História Finalmente amor (Camren) - Capítulo 207


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Shawn Mendes
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Ally Brokee, Camila Cabello, Camren, Dinah Jane, Fifth Harmony, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Exibições 2.813
Palavras 1.663
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura

Magie e Naiara.

Capítulo 207 - 207


Fanfic / Fanfiction Finalmente amor (Camren) - Capítulo 207 - 207

Lauren Pov.

-Chegamos -eu disse animada.

-Nossa quarto é o vinte sete -Camz disse entrando no elevador.

Ela tinha o rosto preso no celular e isso ja estava começando a me irritar.

-Para com isso -eu disse pegando o celular da mão dela e desligando- eles estão bem, foca em mim.

-Ta carente ? -ela perguntou rindo- amor eu não consigo falar com a Iris.

-Ela deve estar com a Magie, fazendo algo que nos vamos fazer agora -falei abraçando ela por trás.

-Nos vamos dormir agora -ela disse arrepiada pois eu estava beijando seu pescoço- sossega mulher.

-Não -falei e mordi o pescoço dela- viemos pra aproveitar e não pra ficar preocupada com os meninos, notícia ruim corre rápido e você sabe que vai ficar tudo bem.

-Acha que foi uma boa ideia ter deixado eles com a Iris ? não deveríamos ter falado com a Bia.

-Camila -eu reclamei- eu amo nossos filhos, mas vamos esquecer eles por um momento e pensar só em nos duas ? a quanto tempo que não temos privacidade assim ?.

-Você tem razão -ela disse sorrindo- desculpa a neurose.

-Tudo bem, agora vem aqui -eu disse e puxei ela para um beijo.

Nós nos beijavamos com muita vontade, minhas mãos percorrendo o corpo dela com urgência, eu estava com vontade dessa mulher e não vai a hora de ter ela pra mim, teria ela pra mim nesse elevador mesmo, mas alguém tossiu e nos nos separamos bruscamente.

-Ta subindo ? -um rapaz perguntou sorrindo e nos ficamos com muito vergonha.

-Sim -eu disse arrumando a postura.

-Tudo bem eu pego o próximo -ele disse envergonhado.

-Tchau -eu disse apertando o botão para a porta fechar.

-Eu te odeio Jauregui -Camila disse me batendo.

-Para sua boba, não foi nada demais -falei pegando nossas malas quando o elevador se abriu no nosso andar.

-Não foi nada demais, a gente estava na maior pegação -ela disse envergonhada- não temos mais idade pra isso.

-Para de pensar assim -eu disse e peguei ela no colo.

-O que você vai fazer ?.

-Te amar ue -eu disse como se fosse óbvio.

Camila Pov.

Lauren me levou até a cama no colo, tinha algo de diferente no olhar dela, ela não estava excitada, ela me olhava com amor de um jeito que eu não estou acostumada.

-Eu vou te amar como você jamais foi amada nesse mundo.

-Lauren... -eu gemi só pela forma que ela me tocou.

Tinha algo diferente, um diferente bom, nos estávamos nos amando.

-Camila -ela falou baixinho em meu ouvido enquanto passeava com a mão sobre meu corpo- eu te amo Camz.

Fechei meus olhos e tombei a cabeça pra trás, não tinha forças pra me segurar, ela estava me arrepiando por completo, estava me deixando mole só com toques, toques esses que são super precisos, ela sabe onde tocar e sabe como tocar.

-Você é tão perfeita -falou beijando meu pescoço- eu vou te amar pra sempre Camz.

Lauren beijou cada canto do meu corpo, ela estava me apreciando e eu estava amando.

-Eu te amo -eu disse com a boca encostada na dela- eu te amo mais que tudo.

Verde no castanho, castanho no verde, era assim que estávamos, nada mais existia, apenas ela e eu, apenas nossos sorrisos e nosso amor.

-Eu te amo -ela disse me penetrando devagar- minha Camz.

Eu fechei os olhos para apreciar as sensações que ela estava me dando, queria que o tempo parasse só pra poder apreciar isso com minha garota, ela não aumentou a velocidade como geralmente faz, ela continuou ali aproveitando cada pedaço de mim e céus como eu estava amando isso.

-Aaaah amor -eu disse mordendo o ombro dela quando ela acertou no lugar certo.

Ela beijou meus seios e tudo se intensificou, meu mundo parou e tudo começou a ficar em câmera lenta, Lauren me encarando com aquelas esmeraldas verdes foi demais pra mim.

-Amoooor  -eu disse gozando e ela falou junto comigo.

Lauren gozou sem que eu a tocasse e isso foi incrível.

-O que foi isso ? -eu perguntei quando ela deitou ao meu lado.

-Amor -respondeu com aquele sorriso bobo.

Lauren Pov.

Sabe quando tudo está perfeito demais e você está com medo de que algo va dar errado ? eu estou assim, mas acho que é só medo mesmo, a muito tempo eu e Camila não temos tempo pro nosso namoro, sempre acontece alguma coisa, alguém cai na escola e se machuca, Miguel tem crise, Iris precisa de ajuda pra algo, sempre dá alguma merda, mas hoje não, não durante essa semana, eu só quero minha garota e mais nada, avisei Mani e Vero que vou desligar os celulares e se acontecer algo realmente importante para ligarem no hotel, mas eu duvido que algo va acontecer, nos precisamos de paz.

-Ja vou -eu disse assim que alguém bateu na porta.

Coloquei meu roupão e fui abrir a porta, dei de cara com uma senhora fofa.

-Jantar -ela disse apontando para o carinho.

-Obrigada -eu falei pegando o carrinho e levando até o quarto.

Fechei a porta e fui acordar minha namorada.

-Oi meu amor -eu disse quando vi a barriga de Camila chutando- mama está ansiosa pra te ver -falei dando um beijo em sua barriga- a gente vai correr pela casa, vou ensinar você a andar de bicicleta como fiz com seus irmãos e jogar vídeo game também.

Camz segurou meus cabelos e começou a fazer carinho, quando olhei pra cima lá estava ela me encarando com aquele sorriso lindo no rosto.

-Eu amo quando você fala com ele -ela disse sorrindo e me puxou para um beijo.

-Trouxeram o jantar -eu disse dando vários selinhos nela- vamos comer ?.

-Você não disse que íamos sair ?.

-Hoje não, vamos ficar só eu e você -falei sorrindo e peguei ela no colo.

-Loo -ela disse me segurando mais forte.

-Estamos juntas a dezenove anos e você ainda acha que eu vou te deixar cair ? -perguntei sentando com ela na mesa.

-Não é medo -ela disse beijando meu pescoço- é o susto, sabe que confio em você com a minha vida.

-Eu te amo -falei sorrindo e dei um selinho nela- agora vamos comer.

Magie Pov.

Acordei no dia seguinte dentro do meu carro, olhei pra trás e tinham garrafas espalhadas, eu bebi demais ontem e agora a minha cabeça e meu corpo estão doendo.

-Bom dia -alguem disse saindo do porta malas do meu carro e se jogando no banco de trás.

-Mas que merda Naiara -eu falei assustada- como foi parar aí ?.

-Eu te pedi pra me levar em casa e você disse que tá, mas quando entrou no carro ficou com medo de dirigir bêbada e resolvemos dormir aqui -ela disse se espreguiçando- ontem foi incrível.

-Eu não ne lembro de muita coisa depois de ter acabado o show -disse procurando meu celular- eu fiz algo de errado ?.

-Em qual sentido ?.

-Todos ué -eu falei olhando pra ela.

-Você sumiu com a Nick uma hora da noite -ela disse e arregalou os olhos, Naiara puxou meus braços rápido e levantou a manga das minhas blusas e eu soube o que ela estava procurando- EU NAO ACREDITO NISSO MAGIE.

Eu olhava para os furos no meu braço também sem acreditar nisso, eu não acredito.

-Não, não pode ser, eu estou limpa.

-Não está mais -ela disse soltando meus braços com raiva e me deu um tapa- mano qual parte do "vamos só curtir com os amigos" que você não entendeu ?.

Eu não consegui acreditar nisso, eu fiquei olhando para meus braços como se isso fosse mudar alguma coisa.

-Responde idiota.

-É impossível, eu não fiz isso -eu disse e ela deu risada.

-Ate parece, temos provas, nossa eu tô desapontada com você -ela disse e abriu a porta para vir pro lado do motorista- sai.

-Mas é meu carro.

-Caguei, sai -ela disse brava e eu fiz o que ela mandou e dei a volta- vou te levar pra casa, não sei o que faço com você.

-Eu também não -disse meio desesperada- a Iris vai me matar.

-A Iris é o de menos né gata, quero ver o que seus pais vão falar.

-Eu não vou falar pra eles -disse como se fosse óbvio.

-Como não ? -ela perguntou indo até minha casa- você precisa contar pra eles, você precisa de ajuda.

-Eu estou bem, foi um acidente que não vai se repetir, não preciso da ajuda de ninguém eu consigo sozinha.

-O Carlinhos falava a mesma coisa e olha onde ele está agora.

-Eu não sou o Carlinhos.

-Mas está pensando igual ele, quer morrer de overdose ? beleza, mas não sobre minha responsabilidade, minha amizade você já perdeu -ela disse parando o carro em frente minha casa- pensa muito bem no que você vai fazer, eu te amo, Sara te ama, Gustavo, Lucas, Renato, Iris todos te amam .... você tem amigos pra te ajudar, a Nick e o Jonas não são seus amigos, toma cuidado.

-Eu já disse, não vai se repetir.

-Você falou a mesma coisa da outra vez -ela disse suspirando- não quero mais saber também Magie na boa.

Naiara saiu do carro e eu fiquei olhando ela ir embora, ela está errada eu consigo sozinha.

Desci as mangas de minha blusa e sai do carro, entrei em casa e meus pais estavam assistindo TV e conversando.

-Onde você dormiu ? -papai foi o primeiro a me reparar.

-E com quem estava ?.

-Eu dormi no meu carro -falei rindo fraco- dormi no estacionamento do café central, aquele barzinho que fomos mês passado sabe ?.

-Com quem estava ? -minha mãe perguntou.

-Estava com a Naiara e o pessoal da faculdade.

-Aquela tal de Nick não estava né ?.

-Não, pode ficar tranquila, estou limpa.

-Acho bom, vá tomar banho, vamos almoçar na casa de seus avós.

-Tudo bem -eu disse e subi as escadas correndo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...