História Flames - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hora de Aventura
Tags Hora De Aventura
Visualizações 42
Palavras 1.990
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Aeee hj 16 aninhos! =3 e voltando de viajem. Numa viagem de 7h o que você faz?
(. ) Come
(. ) Dorme
(. ) Escreve
(X ) Os 3
Kkk gente mais um, talvez tenha ficado pequeno mas entreguei na data né?

Capítulo 6 - Encontro 2


Saíram do castelo da princesa jujuba, Princesa estava novamente encapuzada, então desceram as escadarias.

-Princesa?-

-sim Finn?-

-você quer ver mais um pouco do reino doce? Podemos passear um pouco mais e...-

-não Finn...- falou firme.

-não? Por quê?- ficou curioso

-não gostei de como eles me encararam, acho que eles são... Perfeitos de mais para encarar diferenças- falou pouco enojada

-tudo bem- ficou um pouco desapontado, Finn queria sair mais com ela.

-obrigada, mas acho que tenho que preparar umas coisas para hoje a noite- piscou e sorriu

-ha! Ok Princesa- ficou animado com tal resposta.

-o que tem hoje a noite Finn?- falou Jake

-eu e Princesa iremos sair- princesa corou levemente.

-ah... - uma pontada de ciúmes acertou Jake -mas vocês não saíram ontem já?- 

-calma Jake, vamos só sair de novo- andavam pelo reino doce em direção à saída

-faz tempo que não vamos em uma aventura brow- cruzou os braços

-ah, bem lembrado! Podemos ir em uma amanhã, o que acha Princesa?- Jake revirou os olhos.

-ah claro, por que não?- respondeu Princesa, Jake resmungou algo inaudível.

-combinado, vamos todos ao encontro do Minotauro amanhã!- ergueu o punho animado.

-beleza- Jake sorriu minimamente. Saíram do reino doce e Jake aumentou seu tamanho, caminharam em direção à floresta primeiro e deixaram Princesa em casa. Em seguida Finn e Jake foram até a casa da árvore. Adentraram e como quase sempre pegaram BMO conversando com o espelho e fazendo coisas estranhas. Jake foi tomar um banho e Finn foi afiar sua espada. Ele agora voltará para espadas mais simples assim que perdeu seu braço duas vezes e substituirá por um braço metálico.

-Jake vou dormir um pouco!- berrou para Jake que agora estava na cozinha.

-espere Finn, quero falar um negócio sério com você-

-pode falar- disse indiferente.

-será que você podia ir mais devagar com a Princesa?-

-devagar como assim? Não estamos namorando ainda.-

-Finn, ela é um ser de 'fogo'- deu ênfase -ela pode ser do mal!-

-Jake ela não é 'do mal'- franziu as sobrancelhas- ela só não se lembra de quem ela é e de onde veio- largou sua espada.

-é aí que tá Finn!- Finn revirou os olhos - você não sabe quem ela é!-

-Jake, cara, não vamos falar sobre isso- falou sério -me apoia cara, vai dar certo, dessa vez tem que dar!- falou mais para si do que para Jake.

-ok Brow... Você até que tem razão, só cuide para não se queimar, não quero ver outro Finn deprimido.- deu uma cotovelada em Finn.

-beleza Jake, obrigado- falou se retirando em direção ao quarto.

-só fique longe do 15° degrau!- berrou Jake que seguiu a rir. Finn mandou um sinal de positivo para Jake, se sentindo um pouco constrangido por tal assunto. E se retirou para o quarto descansar.

Em quanto isso no reino doce...

-menta.- falou firme

-sim princesa?- respondeu rouco

-você sabe de algo não é mesmo?- falou separando uma roupa limpa em sua cama. Pacientemente

-sim minha princesa..- seu olhar voltou para ele.

-fale- falou severamente

-canelinha me pediu uma ajuda, ele estava cansado do Finn tentando voltar com a princesa do fogo minha senhora... Então eu separei o amor pelo Finn do corpo dela. Mas eu não sabia que isso poderia acontecer... - suspirou- uma pessoa.... Isso foi além dor meu limit- 

-pare- interrompeu -procure um jeito para isso se desfazer e não desculpas, ela é muito perigosa para estar entre nós- seguiu até seu banheiro já tirando sua roupa.

-já estou procurando por isso- 

-ótimo, coloque isso no topo de suas tarefas- disse friamente e tirou sua última peça.

Mordomo menta se retirou do quarto e foi para seus estudos. Em quanto Jujuba apreciava seu banho.

Princesa POV~

-certo, agora tenho que arrumar tudo isso, procurar uma receita, convidar o Finn e...- corei, eu ainda não acredito que ele disse aquilo... 'quero passar a noite com você....' lembrei-me como um flash dele falando isso -ahh isso é tão.... Vergonhoso...- me joguei na cama. -como ele pode agir com tanta naturalidade... A não ser que ele já fez isso...- suspirei -não pense essas coisas, volte ao trabalho!- 'dei uma bronca e estou falando sozinha, devo estar ficando louca' pensei. 

Me levantei e continuei a arrumar minhas roupas novas no guarda-roupa, ainda não posso acreditar que ganhei tudo isso... É simplesmente incrível.
 Desci as escadas e fui em direção a cozinha, há realmente muita comida, será que Finn poderia ser uma pessoa um pouco pior? Fica difícil estar no nível dele assim.

Já sei o que vou preparar...

[...]

Algum tempo depois já fiz todos os preparativos. O sol já estava se pondo, e eu precisava escolher uma roupa logo. Subi as escadas e fui em direção a meu quarto, não acendi a luz, já iluminava o quarto por conta própria. Abri o guarda-roupas e folheei pelos vestidos e outras roupas a procura de algo  que me agradaria, logo achei o vestido branco de alças, afinal seria um jantar em casa e facilitaria muito na pressa... Ah Glob o que estou pensando?! Movi minha cabeça em reprovação. Tomei um banho rápido e me arrumei. O jantar já estava quase pronto quando ouço batidas na porta.

Desci as escadas correndo, parei em frente a porta e respirei fundo. A abri.

-o-oi Finn- ele estava com sua roupa casual, bermuda azul escuro, camisa azul claro de mangas curtas e o tênis preto. Estava sem a mochila..

-oi Princesa- sorriu, seu gorro mal colocado exibia boa parte do cabelo loiro dele.

-entre - saí da frente permitindo a passagem e logo fechei a porta, comecei a ficar nervosa. De noite, sozinhos, um jantar romântico.... 'Oh Glob pare!' -a-a comida está quase pronta..- fomos em direção a cozinha.

-Princesa- Finn ficou sério de repente, nos sentamos a mesa já arrumada.

-s-sim?-

-está tudo bem em relação a aventura de amanhã?- juntou as mãos sobre a mesa, aquilo estava sério demais para mim.

-sim claro- falei em tom descontraído -uma aventura com o maior herói de Ooo, o que poderia dar errado?- ri

- estou falando sério Princesa, se não quiser não precisa ir- respirei fundo.

-Finn, eu quero ir, vai ser legal, e... Eu vou com vocês a menos que vocês não queiram que eu vá é claro!- estava ficando nervosa, nunca vi Finn assim tão sério a respeito de algo, será que estou fazendo algo errado?

-ah que bom Princesa- sorriu, 'que ótimo!' pensei- estava preocupado em te forçar a fazer algo que você não queira, mas se você concorda tudo bem- corei, ele sempre é tão gentil comigo...

-Finn- foquei meu olhar 

-o que foi Princesa?- me levantei sem falar nada, segui até a cadeira dele, ergui o seu queixo e no mesmo momento me curvei, o beijando.

O beijo foi rápido mas Finn retribuiu mesmo em pouco tempo. Minha face passou de lilás e rosada para um vermelho tomate.

-d-d-d-desculpe Finn! Eu não sei o que deu em mim...- me afastei um pouco

-fica calma Princesa- Finn segurou minha mão, você pode fazer isso sempre que quiser, eu também sinto isso- Finn apontou para meu peito, precisamente para meu coração.  Corei, meu coração aos poucos começou a acelerar e eu estava sem reação, sem palavras, tudo o que eu emitia era o som da minha respiração e de meu coração. De repente um 'plin!' me despertou do transe.

-a-a comida está pronta!- corri para o forno e Finn deu uma risada nasal com minha reação, eu havia feito uma galinha assada com alguns temperos que achei ao redor da casa na floresta. Coloquei a comida na mesa e comemos. Finn elogiou minha comida, fiquei feliz, eu não me lembro como aprendi a cozinhar, afinal não lembro nem quem eu sou...

[...] 

Após a janta recolhi as coisas da mesa com a ajuda de Finn e comecei a lavar a louça.

-esse jantar já paga?- falei em meio as mãos cheias de espuma. 

-hum.... 99%- falou pegando um pano de louça da gaveta ao lado.

-e o que seria o 1% que falta?- sorri de canto, ele era realmente muito interessante.

-hum... Não sei... Talvez isso...- Finn me abraçou por trás, minhas chamas tremeram e talvez aumentaram um pouco o tamanho. 'chamas não me denunciem!!' 

-F-Finn?- corei, Finn apoiou sua cabeça em meu ombro, e eu podia sentir sua face em meu pescoço, aquilo era diferente do que eu já havia sentido... Finn permaneceu em silêncio. Ele apertou um pouco mais o abraço, suas mãos estavam a altura do meu peito, entrelaçando meus braços.

-desculpe Princesa por te deixar assim... Eu só tenho medo de perde-la- me deixei relaxar, afinal, ele só precisava de um abraço..

-não vai Finn- sequei minhas mãos e me virei para ele, e o abracei. Ficamos um tempo abraçados e nos afastamos um pouco.

-obrigado Princesa- colocou suas mãos ao redor do meu pescoço, olhou em meu olhos, eu já estava quase fechando meus olhos... quando ele deu um beijo terno em minha testa, aquilo me decepcionou um pouco. -acho que eu tenho que ir agora.- falou em tom triste. Eu não queria que ele fosse embora.

-ah...- ele terminou de secar rapidamente a louça que faltava e foi em direção à porta, girou a maçaneta e abriu a porta -espere Finn!- corri até ele. -você disse que ia passar a noite comigo- falei de cabeça baixa, segurando em sua camisa.

-isso não vai incomodá-la?-

-não, claro que não.-

-ok, se importa se eu dormir no sofá?-

-não, já trago cobertas!- corri para meu quarto e peguei duas cobertas e um travesseiro. E desci as escadas novamente, arrumei o sofá para ele. 

-B-Boa noite Finn- depositei um beijo em sua bochecha

-boa noite.- subi as escadas, coloquei uma camisola preta de alças finas e de comprimento curto. Me deitei na cama e fechei os olhos...

Abri os olhos, deitei de lado e os fechei novamente...

Me deitei de bruços e diminuí minha respiração. 
-aaarg não consigo dormir- resmunguei baixo. Levantei da cama e desci as escadas lentamente.

-oi Princesa, ainda acordada?- levei um susto. Ele estava olhando pro teto no escuro

-digo o mesmo, não consegues dormir?-

-não, e você?- 

-também não...-

-você se sente desconfortável comigo aqui?-

-não.... Pelo contrário...- um breve silêncio se fez -eu queria que você dormisse comigo...-

-ok- subimos as escadas e abri a porta, talvez só assim eu conseguiria dormir...

Deitei-me na cama e me cobri, olhei para Finn, ele ainda estava em pé. -você não vem?- ele pareceu meio confuso com minha pergunta.

-não era para eu dormir no chão?-

-n-não... É pra ser na cama... Comigo...- ambos coraram, dei passagem para ele removendo o cobertor.

-o-ok... Licença- se deitou lentamente na ponta da cama, por um lado era bom, não queria que acontecesse nada e por outro ruim, ele poderia cair da cama e ele estava tenso...

Estávamos agora frente a frente debaixo do cobertor... Na mesma cama... Não podia deixar de pensar certas coisas mas tentei me concentrar apenas no rosto de Finn que me olhava sorrindo... 

-boa noite Finn- sorri sonolenta.

-boa noite Princesa...-ele ainda estava tenso... 'relaxe Finn' pensei e fechei meus olhos..

POV Finn~

'Eu ainda não entendo ela muito bem.. ela parece bipolar ou inocente demais, uma hora ela é a coisa mais fofa envergonhada e outra ela me convida para dormir na cama com ela..
Não que isso seja tão ruim, é só diferente do que eu já vi, as princesas que já saí tinham uma personalidade forte e fixa, ela é como se fosse uma mistura de tudo o que é bom... Não, acho que não, ela tem uma personalidade. Talvez eu só tenha que descobri lá.' pensei.

Ela fechou os olhos e depois de um minuto ao observar ela, suas chamas ficaram lentas, e sua respiração que já estava calma desacelerou mais ainda e ficou inaudível. Cheguei um pouco mais perto e em seguida fechei meus olhos.


Notas Finais


Agora é verdade, rotina de novo. Trabalho, escola, tarefa e só fim de semana para escrever :/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...