História Filha de um Vingador : Uma loka Detectada - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Capitão América, Deadpool, Demolidor (Daredevil), Gavião Arqueiro, Homem de Ferro (Iron Man), O Incrível Hulk, Os Vingadores (The Avengers), Quarteto Fantástico, S.H.I.E.L.D., Thor, Tocha Humana, Viúva-Negra (Black Widow), Wolverine, X-Men
Personagens Anthony "Tony" Stark, Dr. Bruce Banner (Hulk), Ellie Phimister (Míssil Adolescente Megassônico), Erik Lehnsherr (Magneto), Feiticeira Escarlate (Wanda Maximoff), James "Logan" Howlett (Wolverine), James Buchanan "Bucky" Barnes, James Rupert "Rhodey" Rhodes, Jane Foster, Jean Grey (Garota Marvel / Fênix), Jessica Jones (Safira), Johnny Storm (Tocha Humana), Katherine "Kitty" Pride (Lince Negra), Kurt Wagner (Noturno), Lady Sif, Logan (Wolverine), Loki, Maria Hill, Natasha Romanoff, Nick Fury, Odin, Pepper Potts, Personagens Originais, Pietro Maximoff (Mercúrio), Piotr "Peter" Rasputin (Colossus), Professor Charles Xavier, Raven Darkhölme (Mística), Reed Richards (Sr. Fantástico), Rémy LeBeau (Gambit), Robert "Bobby" Drake (Homem de Gelo), Sam Wilson (Falcão), Scott Lang, Scott Summers (Ciclope), Sharon Carter (Agente 13), Steve Rogers, Thor, Visão, Wade Willson (Deadpool)
Tags Homem De Ferro, Natasha Romanoff, Steve Rogers, Tony Stark, Vingadores
Exibições 71
Palavras 1.029
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Fantasia, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Estamos em um universo paralelo, então tudo pode acontecer...

Capítulo 5 - Odeio ela


Depois dessa eu vou pra casa, minha intuição estava certa e tem algo muito misterioso no ar.

Entro em casa, hoje não tem nada pra fazer, inclusive faculdade e quando isso acontece a última opção é ir para a minha querida e amada Netflix.

Fico assistindo até receber uma ligação, é o meu chefe:

- Senhorita Ana, por que faltou ao emprego hoje?

- Eu e a Larissa, estamos há algum tempo -Mentira- procurando outro trabalho pra conciliar com a faculdade, encontramos e ontem fomos contratadas de vez.

- Então vão se demitir mesmo?

- Sim senhor, foi bom enquanto durou

- Foi mesmo, podem vir amanhã aqui para acertar as suas demissões

- Então okay, até amanhã

- Até amanhã
----------------
...
----------------

Acordo com a mesma rotina de sempre:Acordo a Larissa, Nos arrumamos e vamos pra faculdade.
Pelo o menos dessa vez, havia um jogo de basquete rolando enquanto eu fazia algumas anotações de química e esperava até a próxima aula.

O Slash, estava lá, mas ao invés de jogar basquete, a cada ponto dele ele mandava beijos ou pra mim, ou pra Marie Jane.

É a coisa mais irritante do mundo fora eu ser chamada de recruta

Eu saio daquele lugar, vou em direção aos corredores, lá, quando eu iria guardar os meus livros e cadernos, as recalcadas vulgo Beth e Lory, derrubam os meus materiais a Gwen que estava junto a elas, só olha.
Elas são as mais inteligentes mas também as mais chatas, tirando a Gwen.
Acho que a única que se salva ela, pois a mesma só está ali no meio delas porque a irmã dela é a Beth.

Eu sinto dó dela
A capeta da Beth, me assombra desde a escola, adora me atormentar.

- Precisava disso Beth?- Gwen fala indo me ajudar a pegar os meus livros do chão , mas Beth a impede

- Não precisamos ajudar essa daí - Fala empinando o nariz

- Foi mal aí - Fala e as três saem pelos corredores

- Como vocês duas podem ser irmãs? -Murmuro bem baixo

-Ninguém sabe - Ouço uma voz vindo ao meu encontro

É o Peter

Ele tá me espionando ou seguindo a Gwen?

- Oi Peter - Falo pegando um livro

- Parece que o jogo virou, não é mesmo? - Fala me entregando um livro

- Engraçadão você hein? - Falo pegando o meu caderno

- Só estou tentando descontrair - Fala me dando a caneta

- Não vai adiantar - Falo me dirigindo ao meu armário e abrindo-o colocando os meus materiais

- A Beth não larga do seu pé né?

- Ela é na minha vida, um Slash da sua. A única diferença é que ela só faz isso quando a Larissa não está por perto

- Ela tem medo da Larissa? - Fala se encostando no armário ao lado

- Elas já saíram no braço uma vez - Falo e sinto um olhar mortal sobre mim, me viro e vejo a Gwen - Mas acho que alguém quer falar com você, e não é a Marie Jane - Falo e ele esboça um sorriso de lado meio envergonhado

- Acho que tem razão - Fala desencostando do armário - Thau Ana

- Até mais Peter - Falo enquanto pego o meu livro de Botânica, a aula começava em 30 minutos.

O mais interessante dessa aula é que: O Peter está agora na minha sala, a Gwen, a Marie Jane e o Slash estão todos nessa aula.

Será que só foi eu que sentiu uma treta a caminho ?

-------------
...
-------------

E foi como eu previ: A Gwen de olhar fixo para o Peter, o Slash encarando o Eu, Peter e a Marie Jane,  só faltam se metralhar com os olhos.

Pera... já estavam fazendo isso

- Senhorita Copperfield? - O Professor Smith fala tirando toda a minha atenção da cena

- Sim?

- Pode me responder uma pergunta para a nossa classe?

-Sim?

Ele faz a pergunta e eu acerto de cara

- Muito bem, Senhorita Copperfield. Você tem sido uma das melhores alunas dessa matéria.

- Obrigada professor

*O sinal toca*

- Ufa!- Suspiro e pego os meus materiais saindo da sala

Mas tinha que ter o Slash

- Fala aê gatinha!

- O que você quer Slash?

- Só falar com você

- Tá, já falamos, agora eu tenho coisa mais importante pra fazer - Falo e saio

Ainda bem que o carro preto estava na calçada. E ainda bem que é o Agente Williams de novo

Eu apenas acenei e entrei no carro

   
- Virou o nosso tutor Agente Williams?

- Pode se dizer que sim recruta Copperfield.

- Dá pra me chamar só de Ana e esquecer o recruta?

- Tudo bem Ana.

- Cadê a Larissa?

- Está vindo aí - Fala ajeitando o retrovisor, vejo o reflexo dela no mesmo

Abro a porta do carro e ela entra me empurrando para o lado

- Agente Williams, pode nos deixar umas 3 horas na Starbucks?

- Para quê ?

- Acertar a nossa demissão definitiva de lá

- Vou ver se pode. Qualquer coisa eu chamo vocês na Torre.

- Okay, mas o que está acontecendo? - Larissa

- Se você não estivesse dormindo aquela hora... mas eu explico melhor depois.

- Tudo bem

Depois dessa conversa, depois de alguns minutos, chegamos a nossa querida Torre dos Vingadores.

Eu juro que ainda não acredito que isso está acontecendo comigo

Fizemos a mesma coisa de antes, fomos até o último andar daquele prédio e entramos.

Treinamos muitos outros golpes.

- Ana, parece que luta corpo a corpo não é com você - Natasha

Se eu fosse boa de briga eu que tinha dado uma surra na Beth

- Eu nunca fui, quem tem mais força é a Larissa.

- E armas? - Clint fala chegando no local

- Nunca tentei

- Tudo tem uma primeira vez - Clint

- Ana, vai com o Clint treinar o tiro.

- Okay Agente Romanoff

- Me chama de Nat

Eu vou poder usar um apelido com essa mulher
Berro
Olá chão! Tudo bem?

- Então tá  Nat.

---------------
...
---------------


Notas Finais


Até o próximo ep :P


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...