História Firefly - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford
Tags 5 Seconds Of Summer, 5sos, Luke, Michael, Muke
Exibições 14
Palavras 791
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Aventura, Colegial, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Capitulo Dois


Fanfic / Fanfiction Firefly - Capítulo 2 - Capitulo Dois

Capitulo Dois

Luke revirou olhos pelo que pareceu a enésima vez. Ele estava irritado. O barulho constante de seu tenis batendo nas calçadas molhadas de Sidney não estava o ajudando. Ele queria que a sua vida fosse diferente. Sua rotina se resumia basicamente em acordar cedo, ir para faculdade, voltar para casa, assisti alguma serie e dormir, fazendo tudo de novo na manha seguinte. Como um ciclo sem fim.
Uma brisa gélida o suficiente para fazer Hemmings encolher-se no casaco atingiu seu rosto. Ele praguejou baixinho. Luke odiava sair aos domingos, odiava mais ainda sair em um dia chuvoso. Ele só queria correr de volta para o seu apartamento e enfiar-se de baixo das cobertas, mas ele sabia que Ashton o mataria se fizesse isso, então apenas respirou fundo e apresou-se em levar suas longas pernas para o café.
A medida que se aproximava do destino o loiro sentia seus pés afundarem. Ele estava desconfortável. O pensamento de que o falso ruivo o esperava junto com os seus dois amigos deixava o estudante de jornalismo apreensivo. Luke não gostava muito da ideia de se encontrar com o cara que dormiu há alguns dias atrás e foi exatamente isso que disse a Irwin quando o mesmo o convocou para se encontrarem mais cedo, porem  Ashton apenas mandou Luke parar de frescura e levar sua bunda branca o mais rápido possível para o café.
Hemmings mordeu o lábio inferior antes de adentrar o local. Seus olhos azuis percorreram pelas mesas logo avistando duas cabeleiras conhecidas e uma que nem tanto.
O homem respirou fundo uma ultima vez antes de seguir ate o grupo, abraçando os dois amigos e limitando-se a um aceno de cabeça para o terceiro que retribuiu da mesma forma antes de sentar ao lado de calum.

—Você demorou, bro. – Ashton olhou sugestivamente para o amigo.
Luke deu de ombros fingindo não perceber as segundas intenções por trás do comentário.
—Estava atarefado com algumas coisas da faculdade.

Ashton assentiu ainda meio desconfiado, mas preferiu deixar de lado. Era possível sentir a tensão no espaço, qualquer pessoa que passa-se pela mesa perceberia o clima estranho. Luke não queria que isso acontecesse ele só não sabia como agir perto do outro, chegava a ser irônico, quer dizer, esse era o cara que Hemmings deu a bunda e agora eles não conseguem nem se olhar por mais de cinco segundos.
Ashton e Calum pareciam estar numa bolha invisível, nenhum deles parecia notar o desconforto que rondava os outros dois, ocupados demais na própria conversar e Luke desejou saber o que era de tão engraçado nas palavras de Ashton para fazer cal rir a ponto de suas rusgas nos cantos dos olhos aparecerem.
O loiro desviou o olhar dos dois idiotas desistindo de tentar entender os melhores amigos. Discretamente Luke observou Michael que aparentemente estava mais interessado em mexer no celular, ele tinha a testa franzida e alguns fios de cabelo caiam pelo seus olhos. Seu olhar parou na boca rosa de Clifford e secretamente Hemmings desejou sentir novamente o gosto deles. Rapidamente suas bochechas coraram com o pensamento e ele se sentiu um idiota por isso.

Depois de um tempo os pedidos chegaram e todos comeram em silencio, vez ou outra Calum soltava alguma piadinha sendo acompanhado por Michael que agora parecia menos calado. Quando Clifford levantou-se com a desculpa de que ia tomar um ar Irwin encarou Luke severamente. Luke bufou e empurrou o prato.

 —O que foi agora cara? 
—Você deveria ir falar com ele. 
—Ashton você só pode ta brincando. Por qual razão eu faria isso? — Calum cruzou os braços.
—Ele ta certo lukey, Michael é nosso amigo e você querendo ou não ele vai conviver com a gente. Então pelo bem do grupo é melhor que vocês dois se resolvam. 
—Tudo bem. — disse.
O loiro recebeu um sorriso encorajador de Hood e saiu da mesa.
Michael estava encostado na parede da entrada enquanto tragava um cigarro. Luke se aproximou um pouco receoso e encostou-se ao seu lado.
—Oi. — murmurou. Michael desviou seu olhar para o outro.
 —Oi.— Por momento Luke ficou hipnotizado pelas orbes verdes mas balançou a cabeça afastando o pensamento 
—Cal e ash acham que a gente deveria conversar.
—Sobre? — Clifford soprou mais uma vez. O loiro revirou os olhos.
 —Você sabe sobre o que. — Michael jogou o resto do cigarro no chão amassando e virou-se de lado para Luke, apoiando o ombro na parede.
 —E o que você acha disso?
—Eu não quero que fique um clima de merda toda vez que a gente se encontrar, entende? — Clifford assentiu.
 —Verdade, cara. — Hemmings mordeu o lábio
 –Vamos recomeçar do zero. Eu sou o Luke. — Michael sorriu de lado e segurou a mão do outro. 
—Eu sou o Michael.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...