História First Meeting (Shortfic| Imagine Hot Jimin) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Personagens Originais, V
Visualizações 22
Palavras 1.271
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo-Ai, Sobrenatural, Suspense
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá olá meus Mochis de panda~🙋

Desculpa pela demora desse capítulo, vida corrida e estava sem inspiração 😅
Mas estou trazendo o penúltimo capítulo desse imagine, mas não fiquem tristes, tem mais de chimchim na vida de vocês, eu criei um novo imagine que era para ser um especial de aniversário dele e consequentemente meu também, mas descedir que essa história tem que ser contada aos poucos... Então vai ter bastante capítulos para vocês enjoarem 😉 o link do novo imagine:
https://spiritfanfics.com/historia/soulmate-or-not-long-imagine-jimin-10622582

E vamos para o capítulo!

Capítulo 5 - Não me deixe....


Fanfic / Fanfiction First Meeting (Shortfic| Imagine Hot Jimin) - Capítulo 5 - Não me deixe....

Jimin pov’s on


   Eu estava no barco junto com o meu pai, enquanto ele pescava ele contava uma estória para mim.


-Jimin, você já escutou que em Busan existe sereias ?


-Não escutei appa...elas existem?- Ele coçou o queixo e respondeu olhando o horizonte:


-Alguns dizem que sim, outros dizem que é pura lenda, mas essa história surgiu quando um príncipe veio para aqui no seu navio, mas algo aconteceu...uma tempestade, que acabou afundando o navio e matando a todos, menos um…-eu o interrompi e disse surpreso:


-O príncipe! -Meu pai concordou e continuou:



-Exatamente! Apenas restou o príncipe, mas o curioso quem salvou ele foi uma garota de lindos e longos cabelos pretos como a noite, a cor de seus olhos o acompanhavam com seus cabelos, tinha um queixo pequeno, os cílios dela eram bastante longos, seu nariz arrebitado e o formato de seu rosto a deixavam mais exótica ainda. Ela era a sereia e se apaixonou por ele e ele por ela, mas ele já estava de casamento marcado com uma nobre de Busan, por isso o motivo dele vir para cá. -Ele olhou para o céu e fui olhar também, o tempo tinha mudado muito rápido. E perguntei:


-E o que aconteceu com eles? Eles ficaram juntos ou ele se casou com a nobre?



-Essa estória tem dois finais, mas você decide o melhor final... a primeira versão diz que ele se casou sim com a nobre forçadamente e a sereia teve seu coração endurecido e virou espuma do mar, já na segunda versão, eles fugiram, mas o rei descobriu onde eles estavam, ele tentou matar a sereia, mas seu filho entrou na frente dela e acabou sendo atingido.



-E a sereia morreu também?



-Sim, alguns dizem que ela teve seu coração endurecido, porque só era o amor e a vida do príncipe que a deixava viva e outros dizem que o próprio a matou depois, mas nas duas versões o rei jogou os corpos dos dois dentro do mar para ficar juntos pela eternidade. -De repente um raio cruzou os céus, nos assustando. E appa comenta curioso: -Parecia que não iria chover hoje, como mudou tão rápido o tempo…Sua omma já deve está bastante preocupada com nós dois.



  Concordei e o ajudei a virar o barco de volta para a costa, mas não foi o suficiente, quando dei por mim, eu já estava caindo para o fundo do mar e uma voz começou a cantarolar, só comecei a pensar que era um anjo cantando e isso significa que morri?



Sentir uma mão me tocar e que me fez acordar assustado, era um sonho apenas…



 Os meus olhos sentindo aquela claridade extrema invadir o mesmo, virei para o lado a procura de S/N que não estava na cama e a vi apenas com uma blusa longa que parecia um vestido nela observando a vista do mar que dava na janela do quarto dela. Levantei calmamente, a abracei por trás e coloquei meu rosto na curvatura do pescoço da mesma que deu um pequeno susto e perguntei:


-O que está pensando minha pequena sereia? -Ela sorri e diz:



-Estou com medo Jimin, estou com medo de lhe deixar…- Eu a solto do abraço e a viro na minha frente, seguro seu queixo, limpo a pequena lágrima se formou e digo calmamente:



-Você não irá, porque esses últimos dias você me fez balançar meu coração tão forte como nunca senti antes...eu não vou deixar você ir, lhe prometo.- Ela me abraçou fortemente, mas logo me soltou ao perceber que estava nú lhe causando bochechas vermelhas e disse entre risos:


-Cadê minha gatinha de ontem? Ela foi embora com a noite? - Ela olhou feroz  para mim e disse:



-Se você quiser ela pode aparecer de repente…



 Ela saiu do quarto me deixando sozinho lá com os meus pensamentos.


Finalmente me lembrei totalmente daquele dia em que perdi meu appa e quase morri, ela tinha me salvado e não foi a primeira vez...

 

  Eu tinha mais ou menos uns 11 anos quando quase me afoguei, mas ela me salvou, ela continua a mesma pessoa de antes que parece que o tempo não parou para ela. Quando desci para a cozinha, ela estava terminando de cozinhar e ela olhou para mim sorrindo:


-Eu pensei que iria demorar mais no banheiro...sabe, pelo o que causei mais cedo.- Sorri malicioso e respondi:


-Bom, eu consegui resolver o problema sem precisar me mastrubar, mas seria bem melhor com você usando sua linda boquinha. -Fiquei fazendo contato visual até ela desviar o olhar e dizer:



-Vejo que ficou bem mais pervertido depois que foi para Seul…- Ela ia sair e perguntei:



-Você não vai comer? -Ela negou e comentou:



-Eu já comi, vou nadar um pouco...tenha uma ótima refeição, Jagi!- ela correu em direção à praia, me deixando sorrindo que nem bobo.


Jimin pov's off

S/N pov's on

   Me afastei dele um pouco porque eu estava sentindo bastante dor e não queria que ele me escutasse. Fui para o fundo do mar, onde vi toda essa linda paisagem marítima… Sei que será a minha última vez que irei ver o mar...faltam 3 dias até decisão dos deuses, se irei virar espuma do mar ou não.


  Eu sei que está errado, porque tenho certeza que Jimin me ama de verdade….


Será?


S/N pov's off

Jimin pov's on


    Já faz 2 dias desde daquele dia, estávamos grudados que nem unha e carne. Amanhã será o dia que irei voltar para Seul e queria que S/N fosse comigo, mas iria só dizer no final do dia. Estava caminhando com a mesma pela praia e perguntei:


-O senhor Lee sabe que você é sereia? -Ela concordou e disse:


-Ele sabe porque ele é filho de uma humana e um tritão e uma mistura faz com que ele leia meus pensamentos e sabe se virá uma tempestade ou não. - Ela abraçou o meu braço e eu disse:


-Então quando iremos ter os nossos filhos eles irão ser assim? - Ela concordou sorrindo timidamente e disse:


-Exatamente assim…- S/N segura as mechas do meu cabelo e continuou a falar: -Estou com saudades do seu cabelo preto, mas não signifique que não gostei de você loiro! -Olhei para fazendo bico, que a mesma sorriu brincalhona.


-Ainda bem que você gostou, fiquei preocupado em mudar no início, mas gostei mudar. -Ela parou na minha frente, pegou uma mecha do cabelo dela e perguntou:


-Será que também pinto o cabelo? Que cor eu usaria?- Sorri encantado com o jeito criança dela ser, beijei sua testa e respondi:


-Se você não quiser não precisa pintar, você é perfeita desse jeito! Mas se quiser pintar, pinte que nem da cor da sua cauda, Azul Celeste.


[...]


 Fomos para o aquário da cidade, onde tinha várias espécies de peixes e outros seres do mar. S/N contava os nomes de cada um e onde o viu, sabe aquelas crianças saltitantes que tem na seção de doces? Era ela vendo cada um dos seres marítimos, parei para observá-la e notei que todos os bichos a seguia e quando ela notou rapidamente espantou eles para ninguém perceber além de mim.


  De repente eu escuto ela reclamar de dor, mas ela não estava falando e sim pensando:


“Agora não, não posso deixar ele sozinho agora...preciso mais...de...tempo…”


 Corri até ela pegando ela nos braços, senti que ela não estava respirando. A deitei no chão, comecei a fazer massagem cardíaca e gritei para uma pessoa por perto:


-Por favor, ligue para uma ambulância! Ela não está respirando!- Nesse momentos comecei a chorar fortemente tentando negar que ela está morta, a beijei e voltei fazer massagem cardíaca dizendo: -Por favor So Ra, não me deixe…


Notas Finais


Eu sei que vocês querem me matar 😂😂😂😂

Mas o próximo capítulo que e o último irá ser grande, então...não me matem, por favor 😅

Vou nessa fugir para as colinas, beijinhos da sua panda malvada. 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...