Fanfiction Ficaremos Juntos? - Capítulo 17 - Mais cortes?

 

Povs Manu 



Manu : O que faz aqui? -eu perguntei olhando pra Bernardo-
Bernardo : Vou estudar aqui 
Manu : Como é que é? -eu perguntei e Isa se levantou-
Isa : Mas é muita cara de pau mesmo né? -ela disse o encarando séria- 
Bernardo : Não entendi -ele disse sinico, Mirela passou e sorriu pra ele-
Manu : Tem certeza que não entendeu? -ele assentiu-
Isa : Parar de vir atrás da Manu!
Bernardo : Eu não vim atrás dela -ele disse me olhou- São as coincidências da vida.
Manu : Não se faça de inocente Bernardo -eu disse ficando sem paciência, até que Joaquim passa pela gente,resolvo ir atrás dele mas Bernardo me segura, colocando força em meus cortes,eu gemi de dor e me soltei
Manu : Não encosta em mim -eu disse e sai atrás de Joaquim-
Encontrei ele no corredor,bebendo água.
Manu : Joaquim..-eu disse e ele virou pra mim bufando- A gente pode conversar? -ele negou, se virando mas eu o segurei- Reconheceu aquele menino? -eu disse com um pingo de esperança-
Joaquim : Por que reconheceria? 
Manu : Foi o cara que me beijou ontem..
Joaquim Ah,aquilo eu não esqueço -ele disse sério- 
Manu : Ele é o meu ex -eu disse me aproximando-
Joaquim ; Bernardo? -eu assenti e ele virou as costas- Por que veio me falar que voltou com o seu ex? Jogar na cara mesmo? -eu passei a sua frente-
Manu : Para -eu disse envolvendo meus braços em seu pescoço- Eu não voltei com ele,ele me beijou a força! -eu falei e ele tirou meus braços de si-
Joaquim : Ninguém beija sozinho Manuela -ele disse- Você cedeu
Manu : E na mesma hora dei um tapa nele
Joaquim ; Não adianta,não quero ouvir -ele disse caminhando até a sala- 
Bom,eu tentei. 
Assim que o horário de almoço acabou,voltamos pra nossa sala,Joaquim se sentou com Mateus e Omar no fundo da sala,vi Bernardo entrar na sala e bufei, ele iria ficar na nossa mesma sala? Sério? Ele e Joaquim trocaram olhares mortais.
Me sentei e esperei o professor chegar. 
Assim que ele chegou,fez Bernardo se apresentar pra todos,então ele começou sua aula.
Professor : Bom gente -ele disse juntando as  mãos- Hoje irei passar uma atividade em grupo. 
Todos comemoraram,menos eu. Sabia que no final das contas eu faria com pessoas que nem converso.
Professor : Calminha,eu irei escolher -ele disse olhando na chamada-  Vocês vão se juntando em? -ele disse -  O primeiro grupo será : Isa,Anna,André e Omar. A segunda equipe : Téo, Lola,Mateus e Priscila. Terceira : Júlia, Sabrina, Gabrielle e Marcos. Quarto : Marcela, Leonardo,Chloé e Doris. Quinta : Mirela,Manuela, Joaquim e Bernardo ...- O professor continuou,nossos amigos me olharam-
Manu : Não, Professor -ele me olhou- Não vou fazer com eles -eu disse apontando pra Mirela e Bernardo-
Professor : Mas tem que fazer, tá valendo metade do bimestre.
Joaquim : Eu também não vou fazer com os três -ele disse e olhou pra mim-
Professor : Mas tem que fazer,vocês não estão ouvindo?
Bernardo : É Manuzinha,vem se junta com a gente.
Manu ; Prefiro ficar sem ponto!  
Professor : Por qual motivo isso em? - ele perguntou nos olhando- 
Isa : Esses quatro ai estão brigados professor -ela disse olhando pra mim- 
Professor : Pode ser uma boa oportunidade de serem amigos 
Mirela : É Manu,vem senta com a gente -ela disse sentada, Joaquim eu estávamos em pé já, apoiados em nossas mesas- 
Manu : Eu vou mostrar a única coisa que você vai ter de mim -eu disse indo pra cima dela,Joaquim veio até mim me puxando-
Joaquim : Não faz isso -ele disse baixinho,me soltou e voltou a se distanciar
Pri : Calma amiga 
Manu : Ué,resolveu falar comigo? -eu disse séria, cruzando os braços-
Pri : Como assim Manu? -ela falou confusa- 
Manu : Não,tudo bem Priscila -eu disse olhando todos os meus "amigos" - Cansei de vocês. - Eu disse e sai da sala,o professor gritou algo pra mim mas não dei importância- 
Assim que sai me encostei na parede e respirei fundo,fui até o meu quarto,chorando,não sei o que estava acontecendo comigo.
Eu não estou bem,sem Joaquim por perto,e pra completar, é ele que me une aos meus amigos. A volta de Bernardo e tudo que ele e Mirela estavam armando.
Fui até minha bolsa e abri um dos zíperes, vendo uma lâmina, a peguei, pensando no que eu ia fazer,passei a lâmina umas 3 vezes em minha perna,que já começou a sangrar. Ouvi um barulho de porta abrir,me virei de costas pra ela,escondendo a lâmina e secando as lágrimas.
Joaquim : Manu -ouço a voz Joaquim,continuo virada mas dei um sorriso de canto.Senti ele se aproximar de mim,apoiando sua cabeça em meu ombro e a abaixando assim que viu os cortes- O que tá acontecendo? 
Manu : Eu não tenho amigos.
Joaquim ; Como não?
Manu : Eu tenho você, eu tinha você,o que me fazia ter todos.. -eu andei um pouco e me virei pra ele- Mas ai,coisas ruins aconteceram... E agora eu não tenho ninguém! -ele ia falar algo mas eu não deixei- Cansei de ficar longe de você, cansei de você estar sendo estúpido comigo! EU BEIJEI O BERNARDO,mas eu faria de tudo pra que fosse você no lugar dele. -eu disse e gemi de dor,sentindo meus cortes arderem- Por que veio aqui? 
Joaquim : Por que..-ele disse ainda em choque depois de tudo que o falei- Depois que você saiu da sala,todos nosos amigos começaram a discutir colocando a culpa um no outro, sua irmã se sentiu culpada e pediu pra que eu viesse ver você. Então eu sai da sala,sem falar com o professor. -ele disse se aproximando- Já imaginavamos que você se cortaria.
Eu voltei a chorar. 
Manu : Por que eu sou assim Joaquim? -eu abaixei a cabeça- Por que eu me torturo desse jeito?
Joaquim ; Sinceramente? Eu não sei -ele me olhou- Mas eu  vou estar com você sempre -ele disse segurando minhas mãos-
Manu : Me perdoa por ter brigado com você! 
Joaquim : Não! Me desculpa por não ter te compreendido. -ele disse me abraçando e eu assenti,ele deu beijo na minha testa.
Manu : Posso te pedir algo? -ele assentiu- É que..eu to com saudade do seu beijo -eu disse corada,ele sorriu e me beijou, o beijo começou calmo,até que ele colou nossos corpos aprofundando o beijo- 
Joaquim : Agora vem -ele disse parando o beijo com selinhos- Vamos cuidar disso -ele disse sobre meus cortes,eu os olhei e ainda estava sangrando,escorrendo até meu tornozelo- Precisa parar de sangrar -ele disse e foi em direção ao banheiro, pegou um papel úmido e passou sobre a minha perna,limpando o sangue, gemi de dor algumas vezes, mas ele dava beijos em volta dos cortes,fazendo parecer que a dor sumia. Assim que o sangue foi secando,ele me deu a mão e fomos em direção a enfermaria.
 


Notas Finais


Espero que estejam gostando!

Continuo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...