História Five Roses - ABO - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction, Zayn Malik
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Abo, Harry Styles, Harry/alfa, Larry, Larry Stylinson, Liam Payne, Liam/alfa, Louis Tomlinson, Louis!alfa, Niall Horan, Niall!ômega, Niam, Niam Horayne, Zayn Malik, Zayn!alfa, Ziall, Ziall Horlik
Exibições 345
Palavras 2.222
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


ai ai fubasada, esse cap ficou muito fofinho auahauhaua. Acho que é a coisa mais fofa que já escrevi nessa fic uahauahuahuahauha espero que gostem

----------- BOA LEITURA ----------

Capítulo 22 - Blushing



[***]


    Niall se encontrava sentado na cama. Um grande lençol estava sobre a mesma e o menor havia o puxado e o segurava próximo ao rosto. Seus par de olhos azuis estavam bem abertos. Talvez um pouco arregalado demais. Seu corpo estava exausto. Em sua cabeça, imagens da última semana rodopiavam repetidamente. Por alguns instantes ele achara que fora tudo um sonho. Fantasias eróticas produzidas por sua mente no cio. Contudo, era claro para si que tudo realmente tinha acontecido. Na verdade, até mais. Porém, o loiro procurava não lembrar de tudo. Fora que as marcas arroxeadas por todo o seu corpo eram mais do que o suficiente para provar. 


 
Ele respirou fundo. 
 


    O ômega passara o primeiro heat de sua vida com um alfa. Ou melhor, com dois. Era estranho como aquilo lhe parecia tão normal. Ele estaria mentindo se dissesse que não havia aproveitado cada. Mas mesmo assim, ainda existia uma sensação o incomodando. Ele fora marcado e finalmente concretizara a ligação. Não tinha mais como negar o que os três tinham. Nem se qualquer uma das partes envolvidas quisessem. E era provavelmente isso que causava certo desconforto no mais novo. Horan tinha dois alfas. Seus alfas. E precisava aceitar e assumir isso. Não podia mais voltar atrás e nem mesmo agir como antes. Até mesmo porque, não faria o menor sentido. E ele não queria. Seu corpo tremia ao pensar em afastar os dois irmãos de si. Era como se fossem uma parte vital e necessária de si. E aquilo o assustava. 


 
    O rapaz soltou o lençol. O tecido caiu sobre seu colo. Ele respirou fundo mais uma vez. Seus olhos se voltaram para os dois homens que o acompanhavam na cama. Um em cada. Liam do lado esquerdo e Zayn do lado direito. Seus olhos correram brevemente pelo cômodo. Roupas estavam jogadas no chão. Coisas estavam fora do lugar. E o quarto ainda cheirava a sexo. O odor era uma mistura do cheiro floral de Niall, dos cheiros másculos e amadeirados dos alfas, os suores dos três. Não era desagradável. Longe disso. Era uma espécie de lembrete de toda a diversão que fora obtida naquele local. E aparentemente, iria demorar para desaparecer. 


 
    O menor encarou o moreno deitado em seu lado direito. Malik parecia sereno. Entregue ao seu sono. Estava coberto da cintura para baixo pelo lençol que dividiam. Ele dormia virado para o ômega. O como os travesseiros estavam no chão, Zayn usava as duas mãos de almofada. Ele estava lindo. Parecia feliz. Pouco depois, seu foco se voltou para a direção oposta. Payne não demonstrava muita expressão ao dormir. O que indicava que seu sono deveria ser um pouco mais pesado. O alfa dormia de barriga para cima. Um dos braços estava fora da cama e o lençol apenas cobria um pedaço da cintura. A região da virilha. Horan se pegou sorrindo. Ele encarou a parede a sua frente. Ficava cada vez mais difícil esconder a felicidade que crescia em si. Era muito maluco aquilo. O mais novo se sentia completo. 


 
     Ele nunca achou que queria aquilo para si. Que precisava de um alfa em sua vida. Meses atrás, o loiro estava feliz por não ser marcado. E lhe bastava. No entanto, de repente, tudo girou de ponta cabeça. Ele demorara para aceitar. Se negou a admitir o que sentia. Mas naquele momento, seu coração estava quente. Haviam duas novas pessoas morando nele. Essas tais pessoas o faziam querer sorrir. Seus pensamentos foram interrompidos por um barulho. Liam estava se mexendo na cama. Quase que rolava na mesma. Até que o maior soltou um bocejo falho e abriu parcialmente os olhos. O moreno deu de cara com um ômega corado o encarando. O rapaz não pode conter um sorriso. Aquela era a cena mais linda que ele já vira e estava contente por ter acordado e a primeira coisa que vira fora a face do seu pequeno. 


 
-Bom dia, baby boy. -disse em um fio de voz rouca. 


 
-Bom dia. -respondeu o outro com a voz quase sussurrada. 


 
-Dormiu bem? -perguntou Liam ainda sorrindo para si. 


 
-Não. Na verdade eu ainda não dormi. -comentou.  


 
-Você parecia cansado ontem a noite, loirinho. -soltou Zayn. O rapaz havia acordado também. -Rolou na cama feito um lobinho manhoso e... -ele fez uma pausa para bocejar. -... e fechou os olhos. -completou. 


 
-Mas acordei cinco minutos depois e perdi o sono. -corrigiu o outro. 


 
-Posso saber o porquê deu sua insônia? -Payne se sentou na cama também e encarou o ômega. 


 
-Andei pensando em algumas coisas. -respondeu em um fio de voz. 


 
-Nos conte. Talvez possamos ajudar. -disse o outro alfa. 


 
O rapaz respirou fundo pela terceira vez naquela manhã. 


 
-O que somos agora? -perguntou Niall. Um silêncio pairou sobre os três. Zayn se sentou também. Os dois maiores encaravam o ômega que encarava a parede a frente. Permaneceram calados. Era como se estivessem se questionando a mesma coisa. -Somos um triângulo amoroso? Namorados? Amantes? -soltou o rapaz quebrando a quietude. 


 
-Nenhuma das opções, baby boy. -comentou Liam. -Nós te marcamos. Agora estamos ligados para o resto da vida. Títulos são meio que irrelevante. Porque o que somos agora é um só. -completou ele. 


 
-Você é nosso, loirinho, assim, como somos seu. -Malik sorriu para o mais novo. -A menos que você não queira. -seu sorriso se desfez. O de seu irmão também. Aquela possibilidade estava acabando com os dois por dentro. 


 
-Eu quero. -confessou o ômega. -Eu quero. -ele sorriu. -Só precisava saber suas opiniões. -continuou. -Aceito ficar com vocês. Prometo não afasta-los mais, nem ser chato como antes. Estamos juntos agora, mas não pensem que vou mudar. Não planejo me tornar um desses ômegas dóceis, que só pensam em seus alfas e os fazer feliz. Pelo contrário, se tentarem mandar em mim, eu chuto o traseiro dos dois. -completou ele com um bico enorme e suas bochechas estavam vermelhas por ter dito tudo muito rápido sem pausa para respirar. Os dois alfas acharam aquilo lindo. O menor ficava incrível de qualquer jeito. 


 
-Eu já esperava por isso. -Liam gargalhou. -E digo que se você fosse como os outros ômegas, eu não te amaria tanto assim. -finalizou. 


 
-Concordo com ele. O que me atraiu a você foi sua marra. Não vai ter graça se você nos tratar bem o tempo todo. -o moreno gargalhou também. Horan estava ainda mais corado. 
 


-Bom saber. -dito isso, ele saiu da cama apressado e caminhou até a porta. -Está quase na hora de ir para a faculdade. Já perdi uma semana toda e devo estar cheio de coisas acumuladas e... -o loiro sentiu um incomodo em uma de suas nádegas e olhou para ver o que era. -Qual dos dois engraçadinhos mordeu a minha bunda? -questionou franzindo o cenho. Os dois irmãos se entre olharam e não conseguiram segurar o riso. -Quer saber, não respondam. Não quero me estressar hoje e quebrar a cara de ninguém. -disse. 


 
-É esse Niall que nós amamos, baby boy. -soltou Payne. 


 
-Você fica muito gostoso todo bravinho. -completou Zayn. O ômega revirou os olhos. Apesar de querer sorrir com os comentários alheios. 


 
-Vou fazer o café antes de tomar banho. O que vocês querem? -perguntou ele tentando mudar de assunto.  


 
-Você. -respondeu os dois juntos. Naquele instante, o mais novo não conseguiu conter seu sorriso. 


 
Em seguida saiu do quarto e se dirigiu a cozinha.


[***]


-Está vendo, ursão? -comentou Louis apontando para o loiro sentado a mesa de frente para eles. Os três estavam no refeitório da faculdade e o alfa comentava sobre a aparência de Niall. O menor estava com um olhar perdido no ar. Suas bochechas estava coradas, assim como estiveram o dia todo, seus cabelos não estavam ajeitados no topete costumeiro e sim em uma franja e o rapaz tinha um sorriso estampado nos lábios. -Isso a nossa frente... é um ômega bem comido. -comentou ele em seguida caiu na gargalhada. Harry revirou os olhos. 


 
     O maior havia notado que o outro estava diferente. Após ficar uma semana ausente, ele voltara mais leve do que jamais estivera. Ele passara o dia sorrindo, dissera poucas palavras. Horan parecia estar nas nuvens. De manhã, ele chegara a universidade chamando a atenção de todos. Principalmente porque adentrara o local de mãos dadas com os dois alfas. Ninguém imaginava que aquilo aconteceria um dia. Ainda mais  Styles. O cacheado estava feliz pelo amigo. Ele queria e sempre iria querer o melhor para o outro. E aceitava que eram os dois irmãos. Mas mesmo assim, sua parte de alfa super protetor ainda ficava desconfortável ao ver o ser, que era praticamente seu filhote, com os rapazes. 


 
-Pequeno? -o mais velho chamou sua atenção. O loiro o encarou como se tivesse percebido a presença alheia naquele exato instante, apesar de estarem juntos a quase uma hora. -Está tudo bem? -perguntou. 


 
-Hã? -o ômega soara confuso brevemente. -Está tudo... perfeito. -ele sorriu e se espreguiçou no lugar. Niall não tinha dormido nada e o sono estava chegando aos poucos. 


 
-Percebi isso. -comentou Tomlinson. -Você está meio zen. Zenoção. -o alfa gargalhou, mas logo se calou novamente. O loiro costumava dizer alguma grosseria ou ficar furioso com suas piadas, porém, o outro até havia sorrido para si. -Tem certeza que você está bem? -soltou. 


 
-Estou mais do que bem. -o menor sorriu.  


 
-O que uma semana com dois alfas não fazem com uma pessoa. -o moreno revirou os olhos e riu um pouco. Ele entendia bem como o mais novo estava se sentindo. 


 
     O rapaz havia passado seu primeiro cio com seus companheiros. E a primeira ver era sempre incrível. Principalmente para os ômegas. Louis teve alguns lampejos de lembranças de sua primeira vez com Harry. Ele passara dias sorrindo e distraído. O alfa só conseguia pensar no companheiro e no que sentia por ele. E essas memórias o fizeram sorrir. Era estranho como pequenas coisas deixavam marcas profundas e boas nas pessoas. Ainda mais depois de tudo que os dois passaram para poderem ficar juntos. Tomlinson não podia se sentir mais orgulhoso de ter o outro como seu. Seu alfa. 


 
-Agora você também está sorrindo feito bobo? -o cacheado arregalou os olhos. -O que está acontecendo aqui? -ele gargalhou. 


 
-Posso até estar zen hoje, mas isso não significa que eu não vá chutar o traseiro dos dois se não me deixarem em paz. -reclamou Niall fazendo bico. 


 
-Ele voltou. -comentou o moreno encarando o maior entre os três. 


 
Antes que algo mais fosse dito, uma quarta pessoa surgira. 


 
    Zayn surgira ao lado da mesa. Ele tinha uma pequena caixa mãos. O rapaz se aproximou e se sentou ao lado do outro. Um de seus braços envolveram o menor pela cintura e o alfa se aproximou mais e depositou alguns beijinhos no pescoço alheio. O mais novo se arrepiou e ficou ainda mais corado do que já estava. Fora que seu sorriso aumentou. O moreno abriu a caixinha e mostrou seu conteúdo para o que estava em seus braços. Era um cupcake de chocolate com cobertura rosa. O favorito de Horan, apesar dele nunca admitir isso. Ele sorriu ao ver o bolinho e beijou a bochecha do mais velho. 


 
-Eu sei que você adora esse, loirinho. -comentou Malik. -Resolvi te trazer um. -disse. -Mas agora preciso ir. Meu grupo de TCC não fará nada se eu não estiver na biblioteca. -dito isso, ele depositou um selinho nos lábios do ômega e voltou a ficar de pé. -Bom ver vocês, rapazes. -ele sorriu para os outros dois. Eles devolveram com um aceno. Até mesmo Harry. Depois o alfa desapareceu do refeitório. 


 
-Acho que estou tendo uma overdose de fofura. -Louis quase berrara. -Sério. Vocês dois ficam tão fofinhos juntos. -concluiu. 


 
-Esquece Lou. -o cacheado abraçou o moreno pela cintura com os dois braços e apoiou o queixo em seu ombro. -Niall fica surdo quando tem doce na frente dele. -comentou se referindo ao olhar fixo do rapaz para o cupcake dentro da caixinha.

 
 
-Você querem? -ofereceu o loiro. 


 
-E acabar com a sua felicidade? Não obrigado. -Tomlinson deu de ombros. 


 
    O menor estava prestes a levar o bolinho para sua boca, mas fora interrompido. Outra pessoa aparecera do lado da mesa e se sentara. Liam. O rapaz encarou o ômega. Ele sorria abertamente. Dava para ver seu contentamento em seus olhos. O moreno abraçou o outro e beijou o topo da sua cabeça. Ele até comentara algo sobre como achava o loiro lindo, mas fora em um sussurro no ouvido alheio. O que apenas fez Horan sorrir e ficar meio sem jeito. 


 
-Queria avisar que vou chegar mais tarde em casa. Marquei um encontro com meu pai depois das aulas. -informou o mais velho. -Era para Zayn ir também, mas não vamos te deixar voltar sozinho. -ele sorriu. -Então, nada de se divertirem sem mim, baby boy. -completou. E em seguida deixou um demorado selinho nos lábios alheios. Depois, acenou rapidamente para os outros alfas e se retirou. 


 
-Nem uma palavra sobre isso. -ralhou Niall encarando os dois alfas. Especialmente Louis. 


 
-Acho melhor você comer seu cupcake logo, pequeno. -sugeriu Styles. -Já está quase na hora de voltarmos para as salas e vai que mais alguém aparece. -ele gargalhou. 


 
O ômega nem se dera ao trabalho de responder. Ao invés disso, tratou de logo morder um pedaço do bolinho.

 


- CONTINUA -
 


Notas Finais


aeeeeeeeeeeeeee, mais um nessa bagaça auhauahauhauah espero que tenham gostado
Beijinhos de panetone pq natal está quase chegando uahauahuah

semana que vem tem mais
<3 <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...