História Find You - OH SEHUN - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Exo, Kpop, Sehun
Exibições 47
Palavras 1.387
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Mutilação, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente o capítulo hoje ta curto pq eu faço o seguinte: Escrevo varias notas e depois junto tudo,mas hoje ficou corrido e só deu para anotar isso.

Capítulo 8 - OITO



    - Sehun.. -Digo com uma tristeza inevitavelmente notavel na voz. 


-Sol? - Ele fala parecendo preocupado e ergue uma mão para que eu levante. Eu levanto e fico sentada na mesma posição que estava ontem à noite, com os braços ao redor das pernas. Ele senta ajoelhado na minha  frente. -Que que aconteceu? Você tá bem?


-Ah.. - Digo forçando um sorriso. - Aconteceram algumas coisas, mas vão passar.. - Do jeito que falei parece que o que aconteceu não foi nada demais e ele assume uma expressão tranquila no rosto. 


- Ah,sim.. - Ele diz calmo. -Eu entrei aqui e te vi no chão, então pensei mil coisas. Já tomou um café?  


-Não.. - Digo tranquila e me levanto do chão estendendo a mão para que ele se levante também. - Vou tomar agora, quer que eu faça pra você?  


- Eu fiz quando cheguei. - Ele diz meio sem graça. 


-Como? - Pergunto arqueando a sobrancelha. 


- Você não estava acordando, então fiz pra quando você acordasse. - Ele diz mechendo no cabelo e em seguida coça o seu maxilar. 


- Uau.. -Digo impressionada. -Quanto tempo eu dormi? Quer dizer.. Que horas são? 


-Já devem ser quase onze da manhã.-  Ele diz sorrindo. -Mas senta aí no sofá que eu trago o café. 


-Está bem. -Digo e abro um sorriso. Me sento no sofá enquanto ele vai até a cozinha. 

       

        Me sinto grata pelo que o Sehun está fazendo por mim, mas por que ele está se esforçando tanto? De qualquer forma fico feliz em ter ele por perto agora. A companhia dele é capaz de me distrair do que está acontecendo na faculdade. 


      A Faculdade.. Como vou aparecer lá novamente? Todos sabem que sou órfã agora e ainda acham que me deitei com o Xiao.. Eu não sei como está minha reputação agora. Eu não era a pessoa mais sociável do mundo na faculdade,mas todos me respeitavam.. Agora na mente de todos eu sou uma vadia órfã e nada além disso. Xiao vai me pagar caro pelo que fez. 


 - Aqui. -Ele diz me entregando a xícara de café e sentando ao meu lado no sofá. - Você tem certeza que não aconteceu nada? - Ele pergunta arqueando uma de suas sobrancelhas. 


- T-tenho.. Tenho sim. - Digo e tomo um gole de café. -Só estava cansada de algumas coisas. .da faculdade. 


       Eu confio no Sehun e sei que ele me consolaria,mas não posso contar do vídeo. Ele vai pensar mal de mim , querendo ou não. 


     Um silêncio se instala enquanto bebo o café e Sehun parece olhar ao redor da sala,até que ouço batidas desesperadas na porta. 


- SOOOL! -É uma voz feminina que eu reconheço. Encaro Sehun e digo baixinho "Vou abrir" 


     Ando até a porta e quando a abro,uma Luana desesperada passa pela minha porta. Eu fecho a porta e a encaro surpresa,até que ela anda em minha direção e pergunta pondo as duas mãos em meu rosto.


-Sol! Você tá bem!? 


- Est...


-Ai menina!  -Ela diz me abraçando apertado. - A faculdade toda tá falando nisso!  Quando eu soube eu resolvi vir logo te ver,mesmo não sendo tão próxima você me passou o endereço e.. Eu quero te ajudar nesse momento... - Ela finaliza com a voz dramática e me solta do abraço segurando meus ombros. 


-Eu estou b..


- Conta mais sobre o que aconteceu, Luana. -Sehun interrompe minha fala e quando Luana o vê abre um sorriso e vai cumprimenta-lo no sofá.


-Oi menino..! -Ela diz apertando a mão dele e senta ao lado dele no sofá. -Ela te contou que o Xiao expalhou pra faculdade inteira o vídeo deles né?  - Sehun muda de expressão no mesmo momento e Luana,que nem percebe, continua falando. - Ele também falou pra todo mundo que ela era órfã e enganou ele fingindo ser o que não é. O vídeo tá no email de todo mundo e eu resolvi vir aqui dar uma forcinha pra nossa amiga,Sol. - Ela finaliza com um sorriso e Sehun ainda está com a expressão de quem levou um choque. 


-Sol? -Ele pergunta voltando seu olhar para mim, que ainda estou perto da porta. Estou vermelha como um tomate e quero sumir daqui. 


-Eu.. Não foi bem isso.. -Digo com a voz trémula. - É que.. 


-EU VOU MATAR ELE! - Sehun disse levantando em um pulo do sofá e começando a andar em voltas pela sala. -Desde a primeira vez que você falou dele eu senti uma coisa.. - Ele bagunça o cabelo super nervoso e depois caminha em minha direção parando na minha frente. -Como você dormiu COM UM CARA DESSES? - Ele pergunta enraivecido e na mesma hora meu rosto esquenta e caem lágrimas do meu rosto enquanto Sehun bufa.


-Eu não dormi com ele.. - Digo em voz baixa em meio ao choro e Sehun me encara surpreso. Luana solta uma risada rápida e alta desviando nossa atenção e fazendo com que encarássemos ela. 


- Desculpa gente, é que eu to nervosa. -Ela diz com uma cara de psicopata realmente nervosa. - podem continuar. 


     Sehun retorna seu olhar à minha direção. 


-Como assim não dormiu com ele? -Ele pergunta olhando em meus olhos, agora com o tom de voz mais calmo. Ainda bem. 


-Ele..  -Digo com o choro leve e limpo a lagrima que cai do meu olho esquerdo. - Cortou o vídeo antes de eu dizer que não queria.. - Cai outra lágrima. - Eu.. Eu não sei como ele filmou isso.. Eu.. 


-Sol. - Ele me interrompe fechando os olhos como quem controla sentimentos negativos e em seguida põe a mão em meu ombro. -Vem,vamos sentar no sofá junto com a sua amiga. 



                                                                  ****


      Ficamos até umas quatro da tarde sem nem almoçar, apenas conversando sobre o ocorrido. Luana e Sehun ficaram convencidos de que nessa história eu sou totalmente e unicamente uma vítima. 


      Para me consolar,Luana disse que morava no Brasil e no ensino médio compartilharam uma foto dela seminua que ela não havia enviado para ninguém, apenas deixado salva no celular. A foto teve uma repercussão tão grande em todos os lugares que ia,que ela morou em cinco cidades diferentes dentro de seus últimos três anos no Brasil com sua família. Surpreendente. Sehun apenas ouvia e opnava algumas vezes. 


      Luana foi embora e Sehun decidiu passar o final de semana aqui. Ele ligou para o Chen e disse que ia para um hotel- o incrível foi Chen acreditar,coitado. Agora eu e Sehun estamos falando sobre cachorros. 


-A minha vó gostava muito dos que tinham patinha branca. -Digo e ele sorri. Depois me encara pensativo e assustado. 


-Cadê o seu cachorro! ?- Ele pergunta com as sobrancelhas arqueadas. Levanto do sofá em um pulo . 

    Como eu pude esquecer do meu cachorro?


- Ele ta no quarto! - Respondo e corro até o quarto abrindo a porta desesperadamente. Começo a rir assim que me deparo com a cena do meu quarto todo bagunçado. 


-Do que você tá rindo?- Ele pergunta chegando perto de mim na porta e paralisa rindo assim como eu. 


      O quarto está virado ao contrário e os meus dois travesseiros favoritos que estavam na cama estao rasgados. Biscoito agora está sentado na cama com  medo no olhar. 


-Biscoitinho.. -Digo entrando no quarto e indo em direção à cama. Quando sento perto de onde biscoito está,  ele anda para trás,como quem tem medo de mim. -Que foi biscoito? -Pergunto e estendo meu braço para tocar no animal e ele se afasta mais. Agora esta quase na ponta da cama. 


-Sol. - Sehun diz quando chega perto da cama e põe a mão em meu ombro.- Não é assim. 


-Como ?- Pergunto arqueando a sobrancelha.


-Senta direito e ajeita a postura. - Ele diz e eu o faço.  - Isso. Agora chama ele sorrindo e batendo no lugar aonde você quer que ele chegue. 


-Biscoito.. -Digo sorrindo e batendo a mão no colchão logo ao meu lado. Ele abana o rabo e vem correndo e mancando em minha direção. Faço carinho nele e levanto da cama pondo ele em meu colo. - Uau,Sehun.. Funcionou! -Digo animada e pulo chegando perto dele com meu cachorrinho.-  Olha como ele ta faliz no meu colinho! - Sehun solta uma risada fraca. 


-Você parece uma criança. - Ele diz rindo e me dá  'tapinhas' leves na testa. 


Notas Finais


Gente eu to postando todo dia pq já tenho tudo pronto. Isso incomoda? Se sim,me avisem nos comentários.

Até mais❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...