História Fix You - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), HyunA
Personagens HyunA, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 20
Palavras 1.071
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


GENTE DESCULPA A DEMORA PRA POSTAR ESSE CAPÍTULO
Deixa eu me explicar
Essa semana eu tinha MUITOS trabalhos de escola para fazer, e eu não estava tendo tempo para escrever
Não seu se vou conseguir postar toda semana por conta das provas, mas prometo me dedicar ao máximo e espero que não desistam de mim <3
Bem, era só isso. Boa leitura

Capítulo 7 - Lingeries


    O sinal tocou e todos nós voltamos para a classe. Não vi JungKook durante esse tempo e acabei me preocupando um pouco, já que ele parecia ter ficado triste ao entrar na escola. Entrei na sala e não vi JungKook lá. Suspirei pesadamente e me sentei em um lugar sobrando perto da MoMo. Depois de um tempo, o professor chegou e perguntou se eu queria me apresentar, todavia eu neguei. O professor já havia começado a dar sua aula, quando alguém abre a porta. Automaticamente meu olhar se desviou para quem havia feito tal ato e vi que era JungKook; ele olhava para o chão e parecia triste. Disse algo ao professor, que assentiu concordando com oque ele disse. Foi para seu lugar - que era ao meu lado -, sem olhar para ninguém, e ficou asim a aula toda. Na verdade, ele ficou assim até tocar o sinal para o recreio. Todos saíram da sala, deixando apenas eu e JungKook lá dentro.

   — JungKook, você está bem? — perguntei me abaixando para ficar mais próxima dele.

    Ele me olhou e peecebi que estava diferente; seus olhos possuíam um brilho triste e estavam um pouco inchados. Sorriu de leve e disse:

   — Está tudo bem não se preocupe — suspirou parecendo pensar em algo — São só alguns problemas com a carreira.

   — Tudo bem — suspirei sorrindo minimamente. É claro que eu não acreditava, todavia ele parecia extremamente desconfortável com o assunto.

[…]

    Passamos o recreio todo com os meninos e com MoMo, entretanto, JungKook não falou nada, ele apenas olhava para um ponto fixo, parecendo pensar em algo.

    As últimas aulas não foi diferente das primeiras aulas, a única coisa diferente era que no dia seguinte iríamos ter provas. Sim, no meu primeiro dia de aula eu já tenho a ótima notícia de que no dia seguinte vai ter prova. Notem a ironia.

    O sinal para voltarmos para casa tocou. Arrumou meus matérias em minha mochila e esperei JungKook fazer o mesmo. Após realizarmos o ato, fomos para o caminho da casa dele. Tudo isso sem dizer uma palavra. E foi assim o caminho todo: ele não dizia nada e eu também não. Ele parecia mais concentrado em olhar um lugar qualquer e pensar. Eu achei que ele iria falar alguma besteira, fazer algo bobo ou até mesmo fazer um comentário engraçado como sempre, mas ele não fez nada disso. Ele ficou calado o caminho todo e isso era muito agoniante.

    Chegamos na casa dele e ele foi para o quarto e eu para a sala. Estava jogando um jogo qualquer em meu celular, quando ouvi alguém chamar JungKook. Dei de ombros e esperei JungKook ir atender, ato que não aconteceu. Bufei me levantando do sofá para atender a pessoa insistente. Ao abrir a porta, me deparei com uma menina de cabelos louros escuros, pele branca e parecia ter o meu tamanho. Ao me ver, a menina arregalou os olhos assustada, mas logo sua expressão tornou-se indiferente.

   — Cadê o JungKook? — perguntou juntando as sobrancelhas.

   — Ele está no quarto. Porque? — questionem a loira a minha frente.

   — Não te interessa — bufou irritada — Apenas fale pra ele ir na casa da Hyuna hoje — saiu irritada com passos largos.

   — Eu hein — disse a mim mesma, fechando a porta.

    Andei em direção ao quarto, abrindo a porta do mesmo.

   — JungKook, uma tal de Hy- MAS QUE MERDA É ESSA AQUI JEON JUNGKOOK?! — interrompida minha frase cm um grito ao me deparar com a cena no quarto; JungKook estava com uma calcinha preta de renda minha na mão, um sutiã na cabeça e a minha gaveta de lingeries estava aberta. Seria engraçado se não fosse tão constrangedor. Ele se virou para minha direção com um ponto de exclamação estampado em seu rosto. Arregalou os olhos ao perceber oque estava acontecendo.

   — Espera, não é nada do que você está pensando. Eu posso explicar — disse rápido, um pouco desesperado.

   — ENTÃO SE EXPLIQUE JUNGKOOK, PORQUÊ EU QUERO SABER QUE MERDA VOCÊ TÁ FAZENDO COM AS MINHAS LINGERIES! — eu estava gritando, porquê, na verdade, eu estava muito envergonhada com a situação. Afinal, não é todo dia que você vê um cara mexendo nas suas roupas íntimas. Percebi que enquanto eu falava, ele desviou deu olhar para minha calcinha que estava em sua mão — PARA DE OLHAR PARA MINHA CALCINHA DROGA! — ralhei irritada e constrangida, pegando a minha peça íntima de sua mão.

   — Olha, não precisa ficar tão brava— o interrompi.

   — VOCÊ ESTAVA OLHANDO PRA MINHA CALCINHA COMO EU VOCÊ QUER QUE EU NA— colocou seu indicador na minha boca, pra mim me calar.

   — Deixa eu me explicar, caramba! — exclamou — Isso foi um acidente. Eu ia pregar uma bermuda pra tomar banho, mas a sua gaveta de lingeries estava empacando, então eu fui abrir ela, ma quando eu puxei, a gaveta escapou e as suas lingeries voaram pelo quarto todo — se explicou e eu suspirei.

   — Tudo bem, JungKook — suspirei, me lembrando que tinha que falar algo a ele. Só não me lembro oque — JungKook, eu tinha que te falar algo importante, mas eu não lembro oque… — comentei tentando me lembrar.

    Ele fez uma cara pensativa, como se tentasse se lembra de algo também.

   — Já sei! — exclamou — É sobre a prova de amanhã, não é? — perguntou. É, eu acho que era isso mesmo — Você não pegou as matérias, e o professor pediu pra que eu te ensinasse — É. É isso!

   — É, é isso mesmo — exclamei — Então, vamos começar? — perguntei e vi ele assentir.

    Pegamos cadernos, livros, canetas, lápis e várias outras coisas. Colocamos tudo na pequena mesa que havia no centro da sala e começamos a estudar. Ele me explicava tudo muito bem e por sorte, eu conseguia entender. Ficamos com fome e decidimos fazer uma pausa. Pedimos uma pizza, pois não teríamos tempo de fazer algo para comer. Enquanto a pizza não chegava, falávamos sobre assuntos aleatórios e no meio de um desses assuntos, acabei descobrindo que o bias dele era o G-Dragon e ao saber disso, começamos uma mini "discussão" pois ele também era meu bias. Depois de um tempo, a pizza chegou, nós comemos e voltamos a estudar, todavia eu já estava exausta, então acabei dormindo no ombro de JungKook.

   


Notas Finais


E aí oque acharam? Eu sinceramente não gostei muito :/
Comentários e favoritos me fazem feliz :3
Até mais <33333


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...