História First Love (Imagine Suga) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Revelaçoes, Romance, Tragedia
Visualizações 16
Palavras 1.278
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Capítulo 5


Umas das coisas que eu mais notava em Yoongi eram as suas roupas sempre pretas. De vez em quando variava o sobretudo ou a calça e dependendo da estação do ano, as vezes uma camisa com mangas curtas. Até mesmo seu cabelo sempre esteve com os meus fios negros, que dava um contraste forte com a sua pele pálida. Eu poderia ficar aqui, somente apreciando cada pequeno detalhe do seu rosto ou da sua pele por horas, mas fui tirada dos meus devaneios por uma mão segurando meu queixo seguida de um suave toque dos meus lábios nos dele.

Flashback parte 1

-- Mais rápido Yoongi! -- Estamos em uma praça local, mamãe está sentada no banco lá na frente, enquanto Yoongi está me empurrando no balanço.

-- Calma, assim você vai cair -- Ele diz, ainda me empurrando na mesma velocidade. Sem paciência, eu começo a pegar impulso com meus próprios pés. a velocidade começou a aumentar descontroladamente, fazendo eu perder o equilíbrio conforme o ambiente começava a girar.

Por míseros segundos, eu sinto que estou no ar, com o vento batendo nos meus cabelos e no outro, senti o chão duro me esmagar com força, fazendo eu ralar meus joelhos e cotovelos.

Isso realmente dói. A minha primeira reação foi chorar por conta da dor. Ouvi alguns gritos, seguido de passos vindo na minha direção.

-- Você está bem -- Yoongi é o primeiro a se aproximar, se ajoelhando ao meu lado. Me olhando nos olhos de um jeito preocupado. Mal ele disse isso, algo atinge a lateral de sua cabeça, fazendo o mesmo também chorar.

-- Crianças, o que vocês aprontaram? -- A minha mãe chega a nós, me levantando cuidadosamente, estendendo a minha mãe para que Yoongi faça o mesmo. Mostro meus machucados a ela, que logo retira um vidrinho da sua bolsa. Não era a primeira vez que eu me machucava, na verdade acontece bastante de eu tropeçar e acabar me ferindo, então para tratar os ferimentos, a minha mãe passou a trazer esse remédio que aplica no machucado. Aquilo ardia como o inferno e só de ver aquele vidrinho eu já me arrepiava.

Vejo o meu amigo botar as mãos na cabeça, no local onde o balanço o havia atingido.

-- Porque você veio tão depressa? Podia ter esperado um pouco. -- Eu digo, conforme ele tirava as mãos dá cabeça, fazendo eu ver o enorme galo que havia se formado.

-- Eu queria ver logo se você estava bem. -- Dou um sorriso para ele, sendo retribuída. Esse é o meu melhor amigo, que está comigo em todas as horas.





-- No que você tanto pensa? -- Volto para o presente com a voz suave, porém curiosa de Yoongi a centímetros de mim.

-- Eu estava viajando, você disse alguma coisa?

-- Perguntei se você quer se sentar comigo. -- A minha vontade era de responder com um claro que sim, mas eu sabia de todos os seus amigos e estava um pouco apreensiva com as suas reações: ao ver o bad boy de mãos dadas com a nerd da turma.

-- Eu estou com medo -- A sua expressão muda para um misto de confusão e surpresa. -- Dos seus amigos, de eles rirem da minha cara.

Ouço um suspiro vindo de sua boca, sentindo suas mãos segurarem firmemente as laterias do meu rosto, me fazendo olhar em seus olhos.

-- Você não precisa ficar com medo: primeiro porque agora tem a mim para te proteger, segundo porque os meus amigos podem até ser legais, mas quem mais me importa está bem aqui na minha frente. -- Sinto uma lágrima solitária escorrer por meu rosto, sendo limpa pelo seu polegar logo que em seguida -- Só por favor não chore, essa é a pior visão que eu posso ter na vida.

O resto do caminho, nós passamos em um silêncio confortável, somente curtindo a companhia um do outro.

Ao finalmente chegarmos na escola, sinto sua mão pegar na minha, conforme passávamos pelos corredores. A maioria dos olhares femininos se ficava quase que instantaneamente em Yoongi, o que fazia eu apertar um pouco mais a mão do garoto ao meu lado. Até mesmo eu recebia olhares de alguns garotos. Deve ser pela minha mudança de aparência tão rápida.

Ao chegar na sala, a surpresa na expressão das pessoas fica ainda mais evidente. Eu me encolhi um pouco, sendo reconfortada por um " vai ficar tudo bem" sussurrado no meu ouvido.

-- Parece que temos uma aluna nova aqui não é mesmo? -- Um dos amigos de Yoongi se aproxima de nós. Eu não me recordava do seu nome, mas pela forma como ele esfregava discretamente a língua em seus lábios, sabia exatamente qual era a sua intenção com a pergunta.

-- Pode parar com essa palhaçada Jimin. -- Yoongi o encara, fuzilando o mesmo com o olhar. Acho que eu estou presenciando um momento de ciúmes.

-- Min Yoongi com namorada? Esse é um fato que tem que entrar para a história. -- Um garoto com cabelos acastanhados se aproxima, pousando seu olhar em mim por alguns segundos.

-- Não seja ridículo Hoseok. -- Yoongi revira os olhos, passando o braço em minha cintura de um jeito possessivo. Eu me sentia mais protegida assim dos olhares nada puros de seus amigos.

-- Qual é galera, ela até que é bonitinha. -- Um outro garoto de cabelos loiros mais alto que os outros se levanta, vindo em nossa direção.

-- Vocês estão deixando ela constrangida, será que não conseguem agir sem ser como um bando de babacas? -- Yoongi diz fuzilando todos com o olhar.

-- Verdade gente, vamos tratar bem a aluna nova e namorada do Suga. -- Um outro garoto de cabelos castanhos se levanta de seu lugar é bem até mim.

Eu não sabia se me sentia constrangida por eles não me reconhecerem, mesmo que eu tenha estudado aqui durante vários anos ou se ficava feliz por ter uma nova chance de recomeçar meu relacionamento com as pessoas daqui. Acabei por escolher a segunda opção.

-- Suga é? -- Um sorriso se forma ao ver Yoongi com uma cara irritada muito fofa.

-- Até você não -- Ele diz de um jeito dramático.

-- Porquê do apelido? -- Eu pergunto curiosa.

-- Por causa da sua pele branquinha e da sua personalidade doce como açúcar. -- Eu começo a rir junto com o garoto de cabelos castanhos, ele parecia ter um grande senso de humor.

-- E qual o seu nome graça? -- Um outro garoto de cabelos escuros se aproxima de nós.

-- (S/N). -- Eu respondo ainda um pouco envergonhada.

Eles se apresentam, um por um: o de cabelos loiros que havia me cantado é o Namjoon, o do olhar malicioso é o Jimin, o que achou bonita Hoseok, o de cabelos castanhos que foi educado comigo é o Jungkook e por último, o que perguntou o meu nome é o Tae. Muita gente para eu assimilar de uma vez só.

O sinal toca e o nosso professor de história entra. Eu sempre achei essa aula tão chata. A voz do homem em frente ao quadro é tão monótona e baixa que eu faço esforço para me manter acordada. Olho para o lado, só de curiosidade para ver como os meninos estavam e para minha surpresa todos eles dormiam uns em cima dos outros, inclusive Yoongi, que apoiava em cima de suas mãos com seu rosto virado na minha direção. Ele parecia tão inocente assim dormindo, um sorriso surge nos meus lábios e assim, decido me entregar ao desejo de tirar um soneca, apoiando a minha cabeça em minha mochila. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...