História Fifty Shades Of Black ( Imagine Namjoon ) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, J-hope, Jung Kook, Kim Seokjin, Min Yoongi, Namjoon, Park Jimin, Taehyung
Exibições 43
Palavras 595
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Comédia, Hentai, Poesias, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OI PESSOASSSS

Desculpa a demora, esse capítulo tinha que ficar perfeito!!! Prometo não demorar mais assim tá? Sem mais delongas CAPITULO EU ESCOLHO VOCÊ!

Capítulo 2 - II


Fanfic / Fanfiction Fifty Shades Of Black ( Imagine Namjoon ) - Capítulo 2 - II


11:30 da manhã

Você chegou na empresa e começou a arquivar os horários de reunião do seu chefe

- Você podia crescer!  - Você ouvia uma voz grossa

- E você podia parar de encher meu saco!  - Você logo reconheceu essa voz como a do Namjoon

- Por que você é assim?!  Um garoto tão inteligente, mais IDIOTA!  - Os dois brigavam na sua frente,  o que percebeu,  foi que o homem era pai do Namjoon

- Saia da minha empresa - Namjoon falou, entrou em sua sala e se trancou

Você ficou de boca aberta,  não sabia o que falar,  olhava o pai do mesmo estressado na sua frente

- O que está olhando empregada?!  - O mesmo falou irritado

- A próxima vez que você falar com ela ou com algum funcionário meu desse jeito,  você nunca mais vai entrar nesta empresa novamente - Namjoon abriu a porta irritado

Depois que tudo acabou Namjoon chamou você para a sala dele

- Me desculpe o meu pai. Às vezes eu não tenho paciência para isso.

- Sem problemas, sinto muito.

- Ele quer que eu seja o melhor, o favorito da casa, eu não aguento mais viver naquela casa

- Por que não se muda? Você precisa de liberdade.  Não se preocupe com o que vão pensar ou falar,  a vida é sua e você tem que viver ela -  Você falou,  sorrindo e colocando suas mãos nas deles,  apertando forte.

- Eu te conheço a dois dias e já te adoro,  Sra.______ (S/N)

- O-obrigado Senhor.  - Você disse se derretendo com o sorriso de canto dele

- Pode sair.  - Ele mandou, colocando a mão em seu rosto

Você saiu e foi para sua mesa.  Rapidamente,  procurou fotos no Google de Namjoon e admirou o rosto do belo garoto

- Eu sei que ele é bonito - Aparecia uma mulher de vestido vermelho e toda maquiada.  - Só de pensar ele na cama de novo me deixa toda molhada. E olha que eu não to de calcinhas - Ela riu,  enquanto falava do Namjoon

- C-certo.  -  Você falou
constrangida

- Você deve ser muito importante pra ele. Todas as nossas transas ele geme seu nome.  E olha que ele começou a gemer assim ontem - Ela riu,  como se fosse uma piada

- Você está a deixando envergonhada. - Disse Namjoon olhando na porta.  - Entre Barbie

Enquanto você tentava se concentrar ouvia gemidos na porta ao lado

Você ficou realmente puta. Deixou um bilhete se demitindo e foi para casa.

= 1 hora depois =

Alguém tocava a campainha constantemente.

- Abre ai omma!  - Eu disse não querendo sai e do quarto.

Depoi de minutos de silêncio,  Namjoon apareceu na porta do meu quarto o que me fez ficar envergonhada

- Me desculpe _____ (S/N) - Eu sei que sente algo por mim

- Quem disse?  Seu convencido - Você desconfiou de seu pedido de desculpas.

- O jeito que você treme quando estou respirando, quando toco em seu pescoço eu ouço você gemer.

Ele estava te deixando em loucura você queria aquilo ali e agora.

- Me deixe desfrutar de você só um pouco.  - Ele disse beijando seu pescoço,  você rapidamente colocou seu pescoço para trás se levando ao toque e ao simples prazer que ele te dava por apenas beijos em seu pescoço. - Eu ficaria muito feliz de te encontrar no café amanhã,  aonde nós fomos ontem. - Ele se largou de você facilmente e saiu pela porta,  e você rapidamente caiu no chão



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...