História Five nights at freddys nova geração - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Five Nights at Freddy's
Exibições 108
Palavras 901
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Comédia
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 24 - Chegando ao hotel


Fanfic / Fanfiction Five nights at freddys nova geração - Capítulo 24 - Chegando ao hotel

Freddy:

Depois de uma cansativa viagem chegamos ao hotel, estava frio, devia ter vindo de casaco.

"chegamos!"falei, olhei para o lado, Taddy dormia, olhei para trás, todos dormiam.

Comecei a buzinar, e acordaram.

"que grosseira"resmungou Taddy coçando os olhos.

"grosseria é eu ser motorista, e ainda de um bando de preguiçosos"falei abrindo a porta do carro, eu literalmente congelei, que frio.

"fecha isso!"resmungou Taddy fechando a porta com força...nos meus dedos....!

"ai!"gritei de dor.

"o que?!"ela perguntou.

"me-meus..".

"seus..?".

"DEDOS!"eu choramingava.

"ah...he he"ela abriu a porta, e eu tirei meus dedos esmagados.

Eu os massageava, puta dor, uma dor dessa já era de matar, no frio então, era de decepar.

"he he deixa eu te..."Taddy tentou encostar nos meus dedos, mas eu os puxei.

Staboy:

"vamos gente"eu abri a porta do carro e sai, estava mesmo frio, então eu travei.

"qual o problema?"Erich perguntou atrás de mim.

"fri-fri...".

"nem ta tão frio"ele andava.

"cla-cla..."claro não tenho essa banha toda pra me esquentar.

"pra mim tá de boa"Frennie passou.

Claro, você é uma fucking sombra.

"fri-fri"Maxy tremia, e se abraçava.

Finalmente alguém que me entendia.

Pup apenas nos olhou, era dificil dizer o que ele sentia, aquela máscara tapava sua cara.

"pu-pup.."encostei nele e ele caiu duro no chão.

É, isso responde a pergunta.

Taddy:

"anda Júnior, eu não estou tentando te matar"falei emburrada.

"não? esta tentando só me quebrar mesmo"ele falou escondendo os dedos.

"ai, deixa de drama"olhei pela janela, Maxy, Staboy estavam em pé congelados, Pup já no chão.

Olhei para dentro, tinha que chegar ao porta-malas e caçar uns casacos.

"com licença chorão, tenho que resgatar umas pessoas"pulei pro porta-malas, peguei a primeira mala que vi, abri e peguei umas roupas, acho que era a mala da Maxy.

Vesti uma calça e um casaco, era grande, mas foda-se, peguei umas roupas, e fui resgatar os outros.

"Ta-ta..."Staboy gaguejava.

"Taddy!"Maxy deu um gritinho.

Eu os vesti com as roupas que achei. Depois estavam todos andando até o hotel.

Frennie:

Eu estava junto de Erich, sentados na recepção, observei nossos amigos congelados entrarem, eram hilário ver como um friozinho acaba com eles rapidinho.

"Fre-Frennie, você podia ter ajudado"resmungou Staboy.

"podia, mas não quis"voltei a mexer no meu celular, eu estava jogando um jogo, jogo da cobra, é velho, mas entretem.

"7 quartos por favor"pediu Taddy.

"não prefere a suiter master, tem 8 acomodações, e custará menos"falou a mulher do balcão.

"ok, pode ser"Taddy resolvia as paradas lá.

Depois de finalmente resolver tudo, fomos para nosso quarto. Era grande, e bem estilo antigo, tinha até uma lareira.

"nossa que lugar show"exclamou Erich.

"to louca pra esquiar!"dizia Maxy se balançando toda.

Freddy:

Não acredito, Taddy me esqueceu aqui, meus dedos doiam, bem, tinha uma mão funcional, abri a porta, e veio aquele frio, fechei a porta rápido com a mão que estava machucada, e sem querer esmaguei meus dedos da outra mão.

"PUTA QUE P****!"xinguei.

Vi a porta sendo aberta, e tirei os dedos dali rapidamente.

"senhor, maneira no seu vocabulário"falou uma voz conhecida.

"Bonbon?"falei.

"ah, olá senhor Fazbear".

"o que faz aqui?"perguntei.

"férias"ela respondeu.

"ahá! Se não é meu velho amigo, Fazbear"disse Golden com aquele sorriso idiota no rosto.

"não somos amigos"falei seco.

"oh.."ele ficou em choque por uns segundos, Bonbon teve que dar um leve empurrão nele para voltar a si.

"...".

"considero o mesmo Fazbear, pra falar a verdade estou desapontado por você estar aqui, justo no lugar que vamos tirar férias"ele respondeu virando a cara.

"ain, aí esta você Goldiie"apareceu Springio agarrando o braço dele.

"me solta, estou conversando com ele"ele a empurrou pra longe.

Eu apenas o olhei feio.

"enfim, estou desapontado"ele cruzou os braços.

"então compra um apontador, com licença"aproveitei que a porta estava aberta e corri para dentro do hotel, estava congelando, mas ficar longe daquele cara era minha bateria pra continuar.

Erich:

"então o que vamos fazer primeiro?"perguntei.

"dormir"disse Taddy se jogando na cama.

"ótima ideia"Maxy fez o mesmo.

Ouvi umas porradas na porta, e fui abrir.

"vocês me esqueceram!"resmungou Júnior, ele estava usando a cabeça pra bater na porta.

"o que houve com suas mãos?"perguntei.

"esmaguei os dedos de ambos os lados"ele entrou no quarto.

"oiie amour"disse Taddy de olhos fechados.

"oie amor o caramba, você me esqueceu"disse Júnior.

"vamos relaxar, deixa de ser resmungão".

Frennie:

Decidi sair dali, um bando de molenga, Pup viu que eu estava saindo e me seguiu, bom saber que alguém tem espirito aventureiro (??)

"vamos dar um rolé por ai"falei.

Ele me seguia, a gente caminhava pelo hotel, era imenso. A gente andava pelo corredor, e vimos a porta de um dos quartos aberta.

"cuidado!"por pouco fui atingida por uma mala voadora, por sorte passou por mim, mas Pup não teve a mesma sorte.

"acho que você acertou alguém Baddy"disse Balloxy colocando a cabeça pra fora do quarto.

"acertou mesmo"falei.

"ah, hey Frennie"ele me cumprimentou.

"oooi sombrinha"Baddy me abraçou.

"sai"falei friamente.

Balloxy tirou a mala de cima de Puppeteer, o mesmo levantou, meio cambaleando.

"o que fazem aqui?"perguntei.

"férias, e você?"perguntou Balloxy.

"também..."respondi.

Baddy começou a analisar Puppeteer, e tirou sua máscara.

"devia ficar sem, seu rosto é bonito, e essa máscara assusta"ela pegou a máscara e colocou no próprio rosto.

Puppeteer corou, e eu dei um sorriso maléfico.

"bom, melhor a gente voltar pro quarto, já esta tarde, vamos"falei pra Puppeteer.

"adeeus"disse Baddy.

"até.."falei baixo.

Nós voltamos para o quarto, tava uma sessão de roncos. Longa noite..


Notas Finais


de quem será a próxima ficha?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...