História Flawless - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lily Collins, One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais
Tags Harry Styles, Melhores Amigos, Romance
Exibições 40
Palavras 1.317
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oláaaa, olha quem apareceu??? Euuuuuuuuuuuu!
Gente,que vergonhaaaa! Estou meses sem postar, mas hoje estou de volta! Quero agradecer os comentários do capítulo passado, vocês são tão amorzinhos!!! Espero que ainda tenha alguém aí :'( mesmo depois de tanto tempo sem atualização... Então sorry pela demora, mas os motivos foram os mesmos, falta de tempo, com a escola, último ano do ensino médio então muitas provas, entrega de trabalhos, vestibulares... enfim, até uma falta de criatividade batia e não saia nada gente :(
Espero que vocês gostem desse capítulo, é um grande passo pra vida desses dois (alerta spolier??? hahaha)
Então boa leitura e desculpe os erros 😘😘💞💞
Ps: esse capítulo tem uma coisinha que eu não sei escrever direito, então se ficou muito bosta, sorry kkkkkkkk
estou morrendo de vergonha, porque eu realmente não sei e não gosto muito de escrever essas coisas, mas faz parte né 😂😂😂😂

Capítulo 15 - Night's Young


Fanfic / Fanfiction Flawless - Capítulo 15 - Night's Young

Deixe isso baixo como o grave da bateria, eu tenho o que você sonhou
Unhas arranham minhas costas
Eu imagino o quanto você gritou e você me mandou chutar com meus quadris
Enquanto meus dentes mordem seus lábios
Enquanto seu corpo está lhe dando o que você gosta e te sufocando com meu beijo
Então você diz

Eu quero você para sempre
Mesmo quando não estamos juntos
As cicatrizes no meu corpo para eu te levar para onde for
eu quero você para sempre
Mesmo quando não estamos juntos

Bad Things - Machine Gun Kelly feat. Camila Cabello 

Nome do capítulo: A noite é jovem 

Pov’s Narrador

Depois que ouviu aquelas palavras saindo da boca da garota no qual era tão apaixonado, Harry abriu um sorriso fazendo Emma fazer o mesmo. Eles estavam ali, se entregando de corpo e alma um para o outro e nada mais importava naquele momento, a não ser as carícias, sussurros e os sentimentos sendo expostos de ambas as partes. Enquanto Harry ia beijando todo o pescoço da menina, a mesma ia descendo suas mãos pelo tronco do rapaz até chegar ao botão de sua calça. Emma estava um misto de sensações e emoções dentro de si, ela agora, tinha a plena certeza de que havia realmente se apaixonado, de novo, pelo garoto de olhos verdes e cabelo comprido. Provavelmente, ela nunca deixou de amá-lo.

Harry foi acariciando a barriga de Emma fazendo-a soltar um suspiro e levantar os braços para que o rapaz terminasse de tirar sua blusa. Ela o puxou pela nuca trazendo-o para mais um beijo cheio de desejos. Harry foi descendo suas mãos até a calça dela e a tirou deixando-a só com as peças íntimas, apertou sua coxa e deixou uma de suas mãos na cintura de Emma. Ele havia esperado tanto por esse momento, tê-la pra ele e ser somente dela também. Parou o beijo com selinhos e ficou encarando-a, Emma por sua vez, deu um sorriso tímido e Harry um sorriso safado.

- Se a sua intenção era me deixar constrangida, está conseguindo – ela disse arranhando o abdômen definido do rapaz enquanto do mesmo estava de joelhos na cama ainda encarando a garota à sua frente.

- Então eu consegui – riu e a trouxe pra si. Emma ficou de joelhos na cama também e entrelaçou seus braços no pescoço de Harry enquanto o mesmo descia os beijos intercalados de mordidas sobre a pele do pescoço da menina.

- Harry – arfou quando as mãos dele foram até o fecho de seu sutiã preto de renda tirando o mesmo e o descendo lentamente pelos ombros dela. Os olhos dele adquiriram um verde mais escuro e ele não desviou o olhar jogando o sutiã de Emma em algum local do quarto que estava com as luzes apagadas, mas com o abajur aceso e a porta as sacada aberta, fazendo o momento mais especial ainda.

Harry segurou a cintura de Emma, a empurrou com cuidado contra a cama ficando por cima dela e levou uma de suas mãos ao encontro de um de seus seios descobertos fazendo a menina se arrepiar e fechar os olhos soltando um suspiro baixinho. Beijou seus seios de maneira carinhosa e Emma inverteu as posições ficando por cima dele arrancando um sorriso surpreso do rapaz.

Ela beijou seu pescoço, deu leves mordidinhas e rebolou em seu colo fazendo-o gemer baixo fechando os olhos e ela pode perceber ele ficando mais excitado embaixo dela. Emma tirou a calça de Harry lentamente deixando-o somente de cueca boxer, ele rolou na cama com ela mais um vez ficando por cima novamente e se esticou até a gaveta do criado-mudo tirando um pacotinho do preservativo dali.

Harry olhou pra Emma sorrindo e acaricio seu rosto fazendo-a sorrir e fechar os olhos com o carinho, depois que ambos já estavam sem suas peças intimas se entregaram de corpo e alma um pro outro, ali não se tinha mais dúvidas de que existia algo forte, muito forte entre eles e ninguém podia negar isso.

Os arranhões que Emma deixava nas costas de Harry, suspiros e sussurros nos ouvidos de ambos concretizaram aquela noite tão importante na vida dos dois.

Depois que chegaram ao ápice, Harry deitou ofegante do lado de Emma e a trouxe pra si, ela deitou em seu peito e ele os cobriu.

[...]

Emma acordou com uma luz em seu rosto e abriu seus olhos lentamente, foi levantar mas algo estava impedindo-a, era um braço todo tatuado rodeando sua cintura.

Ela sorriu ao se lembrar da noite passada que tiveram, se sentou na cama com cuidado pra não acordá-lo e ficou olhando-o...

Cabelos grandes, boca rosada, algumas pintinhas no pescoço e um físico maravilhoso pensou ela e riu baixinho de seu pensamento.

Harry estava vestindo somente sua cueca e Emma sua calcinha e sutiã com uma camiseta branca de Harry, que segundo ele, havia ficado linda nela.

Ela não resistiu e levou suas mãos até os cabelos dele fazendo carinho e Harry se mexeu sonolento abrindo os olhos e sorrindo pra Emma que sorriu de volta pra ele.

- Desculpa – disse ela com um sorriso fraco – É que eu não resisti – ele riu e se sentou na cama dando um beijo na testa dela.

-Tudo bem, já era pra eu acordar mesmo – sorriu sonolento e entrelaçou a mãos dos dois – Bom dia.

- Bom dia – ela respondeu olhando para as mãos entrelaçadas e logo olhou pra ele.

- Você fica muito gostosa usando essa camisa minha, com todo respeito – ele disse arrancando uma gargalhada da menina.

- Só você mesmo garoto – negou com a cabeça e passou suas mãos pelo pescoço de Harry.

-Nossa noite foi incrível e eu preciso te falar uma coisa – ela assentiu e ele colocou as mãos na cintura dela.

-Pode falar – sorriu.

Mas ele pensou um pouco antes de falar.

- Agora não...

- O que? Por que? É algo importante? – ele assente – Então diz Harry, sabe que eu sou curiosa – disse manhosa e ele ri dando um selinho rápido em seus lábios.

- Você irá saber, calma – riu e ela assentiu revirando os olhos.

- Odeio quando fazem isso comigo – ela disse com um bico e ele riu, mas parou logo fazendo cara de espanto e Emma o olhou confusa.

- O que foi Harry?

- Ai merda – ele levantou indo correndo pro banheiro – Perdi a hora, seu pai vai me matar, estou no olho da ruaaaa – o barulho do chuveiro começou e Emma soltou uma risada alta indo até o banheiro onde Harry tomava banho.

- Como você mesmo disse amorzinho, ele é meu pai, relaxa – ela disse fazendo um coque no cabelo e se olhou no espelho.

- Tem razão, ele vai adorar saber que a filha dormiu fora de casa – ele disse saindo do box e amarrando uma toalha na cintura – Cath, eu tô ferrado – ela riu e segurou seu rosto dando um selinho demorado.

- Já sou bem grandinha Harryzinho e aliás, meu pai te adora, pare de drama – o puxou pelo pescoço e o imprensou na parede do banheiro – Eu estava doida pra ficar mais um tempinho com você, mas já percebi que você prefere ir pra empresa, então tudo bem – suspira – Eu vou embora – dá ombros fazendo menção de ir embora, mas Harry a segura pelo braço fazendo-a sorrir boba.

- Nada disso mocinha, depois eu me viro com o Sr. John White, agora eu tenho que dar atenção pra minha Cath – diz apertando a cintura da menina e beijando seu pescoço.

-Gosto quando me chama assim – responde sorrindo com as mãos no peito de Harry.

-Eu sei – ele diz baixo e a beija. 

A maneira que nós amamos, é tão único
E quando nos tocamos, eu estou tremendo
E ninguém tem que entender
Apenas você e eu
Porque nós estamos apenas vivendo
Entre os lençóis

Bad Things - Machine Gun Kelly feat. Camila Cabello 


Notas Finais


Gostaram? Ruim, bom, péssimo???
Deixem nos comentários o que estão achando, sugestões, críticas... E por favor amores, não me abandonem :'(
Eu sei que sumo, mas eu sempre vou voltar <3
Obrigada pelo carinho e até o meado de Dezembro eu voltoooo! Beijinhos de cupcake da tia Dudis e até o próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...