História Filha do Coringa. Nascida da loucura - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Arlequina (Harley Quinn)
Personagens Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina)
Tags Filha Do Coringa
Exibições 40
Palavras 371
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Mistério, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii Arco-Iris!
Bem, essa é a minha primeira fanfic, sempre gostei de escrever. Espero que gostem

Capítulo 1 - Nascida da insanidade


Fanfic / Fanfiction Filha do Coringa. Nascida da loucura - Capítulo 1 - Nascida da insanidade

Acordei com o sol batendo no meu rosto, levantei e fiquei ouvindo uma voz, dizendo as mesmas coisas de sempre. Como: "exploda essa escola" ou até mesmo "mate esses putos". A escola em que eu estudava era extremamente rica e era paga pela minha tia, que me abandonou quando eu tinha apenas 3 anos nessa porra de escola.

Enfim, levantei e fui ao banheiro, lá eu fiquei me olhando. Meus cabelos era bem loiros e eu tinha muitas mechas verdes bem claro, minha pele era branquinha, meus olhos eram marrons esverdeados, minha amiga dizia que eu tinha um corpão para uma garota de 13 anos e que eu era muito auto- confiante e corajosa.

Tomei banho e fiz minhas higienes matinais . Escolhi uma regata que dizia: "Fuck You" e um shortinho . Eu nunca usava o uniforme. Também foda-se, isso pouco importa. Abri a porta e desci as escadas, eram vários quartos e cada um com 2 pessoas.

-Olha, se não é a órfã!

Nossa, como eu odeio essa garota, o nome dela é Charlotte. Ela é morena, alta e olhos verdes.

- Se você me provocar denovo, juro que essa mão vai ralar na sua cara- eu disse, balançando minha mão na cara dela.

-Uii que medo- Charlotte disse em tom de deboche 

Dessa vez não me aguentei. Pulei pra cima dela arranhando seu rosto e dando altos tapas na cara dela. De longe senti alguém me observando. Observei de relance a figura, Maria chiquinha, algo parecido com um bota, porém em um piscar de olhos desapareceu. deve ser só alguém curioso. De repente senti algo me puxando quando me deparei com Tyles, meu melhor amigo é o único que me entedia.

-Se contar para alguém, juro que acabo com você- eu disse praticamente cuspindo na cara dela, enquanto Tyles me puxava.

-Pare Lucy!- ele disse me puxando.

Charlotte saiu correndo, seu rosto estava completamente arranhado e com marcas de minha mão, sua roupa completamente gasta. Logo desabei em choro:

- Ei, não chore, estou aqui- Tyles disse me envolvendo em seus braços musculosos.

- Não dá, eu não tenho culpa em ser órfã-eu disse choramingando.

Ele não disse mais nada, só ficamos assim, eu e ele, nunca pude negar que no fundo eu o amava, mas disso ninguém precisava saber.

 


Notas Finais


Então arco -iris, espero que tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...