História Fifty Shades of Lauren Jauregui - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Ally Bronke, Camren, Camren Is Real, Dinah Jane, Laumila, Lauren Jauregui, Lucy Vives, Normani Hamilton, Veronica Iglesias
Visualizações 127
Palavras 1.616
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Bishoujo, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - The comeback


Fanfic / Fanfiction Fifty Shades of Lauren Jauregui - Capítulo 9 - The comeback

Lauren Point Of View

Depois de sair daquele maldito consultório, lembrei que eu havia sido convidada para festa na piscina de Keana.

Resolvo ir para o local, o lugar era muito bonito, cheio de pessoas veteranas, minhas melhores amigas não estavam lá, nem me importo.

-Lauren!- Katherine me chamou atenção.

-Katherine, quanto tempo!- sorri sacada.

-vem vamos dançar!-Katherine murmurou me puxando para a pista.

-Lauren!- Joe jogou uma latinha de vodka.

-Valeu!- Eu falei e fui dançar com Katherine.

Algumas doses depois de várias bebidas, e um pouco de essência de narguilhe, eu estava já muito fora de mim, ainda mais com três garotas rebolando para mim.

-Lauren vamos subir!- Katherine falou manhosa.

Por mais bêbada, eu não queria transar com ela, eu realmente não queria. Katherine nem me deu tempo de responder e me beijou, sua língua abilidosa bailava com a minha, eu já estava ofegante, eu sabia que não ia aguentar, então sai correndo.

Minha visão estava turva, subi em cima da moto, dirigindo, quase eu não enxergava a rua, minha cabeça tinha várias vozes falando em um tão alto e irritante.

Quando percebi, eu já estava na casa de Camila conversando com Dinah que por sinal é muito gostosa, sorte da Mani.

Camila Point Of View

Residência Cabello’s

04:00 PM

Quase todas as meninas havia chegado na minha casa, isso mesmo, só faltava a Lauren que estava agindo estranho comigo, des da hora que encontrei o Austin, nós íamos juntas para sua consulta, mas, ela saiu me deixando sem entender nada.

-Bom vamos começar sem a Lauren!- Dinah falou e eu fiquei desapontada -Lucy e Vero vão nos ajudar nas partes cênicas, enquanto isso vamos tentar o máximo fazer os exercícios vocais, depois vamos ter que fazer as escolhas das músicas que iremos cantar em cada fase!

-De acordo!- Todas responderam em uníssono.

Já havia se passado meia hora, estávamos fazendo exercícios vocálico, quando Sofia entrou com Lauren em casa.

-Está atrasada!- Vero falou e Lucy bateu Nela. -Ai doeu!

-Dinah posso falar com você a sós?- Lauren falava enrolado parecia bêbada.

As duas foram para a sala, como estávamos no meu quarto, me deu uma sede então eu desci a escada e vi Lauren um pouco embriagada, seus olhos verdes estavam apagados, ela estava com a voz um pouco embriagada.

-Lo eu detesto te ver assim, você sabe que você não pode beber, que tu fica doida!- Dinah sussurrava e Lauren apenas se mexia desconfortável, meus olhos se encontraram com os delas, sorri envergonhada, enchi um copo de água e tomei coragem de ir até elas.

-Lolo eu trouxe pra você!- Eu falei e então ela me olhou.

-Eu não quero!- Ela falou com a voz trêmula – Até parece que você se importa comigo!

-Po-or que- você está falando assim comigo!- Eu sussurrei.

-Lauren fala direito com a Camila!- Dinah falou.

-Calada Dj, eu tenho que falar direito com ela, mais ela pode beijar alguém na minha frente como se não fosse nada demais!- Lolo falou brava.

-Eu não estou entendendo!- murmúrio inocente.

-Como sempre você não sabe de nada, como sempre eu pago o papel de idiota, Camila você só se importa com seu próprio umbigo!- Ela cuspiu a raiva dela em mim.

-Como eu vou entender alguém tão complicada?- Eu falo alto o suficiente para encarar isso como um afrontamento.

-Va te fuder!- Respondeu enrolada -Camila filinha de papai..!- ela ia continuar porém seu corpo ficou mole e a mesma iria cair, se não fosse meu reflexo rápido ela estaria no chão.

-Se você não parar de beber, eu vou te fazer engolir todas garrafas e copos!- Dinah falou brava -E pelo amor de deus respeita a Camila se não vou enfiar minha mão na sua cara, agora anda vamos subir!

Quando subimos, todas pularam em cima de Lauren abraçando ela. Ela evitava olhar para mim ou ficar ao meu lado.

Começamos a ensaiar enquanto Lauren ficava no seu mundo paralelo.

-Por que esse dedo é maior que esse!- Lolo falava mostrando o dedo indicador e o mindinho.

-Meu deus Lauren!- Eu falei e ela me olhou.

Todas riram da babaquisse de Lauren.

Ja era bem tarde, todas foram embora e quando Lauren ia embora, eu a puxei.

-Posso falar com você? – Eu perguntei e ela acentiu meia tonta -O que está acontecendo com você?- Eu perguntei e ela parecia pensar e me olhava triste -Lauren você evita de ficar ao meu lado, evita de me olhar, desvia quando vou beijar sua bochecha!- Eu falava e ela olhava para baixo então segurei seu queixo e o levantei fazendo ela olhar em meus olhos – Me diz Lauren!

Suas palavras e seus olhos estavam perdidos, sua íris estavam cinzas, o brilho de seus olhos foi substituído por olheiras escuras, seu tom de pele estava mais pálido do que o normal.

-Por que você me deixa tão confusa?- Ela me olhou murmurando fraca.

-Lauren eu não estou entendendo!- Eu falo e ela saiu correndo da minha casa, trombando em tudo, me deixando de boca aberta.

A noite havia chegado, o tempo estava nublado, as estrelas se escondiam e a lua não brilhava, eu estava no meu quarto bem preocupada com Lauren, ela não respondia minhas mensagens, sua janela estava fechada e seu quarto estava todo escuro, desci pra jantar bem atordoada.

Me sentei em volta da mesa e comecei a me servir.

-Hoje a Lauren foi lá no meu consultório!- Minha mãe comentava -Ela parecia bem confusa, triste, eu entendi o que ela sentia sabe, os pais dela nem liga para ela, só querem que ela seja o que ela não é!- Mamãe comentava e eu comia – Ela também está confusa, está gostando de uma garota que a conheceu exatamente três dias!- eu me engasguei com a comida.

-Como é? – Eu perguntei.

-Ela conheceu a garota a três dias, só que ela é confusa, e está magoada com ela!- Mamãe repetiu.

Droga, é isso, aquela cena no restaurante, aquela cena que teve aqui em casa dela chorando no colo da Dinah e depois quando fui conversar com a mesma, ela saiu correndo.

-Mãe perdi a fome, vou dormir, boa noite a todos!- Eu falei e corri para o meu quarto.

Peguei meu celular e mandei mensagem para Dinah:

DJ- ONN

Eu: Dinah abre o jogo, eu descobri tudo, o que a Lauren sente por mim?

Dj digitando…

Dj: Caracas tu é rápida, olha Mila, ela está muito mau, com você, ela está gostando de você, mas, tem medo que você possa machucar ela!

Eu: estou sem palavras!

Dj: O que você sente por ela Mila?

Eu: Não sei, mas, eu quero estar ao lado dela sempre!

Dj: Mila toma cuidado para não misturar os sentimentos, pode ser pior!

Eu: Que droga, eu preciso pensar!

Dj: um concelho pensa com calma, é melhor você falar a verdade do que iludir ela, magooa muito mais ser iludido!

Eu: Obrigada Cheeche!

Dj: se precisar estou aqui Chancho!

Dj-Off

O que realmente sinto por Lauren? Eu fiquei com ciúmes das exs dela, eu me sinto segura no seus braços, eu amo a voz dela, eu gosto de andar de mão dadas com ela, eu gosto do seu cheiro, eu gosto do olhar que ela tem sobre o meu, eu gosto do seu jeito diferente, eu gosto do sorriso dela, do jeito bravo e ao mesmo tempo calma, droga, eu gosto dela, Lauren você está mexendo com meu psicológico.

Se me perguntarem, você Já passou alguma noite mau dormida? Eu responderia sim, essa foi a pior noite da minha vida, eu não consigui dormir, fiquei olhando a janela de Lauren o tempo todo, e eu estava pensando o tempo todo nela, senhor, como é difícil tirar um ser humano, alto, com um corpo lindo, com um sorriso lindo, com uma voz perfeita, branca como a neve, com um olhar perfeito, resumindo ela em uma palavra PERFEITA.

Levantei, já me arrumei para ir a escola, passei uma base corretiva nas minhas olheiras, troquei rapidamente minha roupa e desci com minha mochila e comi rapidamente.

-Meu deus Hija você está com umas olheiras enorme!- Minha mãe comentou.

-Eu não consegui dormir!- Eu falei e beijei a testa dela – Tchau!- sai de casa e fui até a porta da casa da Lauren batendo na mesma.

-Bom dia Camila!- O pai dela me cumprimentou.

-Bom dia!- Respondi gentil -Cadê a Lauren?

-Lauren acordou meia indisposta, está com febre alta e passou mau a noite toda, parece que ela encheu a cara, e ela sabe que ela fica com um porre muito forte, então hoje ela não vai a escola!- Michael me respondeu.

-Posso ir ver ela?- Perguntei e ele acentiu me dando espaço para entrar.

Subi até o seu quarto e bati na porta entrando, vendo a mesma deitada debaixo de vários cobertores, sua aparência não estava nem um pouco boa.

-Lolo!- eu falei chamando sua atenção.

-Camz, você não tinha que ir a escola?- Ela me perguntou fraca e com ressaca.

-Eu não posso ir à escola, se o motivo deu sorrir, está doente por minha culpa!- Eu sussurrei me aproximando dela.

Encostei minha mão na sua pele febril e comecei a fazer carinho em seu rosto.

-Você não pode ficar faltando a escola, só por que estou doente!- Ela respondeu enquanto ela teimava em não olhar em meus olhos.

-Por favor olha para mim!- eu falei e a mesma me olhou. -não me importa se eu ficar com falta, você está doente não vou te deixar sozinha aqui, você é muito importante para mim!- Eu sussurrei e a olhei, ela havia pegado no sono então eu sorri fraca e deixei ela dormir, mas, fiquei sentada na cadeira ao seu lado.


Notas Finais


Oi meus amores amei os comentários tanks msm


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...