História Finalmente amor (Camren) - Capítulo 208


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Shawn Mendes
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Ally Brokee, Camila Cabello, Camren, Dinah Jane, Fifth Harmony, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Exibições 2.672
Palavras 1.091
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura.

Camila.

Capítulo 208 - 208


Fanfic / Fanfiction Finalmente amor (Camren) - Capítulo 208 - 208

Magie Pov.

Assim que entrei no carro dos meus pais para irmos almoçar na casa de meus avós, meu telefone tocou e eu sorri ao ver a foto de minha namorada fazendo careta.

Ligação on.
•Oi amor -eu disse sorrindo.
•Oi, você está bem ? não me mandou mensagem ontem, fiquei preocupada.
•Estou bem sim princesa, desculpa te preocupar.
•Onde dormiu ?.
•No carro.
•Que ?.
•Isso mesmo -disse rindo- eu dormi no carro, a Naiara falou que eh estava com medo de dirigir bêbada.
•Você com medo de dirigir bêbada ? estou falando com a namorada certa ?.
•Você tem outras por acaso ? -perguntei fingindo estar brava.
•Droga você descobriu meu segredo.
•Ridicula.
•Porque ficou com medo de dirigir bêbada ? isso nunca foi problema pra você.
•Se eu morrer minha namorada me mata, então estou começando a criar juízo.
•Estou começando a me apaixonar mais por você, você mudou tanto Boo.
•Mudei por você, me tornei melhor pelo nosso amor.
•Eu te amo -ela disse e eu sorri feito boba.
•Também te amo Boo, o que está fazendo ?.
•Estou fazendo uns sanduíches, vamos fazer um piquenique com a tia Vero, o Gustavo saiu do hospital.
•Que bom amor, eu não sabia, passo aí mais tarde então.
•Porque não vem com a gente ?.
•Estou indo almoçar na casa dos meus avos.
•Ata, manda um beijo pra eles amor, agora eu tenho que desligar porque o Miguel quer jogar no meu celular.
•Tudo bem, manda um beijo pro Gustavo e fala que eu apareço aí mais tarde.
•Ta bom amor, beijos eu amo você.
•Eu te amo.
Ligação off.

Fiquei feito boba olhando para meu celular, eu mudei por ela sozinha, posso continuar mudando sozinha, quando reparei já estava viajando enquanto pensava em minha latina.

-Chegamos -meu pai disse abrindo a porta de trás do carro e eu quase cai.

-Nossa que gentil Ogletree -eu falei revirando os olhos.

-Ta calor filha, tira essa blusa -ele disse apontando para minha camisa xadrez.

-Não -eu falei nervosa- eu estou com frio.

Minha mãe me olhou desconfiada mas deu de ombros e nos fomos almoçar com meus avós.

Camila pov.

Acordei com o som de pássaros cantando, era a TV que dormiu ligada, olhei para o lado e Lauren dormia feito bebê, aquele rosto sereno que ela faz quando dorme, aquela mecha de cabelo que insiste em cobrir seu lindo rosto.

-Você é tão linda -eu disse tirando os fios de cabelo de seu rosto- eu sou tão feliz com você.

Dei um selinho rápido em seus labios e continuei apreciando a perfeição que minha mulher é, mas logo minha barriga roncou e eu tive que sair de seus braços, a muito contragosto eu levantei com cuidado e deixei ela dormindo mais um pouco, fui tomar um banho rápido depois que pedi nosso café da manhã.

Me despi e entrei no box daquele banheiro enorme, realmente eu escolhi um hotel incrível, a água quentinha batendo em meu corpo enquanto eu tinha a cabeça em baixo da água pra poder aproveitar cada gotinha de água, estava quase saindo quando senti braços ao meu redor, incrível como meu corpo sentiu a presença dela eu nem me assustei.

-Bom dia sol -ela disse e eu sorri abertamente ao escutar o apelido- impressão minha ou você está mais linda hoje do que ontem ?.

-Você está bastante galanteadora hoje Jauregui.

-Não pode elogiar a namorada mais ? -ela disse dando beijinhos em meu pescoço.

-Pode -falei tombando a cabeça para trás- deve inclusive, eu gosto bastante.

-Eu te amo meu sol -ela disse me virando para ela e eu não tive nem como responder já que ela beijou meus labios, sorrimos durante o beijo e nisso eu soube que seria um bom dia.

-Eu te amo minha lua -falei e puxei ela para de baixo da água.

Ficamos ali, aproveitando o corpo uma da outra, aproveitando a presença uma da outra, ela fazia carinho em minha barriga enquanto eu dava beijinhos em seu pescoço e ombro, estavas tudo uma perfeita paz, até minha barriga roncar.

-Morta de fome -ela disse rindo e pegou o sabonete para começar a me banhar.

-Eu como por dois agora sabia ?.

-Sabia, Lucas será um perfeito Cabello.

-Cabello Jauregui -eu a corrigi.

-Obvio, tenho que registrar ele né, não quero pagar pensão.

-Sua ridícula -eu disse dando tapinhas nela enquanto a mesma só sabia rir- bobona.

-Quanto maturidade -ela disse e me beijou me fazendo arrepiar.

-Não resisti.

-Eu não vou resistir de dar um tapa na sua cara -falei desligando o chuveiro- vamos sair que eu pedi café.

-Volta aqui Camz -ela falou me puxando- tava gostoso.

-A gente volta depois de tomar café, estou com fome, vai negar comida pro seu filho ?.

-Tudo bem vai -ela disse e me deu um selinho.

Nós colocamos uma roupa leve e ficamos deitadas planejando nosso dia até o café da manhã chegar, assim como nosso jantar de ontem Lauren decidiu dar comida na minha boca.

-Chega Lo -eu disse quando ela colocou muito leite em meu copo- quer me engordar é ?.

-Só isso Camz ? -ela disse para meu corpo meio cheio- esse copo ta meio vazio -ela disse e encheu o copi- agora sim, você precisa se alimentar bem.

-O que eu faço contigo Jauregui ? -perguntei beijando sua bochecha.

-Me ame pra sempre, eu sou amável.

-Eu já te amo assim como o sol ama a lua.

Lauren Pov.

Depois de tomarmos café nos arrumamos para finalmente dar uma volta por Veneza, além de irmos passear ainda estávamos indo buscar Manga para Camz que ficou com desejo.

-Isso me lembra a vez em que você ficou com vontade de picles e mostarda -eu disse rindo enquanto deciamos o elevador.

-Iris come isso até hoje -ela disse rindo- é nojento.

-Você comeu como se fosse a coisa mais maravilhosa do universo -eu disse com nojo.

-Você também ficou com desejos.

-Tapioca não é nojento.

-Mas é brasileiro, eu demorei horas pra achar aquilo e você comer só uma dk pacote todo.

-Não era tão gostoso quando eu achava que era -disse rindo.

Começamos a relembrar os momentos de gravidez até eu achar um lugar extremamente lindo.

-Nossa que lindo é aqui Lo -ela disse animada quando entramos em uma espécie de parque que tem no centro da cidade.

-Realmente -falei olhando para ela.

-Boboa -ela disse e me deu um selinho- te amo.

-Te amo demais, agora fica ali que eu quero tirar uma foto sua.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...