História First and Only Love ( JB ) - II Season / The First Love - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Chaz Somers, Christian Beadles, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Nicola Peltz, Pattie Mallette, Personagens Originais, Ryan Butler
Tags Amizade, Drama, Romance, Sexo
Exibições 46
Palavras 1.327
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - Juntos


Fanfic / Fanfiction First and Only Love ( JB ) - II Season / The First Love - Capítulo 13 - Juntos

POV - Nathasha

- Abro os olhos devagar vendo ele me encarando com um sorriso lindo estampado no rosto, sentado na poltrona em frente a cama, completamente pelado.

- Bom dia bebê.

- Bom dia.   - Digo envergonhada. Como pude fazer aquilo, era pra brigar, bater nele e tudo que consegui foi provar o quanto ele me domina. O quanto o amo.

- Viu como somos bons juntos!  - Murmura. Se voltar pra mim, prometo que vai ser cada vez melhor.  - Diz ele debochado.

- Aquelas palavras ecoam na minha mente me fazendo imaginar o qual prazeroso é estar com ele e como senti falta disso tudo.
Merda, Justin! Esbravejo levantando da cama.  - Droga!

- O que foi?  - Pergunta ele sem entender nada da minha revolta, depois de uma noite regada a orgasmos.

- Me diz que você usou camisinha?  - Pergunto.

- Ele arregala os olhos e dar um sorriso largo.

- Do que você está rindo seu idiota.  - Digo zangada.  - Qual é Nathy não precisa se preocupar, se você ficar grávida nosso filho ou filha será muito amado e terá um pai, então não há motivos pra isso.  - Diz gesticulando pra mim com a maior calma.

- Jogo o travesseiro nele, e ele salta pra cima de mim, me agarrando apalpando minha bunda, mordendo meu pescoço deixando um chupão de propósito, quando escutamos vozes no corredor e uma batida na porta.

- Justin!  - Ele olha pra mim, achando graça da situação.  - Merda!  - É minha mãe.

POV - Justin

- Ela entra no banheiro enquanto eu me enrolo com o lençol pronto para abrir a porta.   - Suspiro tentando me acalmar, pois já estava animado pra mais amor e sexo e não esperava aquela visita as 07:00 horas da manhã de domingo.

- Bom dia mãe.  - Falo abrindo a porta.

- Nossa!  - Diz ela examinando o quarto, demorou para abrir a porta.

- Não estou sozinho. Digo em resposta.

- Tá Justin, isso já percebi. Só espero que não seja orgias com vagabundas.
Toma banho e desce, seu pai e seus irmãos estão lá embaixo esperando você.

- Pai, Jaxon e Jazzy, e agora?  - Ferrou com minha transa matinal.

- Mãe, pai e irmãos lá embaixo.  - Falo andentrando no banheiro.

- Como assim?  - E agora?  Diz ela. Você molhou minhas roupas como vou sair daqui?  - Ela fica linda, confusa!  Acho engraçado o desespero dela e começo a rir sem parar, fazendo ela me encarar de cara emburrada, ficando mais linda ainda.

- É sério, seu idiota como vou pra casa?  - Pergunta, na espera que eu tenha uma solução, e tenho só que ela não sabe.

- Se vira bebê e veste uma roupa minha, o closet está cheio é só escolher. Me enfio em baixo do chuveiro ignorando a cara de desespero dela.

POV - Nathasha

- Ele toma banho como se eu sair nua da casa dele fosse a coisa mais normal do mundo.
Isso ... Continua ignorando o meu problema aqui.   - Digo saindo do banheiro depois de um banho quente, indo até o closet.
- Só era o que me faltava além de ter que encarar a familia dele, ainda terei que vestir as roupas do senhor Bieber.

- Abro a porta do closet e pra minha surpresa ele está cheio com algumas  roupas minhas e dele também. É aí, que a ficha cai, ele sabia que eu viria aqui.
Fui esperada na boca do lobo. Dou um sorriso bobo percebendo o quanto ele é perfeito pra mim.

- Está sorrindo feito idiota só porque eu pensei em tudo. E sei sim, sempre o passo que você vai dar.  - A voz dele ecoa me assustando.

- É senhor Bieber, você sempre pensa em tudo.  - Digo enquanto coloco o short e uma regata. Fico olhando ele trocar de roupas e penso no quanto ele é amoroso, sedutor, manipulador e lindo.

- Vou descer, te espero lá embaixo.  - Diz me dando um selinho.

POV - Justin

- Dona Pattie e senhor Jeremy estavam na sala a minha espera e Jaxon e Jazzy jogavam vídeo game na sala de jogos.

- Minha mãe estava com cara de poucos amigos e eu já imaginava o sermão. Penso comigo mesmo.

- Quer dizer que você sai de casa e nem pra nos comunicar.  - Diz ela brava e triste ao mesmo tempo.

- Pega leve Pattie, deixa ele falar.  - Diz meu pai tentando acalma-la.

- Jeremy nosso filho compra uma mansão, sai de nossa casa sem nem dá um tchau e você quer que eu aceite isso numa boa.

- Mãe... Eu não sai de casa... Não ainda.  - Digo sentando no sofá ao lado deles.  - Não e o que é isso?  - Diz gesticulando mostrando a casa.

- Essa casa não é minha, quer dizer, eu comprei mas é presente. Eu ainda vou morar com vocês e só saio de lá quando casar. - Digo fazendo ela sorrir.

- Já vi que pretende fazer isso logo.

- Mãe... Você é muito ciumenta sabia! Digo abraçando-a.

- Viu só amor, ele ainda vai dormir em casa de vez enquando.  - Fala meu pai dando um beijo nela.

- Quem é a vadia que você trouxe pra cá?  - Pergunta brava.

- Nenhuma Dona Pattie. Quem está aqui é sua nora. Falo acalmando a fera.

- Nathasha! Diz ela surpresa levantando indo em direção a escada.

POV - Nathasha

- Estou no banheiro penteando o cabelo, quando duas batidas seguidas na porta ecoam, me assustando.

- Entra.  - Digo sem me dar ao trabalho de perguntar quem é?

- Oi Nathy.  - Diz Pattie andentrando com um enorme sorriso em seu rosto.

- Oi.  - Respondo indo em direção a ela abraçando aquela que era minha sogra.

- Estou muito feliz de saber que vocês estão juntos novamente e que dessa vez nada mais separe vocês.  - Completa ela.

- É, acho que o meu destino é ao lado do seu filho.

- Deus quer vocês juntos pelo o propósito do amor.  - Sorrio com suas palavras. E espero que a senhorita tome jeito e perceba que ele te ama de verdade e os erros cometidos foi com o único propósito de acertar e te proteger.

- Não digo nada, apenas assenti que sim com a cabeça.

- Vamos tomar café.  - Diz ela me segurando pelas mãos ajudando a me levantar da poltrona em que eu estava sentada.

- Saímos do quarto, encontrando todos já sentado à mesa para o delicioso café da manhã preparado por Lara, que agora estava ali cuidando da casa que Justin comprou.

- O café da manhã estava maravilhoso regado a panquecas, waffes, bolo de leite, suco de morango, frutas, iogurte e café com leite. Um verdadeiro banquete.  - Digo assim que Lara se aproxima de mim para um abraço.

- Tudo bom senhorita Nathasha?  - Pergunta ela sorridente. 
Tudo.  - Respondo ficando em pé dando um abraço nela.

- Lara agora é sua funcionária. A voz de Justin surgi me fazendo encara-lo incrédula.

- O que?  - Pergunto espantada.

- A casa, os seguranças, o motorista, Lara e a outra funcionária Clarice, são seus.  - Diz ele feliz por minha reação.

- Como assim Jay?  - Pensei que a casa fosse sua.

- É nossa, se você quiser, claro. Apenas  dou um sorriso meio de lado, mais por dentro estou pulando, vendo que todos ali olhavam pra mim felizes inclusive as crianças.

- Eu estava realmente feliz, eu havia me apaixonado pela casa assim que coloquei os olhos nela e ela tinha tudo  exatamente como desejei de uma senhora mansão. E o melhor, eu tinha o homem dos sonhos de qualquer mulher.

- Já estava de tarde quando os pais e os irmãos de Justin se despediram, nos deixando com nossa privacidade. Pois havia muito o que conversar...

... Continua ... 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...