História Flores - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Câncer, Flores, Narrativa, Poesia, Shoujo
Exibições 9
Palavras 507
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Fluffy, Poesias, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá!!~
Bem, essa é uma história que eu gostei muito de escrever, mas minha professora de literatura odiou, disse que romantizei de mais algo que nunca seria real... Bem, não importa. Vim aqui postá-la porque eu gostei e isso importa mais do que a opinião de uma pessoa.
Obrigado a todos que forem ler ^^

Capítulo 1 - Capitulo único


Fanfic / Fanfiction Flores - Capítulo 1 - Capitulo único

 

Para algumas flores as pessoas são horríveis! Não se pode confiar nelas, quando você não estiver esperando ela vai lá e te mata, te separa das outras flores, arrancam suas pétalas e depois te jogam em qualquer lugar. Às vezes, essas pessoas tiram as flores para colocarem nos cabelos ou em vasos. Até para darem a pessoas especiais... Ao ponto de vista daquelas flores, atos desprezíveis! 

Para outras flores, os seres humanos eram pessoas dóceis. Cuidavam e regavam delas, não poderiam ter vida melhor. Mas no fim sempre morriam, era inevitável. Sempre tinham o mesmo fim...

Mas, algumas pessoas, e flores, nunca conheceram Arthur e talvez nunca conhecessem. Não intimamente...

Nícolas também não conseguiu conhecê-lo. Não deu tempo.

Arthur era muito solitário e introvertido, não conseguia fazer amigos. Mas essa pequena barreira não fez Nícolas desistir. Ele percebia os olhares que o menor recebia das outras pessoas, e o mesmo fingia não notar, simplesmente os ignorando. Olhares de nojo e repulsa, ele não conseguia entender. O que aquele garoto teria feito para merecer esse tipo de tratamento? 

Aos olhos de Nícolas, ele era inofensivo.

Quando ele tentava puxar assunto com o garoto, ele o afastava. Era assim todos os dias. Mas, Nícolas notava a mudança no garoto. Naquele dia, por exemplo, o menino usava uma toca. Por que? Estava tão calor. 

A cada dia parecia que sua pele ficava mais branca, seus cabelos mais loiros e seus olhos azuis cada vez mais sem vida.

Então, Nícolas perguntou a Arthur o porquê de seus cabelos estarem caindo. Ele não obteve resposta. Mas usava a toca para esconder os seus cabelos, que caiam e caiam cada dia mais.

Aos poucos, ele ia se soltando e conversava com Nícolas, fazendo o outro garoto ficar feliz. 

Mas, em uma noite algo aconteceu. Arthur foi levado às pressas até o hospital, o tumor em seu cérebro que era pra ter sumido com o tratamento, não sumiu. Mas se espalhou por toda a sua cabeça. 

Ele não sobreviveu. Faleceu naquela mesma noite, sem sentir dor alguma. 

Ele estava feliz. Por causa de Nícolas, o menino que não saia de perto de si. 

Ele tinha conseguido um amigo. 

Um que certamente o amava.

E isso já o fazia vencer na vida.

Nícolas soube da morte de Arthur, ficou devastado. Por que isso tinha acontecido? Agora que tinha conquistado a amizade do outro. O menino não saia de seu quarto não, não comia, não conseguia mais viver sem o outro. Seus olhos se afogavam em lágrimas sempre que lembrava do garoto. 

Por que não deu tempo?

Queria uma segunda chance.

Mas, seu desejo não foi realizado. 

E agora, Nícolas levava as mais belas flores para o túmulo de seu amigo, todos os dias, e as flores nunca reclamavam. 

Desmanchava-se em lágrimas.

As flores não conseguiam suportar tamanha dor, acabam morrendo também. 

No entanto, o coração de Nícolas estava tranquilo.

Por que em algum lugar, em um campo cheio de flores, outro broto tinha nascido.

Nesse jardim tinha mais uma flor...

Uma especial e única;

Arthur...

 

 


Notas Finais


Muito obrigado ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...