História Five nights at freddys nova geração - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Five Nights at Freddy's
Exibições 26
Palavras 1.571
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Comédia
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 34 - Floresta das sombras


Fanfic / Fanfiction Five nights at freddys nova geração - Capítulo 34 - Floresta das sombras

Erich:

Hoje o dia foi péssimo. Staboy era o pior companheiro de floresta possível, e ainda por cima tinhamos nos perdido das meninas.

"veja, já anoiteceu"ele falou olhando para a lua.

"nossa, ainda bem"falei aliviado, afinal na manhã seguinte o ônibus viria, e poderiamos ir para a pizzaria.

"sabe o que isso significa?"ele perguntou.

"hora de mimir?"falei bocejando.

"não meu amigo balofudo, é hora do uivo natureza".

"ai, ai, por que eu estou com um mal pressentimento?"me perguntei.

Taddy:

Segui o som, estava bem escuro, e frio.

"aqui Taddy"ouvi Maxy chamando. 

Isso estranhamente estava lembrando meu pesadelo, mas deve ser apenas uma infeliz coincidência certo?

"aqui"vi alguém se aproximando de longe.

"Maxy?"a chamei.

Frennie:

Ai, ai, este jogo da cobra é complicado, mas eu estava quase zerando, quem diria que natureza era um lugar perfeito para jogar.

Erich:

"certo meu amigo balofudo, tudo que precisa fazer é ir até aquele penhasco e uivar"disse Staboy como se fosse a coisa mais simples do mundo.

"primeiro, pare de me chamar de amigo balofudo, segundo, tá louco? isso é perigoso"falei.

"faça uma dieta e eu paro, além disso, lobos fazem isso o tempo todo".

"eu não sou um lobo, seu abestado, e nada de dieta!"briguei.

"eu vou primeiro, pra provar como um HOMEM faz as coisas"ele falou indo pra beirada daquele penhasco.

Vai dar merda.

Taddy:

Ela se aproximou, para minha surpresa não era Maxy, era...

"SOMBRA!"berrei saindo correndo.

Era uma sombra, não sabia quem, não tinha um rosto! Eu apenas corri, eu que não ia dar uma de burra de filme de terror e ficar pra descobrir quem é.

"Taddy"a voz me chamava.

"Taddy?? não, não, eu me chamo....Chica!"menti.

"Taddy..."a voz chamava.

"porra!"eu corria.

Maxy:

Ai, é a última vez que como sanduiche com muita pimenta, dá uma bela dor de barriga, voltei para onde eu e Taddy estavamos acampando, mas para minha supresa ela havia sumido.

Ela deve ter dado um passeio, he he.

Ouvi um uivo.

Lo-Lobos?? Não sabia que haviam lobos aqui, droga, a namorada do meu chefe foi devorada por lobos! Vou precisar arrumar um emprego novo, ou...

Sai para procura-la.

Staboy:

Parei de uivar.

Dei um sorriso vitorioso para Erich, ele revirou os olhos, sai daquela beirada e fui até ele.

"viu, é assim que um homem faz"falei.

"tá, tá, acho que se um idiota como você consegue, eu também consigo, vaza"ele falou passando por mim.

Tsc, tsc, Erich tinha muito que aprender.

Espera, acabei de lembrar, aquela beirada estava fazendo um barulho estranho, suponho que esteja velha.

Bom, contanto que nada muito pesado pise ali ta de boa.

Espera! Erich é a coisa muito pesada!

Ele estava na beirada, e o barulho foi aumentando.

"nãaao!"fui correndo em direção a ele.

"hora do urro, sacou Staboy"ele riu.

Eu pulei em cima dele, e a beirada quebrou.

"fudeu"falei e nós dois caimos.

Taddy:

Me escondi numa moita, ao menos aquela voz irritante tinha parado de me chamar. Quem seria aquilo?? Tá parecendo até a Frennie aquela vez que pensamos que a pizzaria estava assombrada.

Perai, pera só um minuto ai!

Frennie sumiu, e do nada vem uma sombra querendo me assombrar, e sem estar na forma física, meu deus, como sou burra, a sombra era a Frennie querendo me assustar!

Tsc tsc, ela se enganou se acha que vou cair nessa de novo.

Ouvi alguém se aproximando, e pulei em cima dela, a sombra se debatia.

"vai ver só Frennie!"berrei puxando os cabelos dela.

"aii! Socorro!"ouvi Maxy berrar, quando dei por mim, eu estava atacando ela sem querer.

"opa, he he"sai de cima dela.

"por que me atacou?"ela perguntou coçando a cabeça.

"eu achei que você fosse a Frennie, aquela sombrinha miserável esta querendo me trotear"falei.

"sempre, aquela tonta"resmungou Maxy.

Eu assenti.

"então Maxy, onde você tinha ido?? você sumiu mulher".

"tinha ido pegar uma fresca"ela respondeu seca.

"ah ok, então vamos voltar a nosso 'acampamento' entre aspas"falei andando.

"ótimo"ela me seguiu.

Staboy:

Eu e Erich por sorte pousamos em algo suave.

"eii!"ouvi uma voz femenina.

"viu Erich, a natureza nos salvou da morte selva"falei.

"quem diria"ele falou.

"natureza nada, vocês cairam em mim!"ouvi Maxy resmungar.

"ops"disse Erich sem graça.

"bem, pelo menos encontramos uma do grupo, falta só 3"falei positivo.

"e logo, não acredito que vou dizer isso, mas quero ir embora daqui e logo!"ela resmungou.

"igualmente"bufou Erich.

"o que vocês tem contra a mãe natureza?"perguntei.

"tudo!"responderam em uníssono.

"exagerados"falei.

"e por que estão semi-nus?"perguntou Maxy corada.

"mãe natureza"respondemos eu e Erich.

Taddy:

Eu não lembrava de onde tinhamos 'acampado', e pra piorar Maxy não dava nem um pio, nunca tinha visto ela tão quieta, e estranhei, lembrei que os olhos dela pareciam diferentes, pareciam negros.

"Maxy, pra que lado vamos?"perguntei.

"eu não sei"ela respondeu.

Virei para ela de novo, aqueles olhos negros, não eram dela! Aquilo era, uma sombra!

Frennie filha da puta, estava me enganando direitinho.

Decidi entrar no joguinho dela, e fingir que não sabia de nada.

"hey Maxy, qual a coisa que você mais adora fazer mesmo?"perguntei testando.

"compras"ela respondeu.

Hm, até que estava certo, mas isso Frennie saberia, deixa eu pensar numa pergunta mais dificil.

"quem foi sua primeira crush antes da Baddy?"perguntei.

Era Júnior, espera, Frennie saberia disso, droga, preciso fazer perguntas mais dificeis.

"... você"ela respondeu tentando manter a calma.

Ela havia errado! 

"não! foi o Júnior, ai ai, Frennie achei que você sabia disso"respondi rindo.

"acha que sou a Frennie?"ela deu um sorriso maléfico.

"ye-yeah....não é?"perguntei meio assustada.

"não... esta com medo?"ela tomava forma de sombra e se aproximava.

Eu me assustei, meu coração batia muito rápido, meu pesadelo estava se realizando.

"saai!"taquei uns cocos nela e sai correndo.

Erich:

Eu, Staboy e Maxy procuravámos Taddy, e Frennie, mais a Taddy, Frennie provavelmente já estava em casa, mas minha irmã sozinha numa floresta, era perigoso.

"hmm, ela foi por ali, é mesmo?"perguntou Staboy.

Me virei para ver com quem ele falava, para minha surpresa, mas nem tão surpresa, era com um esquilo.

"o que ele esta fazendo?"perguntou Maxy preocupada.

"sendo Staboy"me aproximei dele.

"sombra assassina, nossa"ele falava.

"cara, já deu das suas maluquices, minha irmã pode estar em perigo mesmo, vamos levar a sério isso".

"eu estou levando a sério meu amigo balofudo, e o esquilo disse que ela foi para lá, e ele disse que uma espécie de sombra assassina a perseguia"ele falou apontando para esquerda.

"nem vem, direita é sucesso"falei.

"o esquilo não iria mentir para mim, uma raposa talvez, mas um esquilo não".

"o que tem contra raposas?"brigou Maxy.

"tá, tá, faça como quiser, eu vou para direita"falei.

"eu vou pela esquerda".

Maxy olhava para nós confusa.

"eu acho que não deviamos nos separar, afinal o objetivo é reunir e não separar"ela choramingou.

"então que esse idiota venha conosco"resmunguei apontando para Staboy.

"que esse balofo pense menos com a pança imensa, e dê ouvidos a mim"disse ele cruzando os braços.

"grrr!"caminhei para direita.

Staboy:

Fui pela esquerda, Maxy ficou parada ali, hum, esse Erich idiota, vai ver só, eu vou achar a Taddy, a Frennie, e ainda salvar ele.

Maxy:

Decidi seguir Erich, por mais que Staboy estivesse certo da esquerda, direita é sucesso!

Taddy:

Eu me escondi atrás de uma árvore, droga, droga, eu ia morrer, a sombra ia me comer, e não no bom sentido!

"boo"vi a sombra na minha frente.

"ah! de onde você veio desgraça?!"taquei bananas nela.

"do inferno, agora" ela fez as bananas flutuarem e serem jogadas pra longe.

Staboy:

Bananas voadoras? Isso é um sinal.

Corri até a origem,  e vi Taddy junto de uma sombra.

"aha! eu acertei!"falei vitorioso.

"Sta-Staboy! ajuda!"disse Taddy encurralada.

"relaxa, eu te salvo" eu me pendurei num cipó.

Mirei na sombra e fui.

"ouououhhhhh"berrei e o cipó arrebentou.

Taddy:

Dei um facepalm, puta merda, quanto mais eu rezo mais assombração me aparece.

Erich:

Eu e Maxy caminhavamos, mas nem um sinal de minha irmã, e ainda por cima tinhamos abandonado Staboy, droga, eu não devia ter abandonado ele.

"olha Erich, estamos perto da estrada!"disse Maxy.

"é, mas nada da minha irmã e do Staboy e da...".

"droga! eu não acredito que quase zerei essa bosta e perdi agora!"um celular atingiu minha cabeça.

"olha achamos a Frennie!"ouvi Maxy dizer antes de eu apagar.

Taddy:

A sombra se distraiu com Staboy caindo, e aproveitei para correr.

"volte aqui"senti ser puxada pela camisa, e fui arremessada pra perto de Staboy.

"oi Taddy, não sabia que você voava"ele falou tonto.

"Staboy, pensa em alguma coisa!"falei assustada.

A sombra se aproximava de nós, eu estava com medo, muito medo.

"espera.."ele pegou uma lanterna.

"de onde tirou isso??"perguntei.

"da minha tanga ué".

Fiz cara de nojo.

A sombra se assustou ao ver a lanterna.

"liga logo isso, liga!"falei.

"o-ok"ele ligou a lanterna na sombra e ela sumiu!

"Staboy, você foi genial!"falei o abraçando.

"eu sei Jane"ele falou tontinho.

"vamos logo"o puxei.

Maxy:

Eu, Erich e Frennie estavamos pensando num plano para resgatar os outros.

"eu não vou resgatar ninguém"disse Frennie cruzando os braços.

"ela é minha irmã, e ele seu namorado!"berrou Erich.

"e são nossos amigos"falei.

Vimos Taddy e Staboy chegando no meio da mata.

"ahhhh!"corri até os dois e os abracei.

"nossa mãe, você cresceu"disse Staboy.

"mãe?"perguntou Maxy.

"ele caiu de um cipó"respondeu Taddy.

Vimos que nessa confusão já havia amanhecido, e o ônibus havia chegado.

Entramos correndo no ônibus, porque floresta, nunca mais!

Sentei ao lado de Taddy, ela parecia cansada, que nem eu, então dormimos o resto da viagem.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...