História Filha de Atena - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mitologia Grega
Personagens Personagens Originais
Tags Mitologia Grega
Visualizações 7
Palavras 408
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Magia, Mistério, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Oinn, sim "Filha de Atena" está chegando ao fim ;----; .
Mais prometo começar mais historias pra vocês :3

Capítulo 11 - Dias depois...


[ NOSTALGIA ON

 Depois de uma semana fugindo dos guardas do castelo, fomos para a cidade, conseguimos uma carona na estrada, fui até minha casa e meu pai nos deu o dinheiro que precisávamos para ir para New York. 

 Ficamos em um hotel, 2 quartos, um de casal (Para eu e Pedro), e um de 3 camas (Para o Rafa, Cat e Theo). 

 Chegamos no quarto e eu apenas me joguei na cama;

 "Uma cama pra dormir, que maravilha!" - falei a Pedro. 

 "Com certeza" - Respondeu Pedro enquanto trancava a porta do quarto Pedro subiu em cima de mim e começou a me beijar, olhamos um para o outro.

 "Pedro eu..." - ele me interrompeu me beijando.

 "Não quero te apressar" - ele disse Começamos a nos beijar novamente, Pedro tirou sus blusa, e quando percebi já estávamos nus, e foi aquela minha primeira vez. 

 Depois ele me entregou uma blusa dele, e dormimos juntinhos de conchinha...

 [ NOSTALGIA OFF ]

 Nós procuramos esse café em toda a cidade, mais não achamos. Começamos a trabalhar para nos mantermos pois só aquele dinheiro que meu pai tinha dado não era o suficiente para nos mantermos até acharmos o café.

 Eu comecei a trabalhar em um Café, se chamava Café Gourmet, já Rafael em uma confeitaria, Pedro em um restaurante e Theo era entregador de Pizza, como Catarina era de menor, começou a estudar só para não ficar atrasada.

 Ah, fiz 18 anos, agora que sou de maior, tenho mais tempo para trabalhar.

 Um dia cheguei em casa e me lembrei da minha mãe Atena. Comecei a pesquisar sobre as histórias dos cafés de Nova York. Acabei descobrindo que o Café dos Deuses tinha sido fechado a um ano e meio, por causa de falta de clientes. Anotei o endereço para irmos até lá. 

 "Descobri aonde está o café dos Deuses" - puxei assunto com eles enquanto estavamos jantando.

 "E onde fica?" - perguntou Catarina Mostrei o print que tinha tirado no celular, como era um sábado, resolvemos ir no domingo (obviamente).

 "Boa Amélia" - Disse Rafael enquanto via o print no meu celular. Depois que jantamos fomos a nosso quarto.

 "Pedro, oque acontece quando passamos pelo portal?" - Perguntei curiosa 

"Você só tem que passar por uma ponte, é melhor levarmos casacos, pois o monte é frio, só os deuses aguentam mesmo..." - Respondeu Pedro enquanto deitava na cama

 Depois me deu um beijo e fomos dormir... 


Notas Finais


(:


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...