História FIRE OF LOVE - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Exibições 80
Palavras 5.967
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


EOEO! Tenham uma boa leitura, amores...


Capítulo 16 - Tears, Blood, Injuries. Parte 2


Fanfic / Fanfiction FIRE OF LOVE - Capítulo 16 - Tears, Blood, Injuries. Parte 2

Pov Monique McCall

- Foram eles, Nick... - disse apavorada e baixo, percebendo minha visão ficar embaçada.

- Nós... já conversaremos sobre isso! - sussurrou nervosa e eu assenti desviando os meus olhos dela para o Suga sendo levantado por Hoseok, Jin passou por mim apressado e foi ajudar o Hope.

Levei minha mão para minha jaqueta e a apertei com força.

- Yoongi... - disse com dificuldade e neguei com a cabeça, caminharam com ele para o elevador e ele reclama de dor - Isso não vai ficar assim! - disse e me virei para sair do hotel e ir atrás daqueles otários, passei minha mão pelo rosto secando umas lagrimas e quando fui começar a andar senti uma mão segurar meu braço e me puxar.

- Onde você acha que vai? - V, que me segurava, e Nick, que estava ao seu lado, perguntaram juntos, porém com expressões diferentes.

- Eu... - não consegui dizer nada e olhei para o chão.

- Vamos lá para o quarto cuidar dele, Moh! - Nick disse e fungou.

- Você não ia conseguir resolver isso indo atrás das pessoas que bateram no Suga! - olhei para Tae e depois para Nick e assenti.

Caminhamos até o elevador e fomos para o quarto do Yoongi, ele estava sentado no vaso sanitário, Emy estava agachada em sua frente.

- E-Emy, precisa de ajuda? - gaguejei ao ver o rosto de Suga machucado e desviei o olhar, segurei o choro, não queria piorar a situação chorando na frente dele e de todos.

- Não, deixa que eu cuido dele... - ela disse com a voz trêmula, assenti.

Os outros meninos estavam sentados na cama em silêncio ou sussurrando coisas do tipo "Por que fizeram isso?", "Quem fez isso?", "Coitado do Suga!".

Sentei-me no chão e abracei meus joelhos apoiando minha cabeça nos mesmos, e fiquei observando os dois: Emy pegou um pedaço de algodão e molhou em algo que tinha retirado da caixa branca com uma cruz vermelha desenhada; ao passar no lábio dele o mesmo grunhiu e eu apertei os olhos.

- Shiii, calma, Suga... a dor já vai passar... - Emy disse a ele. Não, Emily, não vai!

Ela voltou a limpar sua boca e depois levantou sua camiseta limpando os machucados que ali se encontravam. Depois de alguns minutos ela terminou e se levantou.

- Você consegue tomar banho? - ela perguntou e ele assentiu de vagar - Então toma um e quando você terminar eu coloco algumas gazes nos machucados que estão abertos - ele apenas assentiu novamente, Emy saiu do banheiro, pegou uma toalha entregando a Suga logo depois fechando a porta, depois caminhou até Jimin e se sentou em seu colo.

Observei os dois e sorri fraco.

Olhei em volta e Nick estava sentada entre as pernas de JungKook e ele acariciava seus cabelos. V estava com os olhos marejados e batia os dedos inquieto no braço da poltrona. Namjoon suspirava, mordia o lábio, olhava para o relógio e depois para a porta do banheiro. Jin estava com o rosto vermelho e andava de um lado para o outro, daqui a pouco ele será capaz de abrir um buraco no chão, ele estava com uma expressão que nunca tinha visto nele. J-Hope não tinha mais aquele sorriso feliz de sempre, agora estava um misto de preocupação e medo.

Senti-me terrível, suspirei e fechei os olhos.

(...)

Senti alguém me cutucar, abro os olhos com certa rapidez e vejo Jin parado em minha frente.

- Vai para o seu quarto, Monique... - ele esticou sua mão para me ajudar a levantar, aceitei.

- Eu dormi? - ele assentiu, olhei para cama e Suga estava descansando.

- Vou passar a noite aqui.

- Ok! - tentei sorrir, e sai do quarto.

Peguei o elevador e ao chegar no meu andar ao invés de ir aos meus aposentos fui aos de Nick, não bati na porta e entrei.

Olhei em volta e não a encontrei, até que meus olhos parem na varanda, ela estava lá, seus ombros mexiam de cima para baixo, pude perceber que ela chorava.

Caminhei lentamente.

- Nick... - a chamei e ela me olhou com uma cara péssima.

- Moh... - se levantou com dificuldade, ainda chorando, e me abraçou.

- Eu nã-não acredito que eles fizeram isso. Se eu tivesse obedecido ao Evan... - me separei um pouco e a olhei passando a mão no seu rosto limpando algumas lágrimas - A culpa é toda mi... - Nick me cortou rápido.

- A culpa não é só sua, Moh! - suspirou. - É minha também...

- Eles são tão cruéis! - Nick assentiu e se sentou na cadeira de balanço, fiz o mesmo - O que... o que aconteceu lá ontem?

- Sam pegou meu dinheiro... - deu de ombros olhando para cima. - A crueldade daqueles dois vai muito além de bater nos nossos amigos, Moh. Eles fazem qualquer coisa pra conseguirem o que querem. E Sam também disse que não é meu irmão.

- Ele não é seu irmão? - perguntei surpresa - Como assim... ele... an?

- Ele é adotado, Moh. - ela respondeu me olhando. - Eu vivi a vida toda achando que ele era meu irmão... ele tem raiva da minha família e ainda por cima me obrigou a correr naquelas corridas que ele organiza! - gesticulou, colocou a mão na testa alisando um pouco a mesma. - E agora vem isso do Yoongi ter apanhado... Nossa vida está tão confusa, amiga.

- Confusa, perigosa, aterrorizante! Eu estou com medo, muito medo... e se denunciarmos eles?

- Você está doida, Moh? - ela perguntou rápido. - Se eles fizeram isso com o Suga por que andamos com eles, imagina se descobrirem que vamos denunciar eles... Eu faço qualquer coisa para proteger nossos amigos... - tentou sorrir, mas apenas torceu a boca. - Evan falou com você?

- Falou... Ele quer que eu volte com ele, me afaste dos meninos e, ainda por cima, quer anunciar que voltamos, onde isso tem cabimento? - eu a olhei, mas não deu para ver seu rosto nitidamente por conta da escuridão da noite.

- Eu ainda bato nesse cara. - Nick disse brava. - Monique, ele está se aproveitando!

- Eu sei, e não posso fazer nada em relação a isso... e acho que eu irritei ontem jogando um copo de água em seu rosto!

- Eu também acho, Moh, você é louca... - segurou minha mão. - Nós vamos ter que fazer o que eles querem para eles não machucarem os meninos e nem a Emy...

- Eles não podem fazer nada com ela! - disse apressada - Eles pediram distância dos meninos e não da Emy... - fiquei mais preocupada e minha voz falhou - Eu odeio eles, que inferno!

- Eu também os odeio... meu irm... - parou de falar e suspirou. - Vamos ter que aguentar mais um tempo tudo isso que está acontecendo.

- Se eu tiver você comigo, acho que aguento... - encostei minha cabeça no seu ombro.

- Sim... - falou entrelaçando nossos dedos. - Sempre juntas, amiga...

- Sempre... - a abracei - Mas, o que eles realmente querer?

- Com certeza não é apenas uma namorada para expor na mídia e uma "irmã" para correr por eles! - ela respondeu minha pergunta e eu bufei.

Coloquei meus pés para cima da cadeira e meus olhos pesaram, logo dormi!

Pov Emily Hale

Acordei no outro dia com dor de cabeça, tomei um remédio, me troquei e desci para tomar café com o pessoal.

- Bom dia... - disse baixo e todos sorriram fraco em resposta, "bom" dia, só que não!

Me sentei ao lado de Jimin e dei-lhe um selinho.

- Está bem, Emy? - ele perguntou acariciando meu rosto e eu assenti.

- O que será que os caras queriam fazendo o que fizeram com o Yoongi? - V perguntou chamando a atenção de todos.

- Talvez roubar a vã... - Hope comentou na dívida.

- Não, não deve ser isso! - Jin disse e nós o olhamos - Suga me disse que quando ele saiu do carro os caras o abordaram e ele disse "Podem levar o que quiser..." - fez aspas com os dedos - e um dos três caras vestidos de preto disse algo do tipo "Não queremos nada seu!" E começaram a bater nele.

- Isso não tem lógica! - Namjoon se pronunciou indignado.

- Nada está tendo lógica - Jimin.

- Eu só sei que fiquei com muito medo! - eu disse e Jimin entrelaçou nossos dedos.

- Eu só quero que o Suga fique bem... - Jk deixou de olhar Nick e falou.

- É o que todos queremos. - Hoseok.

Olhei para as meninas que não tinham dito uma única palavra desde que eu cheguei, e nem mesmo tocado na comida, elas apenas olhavam para os seus pratos e suspiravam pesadamente. Que estranho...

(...)

Após terminarmos de comer, ou parte de nós terminarmos, fomos esperar Suga na frente do elevador para irmos a sala de ensaio.

Quando a porta se abriu o mesmo saiu mancando um pouco, logo Namjoon foi até ele o ajudando.

- Como você está? - perguntei chegando perto.

- Com dor e esse remédio me deixa com mais sono que o normal! - ele disse e eu ri fraco.

Caminhamos lentamente para a sala e assim que entramos encontramos com a figura do Manager.

- Manager hyung! - os meninos disseram juntos e se curvaram, também fizemos esse cumprimento, o mesmo não disse nada, apenas pegou seu notebook e virou para nós e nele esboçava uma foto minha e do Jimin nos escondendo no parque, ele passou a foto e tinha uma de nós nos beijando, outra de nós dois ontem no shopping, e mais algumas nossas, engoli em seco.

Passou mais algumas e chegou a uma da Nicolly com o JungKook também no parque, discutindo, foto dos dois na rua se beijando, deles dançando e do Jeon beijando sua bochecha.

Passaram algumas de nós com os outros meninos também.

E chegou uma foto de Jin e Moh na chuva, passou outra deles no chão no parque e... O que? Eles estão se beijando no elevador?

Olhei para eles e percebi que todos faziam o mesmo, Moh olhava para o notebook com a boca aberta e as bochechas coradas.

- Vocês podem me explicar que merda é essa? - Manager disse externamente irritado.

- Não... Não somos nós, deve ser montagem! - Monique disse apavorada e pela primeira vez.

- Mas claro que é montagem, Monique!

- Não temos nada com eles, Manager! - Nick.

- Isso tudo é uma brincadeira de mau gosto, por fa... - ele não me deixou terminar de falar e me cortou.

- Essas imagens foram envidas para o meu e-mail particular hoje mais cedo em anônimo e dizia apenas "Eles mentiram para você", acha mesmo que vou acreditar agora?

- Manager... - Rap Monster começou a falar, mas foi interrompido assim como eu.

- Nenhuma palavra de vocês!

- Isso não é verdade! - Nick falou.

- Puta que pariu, você não vai acredita nisso vai? - JungKook disse estressado.

- Olha como você fala, Jeon, e issonão da para ser uma montagem!

- Dá sim, hyung... - Jimin disse com uma feição extremamente triste, quis ir abraça-lo.

- Eu não tenho nada com a Monique... - Jin disse sem nenhuma expressão, ele parecia não saber o que fazer.

- Você não pode me provar isso, Seokjin, nenhum de vocês pode, essas fotos dizem por si só! - ele rosnou encarando cada um.

Manager ficou nos olhando e os meninos pareciam agitados, eu estava calada com medo de dizer algo e estragar mais as coisas, Nick estava paralisada, olhava para um ponto fixo, Moh estava prestes a chorar, seu olhos já estavam mais claros e seu rosto vermelho.

- Eu tenho a solução para tudo isso! - Manager disse deixando o notebook de lado.

- E qual seria? - V perguntou apreensivo.

- A partir de amanhã vocês - apontou para nós três - irão trabalhar diretamente comigo como assistentes e entram outras staffs no lugar de vocês! - ele disse simplesmente e isso foi o estopim para que todos começassem a falar, gritar e reclama ao mesmo tempo.

Coisas como: "Não pode fazer isso!", "Não queremos outras", "Vai se ferrar", "Não faça isso, por favor" etc. foram ditas/gritadas aos sete ventos. - DÁ PARA VOCÊS CALAREM AS BOCAS? - Manager gritou e todos ficamos quietos - Vocês continuaram trabalhando juntos, porém não tão próximos assim, na verdade vocês quase não irão se ver mais!

- Como você é generoso, uhn! - Moh comentou baixo.

- O que disse, Monique?

- Na-nada!

- Melhor não ser nada mesmo! - ele suspirou - Vejo vocês mais tarde! - e sem mais nem menos se retirou do local.

- Não acredito nisso! - Moh escorregou pelo espelho e começou a chorar, Suga, Namjoon, Hope e V se sentaram ao seu lado e eles começaram a conversar. Ia ir também, mas fui até Jimin.

- Jimin... - eu disse segurando o choro - Eu não quero me afastar de você! - falei com a voz embargada. - Não quero!

- Eu também não quero, Emy... - ele passou as mãos nos meus cabelos.

- Você acha que não vamos nos ver... Tipo... nunca? Manager vai realmente fazer isso? - meus olhos já não me obedeciam e as lágrimas saíram involuntariamente.

- Eu espero que isso não aconteça. - me separei de Jimin. - Ele está bravo conosco, talvez daqui alguns dias ele mude de ideia...

- Daqui a alguns dias? Não! Ele tem que mudar de ideia agora, Jimin! - eu disse um pouco alto - Vamos ir fala com ele.

- Não! Emily, se irmos agora ele vai se irritar e vai tomar uma decisão precipitada. Se acalma, por favor.

- Eu não posso deixar ele nos afastar! - o olhei e ele bufou, mexi os ombros - Ok, mas eu não vou me afastar de jeito nenhum! - apertei os olhos.

- Nós não vamos nos afastar, Emy... Mas temos outro problema agora. - ele me olhou. - Quem fez isso com a gente?

- Boa pergunta, não, na verdade,ótima pergunta! - cruzei os braços e funguei - Para que iriam querer fazer isso? Será que foi aquela garota que nos xingou aquele dia?

- Acho que não, ela teria que ser muito esperta para conseguir pegar todas aquelas fotos, tipo... nos seguir e essas coisas.. - ele fez uma cara estranha, gesticulando muito.

- E como conseguiram o e-mail do Manager? O e-mail que as pessoas podem ter é o de contato e não o dele! Isso está muito, muito estranho.

- Eu sei, Emy... - ele suspirou. - Vem aqui... - segurou minha mão e me puxou para um abraço. - Independente do que acontecer, eu não vou te deixar!

- Promete? - olhei para cima e ele sorriu assentindo, dei-lhe um selinho e encostei minha cabeça no seu peito suspirando.

- Esse tempo que vamos ficar sem nos ver... podemos nos falar virtualmente, né? - sorriu sem mostrar os dentes.

- Sim! - assenti - Skype vai ser nosso aliado. - sorri fraco, ele também.

Jimin segurou meu rosto e me beijou devagar.

Pov Monique McCall

Estava ao lado de Hope, e Suga apoiava sua cabeça no meu ombro, até que Jin para em minha frente.

- Moh, posso falar com você? - assenti devagar e me levantei após os meninos se afastarem.

- Aconteceu alguma coisa, além disso tudo? - levantei uma sobrancelha fungando.

- Não, não, está tudo bem. Ok, na real não está nada bem! - ele se enrolou para falar. - Bom, eu... - ele pareceu um pouco nervoso e apertou suas mãos uma contra a outra - Eu cansei de ficar assim com você, eu fui um completo idiota, eu comecei a te tratar assim, porque achei que estava me apai... esquece... o motivo por eu ter feito isso não importa, o que importa é que eu gostava quando nós éramos amigos e eu me arrependo de ter sido assim , você não merece ser tratada de forma tão rude, você é... eu... me desculpa! - ele disse tudo muito rápido e olhava diretamente para os meus olhos, sorri.

- Está desculpado, Jin, pelo menos você reconhece que é um idiota! - dei ombros e me virei para voltar a onde estava, mas senti-o segurar meu braço.

- Calma, não precisa sair assim...

- Mas, você já disse o que queria... não disse? - me soltei delicadamente.

- Vamos conversar, já que agora acabamos com toda essa nossa discussão.

Ri fraco.

- Ok, vamos conversar! - fiz uns gestos.

- Você me odeia mesmo? - ele perguntou recoeso.

- Não... eu tentei te odiar, mas algo dentro de mim não deixou isso acontecer! - dei ombros novamente, isso já virou um ato constante.

- Fico aliviado! - ele sorriu - Então podemos realmente ser amigos? - ele esticou a mão e eu apertei a mesma e senti um choque percorrer meu corpo e minha mão começar a formigar, decidi ignorar.

- Sim, mesmo sendo um pouco tarde depois de tudo isso! - disse baixo.

- É, eu faço tudo errado! - falou e riu fraco logo em seguida - Deveria ter feito isso a um bom tempo. Desculpe de novo, Moh.

- Se você me pedir desculpas mais uma vez eu vou te bater! - fiz cara de brava e ele sorriu – E, relaxa, eu não guardo rancor.

- Ah, que bom! - dei um sorrisinho de lado e olhei para nossas mãos que ainda estavam juntas, as soltei sentindo minhas bochechas ferverem.

Ficamos um tempo em silêncio.

- Hum, isso que aconteceu hoje com o Manager... - ele começou a falar, mas eu o cortei.

- Não quero falar sobre isso! - disse rápida e olhando para o chão sentindo meus olhos arderem.

- Nos afastar não vai adiantar nada. - continuou no assunto, bufei - Jimin e Emily vão achar um jeito de se ver, e do jeito que JungKook é, ele não vai se afastar. E eu e nenhum de nós queremos outras staffs, queremos vocês... eu querovocês!

- E eu também quero ficar com vocês, mas não temos tudo o que queremos, right? - ri sem humor, voltamos a ficar em silêncio após ele assentir.

Fomos nos sentar com os meninos, um nó estava instalado na minha garganta, aish!

Pov Nicolly Wilk

- Nick... isso está errado! - JungKook disse frustrado - Por que mandariam essas fotos? Quem iria querer nos fazer mal? - ele parou e segurou meus braços, e, de novo, a culpa é minha, porra!

- Eu não sei! - menti, não vou correr o risco de contar que provavelmente foi Sam e Evan, e Jeon querer ir atrás deles e só piorar a situação. Suspirei, isso com certeza faz parte do plano deles.

- O que faremos agora? Depois de tudo que aconteceu... - ele olhou para o chão.

Meus ombros murcharam, me encostei na parede.

- Nada... - mordi minha boca segurando o choro. - Não podemos fazer nada, Kookie.

- Então... Não vamos nos ver? Não vamos fazer nada para mudar isso?

- O Manager não vai nos ouvir, ele está irritado, ele foi legal por não ter nos demitido, se isso tivesse acontecido, aí sim não iríamos nos ver, eu realmente queria que isso não tivesse acontecido... Mas agora vamos ter que nos afastar.

- Não, nós podemos nos encontrar escondidos, fugir, sei lá! - ele arregalou os olhos - Não vamos nos afastar, Nicolly, não!

Olhei para o lado, sem responder. Jeon tocou meu queixo delicadamente fazendo eu o olhar.

- Nós já fazíamos isso e olha no que deu, JungKook!

- Mas, não podemos deixar isso acabar com nós... Ou você acha que podemos? - ele me olhou triste.

- Não, não, não... isso não, pelo amor de Deus, Jungkook! - gesticulei chegando mais perto dele. - Eu não quero terminar com você!

- Pelo menos uma coisa boa, né! - ele suspirou - Estou com medo de nos afastarmos tanto que pode chegar ao ponto de não... de nos "esquecermos"!

- Não vou esquecer-me de você, JungKook! - cheguei perto dele e segurei seu rosto entre minhas mãos. - Eu te amo, entendeu ? Te amo muito... - dei um selinho em seus lábios e sai distribuindo beijos pelo seu rosto o abraçando rapidamente.

- Eu também te amo, mas tudo isso que está acontecendo está errado, tem algo de muito estranho por trás disso! - engoli em seco.

Me soltei dele e o encarei por alguns segundos.

- Estranho tipo... o quê?

- Não sei, só achei estranho mandarem essas fotos para o Manager sendo que se fossem paparazzis, eles teriam postado em revistas ou na Internet! - ele disse olhando nos meus olhos, desviei o olhar.

Eu abria a boca para falar, mas não conseguia dizer nada. As palavras vinham aleatoriamente na minha cabeça e eu não conseguia montar uma frase! Se eu falasse algo suspeito, ele iria fazer muitas perguntas!

Fiz o movimento, de abrir e fechar a boca, umas três vezes seguidas e depois desisti de tentar dizer algo a ele.

Suspirei abaixando meus olhos para o chão.

- Você está com medo? - ele perguntou baixo - Eu não vou deixar nada acontecer com você, amor... eu prometo!

- Não, eu só... - respirei fundo e o olhei. Jeon tombou a cabeça para o lado com o olhar curioso. - eu só não quero ficar longe de você.

- Eu também não quero... - suspirou aliviado.

Ver Jungkook daquele jeito está acabando comigo!

- De noite, quando o Manager estiver dormindo, sei lá, podemos nos encontrar no terraço ou no meu quarto. - falei baixo e ele sorriu abertamente, ai que saudade que eu estava desse sorriso.

- Pode ser... - ele me deu um selinho - Talvez as coisas se compliquem, mas vamos superar isso!

- Vamos, juntos! - o abracei com força.

(...)

Estávamos todos sentados em um grande círculo.

- Vamos tentar animar um pouco, isso aqui não está parecendo nós! - Hoseok protestou.

- Eu também acho! - Jin se deitou no chão.

- Tem uma coisa que vai dar o que falar... - Namjoon nos olhou sorrindo de lado e com uma sobrancelha levantada.

- O que? - Moh perguntou sorrindo fofa.

- "O que", Mohzinha? - ele disse de uma maneira estranha e Jin se sentou direito.

- Ah, verdade! - eu disse alto e Jeon deu um pulo do meu lado, começamos a rir.

- Que susto! - colocou a mão no peito.

- Desculpa! - beijei seu rosto.

- Enfim! - Nam voltou a falar - Vocês dois se beijaram? Quando foi isso? Por que não contaram? Que porra é essa? - ele perguntou tudo de uma vez.

- ISSO QUE EU IA PERGUNTAR! - Emy gritou.

- Então aquele selinho não foi o primeiro contato labial de vocês, uhn! - Jimin disse fazendo uma cara de safado.

- Aish, gente, que assunto inapropriado! - Moh reclamou.

- Inapropriado é você não contar que beijou o Seokjin ! - eu disse.

- Ele que me beijou! - apontei para ele que arregalou os olhos.

- O que? Eu... eu... mas, você que ficou me agarrando! - ele disse a olhando.

- Eu não...

- Vocês se beijaram, não importa quem foi! É um milagre!!! - Suga disse baixo tentando rir.

- Suga, você está doente, não fala nada! - Moh disse.

- Minha barriga que está doendo, e não minha língua!

- Uowwww! - Hope gritou.

- Nossa, Moh, podia dormir sem essa - Nick.

- Só não vou ai te bater, porque você está muito indefeso - cruzei os braços.

- Indefeso ou não você não conseguiria me bater! - ele deu ombros.

- Chato! - ela disse e parece que o assunto morreu.

Ficamos todos em silêncio novamente.

- E agora? - Taehyung perguntou - Como vamos fazer?

- Vamos sair escondidos! - Jimin disse.

- Podem nos ver e tirar mais fotos, amor! - Emy falou triste.

- Mas não podemos deixar de ver eles, Emy! - eu disse.

- E não vão, nos arriscaremos, vamos sair escondidos, vamos ir para o quarto de vocês e vocês vão ir para os nossos, nós daremos um jeito! - JK falou e me abraçou de lado.

- Também... não sei porquê foram contratar staffs tão bonitas para trabalhar conosco! - Hope disse.

- Se tivesse colocado aquelas velhas, isso não teria acontecido! - Namjoon.

- Tem razão! - os outros meninos disseram juntos e nós rimos.

- Eu amo vocês! - Moh disse e Emy e eu concordamos.

(...)

É mais ou menos seis da tarde quando esperava a Moh no hall do hotel, vi ela se aproximar.

- O táxi já está nos esperando! - eu disse e ela assentiu, caminhamos rápido até o mesmo e entramos.

Ficamos em silêncio até chegarema frente ao pequeno prédio onde Evan e Sam tinham seu "escritório".

Descemos do carro e nossos cabelos foram jogados de um lado para o outro por conta do vento.

- Ok. - nos viramos para o prédio e o olhamos - Vamos en... - minha fala foi cortada devido o barulho de um carro sendo ligado, olhamos em direção à rua e dentro dele estava Sam no volante e Evan no banco do passageiro, eles sorriram de lado e o carro começou a andar.

- Eles vão ir embora! - eu disse e quando olhei para Moh ela se jogou na frente do carro para que eles parassem - MONIQUE! - gritei e coloquei a mão na boca.

Pov Monique McCall

- Eles vão ir embora! - Nick disse e eu, sem pesar duas vezes, fui para a rua onde o carro estava prestes passar e estiquei minhas mãos para a frente fechando os olhos com força - MONIQUE! - Nicolly gritou e eu senti minhas mãos baterem em algo, abri os olhos e vi que era no capô, respirei fundo.

Evan e Sam saíram rápido do carro.

- VOCÊ FICOU LOUCA, GAROTA?! - Evan gritou e puxou meu braço com força me fazendo tropeçar nos meus próprios pés e cair no chão, Nick veio até mim me ajudando a levantar.

- Que retardada! - Sam disse alto - Da próxima vez segura essa sua amiga, porque eu não vou parar!

- Era só não ter parado agora que não teria perigo de haver uma próxima vez! - eu disse com raiva e ele bufou.

- Cala a boca, seu projeto de piranha! - olhei para  Nick que arregalou os olhos.

- Olha como você fala, Samuel! - ela disse indo até ele e o empurrando.

- Não encosta em mim, sua nojenta! - ele a empurrou de volta a fazendo trombar em mim.

- O que vocês estão fazendo aqui? Não temos tempo para papinho! - Evan disse impaciente enquanto Sam olhava para Nick com uma cara horrível.

- Por que vocês bateram no Yoongi? - Nicolly perguntou direta.

- Nós não batemos em ninguém não, Nicolly! - Sam disse rindo.

- Como não? Você acha que somos trouxas? - ela perguntou e ele assentiu - Vai se fuder!

Sam bateu a mão no capô do carro com muita força me fazendo dar um pulo para trás.

- Estou sem paciência para o "mimimi" de vocês hoje! - passou a mão nos cabelos.

- Deixe-os em paz, podem negar que bateram, mas sabemos que fizeram isso! - eu disse rápido.

- Meu Deus, para que iríamos bater sendo que podemos mandar alguém sujar as mãos no nosso lugar, McCall? - Evan revirou os olhos - Eu disse para ficar longe! - deu ombros - Nós dissemos!

- Será que entenderam o recado agora? - Sam levantou uma sobrancelha.

- Vocês quase nos fizeram ser demitidas! - Nick.

- Como se eu ligasse! - Sam.

- Se eu perder o emprego você perde o seu dinheiro! - ela desafiou ele que não sabia o que responder, acabei rindo.

- Está rindo de que, Monique? - Evan.

- Da cara de otário de vocês! - eu disse e logo depois me arrependi, tenho que aprender a segurar minha língua!

Evan caminhou até mim e segurou meus cabelos os puxando, porra, está doendo.

- É melhor... - puxou mais - Você... - mais - Nos respeitar! - puxou ainda mais e depois soltou, olhei para o lado mordendo o lábio.

- Já acabaram? - Sam.

- Não encosta em mais nenhum deles! - Nick.

- Isso só depende de vocês! - Evan.

Eles nos deram uma última olhada e entraram no carro desviando de nós e arrancando com ele.

- Moh, você está bem? - neguei com a cabeça.

- Vamos embora! - eu disse e sai andando em sua frente indo chamar um táxi.

Pov Emily Hale

Estava no quarto quando ouço o som da porta e quando abro vejo Manager parado.

- Boa noite! - nos cumprimentamos e sei passagem para ele entrar.

- Bom, aqui nessa pasta tem a nova relação de trabalho e horários de vocês, vou entregar para as outras duas também! - me entregou uma pasta preta, assenti.

- Ok!

- Tudo deve ser cumprido corretamente, não farei mais uma chance a vocês!

- Claro, faremos tudo certo! - mordi o lábio inferior e ele se despediu saindo do quarto.

Mandei uma mensagem no grupo onde estamos eu e as meninas para que fôssemos ao quarto da Moh, elas concordaram.

Sai do meu e fui ao dela.

- Vocês duas estão com caras péssimas! - eu disse me sentando na cama.

- Você também! - Nicolly deu ombros.

- Eu não vou aguentar isso! - Moh disse bufando.

- Vamos ter que aguentar, Moh, até um dia que o Manager resolver dar outra oportunidade para trabalharmos com eles como antes... - eu disse triste.

- Isso é verdade. E mesmo com tudo isso nós vamos dar um jeito de encontrarmos com eles! - Nicolly sorriu fraco.

- Isso vai ser horrível! - dissemos as três juntas.

- Eu estou cansada, vou dormir, podem ficar se quiserem! - Moh se deitou e eu e Nick fizemos o mesmo.

(...)

Acordei no outro dia com um grito da Monique, já que a Nicolly deu um chute na cara dela sem querer.

- Que "Bom dia" é esse, meu Deus! - Moh reclamou.

- Aish, desculpa, estava me espreguiçando... - bocejou.

- Estou com fome! - eu disse fazendo as duas me olharem e concordarem se levantado rápido.

Descemos até onde sempre comemos e ao chegar lá tivemos uma decepção: Os meninos não estavam tomando café!

- Ue... - comecei.

- Cadê o BTS? - Nick perguntou com a voz estridente.

- Não acredito, até o café faremos separadas? - Moh perguntou indignada.

- Aish... - caminhamos lentamente até uma mesa após nos servimos, começamos a comer.

- Que chatice... - reclamei.

- Que bad! - Nick suspirou mordendo uma maçã.

Terminamos o café e um clima estranho estava pairando sobre nós.

- Vamos para os nossos quartos arrumar as papeladas que o Manager mandou, né? - Nick perguntou.

- Antes vamos passar na sala de ensaios, quero ver se os meninos estão lá! - Moh se levantou.

- Vamos! - sai andando na frente indo para a sala que eu já conhecia bem.

Ao chegar lá foi outra decepção.

- Nada... - Monique murmurou.

- Que saco! - Nicolly bateu os pés no chão com raiva.

Nos viramos indo para o elevador. Quando chegamos ao nosso andar e começamos a andar pelo corredor ouvimos vozes, e logo sete garotos apareceram em nossa frente, sorri mesmo sentindo o clima estranho continuar. Quando tomei a atitude de abrir minha boca para falar algo uma moça ruiva pareceu.

- Meninos, vamos comigo resolver umas coisas, e vocês, por favor, entreguem os papeis organizados e os relatórios para o Manager até o fim da tarde! - assentimos e ela e os meninos saíram sem se despedir.

- Bom trabalho, meninas! - eu disse com tédio e elas bufaram entrando cada uma em seu quarto.

Peguei meu notebook e os papéis e pastas que tinham deixado comigo mais cedo e comecei a ver tudo.

- Chato... chato... chato e mais chato! Que porcaria! - me joguei na cama - Isso é uma merda, argh! - olhei para o teto e logo a imagem do Jimin se fez em minha mente me causando um sorriso repentino - Ai, Jimin, por que tem que ser complicado assim? - perguntei para eu mesma e voltei a me sentar e começar meu trabalho.

(...)

Era de madrugada quando eu, Nick e Moh estávamos no elevador do hotel indo para sei lá onde.

- Odeio não conseguir dormir! - Moh bufou.

- Dormir é tão bom! - eu disse.

- Dormir e comer são as melhores coisas da vida! - Nick comentou rindo um pouco.

- Eu também ac... - quando Monique ia terminar sua frase a porta do elevador se abriu e demos de cara com um Suga meio zonzo e com os olhos apertados, quase fechados - Yoongi? - perguntou andando rápido até ele, fizemos o mesmo.

- O que aconteceu? - perguntei preocupada.

- Estou passando mal... - ele disse com dificuldade e tossindo.

- Vamos para o meu quarto! - Nicolly disse apressada e nós o levamos para onde ela disse.

O deitamos na cama.

- O que está sentindo, Suga? - Moh.

- Falta de ar, as dores não estão passando, parece que só-só piora! - ele falou suspirando, percebi que ele soava. Coloquei a mão em sua testa.

- Meu Deus, você está queimando em febre!

- Eu vou... Eu vou ligar para algum médico que atenda em domicílio, vou pesquisar na Internet! - Moh se levantou e pegou seu celular, assentimos rápido.

- Eu vou ligar para os outros meninos! - me levantei e disque o número do Jimin, expliquei o que tinha acontecido e pedi que ele falasse com os outros meninos, mas que não era para eles irem ao quarto de Nicolly para não ficar muita gente em cima dele.

- O doutor está a caminho! - Monique veio até nós falando pesadamente.

Olhamos as três para o Suga.

- Aish...

(...)

Depois de um tempo o médico chegou e começou a examinar o Yoongi.

- Você andou tomando muitos remédios?

- Eu... estava com muita dor à tarde, então resolvi tomar mais alguns comprimidos...

- Ah, você acabou se intoxicando por conta do remédio ser extremamente forte, Min Yoongi! - o doutor disse fechando sua maleta - Vou dar-lhe soro para melhorar um pouco, você não vai poder tomar esses remédios por dois dias, entendido?

- Mas, e as dores?

- Infelizmente você terá que aguenta-las, desculpe! - Suga assentiu e o doutor preparou as coisas improvisadamente para dar o soro ao Suga - Amanhã volto para dar outra examinada e aproveito e pego meus equipamentos. - assentimos e ele saiu do quarto.

Moh caminhou até Yoongi e se sentou ao seu lado fazendo cafuné, olhei para Nick e ela estava praticamente roendo as unhas, elas duas estão tão estranhas, se conheço bem, estão escondendo algo...

Estava indo até o banheiro quando o celular de Nick vibrou, ela o olhou e depois arregalou os olhos correndo até a Monique.

- Moh, precisamos ir!

- Ir para onde? - perguntou confusa.

- Só vem, Monique! - Nicolly segurou seu braço e saiu puxando a mesma para fora do quarto, olhei sem entender merda nenhuma.


Notas Finais


O que acharam??? Até o próximo capítulo, byee...

~Sra. Seokjin ~Sra. Taehyung

XoXo ☆


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...