História Fire and Ice - Capítulo 33


Escrita por: ~ e ~katyrecalque

Postado
Categorias Mortal Kombat
Personagens Hanzo Hasashi (Scorpion), Kenshi, Kuai Liang (Sub-Zero), Personagens Originais, Takeda Takahashi
Tags Lin Kuei, Mortal Kombat, Shirai Ryu
Visualizações 61
Palavras 2.641
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Caramba :')
Ai minha nossa que emoção!!!!!!!
Seria muito exagero falar que essa fanfic é tipo um filho pra mim?
Pois eu acho que não seria suficiente.
Sei que palavras não bastam mas quero agradecer de todo o coração por cada favorito e cada comentário!!!
Muito, muito, muito, muito obrigado todo mundo que leu e acompanhou essa história até o fim, vocês ajudaram a tornar isso possível, e com "isso" eu quero dizer os 52 favoritos, 165 comentários e 6211 visualizações!!!!!!
Vocês são lindos demaaaaaiis!!!
xHasashi
Mulher, você é incrível!!! kkkkk
Obrigado por essa oportunidade, pela paciência (pq eu demorei pra kcete escrevendo certas partes...), pelas ideias geniais, pela sua criatividade que não conhece a palavra "limites" e por todos os hentais também pq essa parte é super importante ( ͡° ͜ʖ ͡°)
E acho que vc já deve estar se perguntando enquanto lê isso... "Essa menina não vai parar de me constranger não?" KKKKKKKKK
Ainda não...
23/11/2015 20:32
BENDITO DIA E BENDITA HORA EM QUE A GENTE COMEÇOU ESSA FIC!
Dá pra acreditar?
A gente demorou dois anos pra concluir e ainda não queria terminar... Mas é um orgulho e uma gratificação tão grande de estar no penúltimo capítulo que eu não mudaria nada e nessa fic, ela é o meu maior amorzinho <3
Então... Obrigado, obrigado todo mundo que leu, obrigado deuses, obrigado o pessoal que fez fanarts que ajudaram a nossa senhora da inspiração abençoar... Kkkkkkkkkk
E vc que já tá ansioso(a) pelo capítulo mas tá preso lendo esse textão de agradecimento feito pela @katyrecalque e deve estar se perguntando... "Essa menina não vai parar de escrever não?"
Ainda não...
Kkkkkkkkkkk brincadeira...
UM BEIJO PARA O MEU BONDE E UM BEIJO PRAS TRAVESTIS!!!!
Agora sério...
Muito obrigado!
Boa leitura!
E pela penúltima vez:
Beijinhos :3

Capítulo 33 - Decisões. (Penúltimo capítulo)


 

17 anos depois.

Não haviam mais deuses loucos, brigas de clãs e cryomancers problemáticas. Lin Kuei e Shirai Ryu haviam consolidado como protetores e aliados em prol do plano terreno juntamente com as forças especiais. As coisas na Exoterra estavam tranquilas, Kotal Kahn havia deixado seu filho como seu sucessor e imperador. Kitana e Liu Kang já não eram mais espectros e estavam governando Edenia, com isso as coisas estavam muito mais tranquilas que antes. 

Bi-Han havia retornado a vida assim como Smoke, porém o irmão mais velho de Kuai Liang sabia que precisava se redimir de seus pecados e maldades. Visitava o clã constantemente, principalmente para ver seu filho, Senshi; o rapaz treinava arduamente todos os dias para chegar no nível de seu pai e seu tio e ficava cada dia mais poderoso, havia se casado com Cassie Cage faziam dois anos. 

Todos esses acontecimentos influenciaram para aquele ano e tudo o que aconteceu nos reinos e para finalmente poderem respirarem aliviados por estarem em paz. E por fim, Kuai Liang e Akemi haviam se casado logo após que seus filhos nasceram e optaram por morar próximo aos dois templos, pelo menos até as crianças estarem em idade de irem para a escola.

No início foi algo complicado, Sub Zero acreditava que seus filhos precisavam entrar nos clãs e treinarem arduamente, entretanto Akemi queria deixá-los escolher e deu oportunidade de terem uma vida normal em Tokyo. Depois de muitos desentendimentos e brigas, Kuai Liang percebeu que sua esposa estava certa e que eles deveriam ter direito a escolha.

Eles estudaram em uma das melhores escolas de Tokyo, tiveram uma vida relativamente normal aos dias da semana, porém no final de semana iam para os respectivos clãs e treinavam incansavelmente por vontade própria.

Os gêmeos ouviam as histórias que todos os adultos contavam sobre o passado e ficavam admirados o quão fortes seus pais foram. 

Eles haviam chegado a seu aniversário de 17 anos, optaram por seguirem os passos de seus pais...porém eles deveriam escolher um clã para ficar. 

Akemi andava de um lado para o outro no Shirai Ryu, estava pensativa a respeito da data tão importante daquele dia. Eles já não eram tão jovens assim, mas a ausência de um Mortal Kombat fez com que os protetores do plano terreno não envelhecessem tanto à espera de um novo torneio. Os gêmeos já eram adolescentes, Sub Zero e a ninja haviam tido algumas discussões a respeito de deixar seus filhos envolvidos naquela vida e tentaram afastá-los o máximo que puderam, mas foi inevitável: Eles queriam participar dos clãs.

Apesar de gêmeos, as diferenças eram grandes. Harumi, uma cryomancer de olhos castanhos e com a personalidade muito parecida com de sua mãe. Gostava de estar com as pessoas, principalmente seu tio e na primeira oportunidade que tinha: Treinava com ele. Kuai Liang dizia que a menina tinha os olhos de Akemi e que pareciam penetrar dentro de sua alma. Já Hayato possuía o poder de fogo, mas ao contrário de sua irmã: Sua personalidade se assemelhava de seu pai, estava sempre quieto e um pouco sério demais. Treinava todos os dias incansavelmente com Sub Zero e seu primo, Senshi. Além de seus olhos serem tão azuis quanto os de Kuai Liang, o que contrastava muito com seus cabelos pretos. Aquele dia era algo decisivo, eles iriam escolher a qual clã gostariam de pertencer. 

- Está nervoso? – Kuai colocou as mãos nos ombros de Hayato. 

- Não. – Ele respondeu um pouco sério. – Desde meus 9 anos eu já sabia o meu lugar. – Falou aliviando a expressão e sorrindo para Sub Zero.

- Saiba que independente de sua escolha, terá meu apoio. 

- Eu sei disso. Obrigado, pai. 

- Aonde está Harumi? 

- Se não estiver com a mamãe, provavelmente está com o Tio Hanzo ou com Takeda. – Falou avistando seu primo se aproximando. – Senshi. – O cumprimentou fazendo um aceno com a cabeça assim que ele se aproximou. 

- Tio, priminho. – Senshi sorriu. – Hoje é um grande dia, não é? E você vai contar para o seu primão aqui para qual clã vai, não é? – Falou colocando as mãos nos ombros do mais novo. 

- Não. – Hayato respondeu rapidamente. – Isso será uma surpresa para todos. 

- Vai fazer mistério mesmo, esquentadinho? – Johnny chegou atrás de ambos rindo. 

- Vou, tio Cage, - Já havia se acostumado com as piadas de Johnny. 

 - Papai. – Harumi chegou por trás de Sub Zero e o abraçou. 

- Oi, filha. – Kuai sorriu ao vê-la. – O que é isso? – Falou ao mexer no cabelo dela e notar uma grande mecha branca na frente. 

- Há, ao contrário de você: Não será meus olhos que ficarão brancos, e sim meu cabelo. Mas eu estou gostando muito disso. – Foi para o lado de Senshi e o abraçou. – Oi, primo. – Sorriu. – Aonde a Cassie está? 

- Está vindo. – Respondeu afagando os cabelos da mais nova. – E você? Irá me contar para qual será seu clã?

- Não. – Respondeu rapidamente. – Hayato e eu fizemos uma promessa um para o outro de não contarmos para ninguém. – Ela pegou nas mãos do irmão e o puxou. – Vem, nós temos que ir...a cerimônia irá começar.

Ambos caminharam até uma mesa que ficava próxima aonde os Grão-Mestres dos dois clãs ficariam para a cerimônia. Kuai Liang olhou para seus filhos e suspirou, estava orgulhoso e tinha uma vida que jamais pensou que poderia ter. 

- Espero não estar atrasado. – Sub Zero sorriu e se virou para trás. 

- Irmão. – Abraçou Bi-Han fortemente. – Não, está para começar. 

- Pai. – Senshi se aproximou de seu pai e o abraçou. – Como foi a viagem? 

- Foi tudo bem. – O mais velho abriu um grande sorriso. – E a minha nora? 

- Está chegando com Sonya. Elas precisaram sair para uma missão. 

- Vai começar. – Johnny falou para ambos que se viraram e passaram a ver o início da apresentação. 

Era tradição que houvesse uma cerimônia de iniciação para novos membros nos clãs Lin Kuei e Shirai Ryu, e agora que Harumi e Hayato decidiram escolher um dos clãs para se tornarem ninjas não havia ocasião melhor para anunciarem a decisão que haviam tomado.

Os novos membros estavam em uma única fileira e Harumi e Hayato estavam entre eles. Os representantes dos dois clãs estavam diantes dos guerreiros. Kuai Liang estava do lado do Lin Kuei e Akemi representava o Shirai Ryu, ambos iriam avaliar as habilidades dos guerreiros para designá-los a um campo de treinamento. Todos ali já pertenciam a um clã e a cerimônia tinha a propósito de consolidar a aliança que estariam firmando com os clãs a partir daquele dia. 

Hanzo deu a ordem para começar, a primeira luta seria entre seus sobrinhos. 

Hayato e Harumi foram para o centro da arena. A menina sorria enquanto congelava seus braços, já ele ergueu a mão pegando fogo. Akemi e Kuai, assim como o resto, assistiam ansiosos pelo início da luta. Os dois começaram a treinar para este dia ao mesmo tempo e suas habilidades eram incríveis apesar dos estilos de luta serem bem diferentes.  

 - Lutem. - Hanzo falou.

Harumi avançou para o primeiro ataque mas Hayato desviou rapidamente quando ela tentava congelá-lo. Hayato tentou uma rasteira mas a ninja saltou e revidou com um chute que foi bloqueado por ele. 

Ambos eram excelentes lutadores e não conseguiam se acertar. Harumi lançou a lâmina de uma kunai feita de gelo mas Hayato a destruiu lançando seu fogo nela. Áquela altura já estava frustrada e pegou um dos bastões recostados na parede. Hayato sacou sua espada e atacou primeiro desta vez. A menina desviava e atacava assim como ele. Os dois haviam treinado juntos inúmeras vezes e conheciam as habilidades e golpes do outro, mas conforme aquele dia se aproximava, passaram a treinar separados a fim de se surpreenderem. 

O menino saltou para trás subindo na parte vazia da arquibancada e Harumi o seguiu. Nenhum dos espectadores esperava que fizessem isso, muito menos seus pais, mas ambos estavam curiosos então não interromperam a luta. Hayato saltou desviando de um golpe com o bastão e lançou seu fogo novamente e desta vez a atingiu. Pensou ter vencido quando sentiu seu corpo esfriar e não conseguir se mover. Harumi estava se recompondo e ele conseguindo se livrar do gelo que o prendia. Assim que estavam aptos para lutar novamente pegaram suas armas e atacaram. Harumi se teletransportou para o meio da arena quando Hayato estava atacando e ele quase caiu tentando acertá-la. Ele a seguiu se teletransportando atrás dela mas foi derrubado por um golpe do bastão. Quando ela tentou imobilizá-lo também foi derrubada com um chute. 

A luta estava difícil e ninguém estava perdendo ou ganhando, mas nenhum estava cansado ou disposto a desistir. 

Hayato tentou uma série de socos mas foi surpreendido quando Harumi saltou para trás deixando uma estátua de gelo em seu lugar que foi derretida pelos golpes.

- Esse é minha garota! - Kuai Liang murmurou orgulhoso. 

Akemi riu e voltou sua atenção para a luta. 

A platéia aplaudiu e Harumi se distraiu com os aplausos que não viu Hayato lançando sua kunai em sua direção. A lâmina prendeu na roupa dela lançando fogo através da corrente. Harumi congelou seu corpo imediatamente e olhou com raiva para o irmão.

- Esse é meu garoto... - Akemi sorriu para Kuai.                        

Harumi correu até ele prestes a desferir um chute alto mas foi bloqueado e ela quase perdeu o equilíbrio. Hayato sacou a espada novamente e Harumi forjou uma espada de gelo. Os dois começaram a se atacar quando a espada de Hayato voou longe e a de Harumi foi quebrada. Os gêmeos desistiram de lutar com armas e voltaram a distribuir golpes. Harumi acertou um soco mas recebeu outro. Estavam impacientes para acertarem um ao outro que abaixaram a guarda. Agora se golpeavam sem se defender e depois de mais golpes e socos os dois acabaram exaustos e caídos no chão. 

Hanzo declarou o fim da luta.

Kuai Liang e Akemi se entreolharam e começaram a discutir algo sobre a luta. Harumi se levantou primeiro e ajudou Hayato a se levantar. Os dois estavam nervosos pelo resultado, eram os únicos guerreiros que ainda não haviam completado aquela prova e agora que terminaram se sentiam mais aliviados. Aguardavam na arena enquanto seus pais discutiam. Chamaram Hanzo e ele dava sua opinião, de repente os três riram e olharam para os gêmeos, que se entreolharam nervosos.

- Eu declaro que o resultado da prova final entre Hayato e Harumi foi... Empate. - Hanzo  anunciou. - Meus parabéns meus sobrinhos e novos ninjas. Agora preparem-se para o início da cerimônia. 

Os gêmeos sorriam e se retiraram para dentro do templo após uma reverência. A platéia aplaudiu uma última vez antes dos novos ninjas irem se trocar para fazerem os juramentos e receberem suas armas. 

Kuai e Akemi se abraçaram nervosos e ansiosos. Todos aguardavam ansiosos para verem a escolha dos gêmeos.                        

 - Que luta hein! - Senshi falou sorrindo. 

- Estou impressionada, os dois são muito habilidosos! - Sonya completou. 

- Vocês devem estar orgulhosos... - Johnny falou. - Que nem a gente no dia que a Cass venceu o concurso de karatê na escola ou quando... 

- Pai, por favor não comece... - Cassie respondeu revirando os olhos.

- Ah que isso, só tô dizendo que é muita emoção... 

- Obrigado Johnny, nós já entendemos. - Kuai Liang respondeu.

- Estamos orgulhosos deles e vamos apoiá-los não importa qual for a escolha. - Akemi completou sorrindo.

- Claro, claro... Por falar nisso, Takeda a aposta ainda tá de pé né? - Johnny perguntou para o ninja ao lado.

- É... Eu não sei do que ele tá falando... - Takeda respondeu nervoso.

- Que aposta? - Hanzo perguntou antes que Kuai ou Akemi tivessem a chance.

- Nada demais, olha eles voltaram... - O ator mudou de assunto e apontou para a arena.

O gongo soou e os novos ninjas sairam do templo. Antes vestiam roupas pretas e agora saiam em duas fileiras, na primeira os ninjas vestidos com o uniforme do Shirai Ryu e na outra do Lin Kuei.                        

Quando todos os ninjas já haviam saído. Harumi e Hayato permaneceram dentro do templo para um último abraço. Os dois saíram do templo juntos e foram para as respectivas fileiras que dividiam os clãs. 

Akemi foi a primeira a ter alguma reação e cobriu a boca com as mãos. Kuai Liang começou a rir de felicidade. Os aplausos da platéia ficaram ainda mais fortes.

- Vai ter uma cyromancer no Shirai Ryu?! - Hanzo falou surpreso. 

- Como ela vai aguentar o clima do Shirai Ryu? - Bi-Han falou confuso.

- Cunhadinho, não se esqueça que ela é minha filha! - Akemi respondeu cheia de orgulho.

- Mas o que??? - Johnny gritou.

Akemi e Kuai olharam para ele ao mesmo tempo.

- Takeda e Senshi vocês disseram que o Hayato iria para o Shirai Ryu! Podem explicar porque ele está com o uniforme do Lin Kuei? 

Takeda ficou mudo e Senshi abaixou a cabeça tentando evitar contato visual com seu tio. 

- Isso é sério? - Jacqui perguntou para Takeda.

- Não acredito nisso... - Cassie balançou a cabeça.

- Você não tem vergonha, Cage? - Sonya completou.

- Que decepção, Senshi... - Bi-Han murmurou.

- Espera aí pai, você também apostou... 

- Silêncio! - Hanzo acabou com a discussão. - Não temos tempo para isso, está na hora da cerimônia.

- Isto não acabou! - Kuai Liang respondeu olhando para Johnny. 

- Não mesmo... - Akemi completou.

Os dois saíram para a arena e abraçaram seus filhos. 

- Então... Surpresos? - Harumi perguntou. 

- Sim! - Kuai Liang respondeu.

- Vocês estão lindos nesses uniformes! - Akemi beijou os rostos dos dois. 

- MÃE! - Eles reclamaram.

- Parabéns meus sobrinhos, será uma honra ter uma cyromancer no Shirai Ryu. - Hanzo falou e abraçou os sobrinhos.

- Obrigado, tio Hanzo. - Harumi agradeceu.

- Temos que dar início a cerimônia agora. - Hanzo falou e foi para junto dos ninjas do Shirai Ryu junto com Akemi e Takeda.

Kuai Liang foi para junto dos ninjas de seu clã com Senshi e Bi-Han. Os membros antigos dos clãs colocavam a insígnia do clã em seus uniformes e lhes entregavam as armas do clã e uma espada. Após isto, os novos membros fizeram um juramento de fidelidade ao clã e a dedicarem suas vidas ao treinamento ninja com o propósito de defender o Plano Terreno. 

Após a cerimônia houveram fogos de artifício e comemorações. Harumi se aproximou de sua mãe e Takeda se juntou a elas para lhe dar os parabéns.

- Você será uma excelente ninja, Harumi! - Takeda a abraçou.  

- Obrigado, Takeda...  - Ela agradeceu. 

Assim que ele foi embora, Hanzo se aproximou.

- Parabéns pela sábia decisão, Harumi! - Ele abraçou a sobrinha.

 - Sei que não tenho o mesmo poder que vocês, mas no Shirai Ryu eu encontrei minha casa... 

- Ah filha... - Akemi a abraçou novamente. - Isso não importa, você é uma Shirai Ryu agora, está no seu sangue e eu tenho o maior orgulho de você por isso.

Do outro lado da arena, Bi-Han e Senshi davam os parabéns a Hayato por ter escolhido o Lin Kuei.

- Obrigado, primo! - Hayato agradeceu. - Vocês apostaram mesmo que eu ia para o Shirai Ryu...

- Ah... - Senshi olhou sem graça para Kuai Liang. 

- Isso não importa agora, garoto. - Bi-Han respondeu. - O importante é que você é um Lin Kuei agora e que estamos felizes com essa decisão.

- Obrigado. - Hayato agradeceu novamente. - Espero estar honrando nossa família sendo um Lin Kuei. Eu os amo com a minha vida e quero continuar o trabalho que você, pai, começou quando nos livrou da iniciativa cibernética.

 

Continua? 


Notas Finais


CHOREMOS...


Sei que eu já agradeci mas UAU!!!
Vocês são incríveis demais, obrigado por tudo mesmo!!!!
Beijo, mores ;3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...