História Filha Bastarda - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Personagens Originais, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Drama, Exo, Romance, Sexo
Exibições 126
Palavras 984
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Fantasia, Ficção, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


AMORAS sas linda <3 titia Quel ama vocês, obrigada pela força que vocês tem me dado, tenho as melhores leitoras do mundo, espero que esse capitulo esteja digno da leitura de vocês, trabalhei duro nele, espero que gostem, se puderem ajudar a fic a crescer mandem para as amigas que amam fic tb *-* vocês são as melhores. Minha vida pessoal ainda está uma bagunça, mas serio, vocês me mantem sã da cabeça <3 MUITO MUITO MUITO OBRIGADA por tudo amorinhas. Em breve mais capitulos para vocês. E agora eu quero ajudar vocês, isso mesmo, esses dias postei minha historia com o Crush e vocês comentaram, deram suas opiniões, e agora eu quero ouvir as historias de vocês, isso mesmo, vou publicar a historia de vocês com minhas opiniões e conselhos, a publicação será anonima, então contem tudo, faremos agora uma corrente do bem, as leitoras também poderão dar suas opiniões e conselhos, ESPERO MUITO que gostem dessa ideia, e participem <3

Capítulo 14 - Capitulo 14


O médico me mandou para casa dizendo que dentro de dois dias eu teria o resultado desses exames, troquei de roupa e fui me encontrar com Xiumin que agora me esperava na recepção, à poucas cadeiras de distancia havia uma mulher que chorava pesadamente, ele não havia notado minha presença até o momento que parei em sua frente e toquei seu ombro direito

            - Oppa – chamei insegura, já que era primeira vez que dizia isso seriamente.

            - Oh – ele ergueu a cabeça e deu um sorriso tímido – Vamos?

            - Vamos

            Xiumin se levantou e entrelaçou sua mão a minha, e saímos do hospital

            - Precisa comer algo, imagino que tiraram muito sangue – ele olhou para o meu braço que estava com algumas picadas de agulha

            - Sim – toquei uma picada com a ponta de um dedo – está um pouco dolorido

            - Pare de apertar – ele revirou os olhos e fez sinal para o um taxi

            - Onde iremos almoçar? – perguntei

            - Surpresa – ele sorriu

            Xiumin como um bom cavalheiro abriu a porta do taxi para que eu entrasse e entrou em seguida, ele falou um endereço desconhecido para o motorista que deu a partida no carro. Minseok passou um dos braços em meu ombro e fitou silenciosamente a paisagem que se passava pela janela.

            - Minseok – chamei

            - Gostei mais de Oppa – ele respondeu distraído ainda com a janela

            - Oppa – tentei novamente

            - Sim? – sua atenção se voltou para mim

            - Porque está tão pensativo? – perguntei

            - Aquela mulher – ele disse – eu ainda estou pensando nela

            - A que chorava?

            - Sim – ele acenou com a cabeça – ela havia acabado de receber a notícia que seu noivo faleceu na cirurgia – ele suspirou pesadamente

            - E então você logo pensou em mim? – arrisquei

            - Sim – ele sorriu de leve – não posso perder algo que acabei de conquistar

            - Não vai – sorri tentando passar segurança

            - Chegamos – o taxista comunicou

            Minseok pagou o taxista e saímos do carro, estávamos em uma rua que nunca havia visto, mas era extremamente aconchegante

            - Aonde estamos? – perguntei enquanto Xiumin vasculhava uma molho de chaves

            - Na casa dos meus pais – falou sem olhar ainda buscando a chave da casa

            - E eles estão ai? – perguntei um pouco nervosa

            - Sim – ele sorriu triunfante de achar a chave – vou apresenta-la a eles

            Ele destrancou o pequeno portão, minha surpresa ainda estava estampada no meu rosto, ele pegou minha mão e me puxou para dentro da casa

            - Seu rosto ainda está assustado – ele sussurrou no meu ouvido antes de gritar – Omma, estou em casa

            - Oppa – uma garota de aproximadamente 11 anos correu em direção a Xiumin e o abraçou – quem é ela Minseok? – a garotinha perguntou soltando o abraço e olhando para mim – ela está bem? Parece assustada – ela deu uma risadinha

            - Essa é a (SN) minha namorada – ele apertou minha mão – só está um pouco nervosa porque acabou de sair do hospital, estava fazendo alguns exames – ele me puxou para mais perto dele e colocou o braço em minha cintura – (SN) essa é Chanmi minha irmã

            - P-prazer – gaguejei e me curvei levemente

            - Eonni – ela chamou com um sorriso – Prazer

            Chanmi era adorável e muito parecida com Minseok, tinham os mesmos olhos e formato de boca, ela era pouca coisa mais baixa que eu.

            - Onde estão nossos pais? – Xiumin perguntou

            - Na cozinha terminando o almoço – ela disse – Vem – pegou minha mão e me puxou para os cômodos da casa

            Segurei a mão de Xiumin e o puxei junto

            - Eonni onde você mora? – perguntou e olhei para Xiumin

            Eu não podia contar a eles que morava junto com Xiumin e mais oito garotos...

            - Moro na rua de Xiumin – disse e ele deu uma risadinha

            - Xiumin? – ela perguntou entrando na cozinha – Conhece os amigos dele?

            - São meus amigos também – disse – sou da sala de quatro deles

            - Omma, Appa – Xiumin disse – essa é (SN) minha namorada

            - Prazer – me curvei

            - Ela é linda – A mãe de Xiumin era linda e completamente gentil, seu pai apesar de ter o rosto sério, também era gentil

            - Sente-se – o pai de Xiumin disse se levantando e puxando uma cadeira

            - Obrigada – me sentei

            Chanmi sentou-se ao meu lado e Xiumin do outro

            - Se conheceram na escola? – ela perguntou

            - Sim, Baek me convidou para me sentar com eles no intervalo de almoço e conheci Xiumin

            - Mas mora na rua deles, só os conheceu no colégio? – ela perguntou

            - Chanmi, para de interrogar – Sr. Kim chamou a atenção

            - Está tudo bem – sorri – eu me mudei na mesma época que entrei no colégio

            - Aonde você morava antes?

            - No Brasil – Minseok respondeu por mim

            - Brasil? – ela ficou surpresa – você não é coreana?

            - Sou filha de um coreano com uma brasileira – sorri

            - Isso é muito legal – ela disse abrindo bem os olhos

            - Já pediu aos pais dela para que namorassem? – Sra. Kim perguntou a Xiumin

            - Sim – sorri – eles amam Xiumin

            - Claro, Minseok é um ótimo rapaz – ela falou cheia de orgulho

            - Sim – sorri – sou realmente sortuda – ela inflou-se ainda mais e vi que a fiz feliz

            Sra. Kim colocou a comida na mesa, e Xiumin serviu um pouco da comida para mim, estava realmente deliciosa, e apesar de estar bem assustada em conhecer a família de Minseok estava feliz ao ver que ele estava levando o relacionamento a sério, após o almoço me ofereci para ajudar a limpar as louças, poucos minutos depois nos sentamos na sala e conversamos por horas, Sra. Kim até mesmo pegou um álbum de fotografia para que visse o “pequeno Minseok” ele era o pãozinho mais fofo do mundo.

            Estava começando a ficar sonolenta quando Xiumin resolveu chamar um taxi para irmos embora, despedi de sua família e pegamos o taxi, chegamos em casa e decidi tomar um banho quente.


Notas Finais


We Are One!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...