História Filha de um Estranho - 2 Temporadas - Capítulo 61


Escrita por: ~

Postado
Categorias Agents of S.H.I.E.L.D., Capitão América, Deadpool, Demolidor (Daredevil), Doutor Estranho, Gavião Arqueiro, Homem de Ferro (Iron Man), Homem-Aranha, Homem-Formiga, Inumanos, Motoqueiro Fantasma, Mulher-Aranha, Os Vingadores (The Avengers), S.H.I.E.L.D., Viúva-Negra (Black Widow)
Personagens Anthony "Tony" Stark, Bobbi Morse, Chloë Grace Moretz, Clint Barton, Dr. Bruce Banner (Hulk), Feiticeira Escarlate (Wanda Maximoff), Grant Ward, James Rupert "Rhodey" Rhodes, Jemma Simmons, Jennifer Lawrence, Johann Schmidt (Caveira Vermelha), Leo Fitz, Maria Hill, Matt Murdock, Melinda May, Mulher-Aranha, Natasha Romanoff, Nick Fury, Pantera Negra (T'Challa), Personagens Originais, Phillip Coulson, Sam Wilson (Falcão), Scott Lang, Skye, Stephen Vincent Strange / Doutor Estranho, Steve Rogers, Thor, Visão, Wade Willson (Deadpool)
Tags A Cavalaria, Agente Gravidade, Agents Of Shield, Amor, Asgard, Benedict Cumberbatch, Brucenat, Brutasha, Buraco Negro, Capitão América, Chloe Moretz, Coulson, Crossover, Daisy Johnson, Deadpool, Demolidaisy, Doutor Estranho, Dr Estranho, Easter Eggs, Grant Ward, Hawkingbird, Heróis, Hive, Homem Aranha, Homem De Ferro, Jennifer Lawrence, Magia, Marvel, Mulher-aranha, Peetick, Peter Parker, Petoria, Philinda, Referencias, Romance, Romanogers, Scarletstrange, Scarletvision, Shipps, Sophen, Sophie Triz, Sophiny, Stasha, Stephanda, Stephen Strange, Stephen Vincent Strange, Stephie, Steve Rogers, Thorick, Tony Stark, Tremolidor, Tremor, Tretas, Victhor, Victoria Gelardino, Vingadores, Visanda, Wade Wilson
Exibições 90
Palavras 2.253
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Harem, Hentai, Josei, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sci-Fi, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Super Power, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


OLHA EU AQUI DE NOVO!
Gente, hoje divulgaram como serão as duas cenas pós-créditos de Doutor Estranho e eu to no chão! Faltam apenas #20dias \o/
Esse capítulo tem uma referência à Kelly Key, acredito que se você tem menos de 16 anos não entenderá, desculpe! KKKK

Foto da capa tirada de um dos spots de Doutor Estranho, finalmente podemos afirmar e confirmar: #Stephieisreal <3

Boa leitura!

Capítulo 61 - Jogos Mortais (Parte 2)


Fanfic / Fanfiction Filha de um Estranho - 2 Temporadas - Capítulo 61 - Jogos Mortais (Parte 2)

Wade e Sophie caminhavam em direção ao Motorista Fantasma, quando ele recebe um chute de Caveira Vermelha nas costas.

- FILHO DA PUTA! – ele grita, caído no chão. Sophie tambem é atingida com um de seus golpes e puxada pelos cabelos, em seguida sendo atirada para longe. – Agora eu vou te matar... – Deadpool ameaça, enquanto se levanta, mas é interrompido por May.

- NÃO, WADE! ELE É MEU! – a chinesa grita e quando Johann tenta olhar em sua direção, recebe um soco.

Deadpool decide deixá-los brigando e segue matando vários agentes em seu caminho.

Zemo lutava corpo a corpo com Victória, que havia deixado Macabra derrubando agentes. Ela contava com a ajuda de Natasha que lhe dava choques, Steve que jogava seu escudo e o golpeava. Helmut golpeia a loira no estômago, fazendo-a cair, cuspindo sangue.

- Você disse que minha mãe é a culpada por ter deformado seu rosto, não é? – questiona ao homem que batia no Capitão América e apanhava da Viúva Negra. – A culpa é da H.Y.D.R.A.! Se não lutasse pela causa errada, estaria bem até hoje... – perfaz, levantando-se atribulada, limpando o sangue em sua boca.

- Nós lutamos pelo certo... Estaremos sempre um passo a frente da S.H.I.E.L.D.! – ele retruca.

- Que pena que pensa assim... – Romanoff murmura e lhe dá um choque, fazendo-o cair no chão.

Rogers apoia seu pé em cima do peito de Zemo, pedindo que se rendesse, mas surpreendentemente, tem seu pé puxado e é jogado no chão. O adversário se levanta em posição de ataque.

- Terá que ser do jeito mais difícil... – Victória avisa à Natasha que dá um sorriso de canto.

Ali próximo, Pantera Negra, Demolidor e Harpia lutavam com alguns agentes que persistiam em atacá-los. Os dois últimos usavam seus bastões acompanhados de golpes, enquanto T’Challa usava suas garras e experiência em artes marciais.

- Parece que eles nunca param de aparecer! – avisa Sam, sobrevoando sobre eles e tentando atacá-los sem acertar os aliados.

- Falcão, acabei de notar que há mais dois quinjets na rua de trás, de onde mais agentes estão saindo à medida que derrotamos os que já estão aqui. – Rhodes explica. – Se acabarmos com a fonte, resolveremos o problema!

- Ótima ideia... – Falcão responde. – Clint, Visão, Wanda... – chama e eles o olham enquanto se protegem dos inimigos. – Venham conosco para acabarmos com a fonte do problema! – Sam consuma voando em direção ao local, sendo seguido por Rhodes e os outros.

Máquina de Combate é o primeiro a chegar e pousa em frente às naves. Vários agentes saem atirando nele, por sorte, sua armadura é à prova de balas.

Ele aponta seu canhão para um outdoor, atira, fazendo-o cair em cima deles. Visão flutua se aproximando de um grupo de agentes que corria na direção do coronel e atira com sua joia, fazendo um buraco se abrir, assim, derrubando-os. Depois, usa sua intangibilidade para atravessar os corpos de outros agentes e abusa da sua superforça.

Feiticeira Escarlate usa seus raios vermelhos para chocar alguns agentes contra os prédios que tinham ao redor, às vezes chocava uns contra os outros ou simplesmente os derrubava com seus poderes. Sam atirava no ar e se protegia com suas asas. Gavião Arqueiro usava todos os tipos de flechas: congelantes, soníferas, explosivas... Embora isso estivesse parando os agentes por um tempo, se levantavam e voltavam a lutar.

Assim que Fury viu isso acontecer, quis interferir pessoalmente, acompanhado de Coulson e Daisy.

- Pessoal... – o diretor suspira. – Vocês têm ordem para matá-los. Não tenham piedade! Isso é guerra! – estabelece, surpreendendo a todos.

Uma bala passa de raspão no braço de Coulson, fazendo-o vociferar agoniado e os presentes se alvoroçam com a quantidade de sangue.

- Vocês ouviram... Isso é uma ordem! – Daisy ordena, impetuosa. – Ninguém machuca o A.C.! – afirma e direciona suas ondas sísmicas ao coração de dois agentes, fazendo-os explodir. Em seguida, causa um tremor tão forte que abre uma fenda onde os inimigos caem.

Fury leva Coulson a um canto seguro, rasga parte de sua roupa e amarra em seu braço para estancar o sangue.

- Fique bem, Coulson! – ele pede, sacando duas armas e atira para todos os lados, causando uma chacina.

Ainda que os Vingadores discordem, resolvem seguir as ordens do diretor. Clint começa a mirar na cabeça dos agentes com flechas comuns e como todos sabem... Ele nunca erra! Wanda arranca suas cabeças e parte-os ao meio com seus poderes. Visão os atravessa e arranca seus corações ou decepa-os com o poder de sua testa. Sam e Rhodes os acertam nas cabeças.

Logo, aquilo vira um massacre, onde os agentes da S.H.I.E.L.D. se sobressaem.

A Cavalaria e o Caveira Vermelha mantêm uma luta no mesmo nível. Ele prende as mãos de May e imobiliza suas pernas, jogando-a no chão. Ia cantar vitória, mas recebe uma cabeçada forte que o faz ficar zonzo. May coloca seu corpo sobre o dele e o prende.

- Por tudo o que fez à minha equipe, hoje farei jus ao meu codinome de A Cavalaria! – exclama, dando vários socos em Johann.

Ele tenta resistir, todavia recebe cotoveladas no rosto até que desmaie. Por fim, ao vê-lo quase apagado, ela se levanta e pisa em seu peito com todas as forças. Caveira Vermelha grita de dor, mas ela encerra sua vingança ao ouvir o tórax do homem quebrando e sua respiração para.

Homem-Aranha vê que Agente Gravidade apanhava de vários agentes e estava enfraquecida. Vê que Guerreira Macabra e Viúva Negra estão lidando bem com Zemo e quando vê Doutor Estranho amarrado às correntes do Motorista Fantasma se assusta.

Robbie havia se aproveitado que os poderes de Stephen também estavam fracos e seu corpo debilitado após apanhar dele. Então, num ataque que Strange plana no ar a fim de acometê-lo, é envolvido pelas correntes de Reyes que o prende e começa a fazê-las pegar fogo.

- MORRA, DOUTOR ESTRANHO! – Robbie dá um riso infernal, porém logo sente seu corpo ser puxado pelas teias de Peter.

- Ele é o Mago Supremo, acha que será fácil derrotá-lo? – o garoto debocha, mas o Motorista se solta das teias. – Oh-oh! – exclama, enquanto sente ser puxado pelas correntes do Fantasma.

- Acha que pode me derrotar, pirralho inútil? – interpela e atira o garoto para longe com sua força. – Viu como não é tão difícil derrotá-los? – direciona-se ao Mago que se debatia, sentindo seu corpo queimar.

- Na verdade, não é tão fácil assim! – Sophie surge atrás dele e antes que Robbie fizesse qualquer coisa, é levitado no ar. – Vamos brincar no Turbo Drop! – ela ri e o faz voar o mais alto que consegue. Triz põe uma das mãos como se encobrisse o sol de seus olhos. – Acho que já está bom! – brada, soltando Reyes de quase 100 metros de altura.

Peter ressurge acompanhado de Victória que com a ajuda de Macabra, consegue desfazer o fogo da corrente e solta Doutor Estranho, que é amparado pelos braços de Parker.

- Acho que estou ficando velho! – brinca e Peter lança uma teia a fim de levá-lo para longe. – Não... Por favor, deixe-me aqui para lutar o quanto puder! – postula e após Victória acenar positivamente com a cabeça, o Aranha obedece.

Motorista Fantasma cai no chão, Sophie sabia que isso não o derrotaria. Bem como sabia que isso o deixaria encolerizado. Ele se levanta e lança uma de suas correntes na garota, que se protege com o escudo gravitacional e ainda a joga contra ele.

Robbie é imune ao fogo, então, arremessa sua corrente infernal novamente, mas desta vez, dá uma rasteira na Agente Gravidade, fazendo-a cair. Ele a hasteia nas mãos, atirando-a para longe.

Strange se irrita e lança um feitiço que joga o Fantasma para o outro lado. Apesar de debilitado, aplaina e volta a lutar com o inimigo. Victória e Peter tentam ajudar Sophie, mas a veem sendo amparada por Fitz, Simmons e Scott que lhe explicavam sobre a arma que desenvolveram.

- Ela pode encolhê-lo a um nível quase subatômico! – Lang mostra-a.

- Robbie consegue alterar de tamanho, estudamos sobre isso. – Jemma explica. – Talvez isso só o detenha por um tempo!

- Não se eu mandá-lo para longe. – Victória se manifesta, aproximando-se. – Vocês o encolhem e eu o faço ser engolido por um buraco negro.

- NÃO VICTÓRIA, DE NOVO NÃO! – Peter reclama.

- Desculpe Parker, mas a ideia é ótima! – Fitz defende a loira. – Além do mais, pode ser um buraco negro pequeno, compatível com o tamanho que Robbie ficará...

- Mas precisaremos de uma distração... – Homem-Formiga comenta.

- Eu posso fazer isso! – Sophie vocifera e se levanta com dificuldade.

- O que vai fazer? – Victória indaga, apreensiva.

- Relaxa... Sei do que Robbie gosta! – ela dá um sorriso e caminha vagarosamente em direção à luta entre o Fantasma e o Doutor. – STEPHEN, PARE! –grita a Strange e o levita para longe com seus poderes.

- Eu prefiro que seja só você e eu. – Reyes dá um sorriso medonho. – Como quer morrer? – pergunta e olha meandroso para a garota que estava de costas, apontando a bunda para ele. – O que está fazendo?

 

E pra não dizer que eu sou ruim

Vou deixar você me olhar,

Só olhar, só olhar, baba!

Baby, baba

Olha o que perdeu

(Kelly Key – Baba)

 

Sophie cantava e dançava, enquanto Robbie a acompanhava. Ele sempre gostou quando ela fazia isso na época em que namoraram.

- Agora Fitz! – Agente Gravidade berra para Fitz que atira certeiramente em Robbie, fazendo-o encolher imediatamente. – Ai, olha só que gracinha! – ela zomba, pegando-o pela gola da camisa.

- ISSO NÃO VAI ME DETER... POSSO ALTERAR MEU TAMANHO! – Reyes conclamava com a voz completamente fina, o que a fazia se divertir.

- E quem disse que esse é o fim? – pergunta. – Victória, está preparada? – pergunta à loira que estava parada, concentrando-se.

Seus olhos já começavam a ficar na cor negra, mas é interrompida pelo seu pai que a empurra e abre um portal extradimensional.

- Jogue-o aqui! – Stephen ordena, forçando para mantê-lo aberto. Triz levita o ex-namorado até o portal, que reclama, começando a mudar de tamanho. – Rápido! – o Doutor ordena.

Num golpe imediato, Sophie usa toda sua concentração para empurrá-lo depressa. Ela se lembra que o carro também era perigoso, então o paira até lá com certa dificuldade e o bane junto de seu dono.

A mão e cabeça de Robbie ressurgem, mas Homem-Aranha lhe dá um chute, assim permitindo a Strange fechar o portal.

- Acabou? – Simmons pergunta.

- Acabou! – Fitz a abraça e sela seus lábios.

Natasha se aproxima trazendo o corpo de Zemo pelo colarinho.

- Desculpe, não queria voltar a ser uma assassina! – diz de cabeça baixa à Sophie.

- Você fez o que era certo! – Triz a consola, passando as mãos em seus ombros.

Elas olham em volta e veem sangue dos agentes mortos.

- Acho que todos temos que ser anti-heróis um dia! – Rogers expende, abraçando Natasha por trás e beijando-lhe o pescoço.

- Victória... – Peter diz à garota, pegando em suas mãos. –  Acho que finalmente posso me desculpar!

- Você é quem deve me desculpar Peet...  – ela o interrompe. – Naquele dia falei coisas horríveis! Fiquei com ciúmes de você com a Gwen e acabei descontando minha raiva.  Mas você merece ser feliz! Nem que pra isso tenha que ficar longe de mim... – ela fica cabisbaixa.

- VICTÓRIA! – Thor a chama e pousa perto dela. A loira solta das mãos de Peter e vai falar com o asgardiano. – Agora que a guerra acabou, seu pai ajudar-me-á a reconstruir Asgard. Podes ir comigo, caso queira! – o loiro sorri e acaricia o rosto da jovem. Ela olha para seu pai, olha para Peter e para todos ao seu redor.

- Desculpe-me Thor, mas meu coração já pertence à outra pessoa! – diz, soltando-se dele, deixando-o com certa tristeza no olhar, ao vê-la abraçando Peter e beijando-o.

- ATÉ QUE ENFIM VOCÊS VOLTARAM! – Daisy comemora, aplaudindo. Em seguida, Matt a atraca e se beijam também.

Cada casal começa a se juntar, se abraçam, beijam e comemoram a vitória. Stephen e Sophie se entreolham, esperando quem tomaria a atitude primeiro. Até que finalmente Victória se solta do beijo e exige:

- Ei, Sophie... Quando vai tomar uma atitude? Porque conheço bem meu pai e sei que se não o agarrar, ele não fará isso. – explica.

- M-Mas c-como...? – Sophie gagueja e antes de completar sua frase, Victória esclarece.

- Não leio sua mente, mas leio seus sentimentos... Do meu pai, leio a mente, os sentimentos e ainda ouço os gemidos do meu quarto! – quando ela revela isso, ambos coram e o restante dos heróis riem.

Sophie aproxima-se do Mago dando um sorriso perverso. O mesmo, olhava para sua barriga, que estava parte exposta devido às queimaduras que sofreu.

- Estou acabado! – comenta, sentindo Triz se aproximar.

- Você tá velho! – ela replica, fazendo-o finalmente olhá-la nos olhos. – Um velho muito gostoso! – ambos gargalham.

Ela entrelaça os braços no pescoço do homem, enquanto ele aperta sua cintura. Aproximam os rostos e dão um beijo apaixonado. Os espectadores aplaudem e gritam. Quando finalmente se separam, a agente controla a gravidade de seu corpo, levita sobre os outros heróis e chama o Mago para que a acompanhe.

- Vamos limpar essa bagunça! – refere-se aos corpos espalhados e ao ver Wade lá embaixo, ele faz um coração com as mãos.

 

E de olhos fechados o que é que você vê
Você é de verdade ou só o que mandaram ser?
Levante os punhos se não quiser morrer
Depois agravo um novo dia de nascer

(Fresno – Abrace a sua Sombra)


Notas Finais


Pois bem, acabou!

.

.

.

.

.

Calma, calma! A fanfic ainda não acabou, mas posso dizer que as tretas darão uma cessada daqui em diante, mas por favor, acompanhem até o fim... Será meu primeiro final feliz, então quero saber de vocês se ficará bom hehehe

Galere, tia @LadyRakuen e eu fizemos uma fic nova, deem uma olhada e favoritem por favor, tentamos fugir ao máximo do senso comum: https://spiritfanfics.com/historia/lover-fighter-6708883

Faltam 5 capítulos para a fanfic acabar, por favor, não me deixem desanimar! Comentem, deem feedback, isso é muito importante para mim!
#Faltam20diasparaDoutorEstranhoeeujátomorrendo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...