História First Love ( Kim Taehyung ) - Segunda Temporada. - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys (bts), Namjin, Sanhisa, Taeisa, Yoonmin
Exibições 97
Palavras 1.294
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


SAAAALVIIII DESGRAÇAAAAAA!!!!!

Eu queria postar mais um cap hoje, mas eu acho que não vou conseguir postar ele hoje, porque ocorreu um imprevisto e eu tive que sair de casa.

Eu fui pra um sítio e eu nem tava afim de ir. Não dava pra ficar escrevendo porque meu pai ficava mandando eu ir nadar na piscina.

Mas espero que gostem.

Capítulo 30 - " Tae... Me Salva."


Fanfic / Fanfiction First Love ( Kim Taehyung ) - Segunda Temporada. - Capítulo 30 - " Tae... Me Salva."

첫 사랑 (김 태 형)

P.O.V Isa ON

Eu estou amando viver esses dias com o Tae.

Ele tem sido muito fofo comigo esses dias, fazendo que eu o ame ainda mais a cada segundo.

Seus toques, seus carinhos estão sendo realmente reconfortantes esses dias. Sinto que preciso mais disso, sinto que eu preciso mais do Tae.

Meu medo de perder ele está maior, não quero que ele morra por minha causa. Eu poderia falar que foi um erro começar à namorad com o Tae, mas não é errado ficar com quem ama.

Eu não queria por em risco quem eu amo. Mas sinto que principalmente a culpa do EunWoo querer matar o Tae é minha.

Eu deveria deixar claro desde o começo que ele não teria nada comigo, mas eu fui  burra e isso aconteceu. É tudo culpa minha.

Queria poder voltar no tempo e concertar a merda inteirinha que eu fiz.

E sabe o que é pior? Ele está me olhando de modo estranho, como se quisesse me comer viva.  (*Querida, tudo bom?! Eu acho que isso tá obvio* ¤ Oh caralho, deixa eu narrar¤ * escurta aqui krida, Oh é só o Sehun* ¤ -_- ¤).

Esse olhar realmente me assusta muito, sinto que ele pode fazer algo de map comigo a qualquer momento só com esses olhares.

Eu tenho medo do EunWoo.

Levanto da minha cama, vou ao meu banheiro, tomo meu banho, escovo meus dentes, visto meu uniforme e desço pra tomar café com meu pai.

Eu- Bom dia pa... affz tá chovendo. - digo em tom sôfrego. Isso me lembra uma coisa.

Pai- Bom dia e pois é, acho que vou ter que te levar pra escola, a não ser que você queira ir toda molhada pra aula. - diz tomando seu café.

Eu- MOLHADA?! Nunca! Já basta a última vez que eu andei na chuva, ainda tem uma mancha roxa no meu joelho. - digo olhando o meu joelho.

Pai- Isso acontece quando se mistura chuva com gente lerda, dá um machucado no joelho. - diz e eu o olho indignada.

Eu- Eu deveria me sentir ofendida, mas com sou uma filha legal eu não vou. - digo pegando um pãozinho.

Pai- Não se sinta ofendida com a realidade. - diz simplista. Okay, caí da motoquinha legal.

Eu- QUERIDO, TUDO BOM?! Você é meu pai sabe, deveria falar coisas construtivas na minha vida. - digo o olhando.

Pai- Okay, faz mesmo faculdade de psicologia, é bem você trabalhar com pessoas loucas, tá namorando o Taehyung até. - diz em tom de deboche.

Eu- O Taehyung não é louco!!!!! Só retardado mesmo. - digo e ele ri.

Pai- Você sabe que eu tô falando isso de brincadeira né? - diz olhando pra mim.

Eu- Sim, eu sei sim. - digo sorridente.

Pai- Pois agora a brincadeira acabou, vamos pra escola agora. - diz se levantando e eu faço o mesmo.

Eu- Eu vou dormir no carro, porque ninguém merece. - digo meio lerda.

Pai- Dorme então ué, ninguém tá te impedindo. - diz e ambos entram no carro.

Fecho meus olhos e já vou adormecendo.

》____/\_______/\_______/\____《

~QUEBRA~DE~TEMPO~

Pai- Acorda, nós já chegamos. - diz e eu abro vagarosamente meus olhos.

Eu- Valeu pela carona mas agora eu tô dando o fora daqui tá ligado mermão. Tchau pai. - digo saindo do carro.

O pátio da escola está todo molhado. Isso me lembra o show do Gfriend que as meninas caem dançando Me Gustas Tu, e sabe, eu sou a Yuju da vida.

É capaz de eu cair e começar a dançar Me Gustas Tu. Se eu for cair, eu vou querer cair direito então.

Um passo. Tá tudo bem, não caí, então eu posso continuar andando.

Dois passos. Até que está tudo bem, vou continuar andando normalmente.

Três passos. Okay, vou andar de boas agora, acho que nem vou cair.

Errado.

Eu tô pronta pra começar a dancar me gustas tu. Por que? Eu tô caindo agora, eu e o chão vamos nos conhecer e virar melhores amigos. Adeus mundo cruel.

Tae- Meu Deus! Você tá bem?!?!?! - diz me segurando preocupado.

Eu- Espera! Eu não caí?!?! Eu não virei a Yuju do Gfriend?!? Eu não vou ter que dançar Me Gustas Tu?!?! - digo meio perdida.

Tae- Peimeiro, você não caiu. Segundo você nunca vai ser a Yuju porque você é melhor que ela. E terceiro, dança Me gustas tu depois. - diz e fico confusa.

Eu- Por que eu deveria dançar depois? - digo em tom de pergunta.

Tae- Porque você não vai conseguir dançar quando eu tiver beijando a sua boca.

Eu- Mas o qu... - sou interrompida por seus lábios que encostaram nos meus.

O beijo começou calmo e harmonioso, mas passou a ser selvagem e voraz. Ele explorava a minha boca sem se importar com as pessoas ao redor.

Eu também não me importava, era tão bom sentir o doce sabor de auco de laranja que há em sua boca. Seus lábios são hipnotizantes.

A falta de ar, como sempre se fez presente entre nós e tivemos que separar as nossas bocas. Mas ele começou me a me abraçar.

Tae- Saudades de sentir o seu perfume princesa. - diz dando uma fungada em meu pescoço me deixando arrepiada.

Eu- Mesmo nós nos vendo todos os dias, estava con saudades de sentir o seu também. - digo também sentindo o cheiro de seu perfume amadeirado.

Tae- Se eu pudesse ficaria nesse abraço pra sempre, mas temos que ir pra aula sabe. - diz me acordando de seu cheiro inebriante.

Eu- Verdade. Então, vamos pra sala agora? - digo e ele assente.

Sei que o EunWoo pode tentar nos separar, mas vai ser impossível.

~QUEBRA~DE~TEMPO~

Estavamos conversando sobre várias coisas quando tocaram no assunto do EunWoo.

Nam- Tá, mas tipo, se ele tentar atacar vocês, o que vão fazer. - diz olhando pra nós.

Eu- Sinceramente eu não vou conseguir fazer nada, sou vulnerável e lerda, vai ser fácil ele fazer algo comigo. - digo sincera.

Tae- Se fosse eu, batia sem nem pensar, ainda mais se mecher com a minha mozona. Porque se ele mecher e tentar algo eu mato aquele filho da puta. - diz desferindo um soco em sua mão insinuando o que irá fazer.

Eu- Me sinto protegida agora por você. - digo lhe roubando um selar rápido.

Yoongi- Parem de melação, se quiseram transar, fassam isso no banheiro por favor. Pois não sou obrigado. - diz e ambos riem.

Eu- Falando em banheiro, eu vou agora em um porque eu presciso usar ele. Kissus. - digo saindo da mesa.

Estava andando de boas pelo corredor quando sou agarrada por alguém.

EunWoo- Fica calminha que eu não vou te machucar se você colaborar, sem gritos e sem movimentos bruscos. - diz falando em meu ouvido.

Eu- O que você vai fazer comigo EunWoo. - digo em tom assustado.

EunWoo- Primeiro você vai vir comigo e vamos um encontro no cinema, depois nós vamos matar a aula pra ir tomar sorvete porque faz tempos que eu pedi pra você ir comigo, depois nós vamos pra minha casa e vou te fazer minha, okay namorada. - diz com um sorriso estranho no rosto.

Eu- Eu não sou sua namorado e nunca vou ser. Eu só sou a namorada do Tae.  - digo e ele tampa a minha boca com sua mão.

EunWoo- Fica caladinha que agora você não é minha namorada e o Tae é seu ex. - diz e uma lágrima caí de meu rosto.

Eu- Você é um monstro! - digo com ainda a mão em minha boca.

EunWoo- Já disse e eu vou dizer de novo: You can call me monster. - diz soltando um sorriso maléfico.




Tae... Me Salva.








Notas Finais


O cap deve tá curto.
Aí vcs perguntam: Por que?

Já que está na reta final da fic eu resolvi começar com o suspense ao invés de ser um cap, um dia na fic.

Como viram, o EunWoo está planejando fazer algo com a Isa. O que será?

Espero que tenham gostado.
Dêem muito amor pra fic e pra mim.
BJJUS DE KIT KAT. 💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...