História First Love (Min Yoongi Imagine) - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Cho Seungyeon, Jikook, Min Yoongi Imagine, Namjin, Vhope
Exibições 136
Palavras 669
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Foi foda de escrever.
Até pq tem uma cena pesadona.
Mas relaxem que tudo vai se esclarecer no final.

Capítulo 22 - Omma Jin



- O que você quer Taeyang.- Disse tentando conter minhas lágrimas, estava com medo.
T: Não se faça de idiota, eu sei que você sabe tudo.
- Então era verdade...
T: Talvez...- Ele sorriu malicioso, passou pela porta e me prensou contra a bancada da cozinha.- Eu vou tentar não te machucar.
- O que você vai fazer?- Disse mordendo o lábio com força, segurando a vontade de chorar.
T: Eu sei que você ta com medo.- Ele sorriu.
- ME RESPONDE!
T: Vou te dar uma lição.- Ele começou a me beijar e eu dei um tapa em sua cara.- Vadia.- Ele disse pondo a mão na minha bunda.
- Que merda você ta fazendo?- Disse me debatendo.- ME SOLTA!
T: Não até você aprender que nunca deveria ter me recusado.
- ME SOLTA TAEYANG.- Disse batendo em seu peito e deixando as lágrimas escorrerem pelo meu rosto.
T: Não chora amorzinho, vai ser bem rápido, mas antes...- Ele disse rasgando minha blusa, eu não consegui reagir, só deixava as lágrimas escorrerem pelo meu rosto. 

Ele tocava no meu corpo de uma forma tão brusca, batia em mim quando eu gritava, só queria que aquilo acabasse logo. Quando ele saiu de dentro de mim, me jogou no chão e apontou a arma pra mim.
T: Eu não queria fazer isso...
JH: Você não vai fazer nada.

Escutei um tiro e vi meu pai correndo até mim. Taeyang estava caído do meu lado se contorcendo e eu não conseguia parar de chorar.
JH: Calma filha, vai ficar tudo bem.
Dois caras entraram e levaram Taeyang. Eu acordei no hospital, percebi que tinham vários hematomas pelo meu corpo.
JH: Filha, você vai ficar bem, só estão cuidando dos seus machucados.
V: CADÊ MEU BEBÊ?- Escutei Tae gritando.
JM: SEU BEBÊ NADA! ELA É MEU BEBÊ! 
JP: É naquele quarto.- Todos entraram, ocupou todo quarto. 
Jin: Você ta bem meu amor?
RM: Ficamos extremamente preocupados.
- Cadê o Yoongi?
Jin: Ele ainda não sabe.
- Cadê ele?
RM: Dormindo em casa, ele tava muito cansado.
- Eu não quero que ele saiba. 
V: Você ta louca?
- Eu NÃO quero que ele saiba.
Jin: Pq amor?
- Ele vai se culpar por tudo.
RM: Se você acha melhor então não vamos falar.
- Obrigada. Eu só quero ir pra casa agora, não to morrendo pra ta em hospital.
Jin: Tem certeza?
- Sim, eu só não quero ficar sozinha.
JM: Vamos todos nós. 
- Ta bom.

Eu tava emocionalmente destruída, mas queria me manter forte. Os meninos me levaram pra casa, tomei um banho, tirei os curativos, coloquei meu pijama, quando voltei pra sala todos ficaram do meu lado me apoiando, até que ele apareceu.
SG: Ooi família, nossa que climão, parece que alguém morreu.- Suga disse rindo.
- Oi amorzinho.- Disse sorrindo.
Jin: Acho melhor vocês irem embora, eu e o Namjoon vamos cuidar deles, os meninos assentiram, se despediram de mim e foram embora.- Acho melhor você descansar s/n.
- Ta bom Omma Jin.
Jin: Boa noite pros dois.
Eu e Suga: Boa noite Omma.
Fomos pro quarto, eu me deitei e Suga ficou do meu lado, ficamos nos olhando.
SG: Oque aconteceu amor?- Ele disse me puxando para mais perto de seu corpo.
- Eu só caí da escada, nada de mais... Só fiquei com uns roxos na perna. 
SG: AIGO! E você ta bem?- Suga disse preocupado.
- Sim amor, tava no hospital antes, agora to bem.
SG: Espero que sim.- Dormi deitada no seu peito, as vezes sentia meus olhos lacrimejarem, tentava me conter, mas ia em vão, me sentia destruída por dentro.  

Yoongi On (Horas antes)

Eu não tava em casa, um cara me ligou, era o Boss, disse que o Taeyang aprontou e teria que suspender ele, outra pessoa iria tomar seu lugar, mas eu ainda tinha que ajudá-lo, me encontrei com o Boss em uma boate. Seus olhos e o formato de sua boca me são muito familiares. Ele não disse seu nome. 


Notas Finais


Ai meu kokoro.

CALMEM AMORES...
Hoje tem mais.

me desculpem pelo grande tiro
MAS VAI FICAR TENSO O BAGULHO

Desculpem qualquer erro
estava com um pouquinho de pressa pra postar o cap.

BJUU


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...