História Five Sisters - Camren Intersexual - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren Romance
Visualizações 868
Palavras 854
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 17 - 17- Cry


Pov Lauren.

Aquele local era grande, Camila havia se metido no meio da multidão e não sabemos onde ela está agora.

Antes eu apenas a observava na cadeira, vendo meus amigos tentando tirar ela lá de cima, mas na hora que eu ía me levantar, ela havia descido da cadeira, e como não ouvi a conversa deles, pensava que estava tudo bem.

Deixamos Camila ir, acontece que ela foi com Austin para um "canto" e ele levou Camila sóbria que voltou para nós sei lá como, sozinha e bebada.

Eu ainda fiquei com um pé atrás quando eles mal sentaram e ele a chamou de novo, mas ignorei, não poderia surtar por uma simples intuição.

E agora isso acontece.

Harry estava quase arrancando os cabelos do meu lado.

-E se ela saiu da boate? -Harry diz olhando pelos cantos.

-Ela não sabe onde é a saída idiota! Daqui de dentro ela não saiu. -Dinah diz levemente preocupada.

E se algum bebado a levoy para fora? E se abusarem dela?

Cadê a droga do Austin? 

Perguntas martelaram na minha cabeça, eu já estava ficando bastante preocupada, só queria encontrar a Camila, e ver se ela estava bem.

-Ally e Louis vão procurar ela no open bar, você e Harry vão andando no meio da pista de dança e eu Normani e Lucy vamos nos banheiros e quartos. Se acharem ela mandem uma mensagem ok? -Vero fala tentando nos acalmar. 

Me apressei em andar por toda aquela extensão da boate seguido por um Harry preocupado. Eu sentia pessoas me tocando pisões no pé, mas não estava nem aí.

Isso foi culpa minha, não devia ter deixado ela ir com aquele idiota. E se ele fez algo pra ela?

Os meus pensamentos foran interrompidos por um vibrar no bolso. Parei e tirei meu celular do bolso olhando para Harry.

Li a mensagem.

Próximo ao banheiro, achamos ela.

Segurei a mão de Harry e o puxei correndo até o local que elas me falaram.

Vejo todos lá ao redor de algo, empurro Dinah para logo ver algo que eu nunca esperei na minha vida.

Camila estava sentada nas costas de Austin puxando seus cabelos enquanto ele gritava pedindo para ela parar o que não acontecia. Olhei para o rosto de Dinah que estava com o sorriso nos lábios, vi Harry e Louis colocando a mão na boca surpresos enquanto Vero ria. 

-IDIOTA EU CONFIEI EM VOCÊ!!! -Ela puxava o cabelo dele e empurrava sua cabeça contra o chão que fazia um barulho. 

Eu estava completamente sem reação, fiquei parada olhando a cena segurando meu celular e logo me lembrei do motivo de estar aqui. 

Num movimento fui até ela e a tirei de cima das costas do garoto e a abracei com força enquanto ela chorava compulsivamente e eu beijava sua cabeça. 

-Ele me embebedou Lo.. -Fala entre soluços. -Esse imundo tentou abusar de mim a força. 

Minha respiração para por um segundo e eu fico imóvel, Normani e Louis notam minha reação vindo até mim. 

-Laur tudo bem? -Harry pergunta e eu sinto meus olhos arderem e uma raiva me consumir.

-FILHO DA PUTA! -Austin que já estava em pé cai de novo com meu soco bem dado no seu rosto que já estava roxo. 

Ele tropeça pra trás e poem a mão no nariz sangrando. 

Pego ele pela blusa e o arrasto para a saída de emergência que tinha ali e abro a porta jogando seu corpo fora. 

-ENTÃO ERA ISSO? -Grito chutando suas costas e ele se contorcia no chão. -APROVEITOU QUE A CAMILA FALOU QUE QUERIA BEBER E VOCÊ SE APROVEITOU NÃO É? -Chuto suas partes e ele grita de dor. -SEJA HOMEM, ASSUMA.

-Idiota. -Ele resmunga. 

-DAÍ RESOLVEU QUE ESTUPRAR ELA SERIA UMA IDEIA LEGAL. -Cuspo na sua cara. -E SÓ PORQUE ELA NÃO DEIXA, VOCÊ DECIDE AGARRAR UMA PUTA QUALQUER. 

Dou um soco e cheio na sua cara e vejo meus amigos abraçados com Camila. Ela estava frágil e com os olhos vermelhos observando.

-ANDA!! SE DEFENDA!! POR QUE FEZ ISSO COM ELA? SE ESTAVA ATRÁS DE UMA BOA FODA, PROCURAVA UMA PUTA, UMA GAROTA DE PROGRAMA! O QUE FOSSE! -Me abaixo puxando sua blusa e olhando furiosamente seu rosto cheio de marcas e sangue. 

-Laur, ele já teve o que merece... -Harry toca meus ombros olhando para um Austin se contorcendo de dor no chão do estacionamento. 

Eu estava com minha respiração descompassada, suava frio e minhas mãos ardiam conforme eu fechava e abria, elas estavam feridas e com sangue.

-Lauren, já chega... -Ally me olha tentando passar tranquilidade. 

Suspiro e dou as costas indo em direção ao pessoal que me olhava com certo receio.

-Vamos embora? -Soluço tentando conter o choro.

-Mas e ele? -Lucy aponta para Austin jogado no chão. 

-Que fique aí... não me importo. -Bufei de raiva e sinto braços pequenos me abraçarem. 

Aperto Camila contra meu peito e dou um beijo em sua testa.

-Você tá bem... -Pergunto.

-Um pouco bebeda... e tonta. -Ela diz fungando e eu sorrio.

-Vocês vão ficar? -Olho para todos e eles negam.

-Vou com você Lo. -Camila choraminga arrastado e eu assenti dando outro beijo em sua testa. 

-Cuidado no caminho Laur. -Dinah fala acariciando a cabeça da Camila e segue para seu carro com uma Normani preocupada.

(...)



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...